Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Frase do Dia

Rui Gomes, em 13.10.17

 

mw-860.jpg

 

"O relvado sintético tornou tudo mais difícil e, além disso, os jogadores com históricos de lesões correram o risco de as agravar. Este campo tem menos sete metros de largura e cinco de comprimento. Há pessoas que falam e que não sabem o que é jogar num sintético... A indústria do sintético não vão gostar disto, mas relva é relva, plástico é plástico. Mas qual relva? Isto é plástico, não é relva”.

 

                                                                                                                     Jorge Jesus

 

(Nota: Jorge Jesus errou com as medidas. O rectângulo de jogo do Estádio José Alvalade tem 105 metros de comprimento e 68 de largura. O do Estádio Municipal de Oleiros tem 100 metros de comprimento (-5) e 64 de largura (-4).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.10.2017 às 11:34

Blá, blá, blá!!!...
Blá, blá, blá!!..
Afinal ninguém se lesionou.
Nem em Oleiros, nem em Andorra
Ufff!!.. Que sorte tivemos, mister!
LOOOOOOOOOOOOLL!!..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 11:47

Achei piada a uma jogada de André Pinto, porque ilustrou precisamente uma das consequências de certos tipos de sintéticos, como o do Oleiros, por exemplo: fez um corte de "carrinho" e ficou com a perna a "arder".

Acho que Jorge Jesus, numa outra declaração, referiu que houve jogadores que ficaram com dores no tendão de Aquiles...
Sem imagem de perfil

De HY a 13.10.2017 às 16:10

Houve pelo menos outro, Rui, sempre com o AP, creio. Uma bola aérea que ao tocar no solo ressaltou muito mais alto do que ele esperava...o comentador até referiu isso na altura...

Não creio que o JJ tivesse usado o argumento do terreno como desculpa, embora ele tenha aquela maneira pouco ...articulada...de falar. Mas que é diferente isso é...sei-o por experiência própria...e que os jogadores estariam seguramente preocupados em evitar danos maiores, isso também acredito.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 20:45

Penso que o receio dos jogadores deve-se muito aos excessos de Jorge Jesus a falar sobre o assunto. Dá para imaginar que no balneário teve ainda mais para dizer.

Na realidade, o piso sintético, mediante as suas características, é uma questão de hábito, do mesmo modo como os relvados diferem uns dos outros, especialmente em países com climas adversos.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 13.10.2017 às 11:43

Em relação a esta história dos sintéticos, nem 8 nem 80.... por exemplo a final da Liga dos Campeões em Moscovo entre o Man Utd e o Chelsea foi jogado num sintético.... existem é vários tipos de sintéticos.

Mas uma coisa JJ tem razão, um relvado natural é melhor para os jogadores porque absorve melhores os impactos e os carrinhos, eu por exemplo há uns 7 anos atrás tive uma lesão muito grave a jogar num sintético, basicamente sozinho, a arrancar senti que o pé ficou meio preso, e só ouvi um estalo.... foi o fim da minha carreira como jogador amador.... o sintético na minha experiência deve ser jogado com chuteiras especiais, um pouco como o futebol de salão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 11:53

É evidente que é necessário chuteiras diferentes para jogar nos sintéticos, quase tipo sapatilhas, sem pitões.

Creio que essa sua lesão podia ter acontecido à mesma num relvado natural. Só mesmo nos piores sintéticos se verifica falta de tracção, e esses não são autorizados pela FIFA para competições oficiais. Mas, por exemplo, pode bem acontecer no futebol de salão ou num ginásio onde se pratica basquetebol.
Sem imagem de perfil

De Elitista a 14.10.2017 às 00:00

Schemeichel, essa final de Moscovo foi disputada num relvado natural colocado especialmente para a ocasião e removido após o encontro.
Fica a correcção.
SL
Sem imagem de perfil

De LionOfLondon a 13.10.2017 às 13:31

Mesmo sabendo que existem varios tipos de relvados sinteticos, estas estorias, soam sempre a desculpas e para alem das descupas, quer dizer que todos os jogadores utilizados ontem sao cobaias, pois estes podiam-se lesionar, os outros nao.. porque que um jogador se ira esforcar-se, se ate se pode lesionar?

Em tempos e para resolver o problema do relvado de Alvalade, foi "plantado" por entre o relvado natural relvado artificial (nao sei tecnicamente, como e' feito), nunca mais ouvi nenhuma referencia, alguem sabe se ainda e' o caso?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 14:48

Não posso garantir, mas creio que com o novo relvado que entretanto colocaram, já não existe essa mistura.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 14:51

P.S.: A realidade, bem nossa conhecida, é que, de uma maneira outra, Jorge Jesus arranja sempre argumentos laterais para, na ideia dele, servir os seus interesses.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 13.10.2017 às 15:06

Imagem de perfil

De PSousa a 13.10.2017 às 15:30

JJ Errou? Não errou nada!
Ele estava a ver as linhas amarelas....ahahahahahahahahah

Quanto a lesões faz parte da habituação ao terreno, seja ele relvado, pelado, sintético ... devemos é usar os "sapatos" adequados!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 15:41

Bem... lesões podem acontecer sempre, embora seja verdade que o piso sintético abusa mais do físico do jogador. Há sapatilhas próprias para os sintéticos. Não sei o que o Sporting calçou ontem.
Imagem de perfil

De PSousa a 13.10.2017 às 15:43

Pareceram-me botas com pitons minimos\médios de borracha, adequado ao piso!
Mas se reparamos bem no jogo, a maioria deles foi-se defendendo em por o pé mal e até falhando cortes (André Pinto) à conta do receio de lesão!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.10.2017 às 20:41

Caro Pastor,

Deixo aqui o meu reconhecimento ao seu outro comentário, em resposta ao imbecil que surgiu. Ao apagar um, o outro, seu, foi arrastado automaticamente.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 13.10.2017 às 22:30

Gostaria de fazer uma pergunta a uns anos joguei rugby e na altura nos treinavamos num sintético e os jogadores de futebol treinavam lá durante o dia,eles hoje em dia só treinam em relva real?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.10.2017 às 00:32

Há um sintético na Academia Sporting mas duvido muito que seja utilizado pela equipa principal.

Há uns anos, numa das ocasiões em que levei uma equipa minha a jogar na Academia, fizemos o aquecimento inicial no sintético, mas só isso.

Não sei se muitos adeptos têm conhecimento, mas em Alvalade há um recinto sintético mesmo em frente do balneário do Sporting. É mantido à temperatura do exterior e a ideia é dos jogadores fazerem um breve aquecimento para se adaptarem às circunstâncias que os esperam no relvado.
Sem imagem de perfil

De Maria a 13.10.2017 às 22:55

Nem a propósito:

Simeone: "Não sou jardineiro, sou treinador. Quando me convidas a ir a tua casa eu como com a tua tolha de mesa, os teus pratos e os teus copos e quando eu te convido para minha casa recebo-te com a minha toalha, os meus pratos e os meus copos"

A diferença entre a beira da estrada e a Estrada da Beira.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.10.2017 às 00:36

Cara Maria,

Essa afirmação de Simeone é algo subjectiva. Sendo um bom treinador, tenho a certeza que ele seria o primeiro a protestar caso fosse jogar num recinto que por qualquer razão oferecia condições adversas.

Aliás, até talvez mais ele que muitos outros porque, por natureza, é um homem que protesta por tudo e por nada. Já o era enquanto jogador.
Sem imagem de perfil

De Maria a 16.10.2017 às 09:35

Claramente Simeone entendeu que o Treinador não se comporta como jogador (até pode pensar da mesma forma mas não pode mostrar)...
E eu sorrio com a ideia de que por dentro vocifera, pontapeia enquanto maquina para dar a volta à situação que lhe foge. Fá-lo sem anúncios de maior. Imagino que se tiver um Balezito coxo não o vá por a jogar num relvado de 3ª. Mas não o diz, não ameaça. Gere. Executa como lhe compete.

É refrescante ver futebol além da nossa pequena fronteira - Presidentes a serem Presidentes e não adeptos. Treinadores a serem treinadores e não ex-jogadores... muito refrescante ainda que o resultado sejam redes sociais e comunicação social mornas .

São gostos. Pioridades. Objetivos de vida diferentes.
Eu gosto deste estilo. Dá maior vontade de esperar pelo jogo. Pelo que arranjaram e pensaram e o resultado.
Se houver cena de quem não a deveria fazer... bem, é normal porque as pessoas não são máquinas e é inspirador ver surgir o humano e não mais uma patetice entre as patetices habituais do pateta à vista de todos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo