Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eu venderia Adrien Silva

Rui Gomes, em 31.08.16

 

img_770x433$2015_12_07_08_18_20_1037637.jpg

 

Vou ser breve neste meu comentário, porque não pretendo massacrar um assunto já tão debatido entre nós adeptos, em dias recentes. Isto, sem saber, a esta hora, que novidades no esperam neste último dia da saturante Silly Season.

 

Não vale a pena revisitar toda a informação com que temos sido confrontados, hora após hora. Ponderei esta questão muito cuidadosamente e cheguei à seguinte conclusão, sublinhando, no entanto, que é apenas a minha opinião:

 

Depois de tudo que é do nosso conhecimento e apesar de nós adeptos termos a tendência de esquecer e perdoar com muita facilidade, creio que nada em torno de Adrien Silva vai ser o mesmo no futuro. Ele não é o único culpado desta situação ter chegado onde chegou, mas perdeu muita credibilidade perante uma vasta maioria de sportinguistas.

 

A permanecer no Sporting, não lhe reconheço condições para continuar com a braçadeira de «capitão» e até não será disparatado questionar se o seu nível de performance não irá sofrer.

 

Depois de João Mário e Slimani, será doloroso para a equipa leonina perder mais um jogador nuclear, mas já que o Sporting está a fazer um género de limpeza - e uso este termo por falta de melhor - e a receber muitos milhões em troca, é de aproveitar o momento e realizar tudo, ou quase tudo, ao seu alcance. A realidade é que aos 27 anos, Adrien Silva nunca mais vai valer mais de 20 milhões de euros, acreditando que esse valor foi de facto oferecido ao Sporting.

 

Lamenta-se que muito do que está a acontecer, literalmente nas últimas horas do mercado, não tenha sido resolvido há umas semanas atrás, para permitir o alcance de alternativas para o plantel de forma ponderada. Ao fim e ao cabo, recorde-se que este Verão, entre a equipa principal e a secundária, com um ou dois juniores à mistura, o Sporting já fez mais de 20 contratações.

 

Não vejo ninguém neste momento na equipa para adequadamente colmatar a saída de Adrien Silva, mas por algum motivo se está a pagar tantos milhões a Jorge Jesus. Compete a ele organizar o talento que tem à sua disposição e extrair dele o máximo de rendimento.

 

Esta minha sugestão não será a solução ideal, mas sim a melhor possível, atendendo às circunstâncias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:44

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Petinga a 31.08.2016 às 06:04

O post é equilibrado e concordo com a sua conclusão.

Lamentam-se as farpas e bocas (mas o Rui tem óbvia dificuldade em aceitar que seja sob gestão de BdC que se batam sistematicamente os recordes de transferências do Sporting clube de Portugal). A de "Lamenta-se que muito do que está a acontecer, literalmente nas últimas horas do mercado, não tenha sido resolvido há umas semanas atrás" é tão desnecessária como ridícula; obviamente que só por ter esticado a corda até Agosto é que o Sporting consegue encaixar 40 e não 25 por João Mário; e 35 e não 20 por Slimani. Nem o Leicester daria mais de 15 por Adrien - se é que o quereria - há 2 meses atrás.
Num clube com as dificuldades financeiras do Sporting isto são quase 50 milhões de diferencial.
Sem imagem de perfil

De HY a 31.08.2016 às 06:40

Provavelmente, não será a pior solução vista a situação criada...mas, por outro lado, nao se o estaria a enviar o sinal de que sempre que alguém quer sair basta-lhe fazer fita? Naomseria ser eu a ter que tomar essa decisão....
Sem imagem de perfil

De HY a 31.08.2016 às 06:41

"Não queria ser eu a ter que tomar essa decisão..."
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.08.2016 às 10:36

A única diferença entre Adrien Silva e João Moutinho, é o primeiro ter sido campeão europeu, cuja montra leva agora um clube como o Leicester a oferecer os milhões de registo.
Sem imagem de perfil

De HY a 31.08.2016 às 13:16

Eu não mencionei o JMoutinho, mas estou parcialmente de acordo consigo...
O que me preocupa é a atitude, o precedente. Lembra-se como o PdC lidou com o Zivkovic? Por vezes é preciso pensar em algo mais do que dinheiro. Mas pode correr mal,também. (Carrillo)...não é uma decisão fácil, nós não estamos dentro da situação, falar de fora é fácil...
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 31.08.2016 às 07:29

Venderia e venderia muito bem. E tanto venderia bem que foi vendido mesmo.
Abraço Rui.
Sem imagem de perfil

De Godinho Lopes a 31.08.2016 às 10:31

Caro Ricardo, fui reler o seu post, e vou deixar um pequeno excerto :

"Como é mais do que visível, o Sporting queria vender Adrien. Mais: nunca concebeu sequer conseguir vendê-lo por um montante acima de 25 milhões de euros uma vez que o preço que estipulara pelo atleta eram 15 milhões."

O Ricardo foi premonitório, e a barreira dos 15 M€ de encaixe pelo Adrien, nem foi superada. Quem entretanto esfrega as mãos de contente é o Mendes, porque a anterior Admnistração do Sporting, acumulou então mais um acto de gestão exemplar, e num triènio que culminou com um honroso 7º lugar, a pior classificação de sempre do Sporting CP!
Sem imagem de perfil

De Passaleão a 31.08.2016 às 07:31

Com um contrato assinado há seis meses com cláusula de rescisão aumentada e nenhuma manifestação de vontade de sair ou possibilidade concreta de uma transferência até 29 de Agosto, não vejo que isto tivesse que estar resolvido há semanas. Não houve solução para isto porque simplesmente não havia problema.

Não foi certamente por acaso que a questão surgiu agora. A revelação de que Jorge Mendes andou feito caixeiro viajante a impingir o jogador, quando nem sequer é o seu empresário e evidentemente não é mandatário do Sporting, ajuda a compreender as coisas.

Com a venda de Adrien, Mendes não só recebe 20% do bolo (que lhe foram oferecidos pelo saudoso Godinho em 2012) como dá um golpe mortal na competitividade do único clube português que lhe não lhe beija os pés. Um clube que vendendo dois jogadores faz entrar 75 milhões em Portugal sem pagar ao Mendes a sua habitual portagem, e que é a grande ameaça ao baile a dois entre a lavandaria de Lisboa onde o Mendes trata da vida e a do Porto onde tem o afilhado a estagiar.

Pois, de certeza que acontecer isto, e acontecer agora, é tudo uma enorme coincidência.

Quanto ao Adrien, por mim fica e joga. Se pedir desculpas públicas, fica com a braçadeira. Perde o respeito dos sportinguistas mas isso é problema dele.

Se não pedir, deixa de ser capitão, joga ou não joga conforme o rendimento justifique, e no fim da época que saia, mas nos termos a decidir pelo Sporting. E a quem nessa altura disser que foi má gestão não vender agora, quando estava mais valorizado, responderei que os milhões perdidos serviram para pagar um exemplo e a uma lição dada aos jogadores e ao mercado.

PS - De certeza que teria sido capaz de arranjar um termo melhor que "limpeza", visto que este não descreve minimamente o que se está a passar e o Rui não tem problemas de vocabulário.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.08.2016 às 10:27

Preocupou-se muito com o termo "limpeza"...

Pensa que andamos todos a dormir ?... O problema não começou com a manifestação pública de Adrien, mas sim com o Sporting receber proposta por ele e rejeitar, sem, entretanto, lidar internamente com o atleta. E isto não aconteceu anteontem.
Sem imagem de perfil

De Diogo Martins a 31.08.2016 às 11:40

Mas também não aconteceu há duas semanas.

Adrien renova em Fevereiro, afirma em Maio desejo de ficar, "bate com a mesa" a pedir concentração ao balneário em Agosto.

No seu comunicado expressamente fala apenas de uma única proposta do Leicester, clube que apenas surge como interessado nos serviços do jogador mesmo no final da janela de transferências.

Eu concordo com tudo no seu post meu caro Rui, mas pelos dados que temos em nossa posse, simplesmente não consigo perceber como o assunto poderia ter sido acautelado antes - antes do interesse do jogador em sair, antes da proposta do Leicester, depois da renovação do contrato.

E parece-me evidência disso o facto da saída de Slimani ter sido acautelada prontamente (com Dost e Castaignos), enquanto que em relação a Adrien, a contratação de Elias revela certa dose de desespero.
Sem imagem de perfil

De Rui Marques a 31.08.2016 às 08:29

Concordo com o Rui, penso que a melhor saída para este problema é a venda. Quanto ao substituto confio nas capacidades do JJ para resolver essa questão. O Elias caso esteja bem fisica e mentalmente parece um bom reforço que foi mal aproveitado na anterior passagem pelo nosso clube.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 31.08.2016 às 12:01

O Elias simplesmente nao tinha "equipa" quando da ultima vez que cá esteve , mas o mais negativo é que agora vem com 31 pesados na pernas .
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 31.08.2016 às 08:52

Por mim Adrien pode sair. Ainda mais se Elias regressar, pois para mim Elias era melhor. Se voltar com a mesma tecnica e rotatividade que mostrou e bem orientado por JJ, temos reforço.
Sem imagem de perfil

De SMCM a 31.08.2016 às 10:50

Sempre ouvi dizer, nunca voltes ao local onde já foste feliz pois podes desiludir-te, no caso do Elias será volta onde não foste feliz que desta é que vai ser?? Acreditam nisso? Acho que mais depressa vamos arranjar uma solução interna para substituir o Adrien, do tipo Esgaio ou Wallyson...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.08.2016 às 09:07

Bons dias,

A ser verdade as últimas noticias que falam na venda de Adrien e na chegada do Elias, penso que podemos dizer que foi feito o mais sensato.

O Adrien com 27 anos foi bem vendido. Ficar com o jogador no clube contrariado e perder o encaixe financeiro para fazer "finca-pé", seria desastroso, principalmente porque é o capitão do Sporting.

Seria terrivel para o moral e balneario da equipe ter um capitão nesse estado.

Desportivamente podemos dizer que vamos sentir falta do nosso grande meio campo, onde ficamos privados de 2 peças chave.

Mas todos os clubes tem que estar preparados para perder jogadores.

Menos mal é quando se perdem com um bom encaixe financeiro. 100 milhões de Euros para um clube da nossa dimensão é muito $$$, e espero que sejam bem usados.

Eu diria mesmo a nível internacional são poucos os clubes que chegam a esse tipo de valores numa única janela de Mercado.

O Sporting irá ter de adaptar-se, e o nosso treinador vai ter de trabalhar nesse sentido.

Com os melhores cumprimentos, Davide Ferreira.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.08.2016 às 10:23

Caro Davide Ferreira,

Só por mero acaso é que o seu comentário não foi apagado, dado que exige-se que o leitor se identifique.

Há uma pequena caixa por cima da caixa onde se escreve os comentários claramente indicada para esse fim.
Sem imagem de perfil

De Davide Ferreira a 31.08.2016 às 10:51

Bom dia,

Todos os meus posts são assinados com o meu nome.

Com os melhores cumprimentos, Davide Ferreira
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.08.2016 às 10:58

Meu caro,

Agradeço que siga as instruções que lhe indiquei, porque se não o fizer e a moderação estiver activada, o seu comentário não será publicado ou será apagado.
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 31.08.2016 às 10:42

Para além de todas as questões desportivas e até morais, a verdade é que após uma única época ao comando do Sporting, e com a ajuda do Euro 2016, JJ faz acontecerem 100 milhões de Euros em vendas. Já fazia o mesmo no Benfica...

Além disso, lembro-me bem do ano em que perdeu o meio campo do Benfica. na altura Javi Garcia e Witsel, em cima do fecho do mercado e inventou Matic levando o clube a uma excelente época a níveldesportivo.

No Sporting será igual. Não aprecio a personalidade mas a nível de treino é excelente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.08.2016 às 11:00

Apenas "com a ajuda do Euro 2016" ?
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 31.08.2016 às 11:10

Não escrevi "apenas". Mas o Euro2016 ajudou, e muito, a valorizar o meio campo do Sporting. A qualidade já estava lá mas a visibilidade foi enorme em França.
E foi JJ que potenciou no último ano estes jogadores, permitindo agora a sua venda por valores a que o Sporting não estava habituado.
Sem imagem de perfil

De Passaleão a 31.08.2016 às 14:50

É claro que isto foi tudo Euro e nada Jorge Jesus. Principalmente o Slimani, que se fartou de marcar golos em França na bela campanha da selecção da Argélia.
Sem imagem de perfil

De António Santos a 31.08.2016 às 12:31

Sem duvida.
Jesus é já o treinador mais barato de sempre do Sporting, ele que leve lá os seus milhões para casa ao final do ano que bem os merece, o homem paga-se a ele próprio no mínimo umas 10 vezes todos os anos ( este ano parece que vão ser 20x ).
Aguardemos pelo retorno desportivo, que com toda a certeza vai chegar para ficar, aliás, se houvesse justiça no futebol e não tivéssemos que andar a disputar um campeonato sujo e corrupto, já tinha chegado o ano passado.
Sem imagem de perfil

De SMCM a 31.08.2016 às 10:54

Quero o Viking Aron Gunnarsson!!! Para substituir o Adrien!. Quero um gajo com fibra e ambição de ainda fazer um bom contrato.. não quero um Elias molengão que já não ambiciona muito da vida!!

Se alguém da Direcção do SCP vem a este blog que fale com os directores desportivos e vão buscar o Aron Gunnarsson, nestas últimas horas do mercado!!
Sem imagem de perfil

De Plinio a 31.08.2016 às 12:35

Custa.me ver sair o Adrien e o J. Mário e o Slimani.
Entendo que procurem ganhar o máximo que podem no mínimo de tempo possível.
Mas pergunto se por vezes não há que abdicar de mais algum dinheiro em troca de outras coisas que igualmente valem dinheiro. Ou seja, o carinho dos adeptos, a atenção da comunidade, o estar perto da família. Tudo isto estes jogadores vão perder porque passarão a ser apenas mais uns nos respectivos clubes, enquanto no Scp eram verdadeiros símbolos, ídolos até. Certo que isto vale o que vale, e os romantismos não enchem barriga. Mas parece-me que os jogadores quanto mais ganham mais querem ganhar. Só saem do Sporting para ter melhor ordenado e nada mais, não venham com ambição profissional porque o Leicester e o Inter neste momento não são melhores que o SCP. Diferente era vê-los num Real Madrid, Barcelona, Bayern, Manchester United ou City, Chelsea. Mas nenhum destes colossos se interessou por eles. Portanto tudo se resume ao dinheiro, que valendo muito, vale o que vale.
Sem imagem de perfil

De HY a 31.08.2016 às 13:03

Tem razão, De Plinio, mas é a eles que compete decidir o que querem para a vida deles...

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo