Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

ng8069229.jpg

 

A chamada Comissão de Honra de apoio à candidatura de Bruno de Carvalho inclui sportinguistas com percursos bastante diferentes no Clube, em muitos casos conflituantes. Alguns até chegaram a ser associados à crise financeira e desportiva que o Sporting viveu recentemente. Revela que, para muitos, as eleições não servem para votar a favor daqueles que devem exercer o poder, mas apenas para evitar que seja arredado quem já lá está.

 

A referida comissão, tal como está constituída, é mais um factor de fraqueza do que de força. Bruno de Carvalho está agora ainda mais numa posição defensiva, personifica o situacionismo e está refém de compromissos e prisioneiro no seu labirinto. Escasseiam-lhe as ideias e o seu projecto de mudança esgotou-se. O seu único objectivo é perpetuar-se no poder e redistribuir prebendas por apoiantes.

 

Ao apresentar a sua candidatura à presidência do Sporting em 27 de Dezembro, Pedro Madeira Rodrigues perturbou o núcleo que rodeia Bruno de Carvalho. Logo no dia a seguir, o PMAG, Jaime da Marta Soares, marcou a data das eleições para 4 de Março, o prazo mais curto estatutariamente. Um prazo curto beneficia quem governa. Dois dias depois foi a vez de Bruno de Carvalho ser obrigado a findar com a encenação do tabu e a reconhecer-se candidato.

 

Ao assumir a iniciativa e pensar estrategicamente, Pedro Madeira Rodrigues acelerou os acontecimentos. Sabe que tem pouco tempo para se mostrar e para se tornar numa alternativa ameaçadora ao actual presidente do Clube. Mas, focando-se nos superiores interesses do Sporting, se falar directamente e sem subterfúgios e se for ao encontro dos anseios mais profundos dos sportinguistas, se provocar crença e emoção, construirá o seu próprio caminho. Nesse caso, reforçará ainda mais o seu perfil como candidato, minimizar as suas fraquezas e potenciar as suas forças. Sinal de confiança!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernando Soares a 02.01.2017 às 17:20

Caro Rui Gomes, apesar de apenas seguir este blog há um par de dias (assim como outros espaços da blogoesfera), justamente na tentativa de, como sócio, colectar o máximo de informação possível sobre o novo candidato apresentado (e outros que apareçam entretanto), acho que não lhe fica bem esse tipo de acusações. Posso até tentar compreender, dado que tenho conhecimento de como o mundo da informação - e sobretudo no desporto - funcionam hoje em dia, mas está completamente enganado a meu respeito.

Caro Leão Zargo, é verdade, mas convenhamos que as circunstâncias eram bem diferentes. Tratou-se de um cenário de eleições antecipadas após a demissão em bloco da direcção do presidente Godinho Lopes (salvo erro no inicio de fevereiro). O Sporting viveu provavelmente o momento mais negro da sua história, tanto a nível institucional, financeira quer a nível desportivo (salvo erro ocupávamos a 10ª posição na altura das eleições, uma vergonha completa).
Esta acto eleitoral é um acto ordinário, onde se conhecia de antemão (quase 4 anos) a possibilidade de ser em qualquer momento de Março. Sendo que, na minha opinião, o clube - realço esta parte, o clube - só tem a beneficiar quanto mais cedo for (o ideal até seria no final da época desportiva, mas isso não é possível).

Já agora aproveito para comentar outra parte deste post, sobre as comissões de honra. Para mim, não mais são que "faits divers". Não me aquecem nem me arrefecem. Não vai ser por pessoa Y apoiar um candidato que me fará votar nele, nem pouco mais ou menos. Também estranho alguns nomes associados agora ao actual presidente, mas não deixa ser normal que, se algumas pessoas que o apoiaram antes já não o apoiem (e até se apresentem numa lista opositora), outras seguirão o sentido inverso. Como se costuma dizer, só os parvos não mudam de opinião e, neste caso, é legítimo para um lado ou para o outro.
O que eu acho estranho é pessoas manifestarem o seu apoio sem conhecerem o seu programa, por muita confiança que haja na pessoa, acho que faria mais sentido esperar antes de passar cheques em branco. E é exatamente isto que também me começa a deixar realmente apreensivo: a falta da apresentação do programa eleitoral do actual presidente. Espero que não se encoste à sombra da bananeira e apresente aos sócios do Sporting o seu projecto. O que pretende para os próximos 4 anos se for reeleito e que pessoas o acompanham? Se é legítimo que Bruno de Carvalho se escude no trabalho feito (e aí caberá a cada um de nós, sócios, avaliar), também é legítimo - uma obrigação até - a nós como sócios exigir o que será feito a seguir.

Ainda sobre as eleições, para mim é essencial que os candidatos respondam de forma clara a 2 pontos.
- Qual o seu programa? E isto é muito mais que frases feitas e chavões. Quero ter um documento onde possa consultar e exigir do candidato quando for eleito caso não o cumpra.
- Que pessoas o acompanham?

Gostava também que todos os candidatos, de forma a haver uma reflexão real sobre o Sporting de hoje respondessem a:
- O que foi bem feito no último mandato? O que vai fazer para aproveitar e potenciar o que de bom foi feito
- O que foi mal feito no último mandato? O que vai fazer para corrigir?

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.01.2017 às 17:23

Se me enganei, não é a primeira vez, mas...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 02.01.2017 às 17:49

Caro Fernando Soares

Temos opiniões diferentes quanto à data das eleições, mas tenho de reconhecer que quem decide marca a data mais conveniente para si. É apenas uma questão relativamente menor à qual não dou grande importância.

No post limitei-me a constatar que com a candidatura de PMR houve uma aceleração dos acontecimentos: marcação das eleições e fim do tabu da recandidatura de BdC.

Também aguardo a apresentação dos programas e confesso que aguardo com muita curiosidade o que PMR tem para dizer. E também aguardo pelo programa de BdC, embora não confie nele. Basta-me recordar o seu programa eleitoral de 2013 e o que ele propunha para o Sporting!

Creio que podemos esperar sentados pela autocrítica de BdC relativamente à sua gestão!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo