Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leitura ao pequeno almoço

Rui Gomes, em 28.04.15

 

Still-life-wooden-table-glasses-newspaper-coffee_s

 

Durante o pequeno almoço - como é meu hábito - li um artigo por autor não identificado, que me parece interessante e sobretudo certeiro. Sob o título "Haja coragem", transcreve-se o seguinte:

 

«A coisa mais ousada que Jorge Jesus e Julen Lopetegui fizeram no clássico do passado domingo foi crescer um para o outro, à entrada do túnel de acesso aos balneários. Por ter acontecido o incidente no final do jogo, dir-se-ia que ambos estavam a descarregar ali a carga acumulada de coragem a que se pouparam durante os 90 minutos de um dos mais pífios duelos entre Benfica e FC Porto dos últimos tempos. O que deveria ter acontecido, golos e espectáculo, não aconteceu. Sobre isto, nada a fazer. Já o que nunca deveria ter sucedido, as tristes cenas finais, sucedeu mesmo. Mas sobre isto, os doutores que sabiamente prescrevem o receituário que trata da disciplina do nosso futebol poderão fazer algo. Ou não ?»

 

Em abono da verdade, o ónus de pressionar e procurar o resultado favorável a golos era todo do FC Porto, pela diferença pontual na tabela classificativa. Jorge Jesus, depois de andar tanto tempo ao "colinho" das arbitragens, limitou-se a fazer a devida gestão do conforto proporcionado por essa tão conveniente "almofada". Uma das razões principais que fazem com que a inevitável conquista da prova de 2014/15 fique na história como o "campeonato do colinho". E... bem haja o futebol português.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Lampião da Estrela a 28.04.2015 às 23:05

Mito urbano n. 547 - O Colinho
Sem imagem de perfil

De Indiano a 28.04.2015 às 23:19

Mito Urbano n. 334 - Capela no Gil Vicente x Benfica
Sem imagem de perfil

De Joe Parsons a 28.04.2015 às 23:37

Não é mito nenhum. Verdade, verdadinha é que uma vitória do Benfica é para muito sportinguista, pior do que arrancar um dente sem anestesia. Temos pena!
Saudações desportivas.
Sem imagem de perfil

De OCR a 29.04.2015 às 09:16



Tens pena?! Não conheces do mesmo nos adeptos do teu clube?!
Coitadinho!...Deves ser muito inocente! Eu também tenho pena do desconhecimento que revelas do teu clube...
Esgravata bem pelos lados de carnide e verás que encontrarás do mesmo. Ou desconheces os festejos que se faziam na Luz com foguetes, quando o Sporting perdia em Alvalade?

Sem imagem de perfil

De Lampião da Estrela a 29.04.2015 às 09:30

O Benfica não se preocupa com o Sporting desde meandros de 2000, quando em vez de dispararem para os pés como habitual, dispararam contra si próprios... O Benfiquista acreditará sempre que é o maior. O Sportinguistas acreditará sempre que é único, que tem um ADN superior. Tudo não passa de bazófia, porém...continua a ser os títulos que contam. Este ano, mais 2. Obrigado Sporting do Campo Grande.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo