Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

20133167_YH4qh.jpg

 

O jornal "O Jogo" noticia hoje na sua edição online, de fonte fidedigna, a candidatura à presidência do Sporting do ex-atleta, sportinguista desde sempre, sócio de longa data, com 45 anos, casado, com cinco filhos, Pedro Madeira Rodrigues, que desempenha actualmente o cargo de secretário-geral da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa.

 

Licenciado em Gestão pela Universidade Técnica de Lisboa, com um MBA pela Universidade Nova de Lisboa e um PLD pela Harvard Business School, Madeira Rodrigues tem um curriculum que fala por si. Competência, juventude e experiência mescladas.

 

Foi, ainda, autor do Musical Sporting (1906 - O Nosso Grande Amor), que esteve em cena no Teatro Tivoli, em Lisboa, entre os dias 25 e 29 de Janeiro de 2012.

 

20133322_0KGfl.jpg

 Jogou nas camadas jovens do Sporting

 

Um grande candidato à presidência do Sporting e que apresentará ainda esta semana as linhas mestras de um programa ganhador para o futuro.

 

Terá o meu apoio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20


35 comentários

Sem imagem de perfil

De José Santos a 19.12.2016 às 15:33

Muito interessante. Se outros nomes como João Benedito fizerem parte deste projeto, podemos estar perante uma forte candidatura.
Sem imagem de perfil

De Semper Fi a 19.12.2016 às 15:34

Anunciar o apoio a um hipotético candidato, sem conhecer minimamente o programa do mesmo. Isso é que é ódio a quem lá está...
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 19.12.2016 às 15:35

Semper Fi mas presumido. Quem lhe diz isso? Fique ciente de que está, no que me respeita, enganado.
Sem imagem de perfil

De Semper Fi a 19.12.2016 às 17:06

Assumo então que conhece a pessoa e/ou o programa.

O que podemos esperar?
Sem imagem de perfil

De jpinto a 19.12.2016 às 15:37

Não conheço a pessoa, muito menos as suas ideias, por isso vamos esperar para ver


Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 21.12.2016 às 10:20

Um bom programa, boas ideias e um bom candidato. O que faz falta, sem suma.
Sem imagem de perfil

De Fernando Taveira a 19.12.2016 às 16:02

Falta conhecer as ideias. Mas opções são bem vindas!
Sem imagem de perfil

De Nuno Coelho a 19.12.2016 às 16:41

Pelo que vi no google foi o autor do musical do Sporting 1906! La verde e branco tem de ser...

A ver o que nos traz...
Sem imagem de perfil

De ALPER a 19.12.2016 às 16:53

Bem vindo ao debate pré-eleitoral, se fôr para bem do SPORTING!
O resto, ao longo da campanha, se verá!
Antevejo uma certa euforia a cada nome que surja, mas cuidado que há muita gente que só quer aparecer para a "fotografia", para ter os seus 15 minutos de fama, o candidato que surgiu ontem, logo após o triste desfecho do jogo com o Braga, não durou 24 horas...ao que parece, foi só o entusiasmo matinal(ou nocturno) de fazer chichi!!
Projecto três meses de fogo, para o SPORTING, temos que manter a serenidade!!

Saudações Leoninas e Feliz Natal...Mas Verde, claro!!
Sem imagem de perfil

De Maria a 19.12.2016 às 17:21

É bom começar a ver as candidaturas/hipóteses a acontecer, a aparecer e a serem recomendados por este e aquele, por esta ou outra razão...
Não será confortável para muitos, por razões várias, mas é uma lufada de ar fresco - e esperança - ver a ideia, de uma alternativa, começar a formar-se.
Sem imagem de perfil

De Fernandes a 19.12.2016 às 18:04

"Licenciado em Gestão pela Universidade Técnica de Lisboa, com um MBA pela Universidade Nova de Lisboa e um PLD pela Harvard Business School."

Reúne todas as características para ser (mais) um presidente desastroso. E isto não é para limpar a mediocridade de BdC, porque essa está à vista de todos e é inegável. Mas só alguém muito a leste do que é o futebol de alto nível pode acreditar que alguém com este perfil poderá ter sucesso.

O que é se aprende na Harvard Business School sobre futebol? Nada! Caracterizar este senhor, que merece todo o respeito, como um "grande candidato"... Só se for para uma qualquer empresa de calçado ou molde.

Tem todo o direito a candidatar-se (é preciso alguma coragem para se sujeitar ao tratamento que vai levar por parte da situação), não vale é a pena perder tempo a fingir que é uma candidatura para levar a sério (por mais séria que seja).

Também é possível que esteja totalmente errado, mas à partida, antes de abrir a boca sobre a gestão do clube, é esta a minha opinião.
Sem imagem de perfil

De João a 19.12.2016 às 18:31

Típica má língua e ainda por cima ignorante ou então apoiante do Bruno de Carvalho que é o mais certo.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 19.12.2016 às 18:34

Não tenhamos dúvidas, nós precisamos de um Pinto da Costa de 1983.
O clube não aguentará muito mais tempo sem ganhar.
Estamos a caminhar a passos largos para uma dimensão igual a um Boavista ou Belenenses.
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 19.12.2016 às 18:20

Boa tarde a todos
Sempre que vejo um novo nome para candidato, fico sempre com a mesma pergunta: O que poderá esta pessoa fazer?
Não que eu duvide da capacidade dos candidatos, a questão prende-se com a herança que poderão (e eu penso que irão) encontrar. Não terá um novo presidente um condicionamento do seu trabalho que lhe poderá trazer uma prestação negativa à partida?
Contratos assinados por 10 ou 12 anos, dividas adiadas, processos não resolvidos que poderão trazer dividas a pagar, contrato do treinador e acordos com empresas investidoras são exemplos daquilo que será herdado e na minha opinião irá condicionar o trabalho.
Um pequeno exemplo, vencendo um novo presidente, o Jorge Jesus ou fica ou é pago para sair. Quantos milhões são necessários para mandar o treinador embora? Será o novo presidente "compatível" com a permanência de Jorge Jesus? Pessoalmente eu não acredito que Jorge Jesus abdique dos valores do contrato, posso enganar-me, mas é o que penso.

Em todo o caso penso que o mais positivo é aparecerem projetos, serem apresentados e principalmente as candidaturas serem feitas num clima sem guerras.
Sem imagem de perfil

De jpinto a 19.12.2016 às 18:38

Percebo o seu comentario mas BC passou por isso tudo e muito mais

Infelizmente não é facil ser presidente do Sporting.
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 20.12.2016 às 09:26

Passou? Com que custos e consequências? O que resolveu?
Sem imagem de perfil

De Implacável a 19.12.2016 às 18:29

Não sei quem é o senhor mas não lhe será difícil fazer melhor.
3 campeonatos em 40 anos é um pecúlio miserável que tem custado massa adepta ao clube.
É preciso percebermos que este jejum nada tem de igual, ou sequer parecido, ao dos 18 anos. Este está a causar mossa na representação e implantação do SCP a nível nacional ou da comunidade lusa pelo mundo.
Já não há paciência para sermos massacrados pelas sucessivas vergonhas desportivas.
Adultos não conheço pessoalmente nenhum que tenha mudado de clube mas de crianças, são vários os casos e os pais nem sequer tentaram evitar.
Alguns pais desses miúdos com quem falei, responderam "para sofrer já basto eu, ele/a quis mudar de clube e isso já não me incomoda porque mesmo eu estou farto de perder".
Crianças Sportinguistas é um oásis verde num deserto roxo (vermelho e azul).
Estamos a viver um momento que poderemos recordar como o principio do fim do SCP tal como o conhecemos.
Cuidado!
Sem imagem de perfil

De José Santos a 19.12.2016 às 18:36

Caro Implacável,

Eu que o diga! Tenho dois roxos em casa.
Sem imagem de perfil

De Vanurome a 20.12.2016 às 15:01

Liderar pelo exemplo...
Apontam o dedo à liderança/gestão de um clube, quando nem em casa consegue ser visto como exemplo a seguir pela prole.
Aqui no Norte tal é visto como uma enorme desonra que nunca, mas nunca, seria tornada publica tal como vocês o fizeram.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.12.2016 às 18:53

Caro implacável percebo a sua tristeza mas se algo que aprendi com o SCP e que tento passar aos meus filhos (sócios do SCP) é a paixão pelo clube e pelo desporto que vai desde a um jogo de futebol feminino a uma partida de hóquei ... bastando para tal ter o SCP representado ... você dificilmente encontrará adeptos assim noutros clubes só falam nas modalidades quando ganham de resto nem sabem da sua existência.

O meu filho na turma dele é o único Sportinguista eu no meu trabalho (+60 colaboradores) sou o único Sportinguista e acredite que nenhum dos meus colegas apoia o seu clube como eu (ou faz os sacrifícios que eu faço em prol do clube) as grandes massas adeptas raramente são apaixonadas mas sim acomodadas ao "sucesso" é mais fácil ser de quem ganha mais, a nossa paixão pelo SCP é algo único, nas excursões a Alvalade conhecemos +1 dos nossos tão ou mais apaixonado que nós ... somos uma grande família com uma capacidade de superação e sofrimento sem igual ... passem os outros grandes por metade daquilo que nós passamos e veremos as suas fileiras cair a pique.

Para ser dos que ganham sempre era como diz o meu filho mais vale ser do Real Madrid!
Sem imagem de perfil

De Implacável a 19.12.2016 às 19:07

Sérgio, se o SCP ainda existir quando o Caro tiver filhos, logo conversaremos...
O melhor que lhe posso responder quanto á tal paixão - confesso que já nem paciência tenho para ter paixão - que refere, está no seu próprio comentário:
"...passem os outros grandes por metade daquilo que nós passamos e veremos as suas fileiras cair a pique..."
Tirando a peculiaridade do fcp, o problema é que eles não passam por períodos de jejum como os nossos. Por isso continuam grandes...
Ninguém nunca e em lado algum se tornou grande sem ganhar.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 19.12.2016 às 19:23

Meu caro tenho um filho de 7 anos e uma menina com 8 meses ambos sócios o Francisco já vibrou com golos em Alavalade por 2* a Maria a InÊs a seu tempo terá a sua oportunidade.

O exemplo do FCP é o que conheço melhor por residir em Gaia e trabalhar no Porto, os portistas a uns anos ninguem os calava passavam a vida a picar-me hoje só me dizem que estão a torcer por nós contra o SLB (algo que sinceramente nunca julguei que fosse possível)... bastou estes 3 anos para definharem muitos deles eram sócios hoje a maioria deles já não o é.

O SCP hoje está diferente infelizmente não tão forte como seria expectável mas mesmo assim com força e recursos suficientes para dar a volta a estes 15 dias que nos custaram a Liga Europa e muito possivelmente o campeonato.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 19.12.2016 às 20:35

Peço desculpa Sérgio, eu queria dizer "quando tiver netos". Enganei-me a escrever.
Nessa altura, e pelo caminho seguido, nem os seus filhos terão argumentos para os convencer a serem Leões.
Eu já poderia ter netos. O meu filho é um Leão já adulto e, também ele, vai desanimando apesar do incomensurável amor ao SCP. Aqueles dois campeonatos há 14 anos foram manifestamente insuficientes. Ou mudamos URGENTEMENTE de paradigma e passamos a ganhar regularmente ou o SCP como clube de milhões de adeptos deixará de existir passando a uma dimensão ao nível de um Boavista ou Belenenses.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 19.12.2016 às 23:34

Caro Implacável,
Permita-me discordar da sua conclusão. O Sporting tem cerca de 3 milhões de adeptos. É um clube de âmbito nacional há muito tempo. E se fosse apenas pelos resultados do futebol, já não o seria. Esteve 18 anos sem ganhar um campeonato e não deixou de ser um grande clube. Geralmente, o sportinguismo passa de pais para filhos como uma paixão. As paixões não se movem no terreno da racionalidade. São uma coisa íntima e profunda. O que pode destruir o Sporting enquanto instituição, não são mais ou menos títulos, mas a sua sustentabilidade. Na aldeia onde nasci, nos anos 60 havia apenas 5 sportinguistas. Hoje são muitos mais. E na época grande número dos que na minha idade escolhiam o Benfica (quase todos) era apenas porque o nome soava melhor. Portanto e em suma não me parece correcto, nem rigoroso, associar a grandeza do Sporting a resultados. Há razões que a razão desconhece.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 19.12.2016 às 20:05

Boa noite caro Implacável,
Estamos todos muito aborrecidos com o jogo de ontem, temos que deixar as coisas acalmarem.
Tenho muitos amigos, familiares, colegas de trabalho, sportinguistas.
Tive a sorte de me casar com uma sportinguista doente, as minhas filhas a mesma coisa.
No onde moro há imensos verdes, nas turmas das minhas filhas a coisa duvide-se metade, no trabalho somos 20 em 30 pessoas no total.
Com as minhas procedo do mesmo modo que o meu pai fez comigo, dou-lhes a conhecer o SCP no todo (todas as modalidades)...belos domingos passei com o meu pai no velhinho estádio em que viamos tudo o que havia de desporto, e as 15 horas o futebol senior.
O futuro do SCP está assegurado! O Sporting foi e sempre será enorme!
Agora imagine se ganharmos com maior regularidade.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 19.12.2016 às 23:17

José Sousa, a realidade que me é dada observar é bem distinta da que o Caro tem o privilégio de viver.
Tenho presenciado um cenário bem mais negro. A nível dos adultos, a coisa naturalmente mantem-se mas nas crianças o cenário é assustador.
Mesmo nos crescidos, a mobilização em torno do SCP diminuiu drasticamente.
Na época passada ainda esboçámos uns laivos de renascença mas o efeito foi pior do que um adormecimento lento. A desilusão da época passada, (com continuidade nesta) foi a gota de água para muito Sportinguista.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo