Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Fair-play é uma treta"

Rui Gomes, em 23.11.16

 

img_770x433$2016_11_22_22_29_46_1187607.jpg

 

«O João hoje não fez nada mas valeu a inteligência do Kovacic, que tirou o João do jogo. E lá está fair play? Qual fair-play? Não há fair-play nenhum. Estou farto de dizer que no futebol não há fair-play e as pessoas é que se enganam, eu não. É isso que digo aos jogadores. Kovacic foi inteligente. Esta conversa do fair-play é tudo uma treta, não existe, é tudo treta. Se não ele não fazia aquilo para enganar».

 

Confesso que há jogos e ocasiões em que sustentam a tese de Jorge Jesus. Como indiquei na crónica do jogo, as imagens não deram para ver esclarecidamente as acções dos jogadores, nomeadamente de João Pereira, mas fiquei com a ideia que mesmo que tivesses existido alguma falta, não houve causa para o cartão vermelho.

 

Kovacic: «Estava a falar com ele (João Pereira) e deu-me um murro no estômago. O vermelho foi bem mostrado. É culpa dele, que posso eu fazer?».

 

img_FanaticaBig$2016_11_22_21_14_32_1187558.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 23.11.2016 às 08:46

Há uma repetição em que se vê claramente que o jogador do Real simula.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 23.11.2016 às 08:52

JP é burro coloca-se a jeito e depois nós temos um Karma fdp!

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.11.2016 às 09:04

Rui, não concordo.

Vê-se claramente o João Pereira dar uma patada na barriga do adversário. Isto a meio metro do Fiscal de Linha...

É de um amadorismo absurdo.

E logo o João Pereira, dos jogadores com mais experiência no Sporting.

Ao longo da sua carreira, João Pereira vai acumulando algumas expulsões parvas, esta é apenas mais uma delas.

Só prejudicou a sua equipa.

Repetição do lance: http://i.imgur.com/4KERdUU.gif
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 23.11.2016 às 09:04

Não assinei o comentário anterior, por descuido. Peço desculpa.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 23.11.2016 às 09:06

Dá um encosto no jogador, não uma patada. Isso não é motivo de expulsão e sim amarelo.
Imagem de perfil

De Ricardo Rodrigues a 23.11.2016 às 09:08

Podia fornecer o link correcto? é que o que colocou em nada se vê o que descreve!

"Vê-se claramente o João Pereira dar uma patada na barriga do adversário. Isto a meio metro do Fiscal de Linha... "
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 23.11.2016 às 11:35

Não deixa alternativa ao árbitro. Mesmo tendo apenas encostado a mão na barriga do outro, obviamente que se coloca muito a jeito e de uma forma desavergonhada ( no sentido de ter sido mesmo nos olhos do fiscal). É exagerado o vermelho, claro, mas há mais um erro do JP do que propriamente do árbitro. Concordo com o discurso do JJ para fora, mas espero um puxão de orelhas ao JP em privado. Foi uma infantilidade que custou muito caro.
Sem imagem de perfil

De Daniel Silva a 23.11.2016 às 15:13

J. Pereira não deu qualquer patada no adversário mas estava a ser agarrado pelo fiscal de linha que tinha a mão no seu antebraço esquerdo por qualquer eminencia que se apercebeu poder acontecer.
JP insistiu e investiu de ombro contra o jogador do Real que estava erecto sem esboçar qualquer gesto defensivo.
Agressão e intenção de agredir estão explicitamente visiveis sobretudo se o juiz de linha já estava a tentar impedir.
Assim tão perto foi correctamente expulso.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 15:28

Eu vejo muita gente a dizer que foi bem mostrado o vermelho..... para eu perceber essa lógica, alguém que me explique porque razão este lance nem amarelo deu para o Gaitán (http://videos.sapo.pt/fUNRMBTGTp2sumiWRl6Q), lance do ano passado aos 12 minutos contra o Moreirense.
Sem imagem de perfil

De Daniel Silva a 23.11.2016 às 16:46

O que se põe aqui em causa é a falta ou excesso de fair play de quem sofreu a investida, tentando fazer crer que JP foi ingenuo e o malandreco foi Kovacic, transferindo o onus da acção para quem não teve iniciativa agressiva.
Se Kovacic amplificou ou não, nada retira à existencia de uma intenção explicita de JP em agredir o adversário quando o juiz ao agarra-lo estava a adverti-lo de não o fazer. Quando decidiu avançar e tocar-lhe desobedeceu a esse impedimento tornando-se numa agressão.
JP é um habitué nestas intenções e JJ sabia que foi bem expulso, apenas arranjou dalí uma justificação para lamentar o resultado final igual aquela que evocou no jogo de Madrid ainda mais espafurdia de se estivesse no banco teria vencido.
Este é um jogo onde se joga para os milhões e os jogadores devem estar sensibilizados para isso.
João Pereira foi bem expulso mas não foi por isso que o Sporting perdeu como JJ insinua.
Já aqui vi posts seus clamar para não misturar assuntos.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 23.11.2016 às 09:16

Bom dia,

Amarelo para os dois jogadores. Nada mais.
Imagem de perfil

De Ricardo Rodrigues a 23.11.2016 às 09:17

Tal como eu disse na crónica ao jogo, hoje até do JJ a falar gostei... não estava exaltado, percebeu perfeitamente que a expulsão foi por mérito do Kovacic e não por desmérito dos árbitros que "foram" enganados.
Em Espanha este tipo de casos é uma constante e ao Barça de Guardiola até já foram dedicados uns videos "muito" engraçados, pois o numero de casos flagrantes era impressionante.
Infelizmente os árbitros não têm a capacidade para distinguir este tipo de jogadas, dai o essencial que os jogadores joguem com fair-play, mas tal como o JJ quer dizer, não se pode jogar com FP quando não são todos a fazê-lo, e neste momento grande parte dos jogadores joga sem FP, logo não podemos ser "anjinhos"...
Graças a esta acção um jogador foi expulso e nada acontecerá a quem provocou a acção, a não ser, ganhar um jogo...

FR
RR
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 23.11.2016 às 16:09

Nem mais
Sem imagem de perfil

De Maria a 23.11.2016 às 09:31

A cena que ditou esta expulsão fez-me lembrar outras cenas belicosas no clube anterior do treinador do Sporting em competições a este nível (tão distante e estranho do seu realm)
Nas repetições via-se melhor o Luisão do que o João Pereira mas o ambiente/intenção/"filosofia" de jogo é o mesmo, e com o mesmo "mestre", e que ao intervalo já se advinhava que não tardaria.
Há no Sporting pessoas a quem este estilo não contagia. (Cada vez admiro mais o Capitão - que colosso emocional e de líder!)
Se formos sinceros sabemos que ao João Pereira assentam como uma luva...
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 23.11.2016 às 09:37

Há sempre desculpas para as nossas derrotas. Mais uma vez ganhámos moralmente. Jogámos bem, taco a taco, mas o nosso problema continua a ser fazer golos. E assim não se ganham jogos.
Sem imagem de perfil

De Jaime Dias a 23.11.2016 às 09:38

OK, pronto, o árbitro de baliza e o fiscal de linha erraram, viram mal e informaram mal o árbitro. OK, pronto o amarelo bastava e o JP nem foi expulso. Acham mesmo que o SCP ia ganhar ao Real Madrid? E não se queixam do penalti caído do céu, nem do Rei Naldo a fazer de conta que estava em campo?! É que se formos sinceros, o jogo estava 10 contra 10.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 09:45

As pessoas não estão a atingir o teor da frase "Fair play é uma treta".

O que JJ quis dizer, é que mesmo uma equipa com o gabarito do Real Madrid faz simulações, perde tempo, etc. Logo, esta ideia faraónica de que o futebol é um desporto cheio de fair-play é uma treta.... se até a melhor equipa do mundo o faz, porque razão se critica as equipas pequenas por também o fazerem?

Nota: ainda dizer que este caso do João Pereira deveria ter sido amarelo para cada um... mas já estamos habituados aos critérios Champions!
Sem imagem de perfil

De Jaime Dias a 23.11.2016 às 10:04

Não, a maior parte das pessoas sabem bem o que é o fair play.

É o tal fair play que o anjinho, inocente, inexperiente, bom moço João Pereira teve a despropósito.

É o tal fair play que leva o Presidente do SCP a sair a correr do relvado e pôr-se à espera de atalaia durante 7 minutos, para provocar e cuspir fumo no Presidente do clube adversário.

O tal fair play que JJ conhece bem e usa quando lhe dá jeito.

https://www.youtube.com/watch?v=lEumKiUzPL8



Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 23.11.2016 às 12:01

É tão bom baralhar tudo.....confundir uma simulação de agressão, com o fair-play que qualquer interveniente, com classe, deve ter quando se verifica um jogador caído. No caso do Marcelo, via-se perfeitamente que não era simulação, ninguém no seu perfeito juizo, simularia uma lesão naquelas circunstancias. São coisas bem diferentes, e que servem para disfarçar a falta de classe.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 12:08

Robbie Fowler,

Houve um passe em profundidade, e o Marcelo manda-se para o chão depois do Gelson se isolar... queria que o Gelson isolado não seguisse a jogada?!?! acrescento ainda que o Marcelo, foi assistido e continuou a jogar....
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 23.11.2016 às 12:12

Claro que o Gelson fez o que tinha a fazer, não acho que devia ter parado. Marcelo estava mesmo lesionado e precisou de assistência, e acabou substituído mais tarde. Só digo que nos casos em que um jogador fica lesionado, deve haver fair-play, não é treta nenhuma, e não se pode comparar, com honestidade, isso com a simulação de faltas.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 12:19

Robbie Fowler,

Isso é uma discussão estéril.... as regras estão bem definidas.... o árbitro é que tem o poder para parar o jogo!

Eu bato sempre nesta tecla.... não se deve enviar a bola para fora só porque um adversário se lesiona.... dou-lhe o exemplo do golo do Carrillo no Nacional, em que o defesa do Nacional escorrega e se lesiona.... na minha opinião, isto também é futebol.... a sorte ou o azar de teres escorregado e de te lesionares! Não vamos parar uma jogada por causa de uma situação em que a equipa que está a atacar não tem responsabilidade...
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 23.11.2016 às 12:26

Claro que tem que se avaliar caso a caso, há circunstancias onde o jogador pode perfeitamente mandar a bola fora, mas concordo em absoluto que deve ser o árbitro a parar o jogo, infelizmente eles esperam quase sempre que sejam os jogadores. Deveriam ser instruídos para tomarem a iniciativa, e acabava-se com a questão.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 12:04

O que é as declarações do JJ têm a haver com BdC?!?!?!?!?!?!?! Mais um comentário revelador da lampionagem..... só pensam nisso.....

JJ disse que o fairplay é uma treta.... em que é que tudo o que escreveu contraria isso?! nada.... todas essas situações só comprovam o que JJ disse!
Sem imagem de perfil

De Implacável a 23.11.2016 às 10:22

Isso estou eu farto de dizer em todas as minhas intervenções.
O fair play é uma treta em toda a extensão do futebol actual dentro e fora do campo.
Até há, por aqui, um iluminado que afirma peremptoriamente que o Presidente do SCP esteve 7 minutos á espera do imaculado Pinho para lhe atirar fumo para a cara, algo de que o Pinho Júnior só se apercebeu 2 semanas depois...
O fair play é mesmo uma treta...
Sem imagem de perfil

De Jaime Dias a 23.11.2016 às 10:55

«É o tal fair play que leva o Presidente do SCP a sair a correr do relvado e pôr-se à espera, de atalaia, durante 7 minutos, para provocar e cuspir fumo no Presidente do clube adversário»

Sim, o Diretor Geral do Arouca à data, hora e altura dos factos não viu o Presidente do SCP cuspir fumo no Presidente da equipa adversária.
Sem imagem de perfil

De jorge cadete a 23.11.2016 às 10:43

Quando disse essa conversa no benfica caìu o carmo e a trindade... Agora...
Sem imagem de perfil

De Implacável a 23.11.2016 às 10:47

E quando é que ele disse isso? Quando o lucilio baptista transformou uma bola no peito fora da área do Pedro Silva num penalty? Ou foi o gabriel?
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 23.11.2016 às 11:57

O treinador do Benfica, nesse jogo, era o Quique.....
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 12:10

Implacável,

O JJ disse isso creio que num jogo entre o benfica e o Sporting, em que vê-se claramente a mandar o Artur Moraes mandar-se para o chão para perder tempo. E depois questionado na conferencia de imprensa disse essa frase....
Sem imagem de perfil

De Maria a 23.11.2016 às 13:10

Mas o homem não mudou nada. Não pode. Nem sabe.
Tudo o que estamos a ver, e ouvir no Sporting vimos fazê-lo, durante anos, no Benfica.
Com a diferença que na altura a maior parte de nós - Sportinguistas - conseguia ver o que se passava, criticar e gozar e agora só uma minoria "pode" continuar a fazê-lo - nas mesmas alturas, pelas mesma razões e com o mesmo demérito a que já assistimos.
Só sinto uma diferença entre o JJ do SLB e o JJ do SCP é que lá o tom era de "maior da minha aldeia" e cá fala sempre num tom de "coitaditos, para o que são até fazem algumas coisitas"... excepto quando tem de se colocar às cavalitas dos Campeões Europeua e aí o tom já é "criados por mim desde o biberão". Porque lhe dá jeito. Neste homem tudo é ele. Já era e continua a ser. Nada muda.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 23.11.2016 às 13:34

Maria,

Já que está a analisar as diferenças entre o JJ do benfica e do Sporting, já agora poderia comparar o nº de expulsões.... basicamente essa estatística diz que o JJ do benfica precisava de 10 vezes mais jogos para ser expulso do que no Sporting.

Acho que está tudo explicado sobre na diferença de tratamento dado ao mesmo JJ... só que agora está noutro clube!
Sem imagem de perfil

De Maria a 23.11.2016 às 17:38

Eu não analiso nada. Observo e sei o que vejo.

A diferença que menciona pode ter a ver com o tipo de pessoas com quem ele tenta pôr a "filosofia" em prática.

Fui Professora durante alguns anos e enquanto que uns - mais "ciganitos" - faziam e safavam-se neste tipo de coisas e quando não se safavam já toda a gente pensava "só se perdem as que caem no chão", sempre que alguém que, de formação não tinha essa aptidão ou tendência, tentava a mesma sorte era apanhado logo. E de alguma forma é com esse que a exemplaridade da punição tende a ser aplicada...
O mesmo acontece com quem sofre abnegadamente no trânsito, a ser cortado a torto e a direito e no dia em que perde a cabeça e passa o risco contínuo está lá o polícia mais exigente disposto a fazê-lo pagar por todas as safadices que já tinha visto naquele dia.
O que é que isto nos diz? Nada. Mas todos conhecemos vários casos onde se observa a "injustiça".
Sem imagem de perfil

De Implacável a 23.11.2016 às 20:24

Mas quem é que falou em JJ ou no Quique?!
Eu bem sei que era o Quique o treinador do beifica quando o lucílio baptista lhe ofereceu o troféu. Eu refiro-me ás palavras do gabriel numa conferência de imprensa com o plástico em cima do balcão! Sim, esses que, agora se arrogam detentores da postura exemplar.
Eles e o lucilio acabaram com qualquer importância que esse troféu poderia ter.
É deles e eu torço para que o levem todas as épocas até alguém se lembrar de acabar com essa treta.
Mas fica um exemplo de fair play para o cadete...

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo