Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Y23TVCV4.jpg

 

A explicação de Jorge Jesus para a substituição de Bas Dost, aos 83', numa altura em que o Sporting dava o tudo por tudo para assegurar o empate diante do Benfica:

 

«Bas Dost teve uma bola na trave e um golo, após um jogo muito bem trabalhado por Joel Campbell, mas precisávamos meter mais velocidade na frente. Ele não é muito rápido e precisávamos de um jogador naqueles 10 minutos a mexer com a intensidade do nosso jogo».

 

Para mim, é uma substituição e subsequente explicação sem nexo. Jorge Jesus indica que precisava de mais velocidade no jogo do Sporting, mas não vejo como é que isso se relaciona com Bas Dost, um ponta de lança, e ainda menos, a sua visão de André ter características para contribuir nesse sentido.

 

Jorge Jesus jogou uma carta fora do baralho, na esperança que num momento de inspiração quem acaba de sair do banco marcasse o tão desejado golo para o Sporting. Este tipo de decisões são relativamente comuns entre técnicos, mas o seu valor é avaliado somente em função do resultado. Em termos gerais, não faz sentido que no desespero pelo golo se retire do relvado o melhor marcador da equipa e, na realidade, o único goleador.

 

*** Até este momento, em Portugal, Bas Dost regista 8 golos marcados na I Liga e 1 na Champions.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:18


40 comentários

Imagem de perfil

De PF a 12.12.2016 às 05:57

Completamente absurdo aquela substituição, só a entendo aos olhos dessa coisa que é o futebol que só alguns entendem porque de matéria tão complexa só os cerberos a sabem interpretar, o problema é quando "Não bate a bota com a perdigota".
Sem imagem de perfil

De Jorge a 12.12.2016 às 07:33

Pois eu já acho que tirar o Bost(a) de campo é sempre uma mais valia. É um jogador a menos, sendo eventualmente um dos piores avançados de sempre no Sporting. Relembro que custou 10M €, e que na época passada marcou essa cifra fabulosa de ...10 golos! A sua substituição revela que não existem avançados (PL) no plantel (não sei avaliar o Spalvis, pois ainda não o vi jogar...), uma vez Castaignos, André e Bas Dost, todos juntos, não valem uma perninha do Montero (vendido por 5M €)...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2016 às 07:39

Memória muito curta sobre Montero, que esteve (já nem me lembro bem) 10 meses sem marcar um único golo. Grande goleador !?!
Sem imagem de perfil

De Jorge a 12.12.2016 às 08:12

Onde é que no meu post "leu" que Montero era um grande goleador? Eu tenho memória curta, mas você é que "já não se lembra bem"!?
Sem imagem de perfil

De Jorge II a 12.12.2016 às 15:22

O meu homónimo deve estar esquecido dos Tiuis, Silvas, Buenos etc.

Não concordo nada.
Primeiro que tudo Bas Dost é um bom avançado a quem não têm chegado assim tantas bolas como isso.
Relativamente ao Montero, ainda me lembro de uns largos meses sem marcar. Quando se foi ficou a fazer faltas mas daí até ser um GRANDE avançado ainda vai uma distância.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 18:28

Caro Jorge II, certamente reconhecerá que para Bas Dost marcar um golo é preciso que lhe cheguem MUUUUUUUUUUUUUUUUUUITAS bolas!
Não é tanto como o Bryan Ruiz que, esse, para acertar com uma bola entre os postes - já nem peço para marcar golo - cada jogo tem que ter 240 minutos, mas lá que o tipo acerta muito pouco, isso é uma realidade.

PS - ontem desloquei-me a um café para assistir ao jogo e quando, antes do apito inicial, a câmara focou o Bryan Ruiz, os comentadores (isentos, LOOOL) voltaram a frisar que o sul americano falhara escandalosamente - são palavras deles - um golo no último jogo entre as duas equipas.
Não consigo esquecer e, pelo visto, não sou o único...
Sem imagem de perfil

De Jorge II a 12.12.2016 às 18:56

Nem eu , homem, nem eu. E mesmo à minha frente :-D

Não acho. Não é o chato do Slimani que massacrava os centrais mas parece-me um avançado mais que suficiente para o nosso campeonato e até mais qq coisa.
Já teve um jogo ou outro mais fraco mas neste jogo, por exemplo, 2 oportunidades, 1 no barrote, outra lá dentro.
O que me parece é que há jogos em que a bola não chega lá (ou chega mal). Veja-se o jogo do Légia, por exemplo. Muito rodriguinho, bolas para trás e centros para o lateral do lado contrário. Assim o homem não consegue fazer muito mais.

Ainda por cima, este ano, entre um Ruiz e outro, Markovics e Elias parece que jogamos sempre com 1 a menos
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 20:34

Jorge, acha que está a ser demasiado simpático na contagem das oportunidades. E mesmo que tenham sido só essas, veja o que ele custou e o que se lhe paga e diga-me o quanto ruinosa se tornou aquela bola ao ferro. É que no seguimento, sofremos golo.
Slimani tinha um rácio de concretização muito superior. E na relação preço/qualidade, ficava anos luz á frente do holandês...

O que se passa é que a equipa é a mesmíssima da época passada mas sem Slimani e João Mário. No lugar deles, entrou Bas Dost e o Gelson tornou-se um senhor jogador.
Das contratações, zero!
Sem imagem de perfil

De Jorge a 13.12.2016 às 11:54

Caro Jorge II, pois é precisamente por não me esquecer desses Tiuis e Buenos que falo no Bas Dost. Porque é exactamente como esses: muito mau! E apenas falei no Montero (repito, não o considerando um grande avançado), porque penso que seria relativamente fácil e pouco oneroso mantê-lo. E relembro que nenhum desses - nem todos juntos -, custaram 10M€!!! Aproveito também, e porque vejo comentários sobre o Slimani, que não o mencionei, simplesmente porque está a anos-luz do holandês, naão tendo por isso, qualquer tipo de comparação.
Sem imagem de perfil

De antonio a 12.12.2016 às 08:37

A substituição do Bas Dost parece-me que foi acima de tudo a procura por um momento Kelvin 92'. Só assim se consegue justificar a aposta em André.
Verdade seja dita - André não teve ainda oportunidade para mostrar o que vale, se é que vale.

Mas mais escandalosa que esta substituição foi a outra em que troca Ruiz por Ruiz. Bryan esteve muito morno o jogo todo e não conseguiu desiquilibrar. O outro Ruiz entrou em campo apenas para insultar Rafa e perder uma ou duas bolas.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2016 às 08:38

JJ a inventar sem nexo nenhum ... tentou algo que nem ele mesmo saberá bem.
Nos últimos minutos bom bom foi o Jorge Sousa a queimar tudo o que podia ... e o fairplay demonstrado pela ausência ou letargia dos apanha bolas digna de um qualquer jogo da distrital ... basicamente no nosso futebol é só artistas ... poucos de bola!

Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 08:46

Concordo, em geral, com o post.
Não costumo comentar as escolhas do treinador porque, a ele, exijo que vença. Nem que coloque o Rui Patrício a ponta de lança ou a lateral.
E, realmente, Dost é nesmo muito mau! Não podemos camuflar com os escassos golos obtidos, um pecúlio embaraçoso de falhanços inacreditáveis - alguns decisivos como no jogo em casa contra o Borússia.
Toda a actual equipa do SCP tem um relacionamento difícil com a baliza adversária e aí reside a principal razão da vergonhosa época que estamos rubricar e de não estarmos a ostentar as quinas de Campeões na camisola.
Se formos verificar, em TODOS os desaires (para o SCP empatar ou perder é um desastre) desta época nas competições domésticas (e em alguns jogos europeus), o SCP dispôs da primeira oportunidade de golo. A concretização desses lances teria ditado outro desfecho nos jogos e outra posição na tabela classificativa.
Cartão claramente vermelho a quem teve o recrutamento a seu encargo.
Um desastre!
Sem imagem de perfil

De Jorge a 12.12.2016 às 10:00

Absolutamente de acordo com tudo. Andam todos muito preocupados a insultar os laterais e o Markovic (apesar deste ser claramente um enorme flop), mas aparentemente poucos são os que percebem da fraquíssima qualidade do Bas Dost. "Maior cego é o que não quer ver!". Tivesse ele concretizado metade dos inacreditáveis golos feitos de que dispôs, e nem com campos inclinados os nossos adversários nos teriam ganho os jogos.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 12.12.2016 às 09:22

Bom dia,

Esta época é consideravelmente diferente da anterior. O efeito do "roubo" de JJ ao rival esfumou-se...e todas aquelas características que ninguém gosta no homem estão a vir ao de cima. Adicionalmente, há uma diferença gritante na eficácia e na qualidade geral da equipa. O Sporting de hoje não é o mesmo que tanto nos apaixonou ao longo da última época. Tirando os jogos contra equipas do mesmo nível ou superiores (Benfica, Porto, Dortmund e Real Madrid), este não é o Sporting vibrante e dominador da época passada. O ano passado o Sporting impunha o seu jogo desde o primeiro minuto...em praticamente todos os jogos. Havia atitude de vencedor. Atitude de equipa grande. O nosso futebol era cativante, criávamos muitas oportunidades e a dita eficácia estava lá. Slimani e João Mário tinham um papel importante em todo este processo. Foram vendidos (e bem), mas não soubemos colmatar as suas ausências.
Está a falar-se muito da arbitragem do jogo de ontem. Com ou sem razão, estamos a falar de um derby, onde qualquer um pode vencer. São jogos de tripla. É raro o derby que não tenha casos...mas o que conta no fim é sempre o mesmo. Quem marca mais golos, vence o jogo. O Sporting teve a oportunidade de marcar 2 ou 3. Falhou. Falhou porque não temos jogadores eficazes tecnicamente e mentalmente. Podem dizer que o guarda-redes do Benfica defendeu tudo. Sim...ele está lá para isso. Recordo-me do jogo na Luz no ano passado. O Sporting marcou dois golos nas primeiras duas vezes que foi à área do adversário. Foi eficaz...frio...certeiro. Lembram-se quem marcou?
Sem imagem de perfil

De Maria a 12.12.2016 às 09:23

Bem sei que o que interessa é o nosso Clube mas todos já vimos este filme tantas vezes que o prevemos a dormir calmamente.
Calmamente agora, porque quando JJ estava do outro lado riamo-nos às lágrimas.
E era um filme que viamos ano após ano e nunca nos cansávamos. Aqui, temo, também acontecerá o mesmo. (Ainda nos "deve" umas danças e outras demonstrações de desrespeito mas não deverá ter oportunidade este ano porque aos poucos começa a faltar palco... alivio)
Não a parte do riso porque nos toca e preocupa que de desaire em desaire, patetice em patetice nem os rivais (já) se conseguem rir.
Essencialmente porque enquanto uns mandam encontrões no apanha bolas (tem calma William que só eu é que já topei que nem celebras os golos que marcas e estás a chegar ao ponto de rebuçado), outros mandam beijinhos e arranjam arruaça em cada oportunidade que pensam que tem graça ou se podem safar, os outros trabalham e vencem e avançam.
E quem não quiser ver que não é só o não ganhar xpto que é o problema deste Sporting então até pode entender muito de futebol (eu não entendo) mas entende muito pouco de gestão.
E um Clube à dimensão do Sporting Clube de Portugal não pode ser vivido como se fosse o sonho da criança rufia tornado realidade em que se está disposto a morrer por ele - poderá este homem ser mais patético???? - mas gerido por, e para, ser um Clube de referência. Nacional e Internacional.
Um que não nos arrepie a espinha quando alguém diz "O Teu Presidente... " ou "Oh mãe, sabe o que se passou no Sporting?".
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 09:56

Por isso ganhamos 3 campeonatos e 40 anos! Andamos sempre com as prioridades invertidas.
Eu amo o SCP, a Maria vive obsecada em destituir um presidente legitimamente eleito.
Nem consegue perceber que este não é o momento para esse tipo de discurso? O ódio tolhe-lhe o discernimento a esse ponto? Não consegue ver mais nada?
Calma! Em Março terá a sua oportinidade. Mas cuidado, aparecerão outras Marias a brinda-la com os mesmos mimos com que se dirige ao actual presidente do SCP.
Quem com ferros mata...
Sem imagem de perfil

De pedro s a 12.12.2016 às 11:03

A Maria tem toda a razão, e as prioridades não estão trocadas. O presidente do Sporting é um puto mimado, mal educado, pedante, e envergonha-me como sportinguista. Ele e o octávio, representam o que de pior há no futebol. E isto não tem a ver com perder ou ganhar. Tem a ver com a necessidade de um pouco de tino que o futebol está a precisar.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 11:23

Caso não tenha reparado, Pedro, o comentario da Maria nada tem que ver com o post. O que é proposto debater é a substituição operada por JJ, o rendimento de Bas Dost e a eficácia da equipa - ora leia lá bem.
Se o actual presidente do SCP é um puto ou um homem de barba rija, são contas de outro rosário. Mas, já agora, o que realmente me envergonha como Sportinguista é que no final desta temporada teremos METADE dos campeonatos do nosso opositor de ontem.
Isso, sim é ter as prioridades bem escalonadas...
Sem imagem de perfil

De Maria a 12.12.2016 às 11:35

Nada obcecada. Eu destituir o Presidente? Não sou ninguém sequer para o almejar. Se eu conseguisse um dia sem o eco dos disparates que faz e diz já me dava por feliz.
A mim os ferros não me matam. Assim como não matarão o Bruno de Carvalho. Ele bem pede que o matem pelo Sporting para ser visto como mártir. Não entendo de quê já que martirizados é quem tem de assistir às tontarias, más educações e demais ignominias do menino.
Este não é o momento? É sempre tempo para ter tino, educação e elevação.
Não tenho ódio NENHUM a Bruno de Carvalho. Odeio o que ele faz ao Sporting mas isso não é odiar a pessoa. Ele não é - nunca será - do tamanho de algo que eu poderia odiar. Não tem como para infelicidade do próprio. Porque a história não se detém e ele terá de continuar a viver com a dele mesmo quando este périplo terminar.
Os próximos - Presidentes, Treinadores - serão julgados quando, e no que, tiverem de ser julgados. Com a mesma bitola.
Bem sei que a verticalidade é conceito antiquado mas ainda há, alguns, que a vivem.
Você acha que hoje é tempo de lamentar a semana terrível que se viveu.
Eu consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo.
Porque não é por já ter visto o filme - deste treinador, da sua cobardia e desonestidade - durante anos que se torna menos triste quando é triste, desonesto quando é desonesto...
Desengane-se se acha que não quero ganhar. Mesmo com BdC e JJ ao leme. Eles é que não querem. Porque os seus tiques pessoais toldam-lhes para o que deveria ser a Gestão; do Futebol num e do Clube noutro.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 15:16

Pela facilidade com que escreve adjectivos depreciativos ao presidente e treinador do SCP atrás de um teclado, a Maria deve ser de uma verticalidade irrepreensível.

Sim, acho que a Maria não quer ganhar! Mas não é por querer ver esta direcção ou treinador perder, é simplesmente porque acredita num mundo do futebol utópico.
E quem acredita nessa fantasia, não pode afirmar que quer ganhar.
Já não lhe bastam quase 60 anos de uma dinastia de perdedores - Por muito que eu estime o saudoso João Rocha, alguém que em (quase) 13 anos de mandato ganha apenas 2 campeonatos de futebol é, incontornavelmente, um perdedor, ainda que menos perdedor do que outros com pecúlio verdadeiramente deprimente - bem vestidos e com aroma a refinado perfume parisiense?
Esses dirigentes que a Maria reclama para presidir o nosso clube, são comidos ao pequeno almoço pelo seu homólogo do benfica enquanto se ri e ainda fica com fome! Ou já se esqueceu dos seus primeiros anos de mandato?!
Pois, as vitórias têm esse condão de tolher a memória. E, claro, quando se ganha é mais fácil ser subtilmente provocador. Mas não deixa de se ser provocador. A diferença é que antes diziam "incha cabeçudo" e, depois, passam a dizer "enquanto outros falam, nós trabalhamos"...
Aliás, essa era uma tirada tantas vezes utilizada pelo seu mestre a quem ele passou a perna.
Por falar nele... a Maria também deve ser daqueles que afirmam preferir continuar a ver um SCP definhar por falta de conquistas desportivas do que ter tido um presidente como Pinto da Costa, esse malvado que conquistou mais títulos sozinho do que o SCP em toda a sua existência. Também vai na cantiga da lampiada de que ele foi corrupto e comprava árbitros com fruta e chocolate. O que a Maria, pelo visto, ainda não percebeu é que eles nos andaram a acusar de sermos coniventes com os nortenhos, várias vezes nos pediram directamente para nos juntarmos a eles numa cruzada ao demónio azul e branco que corrompia o futebol português e, agora que eles fazem o mesmo, roubam-nos nas nossas barbas e ainda nos gozam! Já se esqueceu da semana que se seguiu ao roubo na taça lucilio baptista em 2009? Parece que sim!
É estranho verificar que ainda existe uma aristocracia no SCP que ainda não percebeu que a monarquia em Portugal acabou há mais de um século!
Agora que já demos 60 anos de avanço aos nossos adversários, não será tempo de acordarmos desse sonho romântico e deixarmos de ser anjinhos?!
Ainda que não me agradem, não são os modos de BdC que me chateiam. É o facto de ele ter contratado JJ e, por essa via, continuarmos sem ganhar.
De um presidente do SCP eu exijo que ganhe e quando estiver farto de ganhar, que ganhe novamente e, depois de fazer um intervalo enquanto ganha, que volte cheio de força para ganhar ainda mais!!!
Alguém pode colocar em causa a classe Soares Franco, JEB e Godinho Lopes?
Obviamente não! Mas são adorados por benfiquistas e portistas. Porque será?!
Do mesmo modo que alguns escritos que surgem por aqui são elogiados por lampiões. Pudera! Nos dois últimos campeonatos conquistados pelo SCP, para além da felicidade suprema pela conquista, divertia-me imenso a ouvir benfiquistas dizer mal do seu próprio clube...

PS - quando refiro que o momento não é oportuno é porque surge no fim de uma semana desportivamente desastrosa e o comentário da Maria nem debate esses acontecimentos nem, tão pouco ou aproximadamente, discute a temática proposta no post do Rui Gomes. A sua posição é sobejamente conhecida e terá, certamente, muitas mais oportunidades para escrever sobre o assunto. Neste assunto, a Maria não acrescentou nada! Concorda com a substituição do Bas Dost? Porquê?
Sem imagem de perfil

De Jorge II a 12.12.2016 às 15:40

Se a sua unica preocupação era o facto de a Maria não estar a comentar exclusivamente o post, porque razão a sua resposta não se resumiu ao PS? :-D
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 16:37

Jorge II, a minha reacção deveu-se ao momento!
Ha muito somos "bombardeados", exaustivamente por muitos leitores com essa conversa decalcada e recalcada sobre BdC.
Eu também quero o homem fora do SCP mas no dia de hoje depois de uma semana difícil e num post sobre uma substituição? Havia necessidade de voltarmos a ouvir o mesmo disco de vinyl riscado?!
Já todos sabemos o que a Maria pensa acerca do assunto. Já o li uma infinidade de vezes como ela já terá lido uma infinidade de vezes coisas que, também eu, repito.
Se tivesse lido aquilo agora, talvez me ficasse pelas primeiras linhas e encolhesse os ombros exclamando interiormente "mais do mesmo"! Mas logo pela manhã, depois de uma derrota especialmente indigesta, aquilo caiu-me mal e vai daí escrevi!
Depois, já sabe, é tipo bola de neve...
E lá saiu tudo o que me vai na alma! Andarmos a repetir as pedradas a BdC mudando apenas o tipo de arremesso, não vai fazer com que se demita 3 meses antes da data marcada para eleições...
Sem imagem de perfil

De Jorge II a 12.12.2016 às 17:05

Não concordo.
Se é antes de um jogo é desestabilização, se é depois é aproveitamento. Quando é que se pode discutir as coisas afinal?

Mas OK, confesso que há por ai alguns comentadores, que no contexto e hora erradas também me levam a ter uma reacção. digamos que assim a dar para o exagerado...:-D

Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 18:36

Nada disso, Jorge. Não disse, porque não o penso, que tenha havido aproveitamento da Maria.
Cada um discute o que quer quando quer. Quem sou eu para o impedir ou sequer censurar.
Reagi por estar a ser um dia difícil mas a minha opinião vale o que vale. Bola...

Sem imagem de perfil

De Jorge a 13.12.2016 às 12:14

Caro Implacável, permita-me que discorde um pouco de si. Temos um doente (Sporting) com cancro (Azevedo de Carvalho), e o que é que nós médicos (sócios e adeptos) decidimos fazer? Trata-lo dos problemas de caspa? Entendo pois, que esse vírus que se apoderou do nosso doente seja combatido SEMPRE, sem descanso. Primeiro a quimioterapia, e depois logo trataremos dos problemas capilares...
Sem imagem de perfil

De Altino Torres a 12.12.2016 às 10:24

Grande comentário (já agora permita-me elogiar o seu português. Isto não tem nada de pretensioso da minha parte, simplesmente é uma lufada de ar fresco ler comentários em blogs num tão bom e perfeito português - adiante)! A sua ideia deveria ser aplaudida por sportinguistas (que não é o meu caso) mas, enfim, isso só vai acontecer quando o se clube estiver a passar por uma fase ainda pior. A maioria dos adeptos do Sporting quer o Campeonato e isso tem um preço muito alto, como se tem visto.
Sem imagem de perfil

De SCP a 12.12.2016 às 10:55

Como não escrevo como Pessoa nem falo com Edite Estrela, vou ter que me acautelar nos comentários é que, vem aí o professor Doutor Altino e, pimba uma reguada.
Cuide-se Maria.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 12.12.2016 às 10:33

Bom dia Maria,

Se calhar não vão gostar do que vou escrever, mas é o que penso.

Já são anos a mais neste estado. Dezenas de anos. E é por isso que eu questiono: Qual é a real dimensão do Sporting atualmente? Podemos ser considerados ainda um dos três grandes em pleno Séc XXI? Em Espanha temos o Real Madrid e o Barcelona...que são considerados grandes porque ganham ano sim, ano não. Depois temos o Atlético de Madrid...que ganha de vez a vez...mas que não tem o mesmo estatuto dos outros dois. E quem é do Atlético não se importa com esse estatuto.
Digo isto sem qualquer problema. Sou Sportinguista mesmo que tivéssemos na 3ª divisão. Mas parece-me que vivemos continuamente agarrados a um passado glorioso e verdadeiramente grande. Hoje em dia qualquer coisa serve para mostrar que somos ainda grandes. Estamos sempre com a necessidade de nos comparar com os outros. Este atitude é digna de gente pequena. Deixámos de celebrar títulos, e vibramos com nomeações para jogadores na equipa do Euro, de formação de excelência, vitórias morais...e depois aparecem as tais patetices que a Maria escreve no seu comentário. Títulos a sério e com continuidade..."bola". Não é uma Supertaça ou uma Taça de Portugal de cinco em cinco anos que vai trazer a grandeza a um clube. Exibições que valorizam e mostram a verdadeira grandeza do clube lá fora?...poucas ou nenhumas. Para despistar a verdade das coisas no futebol, agarramo-nos aos títulos e vitórias nas outras modalidades (o Presidente já chegou ao ridículo de festejar um título de Dressage, modalidade que consiste em domesticar um cavalo). Com o passar dos anos, esta situação é cada dia mais visível, mas parece que ninguém quer falar nisso. Se somos grandes, é porque somos muitos. Dizem que somos 3,5 milhões...mas desse número, quantos é que realmente sabem o que é um Sporting grande e demolidor no futebol? Quantos?

Desculpem a franqueza, mas com o passar dos anos, é isto que sinto.

Sem imagem de perfil

De Maria a 12.12.2016 às 11:56

Não é verdade que não faz mal não ganhar e eu compreendo a frustração, a tristeza, o desânimo...
Mas não é BEM assim. Ou seja é mas só em parte.

Por isso apesar de Champions, Bolas, Pichichis e demais prémios, ao Real Madrid urge ganhar La Liga. Porque um estádio não vive só de estrangeiros. Vive da alma - da sua cidade, de su gente. Eles sabem-no e têm de os "agarrar". Sim o Atlético não ganha mas no dia-a-dia, durante a semana, o que faz para tirar a vontade de ir ao estádio e continuar a acreditar?! O que disse Enrique Cerezo esta semana? O que disse Diego Simeone? O que disse alguém a mando deles? (e olhe que estar a colocar o Sporting ao nível do Atlético até me faz impressão. Porque se colocarmos ao nível do Barcelona podemos até dizer que Luis Enrique foi indelicado com os jornalistas mas alguém ouviu disparates a Josep Bartomeu, esta semana, na anterior, há quanto tempo não ouvimos ou vemos o homem???)

Eu serei Sportinguista até morrer.

MAS eu não sou os tais Milhões que fazem estas "Casas" viver e vibrar.

E se às crianças se deixam de mostrar exemplos de que ser verde-e-branco é ser diferente, para melhor, eles começam a ser contagiados por exemplos de valor e conquista. É algo natural e intrinseco... Eles é que são o futuro. Eu sou o passado. Eles são o presente - e é horrível que sejam gozados na primária porque o presidente falou em puns, no secundário porque o presidente cuspiu no presidente do Arouca e entrar na Universidade e dizer que não viu "O Bruno a mandar beijinhos"

Sim. Sporting. Sempre! Se não pudermos ser demolidores pelo menos não sejamos o gozo de toda a gente e mais alguma. É pedir muito? Parece...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 12.12.2016 às 12:20

Maria,

Já percebi que não tolera nem um bocadinho nem BdC, nem JJ.... tem o seu direito!

Mas da sua parte só leio criticas à postura e não à obra em si. Se a guerra tida por muitos sportinguistas que se unem aos rivais, no intuito de retirar BdC do trono, e se acham que essa luta é na defesa dos interesses do Sporting.... está muito enganada!

O período pós-BdC vai ser muito duro.... porque se acha que o que virá a seguir será a tal ética leonina tanto apregoada.... isso é um mito sebastiânico!
A realidade é só uma.... o Sporting em 35 anos ganhou 2 campeonatos.... e cada ano que passa sem ganhar, ficamos mais fracos e mais desunidos!

A critica a BdC faz-se primeiro com uma cara e com um programa eleitoral, depois faz-se com criticas construtivas ao mandato de BdC, e depois tem de se ganhar as eleições.... até ao momento, existem apenas desejos de haver cara para a oposição, porque o programa eleitoral da oposição é criticar a personalidade de BdC, e isso não é programa nenhum....

Da minha parte, estarei sempre disponível para ouvir o que a oposição tem para dizer, agora uma coisa lhe digo.... hoje as diferenças entre facções de sportinguistas são por demais evidentes.... e essa teoria de dizerem que somos diferentes já me enoja.... somos diferentes em quê?! na malidicência e desunião constantes?! então não quero ser diferente....

SL
Sem imagem de perfil

De Implacável a 12.12.2016 às 15:24

Schmeichel, a mim também não me agrada BdC (ainda que a ele compreenda) e não tolero JJ.
Só não vejo é necessidade de andar constantemente a "chover no molhado"!
É claro que desportivamente - que é a única coisa que me interessa - este projecto faliu. Mas em Março os sócios dirão de sua justiça.


Sem imagem de perfil

De José Santos a 12.12.2016 às 15:14

Maria, muito obrigado pelas suas palavras.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 12.12.2016 às 09:36

Aproveito para fazer a minha análise ao jogo de ontem.

Acho que este jogo é um pouco o resumo do que tem sido esta época... jogar melhor e perder por detalhes.... creio que apesar de a arbitragem ter cometido alguns erros, o Sporting, mais uma vez, falha muitos golos relativamente fáceis e em alturas do jogo que são criticas.... o que depois se paga caro!

Creio que fizemos na generalidade um bom jogo, e o resultado mais justo seria no mínimo um empate.... acho que o JJ mexeu muito bem ao colocar o Campbell, mas esteve muito mal ao colocar A.Ruiz e depois ao retirar Bas Doost, já que perdemos a referência na área...

Acho que para além da quebra na finalização, a nossa defesa é muito permeável, o que resulta muitas vezes do posicionamento incorrecto da dupla R.Semedo/Marvin, que por vezes abre umas crateras do tamanho do mundo.... é o que dá não se investir dinheiro em bons laterais....

De resto, de referir que o campeonato ainda não acabou.... e que devemos manter o espírito em cima, já que estamos a falar de apenas 5 pontos de diferença.
Sem imagem de perfil

De Carlos Gomes a 12.12.2016 às 17:19

Os detalhes que nos derrotaram têm a ver com o desastre que foi a incursão do Sporting no mercado, se tivéssemos sido competentes teríamos outro ponta de lança para além de Bas Dost, teríamos alguém para 10 e substituto para Adrian, já para não falar num ala para o lado esquerdo, mas pronto, estranhamente contratámos Petrovic, Ruiz, Castaignos, André e Meli, sim, acho que Meli faz parte do plantel.
Se tivéssemos sido profissionais ,não havia árbitro que nos tirasse a vitória no jogo de ontem.
Imagem de perfil

De PSousa a 12.12.2016 às 12:12

JJ para mim errou a tirar Bas Dost.
Já vi aqui escrito que Bas Dost não aproveitou metade das vezes que foi "bem servido" que me digam que vezes foram essas? E onde? E como ele falhou ou se foi o GR que defendeu?
Ainda ontem vi os alas a cruzarem para o 2º poste...estou a ser "amigo" claro, é que a bola numa delas nem dentro da área adversária caiu, foi pela lateral!
Continuo a dizer que JJ deve analisar o que foi o passado de Bas Dost e perceber as suas movimentações, que geralmente são ao primeiro poste, onde foi mesmo que ele chutou com a bola a embater no poste? E que Ederson nem a via!
Não critiquem um PL que não é assim tão bem servido como apregoam e para além disso está a fazer "papeis" como se calhar nunca fez, de vir buscar e distribuir jogo!
Mas continuo a dizer, que foi um ERRO de JJ tirá-lo de campo!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.12.2016 às 12:13

Bom dia.

Já numa outra ocasião comentei um "post" do "Camarote" e, apesar da minha condição de adepto do clube cuja cor o presidente do Sporting faz equivaler ao "demo", fui educadamente recebido.
Assim, tomo a liberdade de, uma vez mais, elogiar a percepção apaixonada (mas não "cega") de quem acima opinou e dizer que é importante que vejam como os egos podem prejudicar uma instituição (grande - e que para mim continua a ser grande). Concedo que as decisões de arbitragem são duvidosas (mas também não entendi qual a lei do jogo que fundamentou a paragem de uma jogada), mas o Sporting tem ao leme alguém que prefere justificar decisões ou estratégias incorrectas com terceiros do que reflectir sobre o que impede o Sporting de ser mais eficaz e ganhar jogos quando é superior (como ontem em grande parte do segundo período ou, de modo flagrante, no jogo com o Real Madrid).
É preciso, para bem do futebol e do desporto, que o Sporting continue grande (mas humilde na atitude daqueles que o dirigem).
Era isto.
Os maiores sucessos (com as devidas limitações, em face do pendor clubístico de quem escreveu).
NSilva
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2016 às 14:45

Meu caro, se não se identificar (nome/pseudónimo) será editado.
Sem imagem de perfil

De Nuno Silva a 12.12.2016 às 15:09

Boa tarde.

identifico-me de imediato, com as devidas desculpas (o NSilva no final não resolve, de facto).

Cumprimentos,
Nuno Silva

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo