Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

ng8069229.jpg

 

A chamada Comissão de Honra de apoio à candidatura de Bruno de Carvalho inclui sportinguistas com percursos bastante diferentes no Clube, em muitos casos conflituantes. Alguns até chegaram a ser associados à crise financeira e desportiva que o Sporting viveu recentemente. Revela que, para muitos, as eleições não servem para votar a favor daqueles que devem exercer o poder, mas apenas para evitar que seja arredado quem já lá está.

 

A referida comissão, tal como está constituída, é mais um factor de fraqueza do que de força. Bruno de Carvalho está agora ainda mais numa posição defensiva, personifica o situacionismo e está refém de compromissos e prisioneiro no seu labirinto. Escasseiam-lhe as ideias e o seu projecto de mudança esgotou-se. O seu único objectivo é perpetuar-se no poder e redistribuir prebendas por apoiantes.

 

Ao apresentar a sua candidatura à presidência do Sporting em 27 de Dezembro, Pedro Madeira Rodrigues perturbou o núcleo que rodeia Bruno de Carvalho. Logo no dia a seguir, o PMAG, Jaime da Marta Soares, marcou a data das eleições para 4 de Março, o prazo mais curto estatutariamente. Um prazo curto beneficia quem governa. Dois dias depois foi a vez de Bruno de Carvalho ser obrigado a findar com a encenação do tabu e a reconhecer-se candidato.

 

Ao assumir a iniciativa e pensar estrategicamente, Pedro Madeira Rodrigues acelerou os acontecimentos. Sabe que tem pouco tempo para se mostrar e para se tornar numa alternativa ameaçadora ao actual presidente do Clube. Mas, focando-se nos superiores interesses do Sporting, se falar directamente e sem subterfúgios e se for ao encontro dos anseios mais profundos dos sportinguistas, se provocar crença e emoção, construirá o seu próprio caminho. Nesse caso, reforçará ainda mais o seu perfil como candidato, minimizar as suas fraquezas e potenciar as suas forças. Sinal de confiança!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De José Santos a 02.01.2017 às 13:39

E esta é apenas a primeira parte da entrevista de BdC. Porquê dividir uma entrevista em 2 ou 3 partes nesta altura???? Ainda para mais quando em meados de Dezembro o Presidente fez uma grande entrevista na CMtv...e que o Record andou a publicitar durante dias a fio? Só pode ser para garantir protagonismo, porque de conteúdo...nada tem.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo