Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O treinador está em segundo lugar

Rui Gomes, em 19.05.17

 

Ter uma equipa para treinar é muito diferente de treinar para ter uma equipa.

 

19668301_GZJst.jpg

Os destinos imediatos de Brahimi, Danilo Pereira, Felipe, André, Adrien Silva, William Carvalho, Rui Patrício e Bas Dost são, provavelmente, mais relevantes para FC Porto e Sporting do que o quebra-cabeças repetido quase todos os anos por esta altura à volta da substituição, ou não, do treinador. Acrescentei este "provavelmente" para ser simpático e para não desvalorizar a radiografia que pode ler hoje, neste jornal, às épocas de Rui Vitória, Nuno Espírito Santo e Jorge Jesus.

 

É muito mais fácil que um mau treinador ganhe com uma equipa bem montada do que o contrário; e nenhum destes três é mau naquilo que faz. O essencial, até no Benfica, será perceber, primeiro, quem são os jogadores-âncora, que devem ser mantidos fora do mercado a qualquer custo. Nem sempre se tem a perceção correta deste lado do ecrã.

 

Nestas quatro épocas, o Benfica sobreviveu, sem aparente dificuldade, à perda de figuras incontestáveis como Cardozo, Matic, Lima, Enzo Perez ou Gaitán. O FC Porto saiu fulminado das vendas de Hulk, João Moutinho e Jackson Martínez; e o Sporting encolheu sem Slimani e João Mário. Centrar tanto o debate nos treinadores inverte as prioridades de uma forma perigosa; claro que devem ser bem escolhidos de acordo com os requisitos de uma equipa grande, e nunca será negativo que tenham uma palavra nas escolhas, mas o fundamental são os jogadores. Conhecer bem os que estão, saber ler os que se quer comprar. Ter uma equipa para treinar é muito diferente de treinar para ter uma equipa.

 

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 19.05.2017 às 22:20

--"" ... mas o fundamental são os jogadores""--
Uffff!!!.. Nao percebe patavina de futebol ......

Nao se faz uma omelete sem ovos, é verdade !!!
Mas, também é verdade que para fazer essa omelete, precisa-se um cozinheiro.

Pois, fundamental .......Nada mesmo!!
E no caso do Sporting o unico fundamental, é o Bruno, fiquem a saber
Ou seja, fundamnetal de fundamental. LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLL!!


Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 19.05.2017 às 22:29

--""É muito mais fácil que um mau treinador ganhe com uma equipa bem montada do que o contrário.... ""--
Um momentooooooooooooo!!
Montada???... Quem a montou?
Um Diretor pode escolher/comprar os melhores "ovos" do planeta, se o cozinheiro nao souber fazer uma omelete...
Alguma coisa sai. O que ??.. Coisa boa nao será !!

Sr. Ribeiro.. É mais fácil ser campeao com ovos menores e um bom cozinheiro, um bom fogao e um boa que com um mau cozinheiro e ovos de primeirissíma qualidade

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo