Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fora da lei (estamos entregues à bicharada)

Naçao Valente, em 14.11.17

 

feudalismo.jpg

 

Há cada vez mais gente, a pedir a intervenção estatal, pela bagunça em que se transformou o futebol em Portugal. Raro é o dia em que não aparecem testas de ferro, ou até dirigentes, a alimentar guerras sujas nas palavras e nos actos. Sejamos claros: os dirigentes dos nossos clubes, especialmente dos chamados grandes, portam-se como senhores feudais dos tempos modernos. Espaldados nos seus milhões de adeptos, que tratam como clientelas, não se respeitam, não respeitam as leis do desporto, e nem respeitam as leis da República. E apesar de alguns se arvorarem em santinhos salvadores, isso não passa de pura hipocrisia. São todos iguais, embora possa haver uns mais iguais que outros.

 

O senhor do Norte, com a experiência de macaco velho, adaptou-se à mudança das circunstâncias que se geraram após o Apito Dourado. É agora mais comedido, porque sabe que o tempo da impunidade que cavalgou, magistralmente, já acabou. E não cai na esparrela do criminoso que volta ao local do crime.

 

O do clube da Luz, soube tirar proveito da conjuntura dos últimos anos, o período mais obscuro do clube do Norte, e incensado pela conquista de quatro títulos seguidos, pode dar-se ao luxo, de se manter protegido numa espécie de redoma de sonsice, deixando o trabalho sujo para encartilhados e outros falhados.

 

O do clube de Alvalade, eleito e reeleito, como salvador, como Deus "ex machina", sedento de poder e de protagonismo, enredou-se ao longo dos seus mandatos, numa teia de equívocos e de erros de palmatória. Confundindo presidência com chefe de claques, confundindo luta com pesporrência e malcriadez, não trouxe nada de novo, e diga-se que nem soube aproveitar o período negro do clube do Norte.

 

56605f5c82bee174ca014443galeriacemanos1t.jpg

  

Em suma, são fruto do tempo que vivemos, da desvalorização dos grandes valores. São iguais no seu comportamento, senhores feudais, ou seja,  personagens desenquadrados do Estado de Direito. Sentem-se não só acima da lei, mas fora dela. E quando são castigados no âmbito dessa mesma lei, aqui-d`el-rei que estão a ser oprimidos. E quem ousar enfrentá-los tem a folha feita. E todos, os três referidos, têm uma coisa em comum: não tinham onde cair mortos (uns mais que outros) e utilizam o futebol como modo de vida.

 

Por essas e por outras, não acredito (oxalá me engane) que o poder político queira e venha a intervir neste lodaçal. Porque o poder político tem medo destes personagens. Porque o poder político não quer sujar as mãos, e melhor, como Pilatos, quer lavá-las desta sujeira, pela inércia. Porque o poder político precisa dos votos dos adeptos, que também são eleitores, e que agem, na sua irracionalidade clubística, sempre (ou quase) a favor dos seus mentores. Porque tem mais com que se preocupar, e que é muito mais importante do que se passa no submundo do futebol.Por exemplo, eu li aqui, neste espaço, a propósito dos contratos com as empresas que fornecem serviços televisivos, um comentário de um adepto sportinguista a dizer que ia ostracizar aquelas operadoras que não tinham feito acordo com o nosso Clube. Por isso, não me admira, e o poder político sabe, que essa irracionalidade se projecte no cidadão-eleitor, salvo nas honradas excepções. 

 

Estamos portante num impasse, num pântano de irresponsabilidade, num espectáculo degradante, onde não há ninguém para dar um murro na mesa, ou porque não pode, ou porque não sabe, ou porque não quer. Para finalizar uso uma expressão popular, que se deve adequar como uma luva: 'estamos entregues à bicharada'.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


41 comentários

Sem imagem de perfil

De MarcoI a 14.11.2017 às 08:07

."pinto da costa olé"
."Dou graças a Deus todos os dias por LFV ser presidente do meu Benfica"
.As palmas que bdc recebe quando regurgita aquelas verdadeiras atrasadisses mentais ou o "Força Presidente!" no facebook ( os comments que não são apagados)

O raciocinio critico "honorável" não é o forte de uma grande falange do povo português, sendo essa percentagem maior ainda nos adeptos da bola.

E para argumentar com qualquer pessoa que defenda um qq bdc, por exemplo, é necessário descer a um nivel de raciocinio que torna tal exercicio fútil e fatigante. E assim se perpetuam as personagens.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 14:00

Marco I,
Diz uma coisa certa: "O raciocínio critico "honorável" não é o forte de uma grande falange do povo português". Mas diz outra perturbante, se não for ironia. ."Dou graças a Deus todos os dias por LFV ser presidente do meu Benfica" . O raciocínio para ser crítico tem de ser transversal. Na mesma linha de pensamento, posso inferir que diria o mesmo de Vale e Azevedo, se tivesse ganho campeonatos. É neste "modus" estreito que "raciocina" o raciocínio do adepto.
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 14.11.2017 às 17:17

Caro Nação Valente, essa frase foi um mero exemplo ouvido na última entrevista do LFV! Todos os 3 exemplos servem para ilustrar a crendice que grassa em muitos adeptos.

Longe de mim alguma vez afirmar tal coisa 😝
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 14.11.2017 às 09:24

Permita-me este comentário.... um Estado de direito não pode intervir no futebol só porque os seus intervenientes usam e abusam da verborreia verbal, isso não é o papel do Estado.... o papel do Estado é essencialmente garantir o cumprimento da legislação vigente. E temos um exemplo recente das declarações do representante do IPDJ a desvalorizar o facto de um clube em Portugal não cumprir a legislação e achar que não existe problema por causa desse facto....
Como quer você que os dirigentes dos clubes sejam respeitadores, se o que observamos dia após dia é a vitória do chico espertismo? O Estado tem de funcionar de forma imparcial e cumpridora, você acha que é isso que acontece em Portugal?
Temos o porto que foi penta com a fruta..... Temos o benfica que foi tetra com os vouchers e emails.... qual é a imagem que se passa ao comum dos adeptos? que para se ganhar temos que roubar....

A única solução para o futebol português passa pelos clubes pequenos e pelo seu desprendimento dos clubes Grandes.... no fundo unirem-se contra os Grandes.... p.ex: exigirem melhores contratos televisivos, acabar com regras super protectoras dos Grandes nos sorteios, acabar com a subserviência nos empréstimos, etc.....
Dou o exemplo inglês onde o futebol é visto numa abrangência vasta de clubes, e não apenas em 3 clubes. Enquanto em Portugal nos cingirmos apenas a analisar e discutir os 3 Grandes, as guerras e ódio vão prevalecer.... falta visão global e colectiva, falta competitividade e falta essencialmente imparcialidade ao nosso campeonato..... eu não acredito na pacificação do futebol português, porque a nossa visão é sempre analisar o nosso umbigo, e isso não vai mudar! O Estado é apenas o espelho da nossa sociedade.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 14:16

Schmeichel,
Sabe tão bem ou melhor que eu que o mundo do futebol tem os seus órgãos que possuem autonomia no âmbito que lhe está determinado. Cabe-lhes gerir essa estrutura. O Estado só pode interferir por meios legislativos ou em caso de actos criminosos, através dos tribunais.
Concordo que vivemos num país de chico-espertismo, mas tenho um grande defeito, não sou, nem consigo ser "calimero". A questão da "fruta" ou dos "vouchers", mau grado a sua influência, não explicam, só por si, nem justificam êxitos ou falta deles, seja de quem for.
Quanto ao resto subscrevo com uma pequena emenda. O que faz os clubes grandes ou pequenos é o número de adeptos e os meios de que dispõem. São coisas que não se mudam por decreto.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 14.11.2017 às 17:22

Nação Valente,

Quando você diz que a questão da "fruta" ou dos "vouchers" não justificam os exitos de alguns.... na minha opinião esse aspecto está intrinsecamente ligado ao seu post de intervenção do Estado, neste caso dos tribunais.... o que é que aconteceu p.ex com a Juventus em Itália ou o Marselha em França, em contraponto com o porto?!
Toda a gente diz que o que falta em Portugal não é legislação, o que falta mesmo é a aplicação dessa legislação.... para muitos portugueses cumprir as leis é para os tótós... como vemos no caso do IPDJ.

Um outro ponto.... porque razão Portugal é o pais da Europa onde mais pessoas suportam um único clube? Já alguma vez pensou nisso? e quais as razões para esse facto?! Perceber esse aspecto explica muito do que é o futebol português,,,,
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 19:27

Schmeichel,

No caso dos vouchers e da fruta não os ponho ao mesmo nível. O primeiro ainda não está encerrado, no segundo ficou provado que havia uma rede "mafiosa" para tirar vantagens desportivas. Se depois tudo acabou "em águas de bacalhau" foi porque as provas não foram consideradas válidas.gunda
Quanto à segunda questão, não sei responder. Eu próprio não sei explicar porque sou sportinguista. Só sei que depois de o ser não me conseguia ver como benfiquista. Na aldeia onde nasci entre a criançada só havia três sportinguistas. A razão porque os outros não eram também não sei, mas não foram aliciados, até porque nessa altura a maior parte dos adultos não ligava ao futebol. A minha ideia é que tinha a ver com o nome que é ao ouvido mais apelativo.
Sem imagem de perfil

De Rui M a 14.11.2017 às 10:25

Bom dia e mais 5 “titalus” para o Zebordeng!!!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 14.11.2017 às 11:22

-"O raciocinio critico "honorável" não é o forte de uma grande falange do povo português, sendo essa percentagem maior ainda nos adeptos da bola."-

De MarcoI
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 14.11.2017 às 11:29

Muito bom Nação Valente.

Mas entender, não vão entender!!
Nunca!!


Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 14:18

Carlos N.T.
Ou não quererão entender?
Sem imagem de perfil

De Bento Jesus Carvalho a 14.11.2017 às 11:53

Grande post Nação Valente!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 14:28

Bento de Jesus Carvalho
Grato pela apreciação, mas o mais importante é verificar que há quem consiga percepcionar a realidade, sem facciosismos.
Sem imagem de perfil

De João a 14.11.2017 às 12:08

Achei piada que o cartoon do dia parece vir a complementar a tese do post.

Excelente texto caro Nação Valente. Continue com o bom trabalho.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 14:31

Obrigado João. Muito bem observada e estabelecida a relação entre este post e o cartoon do dia. Sempre se disse: uma imagem vale mais que mil palavras.
Sem imagem de perfil

De José Martins a 14.11.2017 às 12:55

Não acredito que venha alguém dar o murro na mesa. O futebol português está mesmo "entregue à bicharada" e assim vai continuar.

Não há o querer político nem qualquer outro para intervir e melhorar o estado das coisas.

Bom post!
Sem imagem de perfil

De Maria a 14.11.2017 às 13:22

A mim faz-me alguma confusão a desresponsabilização do ser na presente sociedade. Tudo a apelar para uma intervenção do governo.

É a versão crescida do "Mãe, o mano bateu-me" ao que a mãe responde "se eu for aí levam os dois" e segue-se o silêncio.

Eu responsabilizo uma só pessoa pela língua de trapo e patetice verbal instalada - Bruno de Carvalho.

Que desde o primeiro dia provoca, diz e insulta quem e como bem entende. Os outros respondem.

Mas ainda não vi UMA circunstância em que o primeiro pontapé tenha partido dos outros. Porque se deveriam ficar? Vocês ficavam? Eles não são 10% como os tais Sportinguenses e Sportingados que o presidente do Clube insiste chamar quando o alvo são os que não dizem amen a toda a tontaria e buçalidade do mesmo.

Agora clamam ao Governo que meta a mão... porquê? Para quê? Para o mesmo e grande instigador vir dizer que graças a ele houve intervenção? Eu gostaria que os outros se calassem, não respondessem. Mas sei que nem tenho esse direito mesmo porque em relação ao meu clube e sempre que vejo uma foto de Bruno de Carvalho ou do Saraiva nem sequer abro a notícia. Nem quero saber do que se trata. E sei que o meu silêncio/desprezo alimenta ainda mais o homem que assim fala sem interrupções. Perde só um. O Sporting! Que se o elegeu... bom proveito!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 14.11.2017 às 13:46

Quem lê a Maria fica com a impressão que dantes do BdC, o futebol português era pacifico..... já ouviu falar de Vale e Azevedo e de Pinto da Costa?!

De resto concordo consigo num aspecto.... não cabe ao Estado armar-se em paizinho e fazer-se de policia do bom comportamento dos dirigentes....
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 14:21

Pois é Maria, coincidência ou não, o facto é que desde que Bruno de Carvalho veio para o futebol o ambiente piorou.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 14.11.2017 às 15:08

Meu caro,

Piorou porque passamos a ter 3 a fazer barulho em vez de dois e porque apareceram alguns canais que também fomentam esta constante guerra verbal, muito em particular a CMTV e a TVI24.
Se ninguem visse não estavamos a falar disso. Uma parte significativa dos adeptos gosta daquelas palhaçadas.

Não gosto do homem mas dizer que é o unico responsável pelo actual estado de coisas, não faz o minimo sentido para mim. E dizer que os outros se limitam a responder...enfim, é lembrar o que se passou e o que foi plantado na imprensa quando ele foi buscar o JJ.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 15:22

Dentro ou fora do campo ninguém joga sozinho. Claro que BdC não é o único responsável, como está referido no post. Agora que ajuda à festa, com certeza que ajuda. Diz e bem que esta "guerra" se passa na comunicação social, que lhe dá visibilidade, e a alimenta. Agora quem a fomenta são os protagonistas para fidelizarem as suas clientelas e reforçarem o seu poder, que, nem sempre, é o dos clubes que representam.
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 14.11.2017 às 14:29

Ora aqui está um comentário pertinente. O da Maria, claro.

Ainda há esperança para a humanidade, e não estou a ser irónico. Tenho pena de tanta gente ir na conversa destes aproveitadores da paixão por um clube.

Uma cambada de hipócritas à solta por aí. Incluem-se todos: dirigentes e comentadores a viverem à conta disto e a maioria dos adeptos a serem "comidos de cebolada", como diz RV...
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 14.11.2017 às 15:45

O comentário que mais me fez rir hoje.
Com que então a culpa é do BdC.

Assim só para começar e sem me aprofundar muito, vou só lembrar os mais esquecidos que Pedro Guerra, Rui Gomes da Silva, Pinto da Costa, Luis Filipe Vieira e Carlos Janela já cá estavam bem antes de BdC sequer ser candidato a presidente e já tinham as suas cartilhas feitas.

O que BdC veio fazer foi desafia-los e expô-los ao mundo. Fê-lo usando palavras mais labregas e tal, sim senhor, mas por vezes a única maneira de vencer um atrasado mental é descer ao nível dele.

Concordo com a guerra que BdC promoveu e espero que continue. Não concordo com a forma com que muitas vez ele o fez. Deveria ser mais inteligente e saber ser mais "politico" nos seus discursos de forma a eles terem um efeito maior.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 16:34

MiKe Portugal,
Apenas dois exemplos recentes da história mundial: O Kaiser da Alemanha provocou a 1ª guerra e destruiu a Europa. Hitler provocou a segunda e voltou a destruí-la. Adenauer, Willy Brant, Miterrrand e outros reconstruiram-na e estabeleceram uma sociedade de bem estar, sem guerra. Outros exemplos poderia dar. Os primeiros tinham espírito guerreiro, os segundos foram homens de paz. Para bom entendedor.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 14.11.2017 às 16:40

Neste caso os 3 presidentes dos grandes têm espírito de guerra. A forma como a fazem é que é diferente. Não admito é que venha cá uma "Maria" qualquer dizer que o culpado é BdC. Isso é apenas risível.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 14.11.2017 às 17:38

-"Não admito é que venha cá uma "Maria" qualquer dizer que o culpado é BdC. "-
LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLL!!

Eu não conheço a Maria de nenhum lado mas,... Que insultuoso!
Ufff!!.. E quem és tu Miguel??
Parente próximo do Bruno. Ditador
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 14.11.2017 às 20:02

Maria,
Que fique claro.. Insultuoso é a frase escrita por o portugal, não o seu comentário..
Uma falta de educação ao bom estilo do chefe Bruno.



Sem imagem de perfil

De João a 14.11.2017 às 20:13

Subscrevo em quadruplicado !!!
Sem imagem de perfil

De Inocencio a 14.11.2017 às 18:14

Considerando o estado que o futebol vem demonstrando há anos, considerando que não são de agora os apitos dourados, os guarda Abel, o modo como o SCP era afastado "até ao Natal", os vouchers e mais recentemente os e-mails, já pensou, por um momento, que embora de modo ás vezes enviesado o BdC pode estar a desempenhar um papel de "Adenauer, Willy Brant, Miterrrand e outros reconstruiram-na"?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 19:32

Até poderia, mas então não tinha de ser BdC. Na minha modesta opinião não é este o caminho. O tempo o dirá.
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 14.11.2017 às 17:26

Guerra contra quem Mike? Quando é óbvio que todo o barulho que bdc faz tende apenas à manutenção do ordenado e demais regalias através do arregimentar de "mentes mais susceptiveis" contra o INIMIGO (voz de bagaço).

Se há coisas a resolver e melhorar no futebol pprtuguês, que há, não é certamente um atrasado mental ( usando a sua expressão, mas ainda mais adequada) como bdc que vai promover tais coisas 😁

Mas isso garanto, nem é preciso ter os olhos muito abertos. Se há comentário risivel é o de alguém que coloca bdc como capaz de seja o que for ( além de antecipar receitas para dizer que revitaliza o clube)
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 14.11.2017 às 17:56

Maria,

É verdade que o Bruno deitou lenha ao fogo e fez labaredas mas, a fogueira já estava ateada.

A uma diferença clara sim, é qualidade do diálogo.
Sem dúvida, o Bruno baixou o nivel publicamente a extremos impensáveis.. coadjuvado por Gomes da Silva,.P.Guerra e outros.
Mas, por dentro, o nivel nunca foi muito diferente.
Sem imagem de perfil

De Nando a 14.11.2017 às 15:01

Todos querem comer do Tacho e Tacho só há um.
Antes de BdC, o Sporting comia num pires, comia o que sobrava ou do que lhe davam. Foi assim durante anos.
Quando BdC chegou, quis também comer do Tacho e ai é que tudo se complicou.
Acabou com a "relação institucional" com o FCP para chegar ao Tacho.
Atacou o SLB para poder meter a colher no tacho.
Agora quer comer, mas a carne é pouca e dividir é difícil.
Faz barulho para ser ouvido pelos adeptos e assim gerar um clima de "não me deixam comer".
Mas como muitos sabem, "ovelha que berra bocado perde" e é este o problema do BdC. Berra muito mas só come nas modalidades onde se serve frango enquanto que no futebol se serve nacos.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 15:25

"Ovelha que berra bocado que perde", eis uma boa síntese.
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 14.11.2017 às 15:58

Texto interessante e dá que pensar.

Dos vários comentários que li, concordo com uns, discordo de outros... Mas há uma verdade insofismável:

- O futebol português move-se no lodo.

E o adepto que disser que o seu presidente é mais sério do que o "outro" está a delirar. Nenhum dos presidentes dos 3 grandes (e não só) são bons para o futebol português.

As razões variam de um para o outro, mas todos eles, à sua maneira, querem é que o seu clube ganhe, sem qualquer interesse pelo "estado do futebol português" ou mesmo pela tão apregoada "verdade desportiva"!!

É óbvio que, para cada um deles, só há verdade desportiva quando ganham!!

Eu, pessoalmente, acho que o futebol português está pior com a entrada do Bruno de Carvalho, não porque ele queira que o SCP ganhe, mas pela maneira como o faz.

Ele veio acicatar os instintos mais primários nos sportinguistas, o que fez com que uma certa falange de adeptos voltasse a estar com a equipa, mais ferozes do que nunca, mas utilizando tácticas que não são as mais correctas.

E, o pior de tudo, recorrendo sempre a uma mal educação que, por exemplo, o Pinto da Costa nunca utilizou, sendo que algumas tácticas são parecidas.

Dos 3 dou algum mérito ao LFV por uma única razão. Move-se nas sombras, sem agitar muito as águas.

Fala quando acha necessário. E nisso costuma ser cirúrgico.

Digam-me os sportinguistas, não acham que o SCP e, por inerência, a sua equipa de futebol, andava mais tranquilo, antes desta nova fase de guerra levantada nos últimos dias pelo presidente??

A solução para o futebol português passaria sempre, não pela intervenção do governo, mas por termos melhores dirigentes. E esses, quem os escolhe, somos todos nós.

No entanto, na hora da verdade, votamos nos que nos dizem que vamos ganhar tudo, "a qualquer preço"!!!!!!!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 14.11.2017 às 16:19

No seu comentário com o qual concordo, em parte, saliento a seguinte passagem: "A solução para o futebol português passaria sempre, não pela intervenção do governo, mas por termos melhores dirigentes. E esses, quem os escolhe, somos todos nós." Tal e qual.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo