Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eminências pardas

Naçao Valente, em 16.05.17

 

http___i0_wp_com_m_screencaps_us_objects_dreamhost

 

Costuma designar-se como eminência  quem “manobra atrás da cortina”. A expressão foi atribuída ao frade conselheiro do cardeal Richelieu, pela influência, que na sombra exercia sobre ele. Em certo sentido, o Cardeal pelo poder que detinha na governação, durante o reinado do rei Luís XIII, também pode encaixar-se na designação.


Eminências pardas sempre existiram e sempre continuarão a existir quer na política, quer em outras áreas. O Sporting, para o bem ou para o mal, parece também ter a sua Eminência. E tudo indica que se chama Ricciardi. Só não vê quem não quer que este consócio exerce uma grande influência na vida do clube, mexendo os cordelinhos, nos bastidores, onde seguramente se encontra mais resguardado das contigências da ribalta. Se algo correr mal está não é da sua responsabilidade.


É provável que por detrás da propalada reestruturação financeira de Bruno de Carvalho, esteja a mão escondida de Ricciardi. Atrevo-me a dizer até, com as devidas reservas, que sem ele a elogiada reestruturação não teria sido possível. O papel de 'Eminência' que já exercia na banca, nunca se expondo, garantiu a Bruno de Carvalho colher os louros da dita “salvação do Sporting”, assumindo os riscos que Ricciardi não assume.


Na minha leitura destes quatro anos de mandato, a direcção exerceu, em certa medida, a função de testa de ferro do verdadeiro poder. Bruno de Carvalho, não passará, nesta perspectiva, de um empregado, com larga autonomia na gestão do futebol. Função que que se encaixa bem no seu perfil e na sua ambição de criança: de adepto a presidente que nunca soube ser,  conseguindo visibilidade mediática e garantindo a sua subsistência. Por outras vias, o viscondato, ou "croquetes" na gíria popular, continua.


De quando em vez, Ricciardi aparece à luz do dia para pôr ordem no “barraco”, como aconteceu recentemente ao interferir no “caso” Jorge Jesus ou um pouco antes no apoio à recandidatura de Bruno de Carvalho. E estou convicto que a contratação de Jesus e a sua manutenção a alto custo, teve e têm o beneplácito de “Sua Eminência”.


Até agora o presidente aparenta ter o apoio do homem da finança “que mexe os cordelinhos”. Mas se a política desportiva se mantiver, como tem estado, sem um rumo coerente e se os desaires se acumularem, não me admiraria que o poder oculto tirasse o tapete a Bruno de Carvalho. Por isso, a sua sobrevivência está dependente como pão para a boca, de títulos já. E se não os conseguir só se pode queixar de si próprio. Não lhe faltaram oportunidades perdidas. Escolheu mal os seus mosqueteiros. À competência preferiu “yes-men”. As últimas opções mostram algum desespero.

 

Que margem de manobra lhe resta?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.05.2017 às 11:12

Caro Nação Valente,

Se é que haviam dúvidas - para alguns de nós nunca houve - a recém-reunião com Jorge Jesus serviu para definir o estado das coisas, desde o primeiro dia.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 14:51

Caro Rui,
Parece não haver muita controvérsia sobre o papel de Ricciardi, incluindo os apoiantes "brunistas". Talvez se comece a perceber que a quase "divindade" de BdC não passe de um mito urbano.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 16.05.2017 às 11:20

Ricciardi acabará por ter que ser ele proprio a assumir a enfrentar o touro de frente e a candidatar-se a ser presidente do Sporting num futuro proximo.

BdC está a ser usado como experiencia de uma nova ideia para o clube que ainda nao resultou para depois ser ele Ricciardi a dar continuidade e maior consistencia a essa ideia.
Diría que tem sido um processo de apalpar terreno e medir as forças da concorrencia (inimigo) lançando o PELREC (pelotão de reconhecimento) liderados pelo tenente BdC enquanto o estratega General Ricciardi vai organizando o seu plano de ataque final.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 14:55

Julius Coelho,
Que o Ricciardi é o "governo «sombra" não levanta grande dúvida. Se o seu o objectivo é assumir a presidência não me parece tão claro. Mas a sua tese faz algum sentido.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 16.05.2017 às 16:38

Nem pensar. Na sombra estará sempre pois não necessita de ser eleito para mandar. Há melhor que isto?
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 16.05.2017 às 21:28

Se as coisas começarem a correr melhor a estratégia mantem-se como está mas se os resultados continuarem a demorar e a imagem de BdC ficar cansativa , pesada, degradada para os adeptos ele Ricciardi tem ainda resguardada o lançamento de uma nova fase de continuidade mas mais adaptada liderada por ele próprio.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 16.05.2017 às 21:35

Quis dizer melhor adaptada e nao mais adaptada.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 16.05.2017 às 12:41

N.Valente

P.S..
Eminencia parda !?... Nada disso
Eminencia pálida. LOOOOOOOOOOOOOOLL!!
O Tio Ricci quer lá saber de campeonatos de futebol..
Os campeonatos do Tio Ricci sao outros

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 15:01

Carlos N.T.
Concordo que o "Tio Rico" jogue na alta finança. Mas não seja tão radical (LOL) o homem é sportinguista e gosta de ganhar como todos nós. Além disso títulos também significam proventos financeiros. Ou estou enganado?
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 16.05.2017 às 12:56

Bom e pertinente texto.
Bons três primeiros comentários.
Parece tudo demasiado óbvio para não ser assim como escreveu e como já foi comentado.
P.S. o texto merecia uma pequena revisão À sua construção, mas nada de especial.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 15:24

João Gonçalves,
Obrigado pelo comentário e pela observação. Concordo que o texto merecia revisão estrutural. Merece sempre. A perfeição é inatingível,
Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.05.2017 às 13:07

Ninguém duvida que o Ricciardi é uma pessoa muito importante no Sporting... especialmente após a reestruturação financeira, com as suas ligações à Holdimo e à banca. A minha observação visa somente questionar qual é o clube em Portugal que é totalmente independente?! p.exemplo o benfica no ultimo registou mais de 30M em comissões, resultado da sua dependência ao Jorge Mendes e companhias...
O Sporting enquanto tiver muita divida, estará sempre dependente deste tipo gente como o Ricciardi.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.05.2017 às 13:17

Tem de perder o mau hábito de referir o rival ao mais pequeno pretexto. Este post nada tem a ver com outros clubes.

Quanto à questão fulcral, se a memória não me falha, a falange 'brunista' andou meses a fio a atribuir a Bruno de Carvalho os galardões de obreiro da reestruturação financeira, quando muitos de nós sabemos, há muito, que não foi esse o caso, em termos fundamentais.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.05.2017 às 13:56

Foi o próprio Ricciardi que exprimiu essa ideia de que a reestruturação financeira foi muito bem negociada por BdC...
A questão sobre quem foi o obreiro é sempre muito discutível... pois toda a gente percebe que quem tem a faca e o queijo na mão é a Banca... logo só com o aval da mesma seria possível a tão falada reestruturação financeira. Este aspecto não invalida que BdC tenha sido também muito importante no acordo alcançado...

Este post não tem a haver com outros clubes.... mas tem a haver com ingerências externas nos clubes.... dei um exemplo do rival, para enaltecer que não existe em Portugal nenhum clube que se possa dizer independente! E isto não é fugir ao post... porque analisar sem comparar com os outros, vale pouco...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.05.2017 às 14:42

Ele disse isso - percebeu-se logo na altura - com o intuito único de deixar Bruno de Carvalho bem visto. É evidente que ele nunca afirmaria que ele e outros da Banca é que foram os obreiros. Não convinha e não ficava bem na praça pública.

Vocês - devotos do Bruno - é que nunca aceitaram isso, optando pela propaganda avulsa.
Sem imagem de perfil

De acoppt a 16.05.2017 às 16:23

Rui Oliveira e Costa no "trio de ataque", aqui há uns tempos, jurou a pés juntos que a reestruturação foi obra do Ricciardi e não de BdC
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 18:07

É um testemunho credível.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.05.2017 às 18:17

Caros,

Eu também já li que o mérito era do Godinho Lopes.... vale o que vale estas afirmações!

Quem era o Presidente do Sporting aquando da reestruturação?!? Bruno de Carvalho.... Ao menos considerem que houve algum mérito de BdC, primeiro porque ninguém acreditava que tal recuperação fosse possível, depois falta a implementação da mesma.... e acho que na implementação o Presidente do Sporting é sempre o responsável!

Acho que é óbvio que a reestruturação estava a ser preparada antes de BdC, mas daí a ser firmado o acordo e a implementar esse acordo está uma enorme distância... Ricciardi disse várias vezes que BdC foi fundamental... dizer que o ROC disse outra coisa, vale mais do que as próprias palavras do Ricciardi?!
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 16.05.2017 às 13:45

Os 30 milhões não foram todos para o Mendes.

As aquisições a custo zero (ahahah) de Carrillo, Zivkovic, etc., implicam pagar prémios digamos de assinatura, etc.

Só para esclarecer mais qualquer coisinha.

Quanto ao Ricciardi, é convosco.
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 16.05.2017 às 14:48

Mas é que nem existe comparação possivél, aliás é comparar alhos com bugalhos...

Mendes é um meio de atingir certos jogadores, e isso paga-se..

Quanto, para além do valor da transferência, pagou o Barcelona para ter Neymar? E isto é apenas um exemplo, mal dos que acreditam que hoje em dia não é assim que se conseguem os grandes jogadores, aliás, Matheus-Traffic-Sporting? nada a ver aposto, resta saber se se enquadra no tal perfil de "grande jogador".

quanto á igerência do Mendes... mas quantos jogadores agenciados por ele são titulares no Benfica? Só mesmo os bons, e são poucos.

Em que é que isto tem a ver com a influência de Ricciardi no Sporting? nada mesmo...

Ricciardi apenas é o garante de engenharias financeiras que permitiram manter o nariz a tona da água... mas entretanto mais divida tem sido acumulada... cheira-me que não andará nada contente com o que se passa... pois se disse que o Bruno tinha sido o criador da restruturação também disse que era uma loucura pagar tanto a Adrien... e que quem preside não poderá passar de um fantoche...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 15:18

Rui Carvalho,
Diz bem, Ricciardi não tem nada a ver com agentes. É um homem da banca que defende os interesses que esta representa. De facto o que aconteceu com a reestruturação foram "engenharias financeiras". Não assumir responsabilidades directas faz parte do papel das eminências pardas. Veremos que consequências terá para o Sporting esta gestão dúbia.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 16.05.2017 às 15:28

Oceano Vermelho,
Será que o clube presidido por Vieira, não tem o seu Ricciardi?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.05.2017 às 15:35

O benfica pagou 30M€ de comissões e o Sporting pagou 4M€... isto sem contar com as constantes amortizações de divida do benfica, que todos os anos aumentam...
Sem imagem de perfil

De João CarvalhoEstá enganadoras uma vez, a 16.05.2017 às 16:46

Está enganado mais uma vez, já que grande parte desses 30M não não comissões sobre vendas ou compras de jogadores, isto é, percentagens que são pagas aos empresários e que vão para a conta de resultados em custos de aquisições. Esse valor até é uma pequena percentagem.

A maioria desse valor foi utilizado para pagar prémios de assinatura pela aquisição de jogadores, Carrillo, Zikvovic, Kalaica, prolongamento de contratos, Luisão, Mitroglou, Jardel, etc, valores esses que não vão para a conta de resultados mas para o activo da empresa e que são tratados como INVESTIMENTOS.
A maioria desses jogadores nem têm nada a ver com o Jorge Mendes.

É o que dá falar sem saber do que fala. Como alguém já disse, "A ignorância é muito atrevida"!

Mas mesmo que o valor fosse todo percentagens pagas a empresários, que não é, prova que por um lado, o Benfica tem dinheiro para pagar, segundo, tem boa imagem junto dos melhores empresários e intermediários, o que constitui também um activo valioso no negócio do futebol profissional.

Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.05.2017 às 17:55

Antes de mais, concordo com o ultimo parágrafo. É verdade que o Benfica tem muito melhor imagem junto de agentes. O que também vale o que vale.
Como o Mendes e outros já demonstraram inúmeras vezes, o coração deles é verde....da cor dos dólares.

A historia das comissões...
Nós também renovámos com jogadores, também assinámos com um ou outro a custo zero. O ano passado pelo menos...

Qual é então o escandalo de se comparar as duas verbas? A unica insuficiência que vejo é que estes valores teriam que ser ponderados pelo valor das transações efectuadas, de resto, qual é mesmo o problema?

(assumindo que os 4 vs 30 dizem respeito ao mesmo tipo de comissoes e são portanto comparaveis)
Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.05.2017 às 17:59

Em acréscimo ao comentário anterior.
Onde posso encontrar essa repartição que refere? Entre prémios de assinatura e custos com transações ...
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 16.05.2017 às 19:21

Jorge, vá ao R&C do Benfica e veja se encontra os 30M como custos operacionais, entre os custos de aquisições de jogadores. O valor está no activo.
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 16.05.2017 às 16:48

E se antes de debitares alarvidades,fosses aprender a ler um R&C?

Nem sei como o que é que o Tio Ricci está a fazer no Sporting,quando tem um expert em Finanças como o Dinamarquês?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.05.2017 às 17:53

Este ano foi obrigatória a divulgação dos valores referentes às comissões... para surpresa de alguns, o benfica paga mais do dobro do Sporting e porto juntos. Alguns ainda dizem que um prémio de assinatura não é uma comissão?!? Esse prémio de assinatura vai só para o jogador, é isso que estão a dizer?!

Se um clube como o benfica após ser Tetra campeão, de ter mais de metade dos adeptos em Portugal, de ter batido os recordes de vendas.... mesmo assim, continua com uma divida astronómica! Será que vão ganhar sempre? Será que vão vender sempre caro? No dia que isso não acontecer, este benfica do LFV estoura.... já que tem de continuar a pagar as comissões que estão à vista....

A prova do que estou a dizer, é os constantes aumentos de obrigações de divida...
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 16.05.2017 às 19:32

A sua ignorância continua a ser muito atrevida.

1. O prémio de assinatura não é uma comissão, quando esta se refere a uma percentagem sobre valores de venda ou compra de jogadores. Tanto que o tratamento contabilístico é distinto de uma e outra.

2. A dívida do SLB não é astronómica, pelo contrário, é cada vez mais pequena quando se coloca em relação à facturação do grupo. Astronómica é a do SCP que andará à volta de 600M mas que está escondida nas várias empresas do grupo e nos VMOCS (que continua a ser passivo/divida até se converter em CS).

3. Dificilmente o SLB irá estourar, quando a tendência para o grupo é de crescimento algo que tem acontecido nos últimos 10 anos. Mais difícil será, quando existe o Seixal cujos jogadores estão cada vez mais valorizados e cobiçados pelos gigantes mundiais.

4. O aumento da dívida obrigacionista para baixar a dívida bancária é um meio para baixar os juros sem aumentar o passivo. Mas só é possível num clube que tem crédito junto da banca e dos investidores privados.

5. As comissões continuarão a ser pagas a pessoas e empresas que são competentes e que devem ser pagas pelo seu trabalho. Ninguém trabalha de graça.

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 16.05.2017 às 20:17

Os prémios de assinatura não são comissões... é verdade! Portanto os 30M sao referentes às verdadeiras comissões... fala-se de por exemplo para renovar com jardel comissão de 2.1M€.

O que eu pretendo dizer com isto é que o benfica está dependente e manietado por um conjunto de empresários que vivem à custa da comissão...

Fala-se muito mal de BdC, mas vendeu mais 70M e renovou com jogadores importantes e pagou no ano todo 4,9M€.
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 16.05.2017 às 23:26

Mas é essa parte do manietado e dependente que está, no meu entender errada, parece que quer à força ver o Benfica numa posição de não poder decidir, não mandar no seu destino, com um "Ricciardi" como decisor tal qual se passa no Sporting, aparentemente.

TODOS os grandes clubes para contratarem os GRANDES jogadores têm de untar as mãos aos empresários, contratar os primos, dar trabalho aos pais, um sem fim de benesses que ou as facultam ou não conseguem.

Digam o que disserem a parceria que o Benfica tem com Mendes, que já agora é só considerado o mais influente empresário do mundo, só tem dado frutos, lucro.
Se ele se cobra bem pelos seus serviços? Óbvio, isto é como tudo, lembro-me das criticas à selecção nacional, a "selecção do Mendes" ganhamos o Europeu não ouvi mais nenhuma referência a isso, não vejo o Rio Ave chateado por tar "entregue" ao Mendes.

No meu entender achar que o Benfica está "entregue" ao Mendes é querer à força não admitir que com a sua influência o Benfica construiu os melhores plantéis que tenho memória desde que o futebol é negócio.

Se eu gostava que o futebol não fosse assim? isso é outra conversa, mas é!
Sem imagem de perfil

De redbull a 16.05.2017 às 16:03

As amortizações do Passivo do Benfica aumentam? Ainda bem é sinal que oPassivo está a ser pago....ele é cada gestor financeiro por aqui que nem sei como governam a própria casa
Sem imagem de perfil

De Jorge a 16.05.2017 às 17:36

Completamente!
Também me faz uma enorme confusão.
Então e aqueles que nem a ler se safam?
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 16.05.2017 às 23:30

Não que perceba muito ou consulte RCs, mas já li por várias vezes por vários users que uma amortização de 100M no passivo equivale a menos 6M juros ano aproximadamente...

Num clube que gera 200M ano isso são peanuts, isso é um não assunto, o passivo não deve ser eliminado à toa, com a inevitável perda de capacidade de investimento na equipa, o que se aconselha é ter tudo equilibrado, ter capacidade de pagar as dividas e manter capacidade de investimento.
Sem imagem de perfil

De Lembrei-me disto a 16.05.2017 às 19:39

Podera Riccardi ser tao modesto para dizer que o apenas o Bruno de Carvalho lutou por esta reestruturaco e que nem o proprio Riccardi julgava ser possivel... Podera alguem ser tao altruista em favor de Bruno de Carvalho?? Se assim for, ainda bem que apoia o Sporting com tao pouco ego. Apesar de banqueiro, tem alma de Salvador...

Por estas e por outros e que o Sporting nunca vai para a frente... os adeptos tem memoria curta.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo