Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jpg

 

Considerações de Jorge Jesus depois do jogo com o Wolfsburg, este sábado. Alguns recados e também um misto de apreciações sobre vários jogadores, não mostrando a mão, no entanto, quanto aos seus futuros planos. Intriga a sua afirmação que não acredita que o onze inicial "vá continuar". Isto, por opção dele ou porque espera algumas saídas ? 

 

«O presidente está atento a essa situação. Estamos no mercado e estamos sujeitos a tudo. Não acredito que este onze vá continuar. E também com a entrada de alguns jogadores e com a chegada de alguns elementos que já estão no clube e estão a crescer o próprio Alan Ruiz ainda está fora das ideias da equipa. O Meli vai-nos ajudar. O próprio Petrovic ainda não está integrado. Tem sido muito intenso para ele. Não está habituado a trabalhar tanto.

 

Toda a gente viu… Este Sporting não tem nada a ver com o Sporting dos outros jogos, mas isso é natural. Não só acrescentou qualidade e conhecimento de um ano de trabalho. Outra coisa é utilizares jogadores que estão a trabalhar connosco há um mês. E não estou a falar de intensidade, estou a falar de ideias de jogo, de táctica. Os jogadores têm alguma dificuldade de adaptação. Estes que entraram hoje não. Fizeram 45 minutos de grande qualidade. Na 2.ª parte houve uma quebra na equipa, o que é perfeitamente normal. A pré-época é mesmo isto. Agora nestes dois jogos no Algarve já é olhar para o dia 13. Os jogos antes foi para avaliarmos alguns dos miúdos: o Iuri, o Palhinha… Notaram que eles tiveram alguma dificuldade, não só do ponto de vista técnico/táctico, mas também do emocional. Ao contrário do Podence. Esse exagera na autoconfiança. Mas são processos aos quais estamos atentos.

 

João Mário e Slimani são jogadores do Sporting que têm mercado. Muito mais aqueles que foram campeões europeus. Mas os jogadores não mandam. Quem manda é o clube. Os jogadores têm contrato e, portanto, o presidente é que sabe o que tem de fazer. Todos eles têm contratos de mais anos e a defesa do clube está à frente.

Não vou comentar afirmações de empresário de jogadores. Aqui, aquilo que eles disserem vale zero. O Sporting não contratou empresários: contratou jogadores. Eles é que têm de defender os interesses da entidade patronal. Isso não tem suporte nem argumentos. Seja no Sporting ou em qualquer outro clube. Não são os empresários que mandam nos clubes,.

 

Dost (Wolfsburgo) e Bou (Racing Avellaneda) são jogadores que têm bons contratos. Este avançado Dost tem mais um ano de contrato. Não é mentira que estamos no mercado à procura de um avançado, se o Teo sair, que ainda não é definitivo, também perdemos o Spalvis. Os avançados são sempre os jogadores mais difíceis de encontrar, são mais caros, vamos tentar encontrar avançados que do ponto de vista económico sejam razoáveis para o Sporting».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:39

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 31.07.2016 às 12:09

Eu acho que o João Mário ainda vai ser vendido. Felizmente acho que temos alternativas para o lugar. Já o Slimani seria mais difícil de substituir.
Sem imagem de perfil

De Vozes a 31.07.2016 às 15:32

Parece mais ou menos claro que os interessados ultrapassarao os 45 M€ e, nessa base, o Sporting provavelmente baterá o seu recorde de transferencias.

Paradoxalmente, e apesar de ser mais difícil de substituir, Slimani está de certa forma associado ao negócio mais "urgente" para a SAD. Nao só porque já tem 28 anos e estará numa altura ideal para um encaixe "generoso", mas sobretudo porque se ficar (como todos desejamos!) temos CAN em Janeiro e nao podemos dar-nos ao luxo de ficar sem ele 1 mes...

"Não vou comentar afirmações de empresário de jogadores. Aqui, aquilo que eles disserem vale zero. O Sporting não contratou empresários: contratou jogadores. Eles é que têm de defender os interesses da entidade patronal. Isso não tem suporte nem argumentos. Seja no Sporting ou em qualquer outro clube. Não são os empresários que mandam nos clubes"

Para quem tem um nível cultural semelhante ao da Republica do Chade, falou claro e muito bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.07.2016 às 16:13

Como treinador, teria sido suficiente ficar pelo "não vou comentar afirmações de empresários de jogadores" ! O resto não é da sua competência, mas, claro, com Bruno de Carvalho ao leme, ele sente-se à vontade.
Sem imagem de perfil

De HY a 31.07.2016 às 17:12

Rui, acha mesmo que ele disse algo que não teria dito se o BdC não fosse o presidente?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.07.2016 às 17:32

O que ele diria com outro presidente nunca saberemos, mas é facto que lhe foi concedida muita autoridade no Sporting e, daí, que ele se sinta muito mais à vontade com Bruno de Carvalho.

Quantos presidentes conhece o HY que entraram ou entrariam em campo de mão dada com o seu treinador ???

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo