Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Entradas de leão...

Naçao Valente, em 25.08.17

 

H-FF-012.jpg

 

Aí está mais uma época futebolística. Mais uma época na qual os adeptos depositam a esperança de, no final, passar pela emoção de comemorar o “título”. No que diz respeito ao nosso Sporting, começou bem. Diria até que teve verdadeiras entradas de leão. Espero e desejo que, como na época anterior, não tenha saídas de sendeiro, como diz o ditado. E para que isso aconteça é preciso que mais que as técnicas e as tácticas em cada jogo, haja moderação e inteligência da parte de quem dirige, isto é, que não se critique quando se deve incentivar, que se fale para dentro e não para fora, como tem sido habitual nos últimos tempos. Em suma, que “não se parta a palha a coices”, logo ao primeiro desaire. A crítica emocional, o disparate ridículo, admite-se ao adepto comum, desde que feito no recesso do seu lar, no café, ou até nas redes sociais. A quem tem responsabilidades exige-se bom senso.

 

Sem querer ter a estultícia de dar lições de análise futebolística, parece-me, pelo que observei até agora, que temos uma equipa mais equilibrada e até mais dinâmica. Os reforços, de uma forma genérica, e sem entrar em apreciações individuais, acrescentaram mais-valia. Contudo, ainda é muito cedo para tirar conclusões definitivas. Além disso, nunca devemos esquecer que não jogamos sozinhos. Os nossos adversários directos também têm o seu valor. O campeonato é longo e sujeito a muitos imponderáveis: lesões, castigos, erros de arbitragem, entre outros factores objectivos e subjectivos. O futebol joga-se principalmente dentro das quatro linhas, mas também fora delas.

 

Os nossos dirigentes têm que saber ter uma postura institucional que lhes tem faltado. Têm que despir o fato do adepto comum, e reagir de forma racional nas suas atitudes, pautando o seu comportamento pela sensatez. Uma equipa começa no topo da hierarquia e acaba no mais modesto funcionário. Todos a remar para o mesmo lado. Não há êxito sem união, sem trabalho, sem modéstia. Dizer antes da partida que já ganhámos, como o ouvi do presidente, com alguma arrogância é um mau começo. Arrasar um elemento da equipa, jogador, treinador, por exemplo, quando algo corre mal pode ser (erradamente) atitude de treinador de bancada, mas nunca pode ser função de quem desempenha qualquer papel directivo. E já vi muito disso no passado próximo.

 

Se queremos ter saídas de leão temos que ter a humildade de aprender com os erros. Falar quando necessário usando a palavra com parcimónia. A palavra mal usada tem efeito boomerang. Concentrarmo-nos mais no nosso objectivo e menos no que se passa na casa dos outros. Para ser campeão não chegam desejos e muito menos bazófia. As lições do passado recente devem servir para mudarmos o que está errado. E parafraseando um deputado da velha República “só os burros não mudam”. Apesar da minha posição crítica em relação à Direcção, quero acreditar que temos dirigentes inteligentes. Para bem do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


17 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 25.08.2017 às 12:02

Caro Nação Valente,

Julgo que saída do OM (não na forma visto o triste espetáculo que se seguiu) é de si já um bom sinal, no entanto esperemos que mais sinais apareçam (não entra nesta equação uma postura mais humilde de JJ) e que não se caia no erro da bazófia das épocas anteriores ... armas já os nossos inimigos têm mais do que as legalmente permitidas não lhes demos mais.

SL,
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.08.2017 às 12:30

Caro Sérgio Palhas,
Creio que a atitude guerreira tem que se situar dentro das quatro linhas. Adquirimos qualidade mas precisamos de manter fato de trabalho. JJ é como é, ponto. Não sendo o treinador que escolheria para o clube, por variadas razões,tem o meu apoio enquanto o for. Estou convicto que se não tivesse sido interrompido o processo que levou à sua contratação já teríamos ganho mais títulos.
Sem imagem de perfil

De João Silva a 25.08.2017 às 12:55

Caro Nação Valente,

Os dirigentes do Sporting deviam ler com muita atenção este seu excelente texto.

Com Bruno de Carvalho e Nuno Saraiva (já não digo nada do Jesus), é só uma questão de tempo até virem cá para fora com mais do lamentável mesmo que se tem lido e ouvido nestes últimos anos. Talvez aguentem enquanto o futebol estiver calmo, não mais do que isso.
Sem imagem de perfil

De JMartins a 25.08.2017 às 13:14

Por coincidência com certeza, o director do jornal Sporting escreveu ontem o seguinte (entre outras coisas):

"Já aqui o escrevi que o Presidente Bruno de Carvalho é um bom produto mediático, quer fale ou esteja calado. Mesmo estando em silêncio e sem aparições públicas, não há dia em que os media passem sem ele. Mas a questão não é apenas esta. Bruno de Carvalho não é de se vergar nem de se ficar, pensa pela sua cabeça, age e luta pelos ideais em que acredita, sobretudo pelos que entende serem os superiores interesses do Sporting Clube de Portugal.

Esta é uma postura que numa sociedade e numa indústria impregnada de videirinhos, com a frontalidade e estilo do Presidente do nosso Clube, fazem dele um alvo a abater. Para executar esta operação existe um exército de cartilheiros, de hipócritas, de avençados organizados e eficazes. Temos de reconhecer que também poderão existir no meio alguns ingénuos, chamemos-lhes assim.

Da “geração rasca” passamos para os “instalados à rasca”, que sobre o manto do seu puritanismo tudo fazem para atacar o nosso Clube e o seu Presidente. São aqueles que não lhe reconhecem méritos nem virtudes, em que tudo o que acontece de mal é culpa de Bruno de Carvalho e quando corre bem os méritos são dos outros. Estes são os mesmos que sem o rigor que as funções exigem, permitem, por exemplo, em artigos de opinião a partir de dados concretos, não lendo a ficha técnica, extrapolar e retirar conclusões que os próprios dados não permitem. Isto não os impede, contudo, de a partir de uma conclusão errada e abusiva suportarem as suas teses subversivas com um intuito bem claro e de revanche. No entanto, aparecem com um ar angélico, para do alto da cátedra quererem transparecer uma imagem de isenção e rigor quando a prática nos revela precisamente o contrário."
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.08.2017 às 15:35

JMartins,
Obrigado pelo seu comentário, que se centra, com todo direito, na defesa de Bruno de Carvalho. Apesar da boa retórica resume a argumentação a considerar os críticos do Presidente, grosso modo, em avençados e/ou ingénuos. Permita-me discordar. Nem o Presidente é o cúmulo das virtudes, nem os críticos ( sublinho, no plural) são perigosos subversivos. A crítica é outra face da liberdade. Não há nada mais pernicioso que a total unanimidade. Bruno de Carvalho possui méritos? Certamente. Bruno de Carvalho tomou decisões e atitudes erradas? Só não vê quem não quer ver. Bruno de Carvalho luta pelos interesses do SCP? Admito e para isso é Presidente. Bruno de Carvalho é o SCP? Não. Como sempre aconteceu, os homens passam e o clube fica.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 25.08.2017 às 15:56

BdC vai continuar a falar mais para fora do que para dentro, é só uma questão de oportunidade. Qualquer outra conduta sua não satisfaz o seu ego. Talvez que os castigos sucessivos tenham abrandado o seu fervor, nada mais do que isso.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.08.2017 às 16:06

Miguel,
Concordo plenamente. Havia um velhote, na minha aldeia, que dizia "quem é porco (sentido sujo) em Odeleite é porco em Lisboa". De facto é muito difícil fugirmos à nossa natureza.
Sem imagem de perfil

De Zeca a 25.08.2017 às 16:42

Caro Nação Valente,

A leitura possível de fora para dentro é que a equipa de trabalho que refere no seu texto é muito limitada no Sporting, por constar apenas de um pequeno grupo dos elementos mais subservientes a BdC.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.08.2017 às 16:54

Zeca,
Compreendo. É BdC e BdCzinhos.
Sem imagem de perfil

De MC a 25.08.2017 às 17:07

Há guerra instalada entre SCP e SLB e Bruno de Carvalho não a vai abrandar, com ou sem razão para tal.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.08.2017 às 21:06

MC,

Bruno de Carvalho, na minha opinião, usa a rivalidade entre SCP e SLB para motivar e unir os adeptos. Duvido que esse seja o melhor caminho.
Imagem de perfil

De PSousa a 25.08.2017 às 20:27

Nação Valente,
Belo texto. Este é daqueles POST 's que dá prazer ler e assim é que deveria ser visto este belo desporto chamado FUTEBOL!
Todos nos devemos respeitar, picardias saudáveis são bem vindas e se fosse sempre assim o Futebol seria lindo.
Como o Nação, eu sou daqueles que também acredita que podemos e devemos aprender com os erros e espero que esta direcção e até o treinador e jogadores tenham aprendido alguma coisa nos últimos anos.
A continuar a jogar assim, a ter um JJ que apesar de puxar sempre à sua sardinha mas que até deu os parabéns aos jogadores...acho que vamos chegar a bom porto!
Ah, já me esquecia... e com BdC assim, mais "calmo", mais "calado", mais "sentado" onde deve e ainda perto da sua "família".
Obrigado mais uma vez por um texto que não dá muita guerra mas que é dos que eu mais gosto de ler!
Saudações Leoninas e que no Domingo pelas 20h estejamos a festejar mais uma vitória da nossa entrada de Leão e que se espera com BOAS saídas.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.08.2017 às 21:02

PSousa,
Obrigado pelo comentário.Para além da nossa paixão pelo clube e pelo futebol, precisamos de reflectir serenamente sobre as questões, sobretudo, relacionadas com o nosso clube. E esse é um dos objectivos deste espaço. Umas vezes estamos de acordo, outras não. Unir os sportinguistas na sua diversidade deve ser missão dos nossos dirigentes, porque é assim que se leva a nau a bom porto. Aproveitando a sua deixa, espero que o ambiente familiar do Presidente, iniciado com o novo casamento, o faça ficar mais calmo e mais ponderado.

Saudações leoninas
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 26.08.2017 às 21:28

Boas Caro Nação Valente,

Folgo em lê-lo novamente!

Gostei tanto da sua análise com sábia diplomacia, sem deixar de ser objectiva! Vamos acreditar que esta equipa continue a dar-nos alegrias! Estou quase exclusivamente atenta aos jogadores!
É importante ter atenção ao resto, mas já me enjoa, porque não acredito que haja alguma vez posturas institucionais de quem de direito! O tempo traz muitas verdades, todos sabemos disso, aguardemos e confiemos na sua infalível mestria!

Grande abraço

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 26.08.2017 às 21:43

Obrigado, Carlinha, pelo comentário. Cá estamos, mais uma vez, a torcer pelo nosso Sporting, esperando que "desta é que seja". Entendo que, desta vez, se acertou em algumas contratações. Desejo que as estruturas directivas, não deitem tudo a perder, como tem sido habitual.

Grande abraço e muita saúde
Sem imagem de perfil

De Leão da Guia a 28.08.2017 às 15:53

Magnífico e oportuno artigo de Nação Valente – cujas considerações recolhem, de facto, a minha absoluta concordância e se integram plenamente na minha filosofia relacionada com o nosso Sporting actual. Tenho estado ausente do país e só agora tive ocasião de ler o artigo.

É uma realidade que a ausência de moderação e inteligência da parte de quem dirige resulta da deseducação cívica, ética e moral que tem vindo a infectar sucessivas gerações portuguesas – reflectindo-se, neste caso específico, num flagrante défice de cultura desportiva e, portanto, de preparação, em que a sensatez e a humildade deram lugar ao populismo, à arrogância e à bazófia, com todas as nefastas consequências que se conhecem e deploram.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo