Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




“Ousar lutar, ousar vencer !”

Leão Zargo, em 27.02.16

 

19305200_a7oIN.jpg

 

A sucessão cronológica dos acontecimentos no Sporting é de tal forma vertiginosa que permite, com relativa facilidade, que se perca a noção exacta daquilo que em cada momento mobilizou a crença, a emoção e a energia dos sportinguistas. É que, para iludir a realidade, usa-se (e abusa-se!) uma agenda de comunicação minuciosamente planeada e executada que, de forma progressiva, se tornou num elemento estruturante da gestão do Clube. Uma estratégia favorecida pela poeira que se vai instalando com o tempo, diluindo a cronologia dos factos e protegendo-os com uma máscara favorável. Como escreveu Sun-Tzu "toda a guerra é baseada no engano".

 

Estas considerações decorrem da memória (que já parece longínqua) da confiança e da euforia que se instalou entre os sportinguistas na sequência da contratação de Jorge Jesus, ampliada com a ajuda generosa de alguma comunicação social. Em 2 de Julho de 2015, o jornal Record destacou o primeiro dia de Jorge Jesus em Alvalade: “Treinador com discurso ambicioso na apresentação”. A crença era de tal ordem que o sócio 3.289 dos leões enviou um e-mail aos associados com uma promessa de vitórias, garantindo que "está na hora de percebermos que somos candidatos a todos os títulos que o Sporting disputar em Portugal. Temos de acordar este Leão adormecido.”

 

Não demorou muito tempo para que esta mensagem mobilizadora começasse a ser substituída pelo princípio dos “objectivos prioritários” justificado com base em hipotéticas insuficiências do plantel. Isto três anos depois da eleição de Bruno de Carvalho, da contratação de mais de 30 jogadores para a equipa A, de um plantel principal com 28 atletas e de uma elevadíssima folha salarial mensal. O dogma dos jogadores “jovens, baratos e de elevado potencial” foi substituído pelo dos “jogadores com mais experiência que acrescentassem mais-valia ao plantel” que rapidamente foi pela borda fora com a teoria a propósito das prioridades estratégicas. Por acaso, ou nem por isso, esta teoria ficou bem calçada com prémios financeiros à altura das circunstâncias. A ousadia foi substituída pelo pragmatismo.

 

Acontece que o Sporting não pode desprestigiar algumas das competições em que participa, incluindo a europeia. É que desvaloriza-se ao desprestigiar. Essa atitude de desprestígio foi evidente na eliminatória com o Bayer Leverkusen, onde as poupanças foram feitas a meio gás e quase que parecendo planeadas em cima do joelho. Mas, pior ainda, foi o discurso de desresponsabilização que implicou uma atitude insuficientemente competitiva dos jogadores que, por isso, foram pouco consequentes e ainda menos assertivos.

 

Agora, o Sporting está confrontado com a imponderabilidade dos acontecimentos, como tem sido frequente na sua história. Aos sportinguistas resta uma atitude de crença quase absoluta na capacidade dos seus atletas e da equipa técnica convictos de que a união faz a força. Não adianta aos vascos do costume virem pavlovianamente a salivar com uma lupa os que estão ‘por nós’ e os que estão ‘contra nós’ por essa ser uma atitude reveladora de desespero irracional. E, principalmente, porque todos sabemos que o nosso Clube ficará demasiado fragilizado se a aventura financeira desta época for mal sucedida e se o título de campeão nacional se revelar apenas uma miragem.

 

 

Nota: “Ousar lutar, ousar vencer !” é um slogan partidário de uma determinada época da história política de Portugal. Enquanto escrevia este texto, recordei-me dele com muita intensidade pela sua invulgar capacidade de síntese estratégica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


25 comentários

Sem imagem de perfil

De m1950 a 27.02.2016 às 13:20

O Sporting não saiu propositadamente das Taças , e nem estas seriam grande problema no seu calendário para o campeonato como é óbvio. Em Braga viu anulados 2 golos limpos no prolongamento , e na Taça da Liga não teve categoria simplesmente , porque se uma segunda equipa do Sporting não ganha um grupo ao Portimonense é porque não teve categoria.

A capa que o caro escolhe para fazer o post é uma falácia portanto.

Depois há outra falácia que se move mais pela sua vontade do que propriamente pela verdade que é a história da fragilização do Clube devido a uma aventura financeira , pela simples razão que o Sporting basta entrar na champions e valorizar os jogadores para compensar financeiramente toda a sua época. Nos últimos anos ser campeão ou ficar em 2.º é igual , por isso digo que Jesus foi Hexacampeão no Benfica , valorizou sempre jogadores , emblema e esteve na champions. Este ano há um novo dado , o campeão nacional tem entrada direta no pote1 , o que no caso do Sporting faz a diferença já que é pote3 , e no pote1 tem mais possibilidades de passar a fase de grupos.

Em relação à Europa , conheço bem a equipa do Leverkusen , já que sou fã do seu treinador , e o Sporting seria eliminado com a melhor equipa na mesma , o Leverkusen jogou apenas o suficiente para ganhar a eliminatória , que ninguém se iluda com o "ai se jogássemos mais" , pois eles também iriam jogar mais.

Aceito a postura de Jesus , isto claro , espero que concretize a história do "mais vale um pássaro na mão" se for esse o seu pensamento.

Prefiro que o Sporting seja campeão do que ir longe na Liga Europa e depois perder o campeonato , e não ganhar rigorosamente nada. Na minha opinião ganhando os próximos 2 jogos , dificilmente foge este campeonato.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.02.2016 às 13:37

Concordo que se ganharem os próximos 2 jogos dão um passo de gigante

mas eu como benfiquista peço menos
Julgo que se o benfica empatar em Alvalade e ganhar os restantes jogos é campeão

PS- cada vez mais se confirma a extrema importância dos pontos do Tonel
Sem imagem de perfil

De Joao a 27.02.2016 às 13:41

Raramente concordo com os seus comentarios e este e mesmo de todo. Com que entao voce ja sabia que o SCP nao ganhava mesmo que tivesse jogado com a melhor equipa. Mais valia nem sequer ter ido a Alemanha.

Adeptos como voce sao uma nodoa no sporting ou entao e doente.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 14:36

m1950
Não afirmo no texto que o Sporting saiu “propositadamente” de alguma das competições em que participou. Saliento, isso sim, uma determinada estratégia que passou pela desvalorização de quase todas em detrimento de uma. Aliás, esta ideia não é minha e é quase consensual entre os sportinguistas.

A capa do post não é uma falácia, foi uma realidade em determinado momento quando o pragmatismo ainda não tinha substituído a ousadia.
Se é uma aventura financeira ou não dependerá da perspectiva de cada um. Fazem-se contas e perante os números chegam-se a conclusões. É um pouco a história do copo meio cheio ou meio vazio.
Estamos de acordo num aspecto essencial: uma vitória em Guimarães é importantíssimo!
Sem imagem de perfil

De m1950 a 27.02.2016 às 15:08

É nesse "todas" que está o ponto de discordância.

Onde Jesus desvalorizou a Taça de Portugal ou a Taça da Liga ??

Foi eliminado em Braga , na Taça da Liga , não me diga que acha que uma equipa de segunda linha do Sporting pode perder um jogo com o Portimonense ??

Não houve desvalorização das provas nacionais, até porque pouco sentido teria , visto que não teem grande interferência no calendário , ainda para mais o Sporting era o detentor da Taça e Jesus o maior vencedor da Taças da Liga desde que existe.

Quando o caro fala em aventura financeira , está tacitamente a referir que uma não vitória do campeonato será uma queda a esse nível , e eu disse que o 2.º lugar e a valorização de jogadores garante o mesmo que o título a nível financeiro , sendo que este ano há uma nova nuance , o campeão é pote1 da champions , o que serve para evitar os tubarões no sorteio e dá mais probabilidades de passar a fase de grupos e amealhar mais.

E claro ser campeão é prestígio que precisamos , temos de valorizar a nossa marca , temos de criar bases de Clube grande e ambicionar uma hegemonia no futebol nacional , é preciso acordar o leão adormecido como diz o Jesus , sendo que este título retira a pressão negativa que anda à volta do Sporting , portanto estou totalmente de acordo que esta é a "prova", mas as Taças em nada interferiam com este objetivo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 15:55

m1950
Pelos vistos, apercebemo-nos de coisas diferentes. Onde eu percepcionei no discurso e na pose uma diferença no que se refere a prioridades competitivas, o m1950 não viu nada de diferente.
Considerei grave aquilo que vi, um treinador com um vencimento de 5M€ e um plantel de 28 jogadores a desvalorizar as competições em que o Clube que lhe paga estava envolvido. Espero que ele consiga fazer a conversão do “chip” em Guimarães.
Quanto à situação financeira o m1950 prefere navegar em suposições e hipotéticas valorizações. Fico a torcer para que as suas expectativas se concretizem.
Imagem de perfil

De Corvo a 27.02.2016 às 16:23

De m1950.
E por quê só os próximos dois jogos? Todos, senhor! Se ganharem todos os outros jogos!
Se futuramos, Futuremo-lo em Grande!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.02.2016 às 13:23

Excelente artigo caro Leão Zargo e muito oportuno.

Deve esperar a usual oposição, dado que o momento que atravessamos centra-se quase exclusivamente em emoção, alguns casos, até muito desmedida.

Abraço
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 14:39

Caro Rui Gomes
Compreendo algumas reacções pelo que está em causa. Aproximamo-nos de uma fase decisiva e as emoções estão à solta. Cada jogo é uma final!
Um abraço leonino
Sem imagem de perfil

De m1950 a 27.02.2016 às 13:27

Em relação ao Jesus , muito cuidado para este jogo em Guimarães , onde Slimani terá de ir a jogo , mas com muita mas muita cautela , será certamente provocado pelo vimarenenses de modo a perder a cabeça.

Penso que o Sporting deve entregar a bola ao adversário que tem muitas dificuldades no ataque posicional , definir bem as zonas de pressão , recuperar rápido e bola no mais inteligente não mais rápido , o Génio Mário , se for ele a definir uma transição não será certamente a mais rápida mas será claro a melhor forma de lá a chegar , recebe , conduz , fixa e solta sempre no timing certo , máquina de jogar futebol este miúdo. O último terço é a lei do mais esperto , e a equipa do Guimarães tem certamente um belo prémio de jogo e está já a estudar o Sporting , portanto espero que o JJ mostre o nervo neste jogo , que é um jogo de treinador acima de tudo.

Imperativo ganhar.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 14:41

m1950
É imperativo ganhar, sem dúvida. Para isso será necessário que a nossa equipa tenha níveis elevadíssimos de competitividade.
Todos esperamos que o Jesus esteja à altura do que se espera dele.
Imagem de perfil

De Profeta a 27.02.2016 às 13:38

Tudo isto seria mais simples se o Marco Silva tivesse continuado. Ainda ele teria mais 2 anos de contrato, e estou convicto que mais tarde ou mais cedo seriamos campeões na mesma. Abriram-se precedentes muito graves, e este ano, se não vencermos o titulo, até os vascos não perdoarão.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 14:48

Profeta
O Jesus está a ganhar um ordenado de 5 milhões por época, um dos mais bem pagos do mundo. Fora os prémios, obviamente.
É interessante, agora, comparar a remuneração de JJ e a de Marco Silva. E, de seguida, as contratações de jogadores. Recordarmo-nos agora das contratações de Inverno que o Bruno leu para o Marco…
Sem imagem de perfil

De RG a 27.02.2016 às 13:52

"está na hora de percebermos que somos candidatos a todos os títulos que o Sporting disputar em Portugal. Temos de acordar este Leão adormecido"

Somos líderes....

Fomos eliminados da Taça de Portugal por uma boa equipa, no seu campo e que infelizmente ainda contou com a ajuda de uns erros de arbitragem, isto claro depois de eliminarmos um rival e também forte favorita à conquista do troféu.

Na taça da liga, onde por norma se gere as equipas e jogadores, a nossa segunda linha não teve arte nem engenho para passar.

Parece-me, no entanto, que se está a cumprir a frase transcrita acima....Mas pelos vistos agora já se querem triunfos europeus! Isto para um clube que tem uma final em 63/64 e 2004/2005, uma meia final em 73/74, outra em 90/91 e em 2011/2012.

Eu que sou realista, e vejo que em 110 anos de história do clube, em 61 anos de Taça/Liga dos Campeões, em 39 de Taça das Taças e, em 61 anos de Taça das Cidades com Feira/Taça Uefa/Liga Europa, apenas conseguimos por 5 vezes chegar a meias finais/final tenho perfeitamente definidas as minhas preferências entre campeonato/competição europeia.

No entanto é bom sinal que as exigências estejam cada vez maiores....pena não terem sido sempre assim!
Sem imagem de perfil

De Queres é tacho a 27.02.2016 às 14:53

"No entanto é bom sinal que as exigências estejam cada vez maiores....pena não terem sido sempre assim!"

Com essa frase tá tudo dito!!!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 14:56

RG
Permita que eu considere que não se está a cumprir o que se anunciou quando Jorge Jesus foi contratado. Estamos fora das competições a eliminar e no Campeonato Nacional estamos numa luta titânica. Se não formos campeões...

A exigência de Bruno de Carvalho é da boca para fora. Quem contratou Salim Cissé, Gérson Magrão, Welder, Vítor Silva, Shikabala, Simeon Slavchev, Oriol Rosell, Naby Sarr, Ramy Rabia, por exemplo, não pratica a exigência.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 27.02.2016 às 14:58

Caro leão zargo,

Há 3 anos que leio neste blogue post deste género, em que evidenciam tudo o que pode correr mal, e nunca o que pode correr bem... esquecem-se que o desporto em geral é feito de conquistas e derrotas, e é no balanço final que se faz as análises.

Há um ano o leão zargo dizia que substituir Marco Silva ia ser uma desgraça... hoje temos mais 11 pontos no campeonato! Se isto não significa sucesso, então devo estar iludido em relação ao objectivo primordial num clube que em 35 anos ganhou apenas 2 campeonatos... não perceber isso revela um total desconhecimento quanto às necessidades de um clube como o Sporting!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 16:03

Caro Schmeichel
Continuo a pensar que a saída de Marco Silva foi um erro grave. Por duas razões. Erro pela forma miserável como saiu, fazendo com que Bruno de Carvalho quando fala em ética nas relações profissionais ouça um riso de escárnio. O "caso Marco Silva" confirmou que BdC não presta de um ponto de vista sócio-moral.

Mas, essa é uma questão que interessa apenas a alguns. A outra, talvez a mais importante, é como estará o Clube daqui a alguns meses, de um ponto de vista financeiro e de recursos humanos. Receio o pior, consciente que só o título de campeão evitará uma crise profunda.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 27.02.2016 às 18:00

#Eu quero o Sporting Campeão!

E é isto, caso não seja... não prevejo vejo um futuro fácil para JJ e BdC em Alvalade.
Sobre a capa do Jornal, não é isso que dizem todos???? Qual o espanto? Ou será que Marco Silva quando entrou no SCP também não queria o mesmo. Falei de MS, como podia ter falado de Leonardo Jardim, José Peseiro, etc.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 18:31

PSousa
O que Jorge Jesus disse em determinado momento foi rapidamente rectificado. O discurso ambicioso inicial foi substituído por outro centrado no campeonato nacional. Todos nós percebemos a importância, mas sabemos que agora é o tudo ou nada.
Se algo correr mal, o JJ e o BdC irão à vida deles, quem sabe. Ambos farão recriminações ao outro e a outros, o que será fraco consolo para os sportinguistas que ficam.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 27.02.2016 às 19:30

Caro,
O tudo ou nada, não é o normal ??? Só que neste momento, no que diz respeito ao campeonato nacional, estamos no tudo! Só espero que se mantenha!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 21:22

PSousa
O tudo ou nada não é desejável. Infelizmente tem sido demasiado normal entre nós.
Sem imagem de perfil

De HY a 27.02.2016 às 19:46

Nem de propósito, LZ. E que resultados obtinha o grupo político que usava a divisa? Ia a todas à queima e levava sopa por todo o lado. Para bem lutar e conseguir ganhar exige-se alguma cabeça. É evidente que se pode discutir se é a escolha certa ou não, mas o número incrível de posts sucessivos sobre o mesmo tema aqui no camarote nos últimos dias mostram bem que o que interessa não é saber se devíamos ter dado o máximo ou não contra o Bayer...

A impressão que dá é que tivesse o tão chorado Marco Silva (nada contra ele, note-se) ficado e feito esta escolha e estariam aqui a aplaudir a mãos cheias... Já engolimos despedimentos provavelmente ainda mais absurdos, como o do Mario Lino, do Rodrigues Dias ou do Robson e nunca vi uma campanha semelhante para desvalorizar o sucessor. Até parece que o mais importante não é o sucesso do clube...

Curioso, fomos tão relaxados e fizemos o mesmo resultado que os superconcentrados portistas contra um adversário do mesmo tipo...

Não poderiam preocupar-se um pouquinho mais em cerrar fileiras e apoiar por agora? Haverá seguramente tempo para acertar contas depois
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 27.02.2016 às 21:35

HY
Como sabe, o grupo político era o MRPP. A referência à frase não resulta de algum tipo de simpatia que nunca tive, mas da dinamicidade da palavra de ordem. E apliquei-a à realidade actual do Sporting.
O essencial deste post ocorreu-me enquanto assistia ao jogo do Sporting em Leverkusen. Pensei, mais do que uma vez, que faltou ousadia à equipa, que a falta de ambição a condicionou mentalmente e lhe tolheu os movimentos e a agressividade competitiva.
Enquanto escrevia o texto recordei-me da frase que é uma extraordinária síntese estratégica, mesmo para um Clube como o Sporting.
Os sportinguistas cerraram fileiras em torno da sua equipa. No meu caso, isso é evidente no post, mas essa atitude não implica que limite a minha capacidade de reflexão e crítica.
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 29.02.2016 às 07:18

Muito bem!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo