Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

KJ0DO9DQ.jpg

 

Este foi o onze inicial frente à Sérvia:

 

- Rui Patrício - 27 anos

- Bosingwa - 32 anos

- Ricardo Carvalho - 36 anos

- Bruno Alves - 33 anos

- Eliseu - 31 anos

- Tiago - 33 anos

- João Moutinho - 28 anos

- Fábio Coentrão - 27 anos

- Danny - 31 anos

- Nani - 28 anos

- Cristiano Ronaldo - 30 anos

 

No que a este onze diz respeito, verifica-se uma idade média de 30.5 anos. Além do jovem William Carvalho que entrou em campo aos 85', tivemos José Fonte (31 anos) a substituir o lesionado Ricardo Carvalho e ainda Ricardo Quaresma (31 anos) em substituição de Fábio Coentrão.

 

A questão que me confronta é precisamente sobre a longevidade competitiva, ao mais alto nível, da vasta maioria destes jogadores, com o Euro 2016 em mente, partindo do princípio que Portugal assegurará o apuramento. Não consigo distanciar-me da ideia que Fernando Santos está a tentar duplicar o modelo mais recente da Grécia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Luis Franco a 30.03.2015 às 07:05

Eu acho importante o Fernando santos comecar a renovar a equipa. Ter uma equipa mais jovem no europeu 2016 para que depois estarem mais bem preparados para mundial 2018 ect ect.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.03.2015 às 08:12

Rui é visível para quem quiser ver.

Para além da questão das idades eu pergunto o que faz Eliseu no 11!?
Coentrão a médio ala !?
Tiago a médio defensivo num jogo que é para dominar e ganhar!?
Danny a ... em que posição é que ele jogou mesmo !?

Acabamos por ter alguma sorte na forma como apareceram os golos (tem sido assim sempre), ou alguma coisa muda ou ainda vamos ter alguns dissabores nesta fase de apuramento.

SL,




Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 30.03.2015 às 10:06

Sérgio,

Algumas das respostas às tuas perguntas, são derivado da mesma resposta... passo a explicar:

- Onde foi o jogo? na Luz...
- Quem joga na Luz? Benfica...
- Quem é o pior jogador do Benfica? Eliseu... Mas isso importa?! Claro que não.... Como não importa, vamos torná-lo titular! Não podemos admitir um jogo na Luz, e sem benfiquistas...
-Sendo o Eliseu titular... e como o Coentrão tem de jogar... vamos pô-lo no meio campo...

Isto sim é renovação... mas ao contrário... quanto mais jogamos com FS, mais velha a equipa vai ficando...
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 30.03.2015 às 10:37

Aposto que o FS ainda vai aos Açores ver da disponibilidade de um certo ponta de lança
Sem imagem de perfil

De PSousa a 30.03.2015 às 11:55

Saudações Leoninas,

A selecção está a envelhecer mas é sólida. Esta "experiência" de jogadores mais velhos pode ser boa para esta fase... mas algo tem de mudar.
Quanto ao jogo vi uma Sérvia que não soube aproveitar a menos boa selecção nacional.... e vamos ver onde paramos!
Eliseu.... JOGADOR de SELECÇÃO??? ?Dêem lugar aos TIAGOS PINTOS de PORTUGAL.... antes que seja tarde....
DANNY.... ele jogou? Onde para o DANNY?
O que valeu foram os três pontos num grupo onde a ALBANIA ainda vai ser o primeiro.....
Sem imagem de perfil

De RRAleixo a 30.03.2015 às 12:17

A palhaçada na selecção continua, por isso até aparecer alguém com eles no sitio e colocar os melhores (WCarvalho, JMário, Antunes, Fonte (defesa), POliveira (BAlves dá vontade de rir), Neto entre outras opções) a única coisa de útil que tenho para dizer da selecção é insultar quem a dirige e manda....

Há quantos anos mesmo a selecção não joga em Alvalade? Relvado e o camandro... não brinquemos andamos a jogar em todos os estádios mas nem amigáveis se faz em Alvalade? Vão mas é pó....

PS: A selecção é dos expoentes máximos de compadrios e favorzinhos do lodo nacional.

PS1: Sim, abomino selecções, só servem para cansar os nossos jogadores e na maior parte das vezes (Portugal) não saem valorizados pelos interesses instalados.

PS2: eliseu? F vão po C, desculpem a linguagem

SL
Sem imagem de perfil

De L a 30.03.2015 às 12:24

Já houve jogadores ontem que não durarem sequer o jogo todo. E depois numa fase final surgem aqueles casos que nem cabem na língua portuguesa.

Para jogar a maior parte do tempo com dois blocos no nosso meio-campo e só meter gente na frente nas bolas paradas bacalhau basta. E depois já se sabe como é o futebol em Portugal, qual ideia de jogo qual… A ganhar ninguém questiona nada até ao desastre total. Uma máxima que é válida para o Fernando, para o Paulo ou para o Bruno. Em Portugal só se cai quando a bola começa a bater na trave e muitas vezes sem aprofundar a razão. E eu até sou dos que penso que é na selecção nacional que outra máxima, como a velhice ser um posto, faz mais sentido mas há limites para tudo. Como a muita qualidade e jogadores muito mais competitivos hoje que ficaram de fora ou o que é que mudou desde o Brasil? Deixámos o clima tropical e voltamos a jogar na Europa! De resto continuam os jogadores com um alto índice de suspeição lesionável - como dizia o Jones - para não dizer lesionados ou a recuperar. Ou o Coentrão, sem jogar no Real, sem oxigénio e ainda com tanto tempo de jogo pela frente. Ontem arrumámos a Sérvia com o paio do timing dos golos.

Com a defesa toda fora de validade mas mais que desancar nos jogadores que não têm culpa nenhuma, querer transformar Portugal ou Espanha numa Grécia ou numa Itália é não compreender minimamente a natureza distinta dos países e dos jogadores, que também é o mínimo dos mínimos que se deve exigir a cada treinador. Um erro tremendo, até admito com alguma “culpa” de Ronaldo. Já foi assim que Ferguson perdeu a última final da Champions. A subordinar tudo à morfologia do jogador, como dizia ontem aqui o Leão 1906. Também é justo dizer que o Fernando Santos não é o 1º treinador que Ronaldo condiciona, quando as transições rápidas até acabam sempre por acontecer em qq jogo, de tão naturais. Ainda concordo que Ronaldo ao meio na selecção já é hoje uma inevitabilidade e outra que não concorre de maneira nenhuma com mais posse. Nos melhores torneios Portugal mandou sempre no jogo porque ninguém é feliz ou rende mais a fazer fretes! Ainda que também admite o que já é hoje um grande defeito, com o poder das televisões e continuo a olhar para o jogo mais sob o ponto de vista de quem vai ao estádio e vê um jogo de treta, de parte a parte embora com um resultado positivo e menos em quem fica em casa ou à espera da felicidade nos jornais.

Na Grécia foi para o Mundial 2014 ainda a acabar de espremer os campeões europeus em 2004, uma década antes. Com o futebol mais miserável que já se viu mas nós é que vimos mal porque o Infante Fernando Santos também descobriu a formação na Grécia. A cumprir castigo, se houvesse justiça em Portugal ontem tinha saído directamente do estádio para o EPL. Onde têm muito tempo para ouvir histórias e onde calculo que não seja muito aconselhável jogar sempre à defesa. Fazia-lhe bem ver lá o próximo jogo. A ele e a nós!
Sem imagem de perfil

De SMCM a 31.03.2015 às 10:59

Confesso que também acho que isto vai acabar mal. Ou seja, enquanto a sorte tiver do nosso lado vamos andando, quando não nos bafejar vamos cair com estrondo.

Fernando Santos está preocupado com a sua imagem, com resultados. Só e apenas. Eliseu é uma anedota. Toda a defesa tem idade avançada. Eu até poderia compreender a chamada de Ricardo Carvalho (jogador que apreciei muito) se o resto da defesa fosse muito nova. Não compreendo ter toda a defesa em idade avançada e não se proceder aos poucos à substituição.

Cédric para mim, é um jogador que pode dar mais é certo, mas que de momento talvez seja o Lateral Direito com mais dinâmica no futebol português.

Raphael Guerreiro, gostei muito de o ver, tal como o Antunes. Acho que não é por aí que a selecção perde.

No meio campo, por muito bom que tenha sido, não compreendo a chamada de Tiago. É das zonas do campo mais importantes para o desfecho do jogo e que requer muita dinâmica que Tiago e Danny já não têm... Coloquem o João Mário, o André Gomes, ou mesmo o Adrien. Agora Tiago e Danny ou Fábio Coentrão... ridículo.

Acho que o Coentrão jogou para minimizar os erros do Eliseu o que é absurdo.. 2 jogadores para uma posição.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo