Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Bom, o Mau e o Vilão

Leão Zargo, em 07.10.15

 

"reality show" apresentado ao país a partir dos estúdios da TVI com Bruno de Carvalho como personagem principal e Pedro Guerra a fazer de saco de boxe já foi amplamente esmiuçado na blogosfera leonina. No entanto, a intervenção do presidente do Sporting foi de tal ordem assombrosa e invulgar que há sempre algo para acrescentar ao que já foi escrito. Imploro, por essa razão, a vossa paciência para esta breve prosa.

 

18890479_18Oaq.png

Confesso que tenho uma opinião muito semelhante aos que sublinharam o desatino que por lá aconteceu. Aliás, esse desatino reforçou a minha convicção de que o que ali se passou é revelador de que o “tempo” de Bruno de Carvalho no Sporting se esvai rapidamente como a areia da praia por entre os dedos das mãos. Ninguém fica impune quando se cai num desvario daqueles e a apoplexia revelada por muitos adeptos da gestão “bruniana” é própria do desespero que grassa nas hostes. No entanto, ainda vai correr alguma água por baixo das pontes até que esse tempo se esgote.

 

Num determinado momento do reality show tudo aquilo remeteu-me para o conhecido spaguetti western “Il buono, il brutto, il cativo”, de Sergio Leone, com Clint Eastwood, Lee Van Cleef e Eli Wallach. Do “filme” da TVI ficam os leitores do Camarote Leonino com a terrível missão de distribuir os protagonistas da noite televisiva pelos principais papéis. Obviamente o assobio fica por conta do “moderador” Sousa Martins.

 

Ao contrário de alguns sportinguistas, considero que o que se passou é revelador da perspicácia táctica de Bruno de Carvalho, confirmando que se pode ter elevado sentido táctico e pouco ou nenhum sentido estratégico. Ao intervir daquela maneira, afirmando e declarando o mesmo e o seu oposto conforme a conveniência, o actual presidente do Sporting lançou uma boa meia dúzia de bombas de napalm sobre os ouvintes que procuravam descortinar o sentido do verbo presidencial. É que, no final, não se ficou a saber sobre aquilo que verdadeiramente interessa.

 

Na realidade, não houve informação credível sobre o que é premente por estes dias. Por exemplo, sobre a Doyen, o Recreativo da Caála, a situação de Carrillo, André Martins, Labyad, Rossel e Viola, o sponsor para as camisolas das equipas de futebol e do naming da Academia e de duas bancadas do Estádio de Alvalade, a verdadeira razão do novo empréstimo aprovado na última Assembleia Geral, o pagamento antecipado do Pavilhão ou a garantia a favor da Galp no valor de 5M€.

 

É por essa razão que reconheço o elevado sentido táctico de Bruno de Carvalho ao conseguir que aquilo que temia não fosse abordado de forma significativa durante o programa o que lhe permitiu puxar o pé para o chinelo e dar uma sova ao Pedro Guerra de que este não se vai esquecer tão cedo. Quando Pedro Guerra afirmou que a decisão do TAS sobre o caso Doyen não é passível de recurso, Bruno de Carvalho sacou de fotocópias a propósito de Filipe Vieira e o assunto ficou por ali. Tudo isto perante o Manuel Serrão que mais parecia um gentleman inglês do vale do Douro e o desgraçado do Dr. Eduardo Barroso que ficou KO com o raspanete presidencial quando se atreveu a balbuciar duas frases.

 

O napalm que Bruno de Carvalho levou para o estúdio parece ter sido eficaz segundo muitos. No meu caso, ocorre-me que foi apenas provisoriamente eficaz quando me recordo da célebre frase cinéfila “adoro o cheiro de napalm de manhã”, do icónico Apocalipse Now. Mas, como se sabe, isso é outro filme muito para além de um mero spaguetti italiano. São contas de outro rosário!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


53 comentários

Sem imagem de perfil

De João Cruz a 07.10.2015 às 12:58

Isto hoje não pára....sempre a bater na mesma tecla....mas comento que, qualquer pessoa com o mínimo de inteligência percebe que o que se passou no referido programa foi uma peixeirada muito pouco propicia a esclarecimentos reais mas no fim do dia acho que o seu "problema" se resume a uma linha escrita por si: "Na realidade, não houve informação credível sobre o que é premente por estes dias..."

Não acredita em nada do que BdC escreve ou diz, independentemente da forma como foi explicada portanto....vai continuar a repetir as mesmas dúvidas e continuando a potenciar que as posições entre sportinguistas se extremem cada vez mais criando um ambiente de confronto interno e nada de união contra um inimigo comum...sim porque, pelo menos para mim, o adversário está fora do clube....

Por fim, não sei se é sócio ou não mas se for....deveria verificar os estatutos em deveres dos sócios:
"zelar pela coesão interna do Clube" Acha que está a fazer a sua parte?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 13:13

João Cruz
É uma ironia vê-lo invocar a "coesão interna do Clube" referindo-se a mim. Provavelmente a crítica que é feita a BdC com maior frequência decorre da profunda divisão que provocou entre os sportinguistas!

Mas, a questão central é precisamente a ausência de informação séria e credível. BdC limitou-se a uns sound bites que serviram apenas para evitar o debate da realidade leonina.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 07.10.2015 às 17:26

Ele não foi lá para debate a realidade leonina , foi lançar o derby e contra atacar os autores do football leaks.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 13:01

Uma pergunta:

O autor está a afirmar que a decisão do TAS não é passível de recurso?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.10.2015 às 13:07

Afirmo eu !... que é apenas passível de recurso para o Tribunal Supremo (Federal) da Suíça se este o aceitar. É registo público que aceita muito poucos.
Sem imagem de perfil

De HY a 07.10.2015 às 15:02

Rui, invocando as melhores memórias das duas faculdades de direito que frequentou, é capaz de clarificar o seu comentário? Ou é passível de recurso ou não é. E o que pretende dizer com a ideia de que o Supremo Tribunal suíço aceita muitos pouco recursos? Refere-se à admissibilidade do recurso ou à decisão sobre o mérito do recurso?
Como está, a resposta confunde mais do que esclarece.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.10.2015 às 15:38

Caro HY,

Não sei se o seu parágrafo de abertura visa ser cínico, mas dispenso essas suas apreciações inconsequentes. Ou será que também duvida das minhas habilitações ?


É uma questão de semânticas e em contexto. BdC afirmou, como se fosse um facto consumado, que se perder o caso no TAS irá recorrer e se não ganhar num lado ganha no outro. Puro disparate e mentira !!!

Para que seja claro, qualquer decisão do foro jurídico pode ser apresentada para contestação perante uma instância superior em qualquer jurisdição de países democráticos. A afirmação que a decisão é "passível" de apelação para uma instância superior - neste caso concreto o Tribunal Supremo da Suíça - é literalmente correcto, embora não na prática, porque este Tribunal aceita muitos poucos casos em geral, e nenhuns relacionados com o TAS e o desporto.

O termo "passível" significa e implica susceptibilidade/possibilidade. Como já referi, na realidade, não vai acontecer. Ou seja, o Tribunal recusará deliberar o caso. Isto dito, nada impede o Sporting de apresentar a apelação.

O problema desta equação nasce, como já referi, com BdC a tentar (mais uma vez) iludir a plateia, pela forma como apresentou a questão.

Apenas para finalizar, a exemplo no sentido contrário, o caso do Bruma pela decisão da CAP era mesmo passível de recurso real para a FIFA e esta aceitaria a sua deliberação e, garanto-lhe, teria decidido contra o Sporting. Nestes casos, a FIFA respeita as decisões domésticas e desde que não sejam contestadas não interfere.

Espero que me tenha explicado devidamente.
Sem imagem de perfil

De ù a 07.10.2015 às 19:19

Não Rui, não é cínico. É de alguém que tendo dixado de praticar certos ramos do direito há várias dezenas de anos sabe que a terminologia se enferruja, os conceitos se eclipsam, sobretudo quando (penso que é o seu caso) provavelmente nem sequer estudou ou praticou na língua em que se exprime. E o seu comentário era particularmente confuso terminologicamente.

Na verdade, o seu post seguinte é que parece esclarecer. Portanto o recurso é possível, mas a sua admissibilidade reduzida a alguns tipos de fundamentos.

Estamos esclarecidos (falta saber se o Supremo Suiço aceita essa limitação da sua competência, mas isso não estava em causa e o Rui diz que o tem aceitado).
Sem imagem de perfil

De HY a 07.10.2015 às 19:21

Perdão, o comentário era meu, mas não sei porquê saiu assim...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.10.2015 às 20:41

Há alguma verdade no que diz, mas muito mais deve-se à dificuldade em lidar com tão enorme número de comentários e temáticas. Já disse, várias vezes, que o papel de um leitor e de um redactor é significativamente diferente.

A "limitação" citada é inerente a esse Tribunal como a praticamente todos da mesma instância em qualquer país democrático. Ou seja, os princípios de fundamento são basicamente os mesmos.

Pode ler o meu último post. Não deve interpretar que as regras citadas são imposição do TAS, pelo contrário.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 13:13

Explique-me como é que algo não é passível de recurso, quando É passível de recurso, se faz favor.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 13:27

Lion73
Como o Rui Gomes sublinhou o Tribunal Federal da Suíça, a máxima instância judicial do país, por norma nega a possibilidade de recurso. Não conheço nenhum caso em que o Tribunal Federal tenha dado provimento a um recurso.
No fundo, o tribunal suíço não se quer imiscuir no futebol e pretende manter o maior número de instituições desportivas no país.
No texto limito-me a referir uma afirmação de Pedro Guerra e a reacção de Bruno de Carvalho.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 13:32

A afirmação de Guerra é falsa. Ponto. As decisões do TAS são passíveis de recurso para o STFS, se este aceita ou não o juízo dos recursos e se lhes dá por norma provimento ou não, é outra questão.

Até porque a análise casuistica dos processos em apreço e dos argumentos apresentados pelas partes não podem nunca ser desconsiderados.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 13:46

Lion73
A afirmação feita por Pedro Guerra, em rigor, não corresponde à realidade. Rui Gomes, conhecedor da matéria, salientou o que por norma se verifica. É essa a realidade, apesar do voluntarismo de BdC.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 13:53

A afirmação de Guerra, com ou sem rigor, não corresponde à realidade.

Como está consciente o gabinete jurídico do clube e, em consequência, o presidente do Sporting, portanto não percebo a tentativa de leitura da reacção de BdC, que falou do quis e como quis, cumprindo na íntegra os seus objectivos relativamente à sua presença no programa.

Presença da qual discordei e discordo, por vários motivos que não vou dissecar por aqui, que por aqui reservo-me apenas à defesa do trabalho positivo do presidente, como resposta a ataques por norma gratuitos e injustos.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 15:01

Lion73
A questão em torno de Guerra está esclarecida. No entanto, é lamentável que BdC, nessa ocasião, tenha continuado com os seus sound bites e não tenha esclarecido no que essa matéria se refere.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 15:20

Desculpe lá, a questão da possibilidade de recurso já foi assumida pelo clube e pelo presidente, anteriormente e por mais que uma vez.

Essa possibilidade é clara e inequívoca.

Qualquer um pode perfeitamente pesquisar e certificar-se disso mesmo.

BdC não respondeu porque não quis a um disparate/mentira/falácia e preferiu falar daquilo que lhe interessava.

O que o LZ aqui fez foi insinuar uma fuga do presidente a um suposto "entalamento" por parte de Guerra ao presidente, nada mais que isso.

Quando houve "entalamento" nenhum.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 15:30

Lion73,
não me parece que tenha havido "entalamento" de BdC por Guerra, até porque na categoria a que ambos pertencem o BdC está uns furos acima.
Aconteceu que o Guerra mandou uma "boca" cá para fora, o BdC porque é farinha do mesmo saco bombardeou-o com "bocas". Os prejudicados foram os sportinguistas que naquele preferiam um esclarecimento sério e cabal.
Sem imagem de perfil

De L a 07.10.2015 às 15:06

Zargo,

O contrato entre a Doyen e o clube indica o TAS como o tribunal competente para resolver qualquer diferendo entre as partes. Tendo o Sporting ratificado essa competência já à posteriori no julgamento. Até porque foi o próprio Sporting o primeiro a recorrer ao TAS. Se o Bruno vai continuar a contar histórias para contornar o efeito da renúncia a outros foros é possível.

Vamos lá ser sérios, para variar no actual contexto do Sporting. Este tipo que chegou um dia a presidente do Sporting mente com a mesma facilidade com que respira. Foi sempre assim e nunca foi diferente no Sporting. Desde o Centenário até o 1º minuto das campanhas. Quando ainda em 2011, inventou numa noite o célebre fundo de 50M - com os amigos russos do calote - para responder ao fundo do Braz da Silva com o mesmo valor.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 15:25

L
Tem razão no que refere a propósito do TAS ter sido considerado um Tribunal competente, mas hesito em entrar em pormenores sobre a possibilidade de provimento do recurso.
Por duas razões, porque por norma o recurso não é aceite ou porque os termos do acordo entre o Sporting e a Doyen no que se refere ao TAS impedem esse recurso.
No entanto, considero suspeito que BdC se mantenha silencioso sobre essa matéria e limita-se às costumadas bocas para a plateia.
Em conclusão, BdC está a encanar a perna à rã, ele sabe isso melhor do que ninguém, mas entretanto vai atirando o barro à parede na esperança que pegue.

A eleição de BdC resultou do catastrófico mandato presidencial de Godinho Lopes. Quando apareceu encostado a Augusto Inácio por quase ninguém saber quem ele era apresentou-se como o salvador do Clube ao mesmo tempo que acenava com proventos daqui e dacolá. Sabe-se no que isso deu.
Os sportinguistas ficarão a lamber as feridas do Clube no dia em que ele for corrido ou fugir. Isso é certo!
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 07.10.2015 às 14:12

Incrivel como pessoas inteligentes como as do camarote leonino, insistem apenas em abordar esse assunto pelo prisma que mais lhe convêm e ignoram que estamos a presenciar provavelmente o terrivel ataque de sempre ao clube de todos nos

Acham mesmo que é uma ataque a BC ? acham mesmo que terminará se ou quando este sair ?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 15:03

J.Pinto
Importa-se de referir o que é que no texto é passível de contestação por não corresponder à verdade?
Imagem de perfil

De City Lion a 07.10.2015 às 15:39

Leão Zargo excelente. Só não concordo com o sentido táctico. ele tem é um grande instinto de sobrevivência e sentido-se ameaçado com o que hoje se sabe desatou a espernear. A intervenção de 2a feira e na AG soaram a canto do cisne mas que ele consegue sempre tirar outra da cartola lá isso é verdade mas a certa altura chega a um beco sem saida. Não me parece que ele tenha dado uma sova ao Pedro Guerra pois ainda conseguiu mostrar-se mais ordinário e não conseguiu mostrar argumentos excepto por exemplo tratá-lo por gordo (será que ele tem a mínima consciência que ele não é propriamente magro??)
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 15:52

Caro City Lion,
o sentido táctico de BdC decorre do seu instinto de sobrevivência, mas torna-se irrelevante pela forma como ele próprio se encarrega de armadilhar todo o caminho.

Reparei na utilização da palavra "gordo" a propósito de Pedro Guerra. O BdC é tão ridículo que chego a ter pena dele por esse lado. Outras vezes ocorre-me que não será propriamente ridículo mas um adolescente inconsequente..

O Pedro Guerra cometeu um erro do qual vai penitenciar-se durante uns bons anos: passou-lhe pela cabeça que teria lábia para se bater com BdC. Uma lição para muitos!
Sem imagem de perfil

De Jordão a 07.10.2015 às 16:09

Já há vários anos que gosto de ler o que se vai escrevendo nos blogs, mas poucas vezes acabo por comentar.

Para começar, devo dizer que sou sócio do Sporting desde 1983, e sempre me orgulhei de pertencer a esta maravilhosa família.

Durante anos vi o nosso clube passar por grandes momentos de glória, grandes vitórias, mas também já vivi decepções, derrotas inesperadas e difíceis de digerir. Mas em momento algum coloquei em causa o meu fervor clubístico, ou o meu orgulho em ser sócio do Sporting CP.

Posso dizer que de há alguns anos a esta parte tenho vivido o clube com grande apreensão com o delapidar do património e a má gestão que foi prática durante anos.

Entretanto em 2011, apareceu Bruno de Carvalho e senti que poderíamos voltar a ter um presidente que representasse os sportinguistas.

Nesse ato (pouco) democrático, votei no Bruno de Carvalho. Apesar da derrota eleitoral, tinha a certeza que a sua chegada a presidente do clube era uma questão de tempo.

Assim foi, passados 2 anos fomos novamente chamados a votar, e nesse dia senti que o clube tinha renascido.

Os primeiros tempos foram de recuperação "emocional do clube", rigor orçamental, no fundo arrumar a casa.

No 1º ano tivemos um excelente treinador Leonardo Jardim e um plantel jovem com a prata da casa e ambicioso.

Tinhamos finalmente o clube gerido com os pés no chão.

No ínicio do 2º ano, fomos buscar o Marco Silva, e tinhamos praticamente o plantel do ano anterior que tinha dado bem conta do recado, e contava com mais experiência. As bases estavam lançadas.

Entretanto vem a pré época e após um grande mundial, Marcos Rojo recebe propostas irrecusáveis e força a saída. O Sporting quebra o contrato com a Doyen, o qual ainda aguardamos o desfecho.

Poucos meses depois, chega ao conhecimento público os primeiros problemas com o treinador, bem como o mal estar do plantel com o presidente, após criticas aos jogadores através do facebook.
A partir daí foi uma escalada de situações péssimamente geridas, que entretanto começam a tornar-se insuportáveis.

Para mim, o caldo entornou definitivamente nesta 2ª feira, perante a inanarrável prestação do presidente do Sporting na peixeirada da TVI24.

O Sporting não pode ter como presidente alguém que se presta a este tipo comportamento tipicamente tasqueiro.

Uma instituição centenária como o Sporting CP merece um presidente que se represente o clube com seriedade e respeito, e que acima de tudo se faça respeitar.

É desta forma que o presidente quer trazer patrocinadores para o clube?

Que empresas se revém num clube, cujo presidente tem uma triste prestação como a que assistimos esta 2ª feira?

Nesta 2ª feira à noite o grande derrotado foi o Sporting CP.

Após o monólogo do presidente na AG, este debate deveria servir para responder às dúvidas dos adeptos e dos sócios que não tiveram possibilidade de estar presentes na AG.

As dúvidas que tinha, continuo com elas, sendo que devido à pouca vontade de esclarecimento, começo a temer o pior para o clube.

Casos como o processo da Doyen, que era certo que o TAS nos daria razão, agora parece que podemos perder. E que imagine-se se recorrermos de certeza que ganhamos.

Se recorrermos? Mas este bardamerdas que nos dirige não sabe que os casos que são julgados no TAS, não podem transitar para os tribunais civis?

Nos anos anteriores, reinava a gestão criteriosa. Leonardo Jardim e Marco Silva foram obrigados a fazer omoletes sem ovos. De repente, aparece em Alvalade um poço de petróleo e vamos buscar um treinador que tenho muitas dúvidas que seja melhor que os anteriores, que é o 10º treinador mais bem pago do mundo, e de repente passamos a poder comprar jogadores por vários milhões e a pagar comissões a empresários e prémios chorudos para jogadores assinarem pelo Sporting.

A aposta em jogadores oriundos da academia começa a ser posta em causa.

Temo que a fatura deste deslumbramento ainda esteja para chegar daqui a alguns meses.

O caso Carrillo, representa o completo amadorismo desta direção.

Fiquei também sem saber se o pavilhão já está pago ou se ainda faltam 400 mil euros.

Parece que agora só apresentamos propostas por jogadores para que os rivais paguem mais por eles. Alguém acredita nisto?
Sem imagem de perfil

De Jordão a 07.10.2015 às 16:11

Pelo que deu a entender o Sporting já não está sob alçada da UEFA, hoje os media dizem que a UEFA pode reter 2 milhões de euros.

Gostava de saber como vai ser resolvida a situação das VMOCS que vencem em Janeiro.

Gostava de saber o que fez o presidente mudar de ideias em relação ao Ricciardi.

Gostava de saber se o Alvaro Sobrinho gosta mesmo do clube e o ajuda desinteressadamente.

Gostava de saber se 5 mil euros não são suficientes para quem faz vida daquilo que era o seu sonho de criança.

Para terminar, um dos slogans do presidente na campanha era dar vós a todos os sportinguistas. Algum tempo depois processou alguns daqueles que o criticavam nas redes sociais. Eu até assinava este comentário com o meu nome e nº de sócio, mas como não estou interessado em arranjar problemas judiciais.

Isto diz muito no que se tornou o Sporting com este presidente.

SL
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 16:20

Sim, o Jordão é um dos que votou em BdC, mas coiso que aconteceu isto e aquilo, tvi24, comportamento tasqueiro e são irrelevantes as matérias que realmente importam e aqui tenho que bater na tecla de sempre: resultados!

Ponto nº1

Conforme o clube e a Uefa informaram, o clube está sob pena suspensa, com sanções previstas no caso de incumprimento das regras e está sob pena suspensa unicamente pelos méritos da gestão de BdC e os resultados financeiros económicos.

Ponto nº2

A questão das VMOCs, está prevista no âmbito da reestruturação financeira, conforme informação e aprovação dos sócios. Informe-se. Ou apenas dá importância a Prolongamentos?

Ponto nº3

O vencimento de BdC, agora duplicado, é várias vezes inferior aos vencimentos de administradores de SADS rivais ( não falo de presindentes de conselhos de administração, note-se ). Esses vencimentos são públicos e estão disponíveis com uma simples pesquisa.

Ponto nº4:

Por mim, se o clube continuar a evolução dos resultados financeiros e patrimoniais, bem como o dos desportivos, pode duplicar novamente o seu salário.

Prefiro um administrador bem pago, a um "gestor de topo" sem vencimento e que destrói o clube ao ponto da pré falência, como vários dos seus antecessores.
Sem imagem de perfil

De Jordão a 07.10.2015 às 16:52

Exatamente Lion.

E no pai natal também acreditas?

Também és daqueles que acreditas que o passivo era 500M€, quando o Bruno chegou e que agora é só de 200M€?

Ou será que eram 500M€ consolidados e esses 200 e tal milhões são apenas o passivo da SAD.

Lion, podes vir para aqui enganar muitos sportinguistas com esses comentários vagos e sem conteúdo, tal como os que o presidente apresenta, mas eu dou-me ao trabalho de ler os R&C.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 07.10.2015 às 17:43

Interessante.

Aquilo que refiro é factual e objectivo. Ponto. Nunca me contra argumentaram com dados da mesma natureza, porque simplesmente não os há.

EU leio os R&C. E o que é que eles dizem? Um clube com uma situação económica financeira dificil, que precisou de reestruturar a divida e proceder a fusões societárias para sobreviver e que soube implementar as mais regras básicas de gestão, adequando as despesas às receitas, permitindo agora uma viabilidade, ainda frágil, que anteriormente não existia. Factos.

Mas o Jordão lê coisa nenhuma. Nem está por dentro dos pressupostos da reestruturação financeira, caso contrário falava de VMOCs nenhumas, nem se inteirou de factos potencialmente impactantes como o despacho da Uefa relativamente à apreciação da situação económica financeira do clube, caso contrário não vinha falar de 2M nenhuns, à boa maneira do Guerra/Record/Leaks, que tal era conhecido há meses, quando nos safámos de penas gravosas para a instituição.

"Epá, eu votei BdC. O clube está mais competitivo, melhorou financeiramente e patrimonialmente, mas o homem é taberneiro e coiso".

Porra. Como se antes de Março de 2013, BdC não tivesse já mostrado um carácter conflituoso e não fosse acusado de não ter perfil de "pessoa de bem" e digna da presidência do clube, seja isso o que for.

Está bem, abelha.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 16:21

Jordão
Coloca questões muito pertinentes, mas poucas ou nenhumas terão resposta porque o presidente do Sporting só fala à conveniência. No entanto, questionou sobre situações que preocupam os sportinguistas, como perguntar qual é a empresa que patrocina um clube envolvido em querelas permanentes e qual o retorno de um investimento assim.
O Sporting continua confrontado com terríveis problemas que, não sendo assumidos porque não são enfrentados com competência e pragmatismo e porque são avaliados na base da fé e do voluntarismo, poderão multiplicar-se como uma bola de neve. E todos nós sabemos como tudo pode degenerar no caos financeiro e desportivo.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.10.2015 às 16:37

Muito curiosa a leitura do seu comentário , que em resumo é de opinião que a Direçao do Sporting descarrilou apartir de certa altura , igual a sua narrativa descarrila apartir do ponto que chama bard...... ao presidente do seu clube.

E não á poco de petroleo nenhum , leia o jornal do clube onde vem tudo escarrapachado, quanto afinal o Sporting gastou em aquisições de jogadores esta época? Agora compare com que foi gasto pelos directos rivais , é que é disso que se trata.
Onde começa a ser posta em causa a aposta dos jogadores da nossa Academia? Gelson e Matheus nao lhe dizem nada? Tambem nao podem vir todos de uma vez á que manter o equilibrio competitivo e experiencia no plantel, nao concorda?
Carrillo amadorismo? perca um pouco de tempo a analisar todo o processo e terá outra opinião.
Vejo que andou á procura de motivos e mais motivos para dar continuidade ao trabalhinho sujo da Football Leaks.

Essa sua estratégia é uma cópia das estratégias utilizadas por uma pessoa que agora fui obrigado a conhecer , que tem vários nomes Fernando Santos, agora Jordão mas que afinal de chama Pedro Guerra.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 16:46

Júlio,

o Jordão é o Fernando Santos que afinal é o Pedro Guerra? Amigo, afinal você é bruxo!!!
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.10.2015 às 16:53

LoL !!
Sem imagem de perfil

De Jordão a 07.10.2015 às 16:56

Boa.

Agora eu sou o Pedro Berra.

É isto que o Bruno de Carvalho faz melhor. Dividir o clube para reinar.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.10.2015 às 17:04

Nao tenho nada haver com o presidente do Sporting que elogio e critico quando acho necessário mas enquanto houver resultados nao colocarei nunca tudo em causa como o faz muito boa gente que se diz sportinguista.

E o seu comentário carece de sustentação em muitos dos tiros que atirou para o ar.
É facil de o decifrar .
Tem que fazer melhor.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.10.2015 às 17:16

É fantástico que um presidente resista num clube com 4, 5 milhoes de opinadores depois das falcatruas de milhoes no BES e no BPN , de escapar de ser preso por aministia por ter roubado (desviado) a mercadoria de um camião TIR completo, por corrupçao directa no trafego de influencias na escolha de arbitros para determinados jogos e querem colocar em causa um presidente de um clube com 3 milhoes de opinadores e que nao fez nada disso .
Fantástico.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 07.10.2015 às 16:37

Estava a pensar se haveria de responder a alguém que, claramente, vem com a cassete toda do típico anti-BdC. Uns têm a cassete do pro-BdC outros do anti. Raramente se encontra alguém no meio.

Em relação a esta frase: "De repente, aparece em Alvalade um poço de petróleo e vamos buscar um treinador que tenho muitas dúvidas que seja melhor que os anteriores, que é o 10º treinador mais bem pago do mundo, e de repente passamos a poder comprar jogadores por vários milhões"

Caro Jordão, ou não és sportinguista e estás a fingir que és (eu também posso ir para um blog benfiquista e escrever um longo texto a dizer que sou sócio deles desde 1983), ou então és um sportinguista pouco informado. Os "vários milhões" estão no relatório e contras do clube. Esta época gastamos menos de €12M em reforços e ainda estamos muito abaixo dos rivais nesse aspeto.

Em relação a JJ não ser melhor que os outros respondo assim: ele foi campeão 3x em 6 anos. Leonardo Jardim conseguiu o 2º lugar numa época fraca do porto e Marco Silva ficou em 3º a jogar com William, Nani e Carrillo.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.10.2015 às 16:55

Mike está em diálogo com o Pedro Guerra perito a mudar de nome.
Sem imagem de perfil

De Helder Ribeiro a 07.10.2015 às 18:55

Se bem entendo, agora quem não concorda com o rei sol, é apelidado de pedro guerra.

Uns verdadeiros democratas, estes brunistas.

Quo vadis Sporting!
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.10.2015 às 19:05

brunistas o que é isso?
eu comento assuntos do meu clube com opinião sustentada e nao assuntos de agenda dos seus presidentes .
Não á um único comentário meu e são já algumas centenas aqui no CL em que tenha atirado atoardas para o ar sem qualquer sentido , só porque dá geito confundir ou gerar a confusão.
O esforço de procurar tudo o que está mal devería ser igual ao esforço de procurar tudo que está menos mal e bem.
E esforçando-se vão encontrar de tudo , mas têm que se esforçar e intençao de o fazer.

Sem imagem de perfil

De Petinga a 07.10.2015 às 17:51

Devo dizer que o seu post original me parece bastante razoável, Jordao.

Já a resposta à resposta do Lion73 revela uma má-fé que nao é compatível com o que escreveu acima.

Pego apenas em duas passagens do seu texto.

"(...) e de repente passamos a poder comprar jogadores por vários milhões e a pagar comissões a empresários e prémios chorudos para jogadores assinarem pelo Sporting."

O Sporting gastou este ano 12 M em reforcos. O ano passado foram mais de 15 M. Nao vejo onde esteja a "mudanca repentina" de que fala. Quanto a prémios, está tudo discriminado no que saiu no Jornal Sporting em Setembro. Quem chega a "custo zero" tem sempre prémio de assinatura (isto é um facto válido para todos os clubes).

"A aposta em jogadores oriundos da academia começa a ser posta em causa."

Confesso que este era um receio justificado com a chegada de JJ. E no entanto, 2 meses de trabalho e o que verificamos? Gelson Martins é titular e Matheus Pereira comeca a ser chamado com regularidade, entrando até em alguns jogos. Esgaio parece estar a agarrar a vaga deixada por Cédric. Vamos lá a ser realistas: se o Sporting fosse capaz, por temporada, de incorporar 1 a 2 jogadores da formacao na equipa titular, estaríamos nós muito bem. Mais do que isso é pura utopia (num plantel onde já regularmente alinham Patrício, Adrien, Joao Mário, William + Mané e Tobias com menor regularidade).

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.10.2015 às 16:32

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 16:36

Anónimo,
não se esqueça de fazer acompanhar os croquetes com mostarda!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.10.2015 às 16:55

Caro Leão Zargo,

Não vou discutir o estilo do Presidente, considero que isso está mais que debatido, vou-me cingir à sua critica à estratégia de debate do BdC.

É óbvio que BdC quis levar o debate para as questões do Benfica... mas tem de analisar o porquê.

1 - vai haver um derby daqui a 15 dias, tal como no jogo da Supertaça, para já os midgames têm vindo do lado leonino.

2 - com a criação do site FootballLeaks o Sporting tem sido alvo de um ataque que visa claramente descredibilizar o Presidente do Sporting. Nunca vi isso reflectido neste blog... mas a nação sportinguista não pode tolerar um ataque destes à instituição Sporting (tratam-se de documentos internos do clube), logo era obrigatório contra atacar.... você entende este contra-ataque de BdC como um "distrair" dos sócios, mas por outro lado, já não entende a exposição publica do contrato do JJ, como um distrair da opinião publica? e em relação a isto, não têm nenhum tipo de preocupação? não acha que este site só visa atacar o Sporting e o Porto? portanto era necessário contra atacar.

3 - quero terminar dizendo apenas que BdC tem uma estratégia de confrontação com os nossos rivais, e por essa razão a contratação de Óctavio Machado.
Existem alguns sportinguistas que não se revêm nesta estratégia belicista e com pouco nivel institucional, mas que por outro lado esquecem-se por completo o que tem sido o passado do Sporting, dizer que dantes isto nunca acontecia é mentira... é preciso lembrar o maçã podre? é preciso lembrar as constantes declarações de Dias da Cunha sobre o sistema? é preciso lembrar no tempo do Roquete as acções de luto contra a arbitragem?
Portanto, a guerra é a mesma, a diferença é o estilo de BdC, que é mais agressivo, alguns podem dizer labrego... não renego esse argumento, eu digo que é apenas um estilo mais consentâneo com a realidade do futebol, que é jogado e controlado digamos (para não ser ofensivo)... por pessoas menos cultas!
Sem imagem de perfil

De OCR a 07.10.2015 às 18:20


"...a diferença é o estilo de BdC , que é mais agressivo, alguns podem dizer labrego..."

Precisamente a questão é essa: a sua arrogância, a sua prepotência, a sua malcriadez e porque não a sua estupidez (quando chama gordo ao outro, prova que não se vê ao espelho) em suma, sua forma de se comportar como se fosse um chefe de claque..

Tudo teria sido diferente se tivesse tido a preocupação de se servir da ida à TVI para esclarecer os últimos acontecimentos e a situação do Clube.
Preferiu antes, comportar-se como um chavasco sem vergonha quando representava o SPORTING pondo-se ao nível do Berra, um porco director de conteúdos dum canal de TV!

E não queira confundir a postura do Dias da Cunha ao denunciar o SISTEMA, com a do seu BdC . O Dias da Cunha nunca utilizou a sua linguagem e a sua postura.Fez as denuncias que tinha a fazer, chamando "os bois pelos nomes" sem ter entrado em provocações e com a postura exigida a um presidente do Sporting.

O vosso grande problema é que vocês não sabem como é que hão-de defender o BdC , quando se sentem entalados com a sua conduta. Neste caso, tentam desviar de conversa, ou fazer comparações sem nexo, para não dizer outra coisa.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 18:31

Caro Schmeichel
O derby ainda está a larga distância temporal. No Sporting há “novidades” praticamente todos os dias e quando falta assunto é o próprio presidente que se encarrega de arranjar. Posto isto, não estabeleço nenhuma relação entre o desatino de BdC no programa Prolongamento e o jogo com o Benfica. Aliás, estou convencido que BdC não planeia a uma tão grande distância temporal.

Para já, efectivamente o Sporting tem sido o principal alvo do site Football Leaks. O contrato de Jesus e o que recebe de salário e prémios, Bruno Paulista e Cervi e o papel do Recreativo da Caála, Carrillo, Doyen, Mitoglou e o Fulham, etc. Sobre o Benfica e o Porto foram publicados até agora dossiês secundários.

O que foi publicado sobre o Sporting é verdadeiro, pelo menos a veracidade não foi contestada. BdC fez bandeira da “transparência” e da “exigência” portanto não deveria temer nem a mensagem nem o mensageiro. E não é isso que se passa, pois ele sempre utilizou meias verdades e informações incompletas como forma de gestão comunicacional com os sportinguistas.

Agora, BdC atravessa novo período difícil da sua presidência, embora ainda não seja grave como foram os meses de Dezembro a Fevereiro quando se verificou o conflito com Marco Silva. Depois daquela indescritível participação na TVI24 mais sportinguistas convenceram-se que ele não tem estrutura mental e emocional para ser presidente do Sporting. E BdC tem a arte de conseguir que aqueles que se afastam não voltem a aproximar-se.

Um dia serão os accionistas de referência que lhe dirão que ele não tem condições. E na 2ª feira à noite muitos deles jogaram as mãos à cabeça.
Ninguém consegue dirigir um Clube como o Sporting em conflitos institucionais constantes ao mesmo tempo que capta patrocinadores. O futebol é uma actividade que exige vitórias, mas igualmente uma imagem atractiva para o grande público. Ora, se BdC nem consegue atrair a totalidade dos adeptos, imagine o que vai lá fora.

O facto de Godinho Lopes ter sido presidente do Sporting não torna BdC o presidente aceitável para o Clube. Essa analogia é praticada por muitos sportinguistas. Ainda hoje, aqui no Camarote, tantos praticaram esse tipo de ilação. No entanto, isso vai-se esfumando e consolidando-se a convicção que há quem possa desempenhar o cargo não sendo um, nem o outro.
BdC atraiu à sua volta um grande entusiasmo de muitos e muitos sportinguistas. Receio que esse entusiasmo não se volte a verificar, o que é pena.

Uma saudação leonina e cordial
Sem imagem de perfil

De MG a 07.10.2015 às 19:00

A questão do Football Leaks não se prende com a veracidade ou não dos documentos, nem com a transparência da Direcção, mas sim com o intuito com que estes são revelados. É para minar o Sporting, ponto. Imagine que alguém publicava os seus contratos de crédito, contrato de trabalho, o que fosse. Não ficava preocupado? Mesmo sendo verdadeiros e sendo o caro um adepto da "transparência" não encontrava nesses leaks segundas intenções ou achava normal? Estamos a falar de um clube de futebol, que não pode estar à mercê deste tipo de fugas, seja o conteúdo das mesmas verdadeiro ou não. Não é isso que está em causa, mas sim o objectivo por detrás da publicação desses documentos. Faz todo o sentido que se fale disto e que não se venha camuflar tudo com a dita "transparência", como forma de atacar BdC - que não é de todo intocável, mas nem tudo pode servir de ataque.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 19:53

MG
A questão dos documentos sobre o Sporting publicados no Football Leaks prendem-se com a sua veracidade em virtude da gestão de BdC apregoar a "transparência" e ser, na realidade, um jogo de sombras no que se refere à gestão de muitos dossiês. Esse jogo de sombras que consiste na utilização sistemática de informação casuística e parcial de acordo com as conveniências tácticas de BdC levou ao impacto da revelação dos documentos.
Se os sportinguistas conhecessem a ligação com o Caála ou a verdade contratual com Jesus provavelmente encolheriam os ombros ao Football Leaks. Isso não se passa e o MG deveria procurar a razão.
O que afirmo em cima não invalida que considera o valor da confidencialidade dos documentos à guarda do Sporting e que a acção do site constitui crime. Mas, este é outro patamar desta discussão.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.10.2015 às 19:32

Zargo,

Relativamente às considerações sobre o FotballLeaks, faço minhas as palavras do user MG.

Quanto ao derby, parece-me evidente que aquelas declarações do Octavio sobre a arbitragem era para pressionar... quanto a BdC, não creio que as suas declarações visavam o derby, mas o timing da entrevista (proximo jogo é com Benfica) vai promover um debate sobre as suas declarações e não sobre a equipa e JJ.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 07.10.2015 às 20:00

Caro Schmeichel,
o mesmo Octávio que consegue afirmar "deixem os árbitros em paz"!
http://www.zerozero.pt/news.php?id=162679

Se o debate consistir no que Octávio afirmou um dia e o seu contrário no dia seguinte dura pouco tempo. Ou melhor, nem se inicia e BdC lá tem de ir caminho de outro comentador desportivo. Por exemplo, o Rui Santos que ontem não escondeu a sua desilusão perante o comportamento de BDC.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 08.10.2015 às 00:31

Leão Zargo
Agora um pouco mais a sério ,tudo ou quase tudo o que disse BdC nesse programa é escalpelizado a pente fino ,tambem aqui no camarote e por si, mas ninguem é capaz de enfrentar o principal objectivo que levou o presidente do Sporting ao dito preograma.
Assunto que está a causar um grande estrondo no futebol português.
Que está a revoltar a FPF, APAF, LIGA, todos os clubes e que vai direitinho para o Ministério Publico averiguar.
A inesperada caixinha de pandora!!!
A caixinha com um segredo transformado em Bomba!!

O PRESIDENTE DO SPORTING ACUSA O BENFICA DE PRATICAR CORRUPÇAO ACTIVA.
Custa tanto assim falar desse tema?
O tema que já é assunto nacional? Tema que absorve todos os programas desportivos e destaque nos noticiários do País?
Tema que motiva reuniões atrás de reunioes para os lados de carnide e que silenciou toda a gente do IMPERIO?

Pois dentro dessa caixinha de pandora e no meio da camisolinha encarnada e de alguns galhardetes esconde um convite de jantarada para cada um dos árbitros e delegados sem limite de valor , ou melhor á descrição.
Jantar que poderá ir muito além dos tais 183€ norma limite da UEFA.
Sâo arbitros que já se pronunciaram que esse convite de jantar é verdadeito e que inclui o que entenderem comer e beber.
Agora como vai o Benfica descalçar esta bota , quando eles (nao tinham outra possibilidade) já confirmaram ser verdade?.
Este foi o principal motivo que levou BdC ao programa e por estratégia lançou a bomba (caixa) quase no fim do programa que deixou todo o mundo estupefacto.

Não merece um comentário vosso, um post ou seja o que fôr este assunto de tamanha importancia que pode quizá ser uma bola de neve para decisões surpreendentes no futebol portugues?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 08.10.2015 às 13:20

Caro julius
Considero que não era necessário descer a um nível caricato para denunciar os podres do futebol português. O que se passou no programa da TVI24 retirou credibilidade a BdC, o “ruído” que a sua presença provocou desviou a análise da sua intervenção para aspectos rocambolescos. No dia seguinte era de peixeirada que se falava e não de denúncias de corrupção. E é pena.

Por vezes fico confuso com BdC. Reconheço que ele tem algumas boas ideias para o futebol português, mas os meios a que recorre, a linguagem que utiliza, a incoerência que revela retiram-lhe credibilidade e apoios na luta pela transformação e higienização do nosso futebol.

Se BdC estivesse realmente interessado no sucesso da sua luta escolhia outro programa desportivo para fazer passar a sua mensagem. Ali, na TVI24, pretendeu gritar com o Pedro Guerra e consolidar posições entre os seus apoiantes no Sporting. Por essa razão não foi levado a sério pela generalidade daqueles que fazem “opinião pública”. Ora, não é a gritar afirmações e denúncias que se consegue alguma coisa, mas através da demonstração de seriedade de opinião e de convicções e na construção de uma rede de cumplicidades e solidariedades.

Depois daquele programa BdC ficou ainda mais isolado do que já estava. Dentro do Sporting muitos afastaram-se definitivamente porque deixaram de lhe reconhecer estatura mental e emocional, fora do Sporting porque viram naquela diatribe ausência de seriedade e de coerência.

Um abraço leonino
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 08.10.2015 às 13:50

Tem os seus defeitos sem duvida, ninguem é perfeito , pior ainda quando tem gente que nao lhe dá tréguas , que o vigia 24h os seus movimentos á espera de encontrar ainda mais defeitos.
Não se convença dessa divisão porque é sempre momentãnea , voltam os jogos , voltam os resultados e tudos esses defeitos são esquecidos.

A bomba da revelaçao dessa caixa de pandora tem muito mais impacto ser o presidente do Sporting a fazê-la explodir que qualquer outro mandatado ou funcionario do clube.
Foi estratégia.
Um estilo que surpreende todo o mundo , mas ele é assim e agora que fazemos , despedimo-lo? Se continuar a ter bons resultados e a continuar a pôr em pratica as suas boas ideias , pois lá terá que continuar , pues!!!Não será asssim??
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 08.10.2015 às 17:05

julius,
quando o BdC se candidatou sabia ao que ia: "Quando as pessoas pensam em ir têm de pensar em três situações: se têm perfil, se têm postura e estômago para isso, ou coragem, e se têm soluções para reerguer o Sporting, sobretudo financeiras." (Expresso, 21.03.2011).

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo