Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

91U9RQPR.jpg

 

Gianni Infantino é novo presidente da FIFA depois de vencer as eleições, na segunda volta, conquistando 115 votos, sucedendo assim a Joseph Blatter para os próximo três anos.

 

O segundo classificado foi Salman Bin Al-Khalifa com 88 votos, tendo Ali Al-Hussein recebido quatro votos, enquanto Jérôme Champagne não obteve qualquer voto.

 

O ex-secretário geral da UEFA, teve isto para dizer após o acto eleitoral:

 

«Não consigo exprimir os meus sentimentos. Foi uma jornada longa. Muita gente merece que a FIFA seja respeitada e que seja restaurada a boa imagem da instituição. Conto com todos para melhorar o futuro. Quero ser o presidente de todos vós, é essa a minha missão.»

 

Alguns factos sobre este suíço de 45 anos, o nono presidente da história da FIFA, mais conhecido por ser o habitual rosto nos sorteios das provas europeias:

 

- É suíço, mas de origem italiana, tendo nascido em Brigue, a menos de 10 quilómetros de Viege, a terra natal do seu antecessor: Joseph Blatter.

 

- Fala fluentemente cinco línguas: inglês, francês, espanhol, italiano e alemão.

 

- Estudou Direito na Universidade de Fribourg, na Suíça.

 

- Antes de entrar para a UEFA, Gianni Infantino desempenhou as funções de secretário-geral do Centro Internacional para os Estudos do Desporto, na Universidade de Neuchatel.

 

- Integrou a UEFA em Agosto de 2000 e deteve vários cargos no organismo até atingir a posição de secretário-geral em Outubro de 2009, passando a ser o 'número dois' de Michel Platini.

 

- Só quando o presidente da UEFA, e inicialmente candidato à presidência da FIFA, Michel Platini, foi suspenso provisoriamente por 90 dias (posteriormente viu a suspensão ser fixada em seis anos), é que Infantino decidiu apresentar a sua candidatura para o organismo máximo do futebol mundial.

 

- O apoio unânime do Comité Executivo da UEFA convenceu-o a apresentar a candidatura à presidência da FIFA a 26 de Outubro de 2015, cumprindo-se assim quatro meses exactos desde a apresentação da candidatura até à eleição no congresso extraordinário desta tarde, em Zurique.

 

- Recebeu o apoio da Federação Portuguesa de Futebol e de outros portugueses ilustres, como José Mourinho ou Luís Figo.

 

- Propõe alargar o Campeonato do Mundo de futebol de 32 para 40 países.

 

- É adepto do Inter de Milão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:20

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo