Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 09.01.17

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«Bruno de Carvalho tem cometido inúmeros erros. Alguns por inexperiência, e outros (a maioria) por ser Bruno de Carvalho...uma personagem cativante para quem estuda as diversas vertentes da saúde mental.

Não começou mal. Fazia as suas contas e a equipa estava unida e amadurecer. Mas depois, conseguiu estragar tudo. Declarou guerras contra tudo e contra todos, de formas desproporcionada, sem respeito por ninguém e vitaminizando-se sempre que as coisas não corriam bem (quase sempre). Muitos são aqueles que se fartaram, porque já perceberam que assim não vamos a lado nenhum. Mais. O Sporting de Bruno de Carvalho não é o Sporting Clube de Portugal que muitos aprenderam a adorar e respeitar. O Sporting Clube de Portugal não ganhava muito, antes de Bruno de Carvalho, mas havia orgulho. Não éramos alvo de chacota diária dos rivais. Apesar de tudo éramos respeitados.

 

15871459_981564161974379_7802040305972690513_n.jpg


Bruno de Carvalho não tem uma estrutura verdadeiramente profissional. O Sporting é uma grande empresa. Deve ser gerida por gestores de topo e não por fanáticos da Juventude Leonina. Numa estrutura profissional há e tem que haver lugar à emoção, mas nunca nas posições de topo da hierarquia. Esses lugares têm que ser ocupados por gente racional e com experiência na gestão de empresas do Séc. XXI. O Sporting tem um atraso de 10 ou mais anos em relação ao Benfica a este nível. Lá fora nenhum clube de topo é gerido como o SCP actual».

 

 

Leitor JOSÉ SANTOS neste post.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


120 comentários

Sem imagem de perfil

De julius coelho a 09.01.2017 às 15:48

Mas é precisamente essa realidade que descrevo que tem que ser mantida , temos que continuar a ser insistentes e persistentes, nao podemos deixar fragilizarmo-nos e ceder , temos que manter a luta e a pressão .

Por isso alertei o facto de nao podermos a andar sempre a mudar as Direções do clube , é como voltar tudo ao início ao ponto de partida, uma nova Direçao representa um novo começo , mais tempo gasto em adaptações .

Ou aparecem de facto outras ideias que convençam, sustentadas e claramente melhores ou então será melhor continuar a apoiar esta Direçao na continuidade da pressão para finalmente chegarmos ao topo.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 09.01.2017 às 16:22

Acho que uma nova direcção não tem que ser propriamente um "recomeço". O clube fica sempre.

Em 2013 veio Bruno de Carvalho, mas ele teve que se adaptar à reestruturação-financeira e aos jogadores da formação que já cá estavam. Foi um novo ciclo do ponto de vista emocional, pois iríamos dar o beneficio da dúvida a um novo presidente.

O próximo presidente pode perfeitamente aproveitar o que de bom foi feito e erradicar ou melhorar o menos bom, sem que para isso a equipa não deixe de lutar pelo título.

Aliás, estamos a lutar pelo título? Nas últimas duas épocas o que fizemos na Europa? Na época passada, na prática, o que ganhamos?

Pior do que isto a equipa dificilmente fará num futuro próximo...

Deixemos de estar tão preocupados com o 7 º lugar de 2013. Até o Chelsea na época passada quase que andou a lutar para não descer e este ano vai ser o próximo campeão. Coisas que acontecem a cada 50 anos, e o padrão nunca deveria ser a "pior época desportiva de sempre".
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 09.01.2017 às 16:32

Nao falo propriamente dos problemas de adaptçao á realidade do clube internamente , será seguramente pacífica e célere , comento sim no recomeçar a entender o sistema em que está o futebol portugues , o trabalho de bastidores , isso será seguramente um novo recomeço, sem esse trabalho apurado e com algum domínio jamais chegaremos a titulos nao hajam ilusões.

O trabalho de bastidores faz-se na base da confiança e para isso necessita-se de tempo.

Nota: Quando comento "trabalho de bastidores" nao pretendo dizer trafigo de influencias mas sim conseguir entendê-lo como funciona e sim depois tentar bloquear quem pratica o tráfico de influencias.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.01.2017 às 16:26

Isso parte de uma enorme presunção, que esta Direcção tem competência para chegar ao topo. Muitos não concordarão com esta proposição.

Se Bruno de Carvalho tem demonstrado alguma coisa, é que opera com objectivos de curto prazo, não tem visão, não tem projecto, nunca teve, aliás, e vai reagindo no dia-a-dia.

Se surgirá melhor, teremos de esperar para ver, mas o presente estado de guerra contra tudo e todos, sem fim à vista, está a saturar muitos sportinguistas.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 09.01.2017 às 16:35

Mas é claro Rui , estamos todos ávidos de ideias melhores e que apareçam , falo por mim serão muito bem vindas , mas se a conclusão fõr que nada irão acrescentar e melhorar, então......á que continuar com o que temos.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 09.01.2017 às 17:36

Julius, penso que o Rui tocou num ponto deveras importante: o pensar a curto prazo de BdC não está a resultar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.01.2017 às 19:03

É um facto mas resultou em algumas coisas e está a aprender , ficámos todos surpreendidos por no 3º ano depois de conhecer como funcionam as coisas nao terem tido mais cuidado na escolha do plantel , depois do sério aviso da pré-época que foi deveras desastrosa.

Preocuparam-se em fazer um bom 11 e esqueceram o desgaste que a época provoca e a necessidade de ter tambem boas 2ªs linhas , as experiencias fazem-se em simultaneo mas com 17/18 jogadores de nivel salvaguardado.

Foi na conversa do JJ que lhe diz que faz grandes jogadores de qualquer cepo e isso nao é verdade e nunca será verdade.

Foi uma lição que nao podem repetir , espero (esperamos) ações prontas de reparação
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 09.01.2017 às 19:04

o comentario é meu ( Julius Coelho)
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 09.01.2017 às 21:34


Julius Coelho,

A mudança de direcções nos clubes deve ser tão normal como a mudança de protagonistas na política. Chama-se democracia. Eu acho imensa graça à sua argumentação. Sendo um pouco mais arguto que outros comentadores que só veem virtudes em BdC, vai dando uma no cravo e outra na ferradura. E quando não consegue rebater os argumentos por serem por demais evidentes, remata com a continuidade do poder por uma questão de estabilidade. Ó caro Julius, se vê tanta competência no homem do leme assuma, porra. Olhe eu não lhe vejo as virtudes apregoadas pelas razões já aqui muito referidas , e digo-o sem problemas.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 10.01.2017 às 01:10

O problema é que até este momento nao temos qualquer outra alternativa para analisarmos e compararmos , o Sporting nao pode cair no vazio sem que apareçam ideias convincentes.

A Direçao actual nao agrada? , esperamos então todos pelas novas ideias .
O novo candidato irá certamente divulgá-las e logo saberemos .

Nao me viu escrever nunca que vejo excesso de competencia no actual presidente , mas tambem nao o vou diabolizar , algumas coisas feitas considero-as positivas , mas quer se queira ou nao o Sporting é acima de tudo um clube de futebol e é no futebol que assenta toda a sua base de vida e é precisamente nesta area que ainda se continua a cometer muitos erros.
Nao simpatizo com o seu estilo populista e desagradou-me a historia do seu divorcio e logo depois aparecer com outra mulher , fez-me recordar as vidas loucas das gentes do clube do norte , podem dizer-se que são questões pessoais mas á mulher de César nao basta ser séria tem que o parecer tambem. Nao gostei.

O Sporting obriga a muito trabalho e dedicação mas preferia uma Direçao que actuasse com mais discreção e elevação ou mais que tudo num ambiente de maior humildade, que nao existe neste estilo áspero e sêco.

Bruno de Carvalho tem muito a reflectir , tem dado alguns sinais de alguma melhoria na sua forma de estar mas ainda nao passaram de meros sinais .

De todas as formas parece-me que o universo sportinguista está mais atento que no passado , mais activo com a vida do clube e sabe reagir mais de pronto se houver necessidade.

Mas reintero que se queremos atingir o sucesso de forma mais duradoura precisa-se de uma Direçao competente com um lider activo e disponível que se fixe durante largo tempo (anos) pois só assim conseguirá entender a organica das coisas e actuar conforme as adversidades a fim de poder preparar o seu proprio plano e estratégias adequadas . São coisas que levam o seu tempo. É uma conquista gradual.



Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo