Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Jesus a perder a graça ?

Leão Zargo, em 26.04.17

 

20391799_1azzF.jpg

 

 

Para muitos sportinguistas, Jorge Jesus perdeu a graça. Nas conversas, no Estádio de Alvalade ou nas redes sociais percebe-se isso mesmo. Os aspectos negativos do seu trabalho sobrepuseram-se (e muito) aos aspectos positivos.

 

Cada vez mais adeptos leoninos recordam que a equipa que conquistou a Supertaça foi quase a mesma da final da Taça de Portugal em 2015. Concluem que Jesus deu seguimento ao trabalho de Marco Silva. Este ano, a pré-época foi mal preparada. Com Jesus, jogadores medianos tornaram-se medíocres. E grandes jogadores não chegaram ao estrelato. Nele, a relação custo – benefício é catastrófica. O próprio salário. O fiasco de tantas (demasiadas!) contratações. Um plantel com uma massa salarial absurda. A Formação que parece que secou. O absoluto fracasso desportivo de uma época errática (2016-17). As desculpas de mau pagador. As incoerências. A prosápia. Na verdade, ninguém pode ser ele mesmo e o seu oposto. Ou é, ou não é.

 

Era crucial vencer o derby do fim-de-semana. Por várias razões, nomeadamente por três: reafirmar o orgulho leonino, garantir a dignidade competitiva da equipa até ao fim da época e lançar a próxima. Jesus não teve a ambição de ganhar, jogou para não perder. Ederson não defendeu sequer um remate. À lentidão geral do jogo da equipa, juntou a lentidão natural de Bryan Ruiz. A entrada de Podence aos 80 minutos tornou-se reveladora. Quase que não houve um canto, um livre ou um lançamento da linha lateral que revelassem preparação nos treinos. Agora, o Sporting de Jesus para alcançar a pontuação do Sporting de Marco Silva tem de vencer todos os jogos até ao final do Campeonato.

 

Uma coisa é certa, quem perde a graça, mais cedo ou mais tarde, cai em desgraça. Não há volta a dar a isso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


48 comentários

Sem imagem de perfil

De joao a 26.04.2017 às 13:27

Todos chegam a essa conclusão amigo, mas demorou!! O que disseram que era o melhor treinador, e que tinham dado um grande golpe. Mas agora já começam a ver que o golpe deu o Jesus, aumentando o ordenado.
JJ Tem qualidade se tiver uma boa equipa, mas só na primeira época.
E para o ano esta no FCP...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 13:44

João

Considero que o trabalho de Jesus fracassou no Sporting. Por tudo o que vai deixar, para além do insucesso desportivo: um plantel desequilibrado e caríssimo.
Mas, confesso que no início o encarei com alguma expectativa positiva.
Sem imagem de perfil

De joao a 26.04.2017 às 13:52

Não garanto que mantendo Jesus não possa o Sporting ser campeão para o ano. Mas é como diz, Jesus seca, vai secando tudo a sua volta. Criando conflitos, opções e invenções táticas... e ainda, parece-me que desaproveita jovens jogadores.
Para mim Pedro martins do Guimarães era o ideal.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:25

Sim, o Jesus "vai secando tudo à sua volta". É verdade.
Não tenho conhecimento suficiente de Pedro Martins, para além de ter feito um bom trabalho no Rio Ave e agora no Guimarães. E que foi jogador do Sporting.
Mas, calculo que ele é um treinador na calha para o Sporting!
Imagem de perfil

De PSousa a 26.04.2017 às 13:36

LZ,
Estou de acordo consigo na grande parte do seu texto, por exemplo não dou o meu acordo à frase: "A Formação que parece que secou." - não secou e poderá ser o "futuro" do nosso SCP! Com ou sem JJ!

Quanto a JJ, nunca fui "amante" do seu discurso e da sua forma de estar e não era agora por ele estar no nosso clube que ia ser diferente. No entanto apoio o mesmo dado que é treinador do nosso clube.
Sobre o jogo, acho que teve o tal problema da velocidade, em vez de Bryan tinha colocado Podence... antes do Gelson ter a lesão!!!!! Para mim o grande problema do SCP, e não sei se é incutido por JJ ou não, é que quando se vê em vantagem parece que está tudo feito, parece que não querem mais... Antes do golo, parecia que não havia SLB em campo tal o jogo que o SCP estava a fazer, depois do golo desapareceu... o SCP e emergiu o SLB!
Sobre se JJ faz ou não os mesmos pontos de Marco Silva, isso interessa para quê? Para nada, acho que já não é bonito fazer comparações de MS com JJ nem com LJ nem com ninguém.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 13:47

Caro PSousa

Quando me refiro à Formação e digo que parece que secou... para Jorge Jesus!

A referência a Marco Silva é quase inevitável. Apesar do que eu penso sobre a aleivosia que lhe fizeram, na realidade é raro referir-me ao assunto. Mas, verá que isso são contas que muitos sportinguistas vão fazer!
Imagem de perfil

De PSousa a 26.04.2017 às 13:55

Esclarecido quanto à formação!
Acredito que muito vão fazer comparações, mas que NUNCA vamos poder comparar duas épocas, pois os jogadores não são os mesmos, as equipas a defrontar idem, etc etc. Se for só uma questão pontual ou posicional na tabela, imagine-se o que se poderia comparar... até Peseiro deve ter melhor índice no conjunto de todas as provas em que entrou. LOL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:15

PSousa

De acordo quanto às diferenças de época para época. Mas, comparar mesmo que de forma injustificada é o pão nosso de cada dia!
Sem imagem de perfil

De Diogo a 26.04.2017 às 13:46

Boa tarde,

A coisa é bastante simples - a época não correu bem. E se não correu nada bem, é evidente que não foi bem planeada, que os jogadores não executaram, que os jogadores não foram valorizados, que o treinador assumirá as suas responsabilidades, como assume a direcção, como devem assumir os jogadores também. E que estamos em modo "bar aberto" quanto comentários sobre o ordenado de JJ, o que, a meu ver, é uma maneira particularmente redutora de analisar a questão.

Esta época acaba por ser um pouco sui generis, porque o Sporting até arranca bem e depois, numa fase marcante, tem uma série de resultados inexplicáveis (as derrotas com Rio Ave, Benfica e Real, bem como o empate em Guimarães) que resultam num valente KO, precisamente na fase em que também apresentava momentos de grande futebol. Já enunciei aqui noutras alturas alguns problemas tácticos que se repetiram ao longo do ano e contribuíram muito para isso, sendo que o papel da arbitragem também não deve ser menosprezado (é tão simples como isto, bastava termos ganho ao Marítimo e Vitória de Guimarães, que estávamos a 1 ponto do Porto e 4 do Benfica).

O que também não deve ser menosprezado - como resulta no post - é que, evidentemente, o Sporting de JJ é completamente diferente do Sporting de Marco Silva, sendo certo que JJ valorizou bastante alguns jogadores (que este ano acabaram por desvalorizar, é certo), incluindo, inúmeros elementos da Formação.

SL
Sem imagem de perfil

De O Cid a 26.04.2017 às 14:22

Seja honesto na sua apreciação até ao fim.
Concordo com o que diz nesses jogos, mas se o Benfica não tivesse sido vítima de uma arbitragem desastrosa na Luz contra o Boavista, em Setúbal e neste dérbi, para onde ele já teria disparado.
Aceite o facto objectivo e concreto que o post do LZ denuncia. Jorge Jesus só vos trouxe prejuízo.
E muito moderado foi o autor do post. Apresenta três razões válidas para J Jesus ter a obrigação de ganhar o jogo, e eu acrescento outra ainda mais válida.
Ganhando o jogo ficava a uns meros cinco pontos do rival, o que lhe permitiria ter, legitimamente, aspirações para chegar ao título.
E que sucedeu? Ederson não teve uma defesa digna desse nome e, querendo passar um atestado de asnice colectiva, J Jesus sacudiu a água do capote da responsabilidade e veio para a praça cantando loas que só o Sporting fez por ganhar o jogo.

Sem imagem de perfil

De Diogo a 26.04.2017 às 14:45

Caro Cid,

Não me interessa minimamente os jogos do Benfica. Estou a falar apenas e só da época do Sporting.

Recuso que se diga que JJ só nos trouxe prejuízo: as vendas brutais de Slimani e João Mário resultam, em boa medida, da valorização que obtiveram com JJ.

Saudações leoninas,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.04.2017 às 14:57

Pela boa época de registo sob o seu comando, não podemos desassociar Jorge Jesus do desempenho de ambos, mas mesmo com outro treinador seriam activos destinados a serem bem vendidos. Até porque João Mário, especialmente ele, elevou-se a um nível superior ainda com Marco Silva, como aliás o próprio jogador já reconheceu em mais do que uma ocasião. Os eventuais valores de venda são muito relativos.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:30

Caro Rui Gomes

...
Sem imagem de perfil

De O Cid a 26.04.2017 às 14:57

Como quiser.
Sucede que o Benfica disputa o mesmo campeonato que o Sporting, daí ter eu deduzido que se de facto só lhe interessa analisar as arbitragens ao Sporting, para mal dos seus problemas, o último jogo do seu clube foi, pasme mundo, contra o Benfica.
Ter-me portanto, muito admirado não falar nesta arbitragem e só falar nas outras.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:28

O Cid,

olhe que essa dos prejuízos do Benfica com arbitragens não lembra nem ao diabo!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:18

Diogo

Não é uma questão de estarmos ou não em "bar aberto". A época está ser catastrófica!
Não existe correspondência entre as expectativas e o sucesso competitivo, entre o investimento financeiro e o resultado final!

Sem imagem de perfil

De Cantona a 26.04.2017 às 14:37

Isso é que ele está preocupado a ganhar o que ganha!! Lolllll
Olha então quem!!! É que está mesmo preocupado que não esteja em estado de graça!!!! Lolllll
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:19

Cantona
Não tenho a certeza que seja assim. Ele preocupa-se em ganhar, tenho a certeza.
Sem imagem de perfil

De Verde Protector a 26.04.2017 às 14:38

Essa vai ser a próxima estratégia dos brunistas. Se os resultados da próxima época começarem a correr mal, há-que imputar as culpas a Jorge Jesus, ilibando o presidente. Com isso, Bruno procurará arrastar-se no mandato até ser reeleito novamente.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:20

Tem razão, Verde Protector. Há indícios dessa estratégia...
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 26.04.2017 às 15:27

A estratégia de responsabilizar JJesus por todos os males do futebol leonino, poupando BdC, já está à vista de parte de alguns seguidores do presidente, não é preciso esperar pela próxima época, que o SLB não vai deixar que corra bem ao Sporting...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:30

Francisco Maria,
tem razão, mas será pouco útil para Bruno de Carvalho. O presidente é o principal responsável pelo que se passa.
Sem imagem de perfil

De O Cid a 26.04.2017 às 15:36

Ah, o SLB não vai deixar que corra bem ao Sporting. E o Porto vai.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:38

O Cid
Nem o SLB, nem o FCP. O Sporting está sozinho como sempre!
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 26.04.2017 às 16:05

Parece-me que o FCP, por razões económicas terá menos condições no próximo ano para formar uma boa equipa estando obrigados a vender por imposição da UEFA.

Já o SLB, se tudo correr bem este ano como esperamos, terá ainda melhores condições e maior motivação para fazer um grande campeonato na próxima época.

Nem preciso de fazer um desenho... :-)
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 16:08

Francisco Maria,
suspeito de que o FC Porto estará muito forte na próxima época. A necessidade aguça o engenho!
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 26.04.2017 às 16:23

É verdade, mas como diz o povo "sem dinheiro não há palhaços" e num clube com prejuízos anuais na casa dos 70 milhões... a viver de antecipação de receitas futuras e sem crédito bancário... não é de esperar grandes milagres.
O tempo do dinheiro fácil para o FCP era nos anos 80... 90... agora com a UEFA pia mais fino.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 16:34

Veremos, Francisco Maria, veremos...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.04.2017 às 15:40

Quem n tem graça há mt tempo são estes posts ridículos de uma oposição falhada q nem 10% teve nas eleições!!!!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:44

E o caro Anónimo vem perder o seu rico tempo com uma "oposição falhada q nem 10% teve nas eleições"? Safa!
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 26.04.2017 às 15:43

Bem... é natural que cause incómodo a todos os sportinguistas ter 1 treinador que ganhe à volta de 7 milhões de euros/ano, e que na sua segunda época, apenas apresente 1 supertaça conquista, estando nesta temporada de 2016/2017 arredado da conquista de qualquer troféu, desde meados de Janeiro, e c/ a manutenção do 3º lugar como único cumprimento possível nesta altura.

Na minha opinião, os jogos que faltam até ao fim podem dar 1 capital de confiança para a próxima época, caso o Sporting os vença; mas o verdadeiro teste áquilo que será a capacidade de Jesus ir mantendo o barco leonino + ou - seguro, serão os playoffs da Liga dos Campeões, importantíssimos a nível desportivo, mas sobretudo a nível financeiro. Não acredito que haja + tolerância aos fracassos da actual equipe técnica (e possivelmente directiva) caso o Sporting seja recambiado como há 2 anos para a enfadonha fase de grupos da Liga Europa (competição que só começa a ter emoção a partir dos quartos de final, na minha opinião).

Mesmo que por essa altura o Sporting vá estando próximo ou mesmo na liderança, numa fase precoce do campeonato, o não apuramento para a prova milionária pode ser 1 grande rombo no casco do barco leonino.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 15:49

Aracaçu,
terá alguma razão, e eu não o contesto.
Mas, quando se remete o “exame” de um treinador para o início da época pode-se estar a cometer um grave erro. Se as coisas correrem mal nos playoffs da Liga dos Campeões, em Setembro ou Outubro procuramos um novo treinador?
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 26.04.2017 às 16:11

Leão Zargo,

Atenção, não estou a dizer que o Sporting deva procurar novo treinador caso não se apure para a Liga dos Campeões.

Mas há de concordar comigo que estando na Liga Europa, a "moral das tropas" não será a mesma, e podemos ter uma repetição da época transacta, mesmo lutando pelo título e ignorando a 2ª prova + importante das competições europeias (como Jesus adorou fazer e ainda se orgulha disso), chegamos a um jogo determinante contra um rival, e se perdermos? No final da temporada 2017/2018, não será caso para uma profunda reflexão sobre o que fazer à equipe técnica?

Isso se Jesus conseguir recolocar o Sporting na luta pelo título, veremos se consegue recuperar a fórmula da disputa de um campeonato, porque sinto mesmo nele uma certa conformação com o salário que aufere e o facto de o Sporting andar por 2ºs/3ºs lugares.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 16:34

Aracaçu,
compreendo-o, mas estou convencido de que o Sporting está numa encruzilhada e a próxima época tem de ter sucesso. Não se pode entrar com Jesus como treinador e a ver o que é que dá. Se fracassar em Agosto/Setembro será o fiasco de toda a época.
A estratégia suicida de Bruno de Carvalho conduziu a todo este dilema!
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 26.04.2017 às 17:32

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 26.04.2017 às 16:37

A realidade é mista... não se vê somente o valor dos treinadores só pelos resultados, por exemplo o Leonardo Jardim também não ganhou nada e é um grande treinador, esse sim o criador desta renovação da equipa do Sporting.

É verdade que JJ ganha demais para os resultados que teve... e é verdade que não tem jeito para definir contratações... e é também verdade que não sabe gerir a comunicação.

Mas também temos de considerar que o ano passado fizemos uma grande pontuação, fizemos as melhores vendas de sempre também com o mérito na valorização de activos, e também tem de ser dito que o Sporting com o Marco Silva ficou em 3º lugar.

Acho que o erro está no JJ ser muito teimoso... desconsidera várias vezes o valor da Academia... aposta em jogadores demasiado tipificados (p.ex o problema com os laterais... JJ só gosta de gajos altos e toscos... o Schelloto é um exemplo disso...).

Mas continuo a achar que ele percebe muito de futebol, e não é por esta época ter tido más decisões que deixa de ser um bom treinador. Guardiola e Mourinho são exemplos disso mesmo....
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 16:51

Schmeichel,

é chocante comparar as condições de trabalho de Marco Silva com as de Jorge Jesus. Refiro-me às condições financeiras de cada treinador e dos jogadores.
E principalmente ao facto de que em Novembro o próprio presidente já estava a inquinar o trabalho do seu treinador!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 26.04.2017 às 17:21

Não vi essa análise feita entre Leonardo Jardim e Marco Silva... o Leonardo Jardim teve o plantel mais barato dos ultimos anos... e foi ele que apostou em vários jogadores que andavam perdidos... o Marco Silva por exemplo teve o Nani, e não lançou muitos jogadores jovens na equipa principal.

O JJ não deixa de ser um bom treinador só porque nesta época ficou em 3º.... o problema não são os resultados, mas sim a teimosia demonstrada por JJ... ele tem de perceber que isto é o Sporting... um clube maior que o ego dele!
Sem imagem de perfil

De J. a 26.04.2017 às 17:55

Bom, a analisar por essa perspectiva, Marco Silva teve tambem Nani, Carrillo e C.Soares. Numa equipa equipa que até apresentava um onze bem interessante e talvez mais competitivo que a equipa que teve Jesus.

O certo é que M.Silva com essa equipa não conseguiu lutar pelo titulo apesar da conquista da Taça, JJ no ano passado só não foi campeão pq houve uma equipa que em 25 jogos, ganhou 24...

Este ano acho que estamos todos de acordo....desastre!!!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 19:01

J.
É verdade, havia Nani, Carrillo e C. Soares. Mas, também lá estavam (e jogavam) Maurício, Ewerton, Tobias Figueiredo, Naby Sarr, Rosell, André Martins, Mané e Tanaka que não calçariam com Jorge Jesus!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 26.04.2017 às 18:04

Schmeichel,
tem toda a razão no que refere a Leonardo Jardim. Fez um trabalho extraordinário.

Não digo que Jesus deixou de ser um bom treinador. É o que era quando chegou ao Sporting, mas esta época vai ser um fracasso muito grande. Principalmente tornou evidentes as limitações dele como treinador.
Sem imagem de perfil

De Maria a 26.04.2017 às 23:00

Não foi (só) JJ que perdeu a graça... que nunca teve, aliás.

O Sporting perdeu graça e estado de graça. Engraçado observar os tais 80% sempre envergonhados, cabisbaixos e assustados quando confrontados com "ouviste o que disse o teu presidente?".

Naquela mesma noite, com disparates e asneiras do pior, Bruno de Carvalho tirou-lhes qualquer brio que pudessem sentir na opção que tomaram.

Silenciosamente limpam as mãos. Envergonhadamente vão dizendo "não não vi".
Mas tirando meia dúzia de alucinados já ninguém acredita nas promessas, já não confia no poder de mudança que o rapazito vai vendendo, já não aguenta de vergonha com a figura de catavento tonto e armado aos cucos.

Bruno de Carvalho representa, e em voz bem alta, em tudo aquilo que não suportamos, aliás abominamos, nos chico-espertos desta sociedade.

Não coloquemos as culpas todas em JJ. Quem lhe deu hoje palco e perguntas para mais ridículo, tontaria e analfabetismo?

http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2017/04/26/resposta-de-jj-provoca-gargalhada-total-pensamento-de-que-do-tio-patinhas

Este é o "Future of Football" em Alvalade. De gargalhada de quem já não resta ver, ouvir ou esperar mais nada.
Sem imagem de perfil

De Fernandes a 27.04.2017 às 08:56

Ficando até ao final do contrato Jesus vai custar sensivelmente 25 milhões de euros em salários. Até ao momento, graças à sua performance, custou ao clubesensivelmente mais 25 milhões de euros (não entrada na Champions e 4º lugar no grupo).

Do lado da despesa associada directamente a ele vai em 50 milhões de euros até 2019, a que se soma um prejuízo global de 32M€ na primeira época. Estes números resultaram, dentro de campo, na conquista de uma Supertaça em duas épocas.

Em Agosto irá disputar o play-off da Champions onde se jogam mais 20 milhões.

A pressão sobre ele nos próximos seis meses vai ser brutal (Champions e início da Liga).

Será talvez a derradeira oportunidade para justificar as dezenas de milhões que tem custado ao clube e reconquistar a confiança da massa adepta.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo