Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 07.11.17

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«O que me parece a mim estar ao nível do bê-á-bá é que este treinador não tem vergonha na cara. Honestidade, zero.

 

Quando perdemos em casa com o Barcelona e o Porto ganha fora ao Mónaco, escuda-se na diferença dos adversários, mas depois ao falar do Braga já diz que tem estrutura de grande. Porque joga com o Sporting; quando jogar com o Porto volta a ser pequenino. Usa e abusa destas parcialidades. Em derrotas ou empates frustrantes, nunca lê o jogo como nós, os adeptos. Com o Rio Ave, por exemplo, onde sem saber como saímos por cima, disse que fomos uma equipa experiente e calculista.

 

Eu estive lá e vi uma manta de retalhos cosidos, com fendas várias entre si, desalmada e sem arcaboiço, uma miséria. 22 remates duma equipa pequena contra sete duma grande. Isso foi o que eu vi. Uma equipa a jogar, a trocar a bola, a impor em campo a sua ideia de jogo, e outra a assistir, desmotivada e impotente, ou sem a mínima noção do que tinha a fazer, numa placidez bovina que só pontualmente era rasgada, como em espasmo - um dos quais deu golo, irregular, diga-se de passagem.

 

Ontem, tive sempre o pressentimento de que o pior ia acontecer, e é o expormo-nos a isso que nos mata. Quem quer que veja o Porto a jogar percebe que só por manifesta infelicidade eles não vão sair vencedores. São superiores, dominam, têm gosto em mandar e conquistar. Aplicam-se, dão-se, esgadanham-se pelo emblema. Essa febre não vejo eu no Sporting. Vejo mansidão, tédio e, pior, uma fragilidade enorme; quem quer que tenha sal no jogo só precisa de o lançar, que a nossa ferida está aberta. A questão, para mim, já de há muito é: o que espera Bruno de Carvalho, quando o Sporting faz boa figura em todas as modalidades e nos vários escalões do futebol, mas envergonha os adeptos naquilo que verdadeiramente lhes faz pulsar o coração? O que mais será preciso para varrer de Alvalade aquele vírus pesporrento, arrogante, pegajoso, egocêntrico, cabotino e de tal modo fechado na sua presumida vidência táctica que até aí já foi claramente ultrapassado? E ainda que se confirmasse esse tão discutível dom da natureza...

 

Como dizia Abel Salazar, quem só sabe de medicina nem de medicina sabe. Jesus pode até ser, para quem acreditar nisso, o deus da táctica, mas é uma merda em múltiplos outros capítulos - está à vista de quem vê futebol há muitos anos e não admite que lhe comam as papas na cabeça, desculpem lá. Com este "timoneiro", o nosso barco vai ao fundo. Continuo a dizê-lo, eu que até sou um optimista. É, no entanto, possível que não o diga mais vezes, por uma simples razão: tão cedo não volto a ver o Sporting. Tenho família, sacrifico-a com esta paixão, e não vale realmente a pena quando se malha em ferro frio. Sem Jesus, dependendo, claro, de quem lhe suceda, talvez eu volte a acreditar. Até lá, sonho sem bola».

 

 

Leitor: Marcus Cruz

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Imagem de perfil

De juliuscoelho a 07.11.2017 às 10:48

É o direito ao desabafo e eu tambem sinto necessidade de o fazer.
Tambem sou optipista por natureza mas.......

Jorge Jesus corre vertiginosamente para o seu fim de capitulo no Sporting, já nao dá mais ,estâ de facto ultrapassado e só ele nao vë isso.
Nao vë por exemplo que existem outros que com muito menos recursos fazem igual ou melhor que ele .
Jorge Jesus estagnou e todos nós vamos sofrer por isso.

Seria agora o momento e por antecipação a Direçâo do Sporting agir e resolver de raiz o que já é um problemà e que pior será no futuro,estâ â vista.

Contra o Moreirense foi a desconfiança, contra o Porto o alarme, contra o Rio Ave a desiluáo e agora contra o Braga a confirmaçâo
O homem parou no tempo.
Deu-nos uns rebuçadinhos do Dr Bayard para a tosse contra o Olimpiakos ,Barcelona e Juventus mas o especial e apetitoso bolo de chocolate do campeonato vão ser e outra vez os outros a comê-lo e nós ficamos a chupar nos dedos.

Lamento o meu desabafo mas é o que sinto.
Sem imagem de perfil

De Sim Abelha a 07.11.2017 às 15:26

De facto o suposto génio tactico de JJ é cada vez mais posto em causa.
Na Juventus fora, quando estávamos com o jogo equilibrado, tira um avançado, mete um jogador defensivo, manda a equipa para trás e obviamente sofremos um golo;
No Rio Ave, não tem a mais pequena ideia como parar o jogo do Rio Ave e só por milagre aparece o golo no fim (quando o normal seria já estar a perder por 1 ou 2)
Na Juventus em casa, quando a equipa estava a vacilar fisicamente, demora 15 mins a tirar o Bas Dost e meter um avançado rápido para manter a defesa em sentido, e obviamente sofremos um golo
No Braga depois de se ver a ganhar demora a refrescar o meio campo, permitindo que o Braga dominasse como se estivesse perante uma equipa pequena nos ultimos 10 minutos, levando dois golos e só empatando por milagre de novo.
O que se vê é que não só não tem estofo vencedor para a Europa, como também é batido tacticamente por treinadores supostamente inferiores na Liga. Qual o ultimo jogo em que vimos o JJ perceber que o jogo não estava a correr de feição e fazer alterações táticas para melhorar? Só me lembro de exactamente o oposto - as alterações nunca mudam o que está a correr mal e muitas vezes até pioram.
E é para isto que ganha 8M? Honestamente, estariamos muito pior com o Abel? Tenho as minhas duvidas...
Sem imagem de perfil

De Ze To Clismo a 07.11.2017 às 15:40

Escreves as verdades, e levas com a “tripa de elite”!
JJ = Kaput
Já chega, fdxxxxx!
Jogamos pouco, com pouca intensidade, somente com 11 ou 12 jogadores a contar
Fraco nas substituições, horrível na gestão de jogo, péssimo na motivação, excelente na soberba, magnífico no escamotear as responsabilidades!!!!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.11.2017 às 17:27

O problema de JJ prende-se na minha opinião com um processo táctico muito mecanizado e rotineiro, sistema esse que assenta num jogo forte pelas faixas, com muitos centros.... basicamente é um sistema que exige muito aos nossos jogadores do ponto de vista físico, porque nós não fazemos gestão da posse de bola (razão pela qual caímos normalmente nos últimos 15 minutos). Podemos comprovar isto com a época 2015/16, onde com a presença do João Mário conseguíamos inverter todas estas debilidades.... um falso extremo, que fazia diagonais interiores, que dava controlo de bola, e dava um apoio defensivo ao meio campo.

Outro aspecto estranho é a ausência de rotatividade, em posições de muito desgaste no Sporting.... por esta razão para mim é incompreensível a ausência de B.Ruiz, já que seria um jogador muito util neste Sporting, poderia fazer de falso extremo, ou de 2º avançado em alguns jogos....

Assusta-me também a forma leviana como JJ encara novas contratações.... nós não estamos a pagar 8M€/ano para ele criar soluções?!? que já estou a ver o filme de neste Inverno irem buscar mais uma série de jogadores, para depois no final nem saírem do banco, e taparem o lugar aos putos da formação....

Que ninguém se iluda, esta é a ultima época de paciência para JJ.... se não ganhar, já chega de desperdiçar 8M/ano....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.11.2017 às 17:31

Acho que já podemos começar a procurar novo treinador, isto é, se Bruno de Carvalho tiver a coragem de tomar a decisão mais lógica e sensata. Não vamos a lado nenhum com Jorge Jesus. Houve o ano do "quase", mas não mais.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.11.2017 às 17:52

O Sporting não ser campeão (infelizmente) é a norma.... o meu problema não é não sermos campeões, eu aceito projectos de longo prazo, o meu problema são as altas expectativas criadas, os investimentos feitos, e as promessas furadas...

Continuo a afirmar que JJ é um bom treinador, talvez o melhor que exista para o Sporting, mas como qualquer trabalhador, tem de justificar o ordenado que ganha.... como se pode criar exigência num clube, se BdC aumentou o ordenado ao JJ sem este ter ganho um titulo?!?

Caso não ganhemos o titulo este ano, apesar de um sportinguista acreditar sempre até ao fim.....Espero que nessa eventual situação, haja o bom senso de JJ de se retirar do Sporting em acordo.... aqui esse eventual acordo depende muito da postura e atitude do BdC perante JJ.... e é este o meu receio.... eu receio que BdC tente sair por cima, criando mais uma guerra infindável, desta vez contra JJ... espero que me engane!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.11.2017 às 18:00

Na minha opinião, contrato não obstante, nunca houve um verdadeiro projecto de longo prazo com Jorge Jesus. O objectivo fulcral era ser campeão no imediato e então tentar repetir. Como não aconteceu, a procura desesperada continua, até que alguém diga "enough is enough".
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 07.11.2017 às 21:00

Schmeichel,

Vou ser durinho(caceteiro) contigo. LOOOOOOOOOLL!!

-"Continuo a afirmar que JJ é um bom treinador, talvez o melhor que exista para o Sporting, "-
Decide-te
Se é o melhor que existe para o Sporting nao se deita fora , porque nao ganha !!
É bom ou nao??
Se mandamos o melhor embora estamos condenados a nunca mais ganhar :)))
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.11.2017 às 23:09

Carlos,

Vamos a factos?! O Sporting em 35 anos, 2 vezes campeão.... o problema não pode estar apenas no treinador.... já o JJ foi 3 vezes campeão no benfica....

Quando digo que o JJ é um bom treinador é porque vejo qualidades nele.... e sim acho que pode ser o treinador ideal, se ele se identificar com o Sporting Clube de Portugal....

Falta continuidade de um projecto de aposta na formação e controlo de custos.... isto era o plano de mandato de BdC que foi interrompido pelas exigências constantes de JJ....

Repito... não analiso só o ganhar ou perder.... e o que mais me chateia no JJ é essencialmente o discurso egocêntrico.... não o treinador JJ....
Sem imagem de perfil

De Bento Jesus Carvalho a 08.11.2017 às 11:41

Caro Rui Gomes,
A decisão lógica e sensata é deixa-lo terminar o contrato ...e ter esperança que consiga ainda chegar ao título.
Sempre fui apologista de deixar os treinadores acabar as épocas que iniciam, independentemente os resultados .
Penso que só assim se conseguem resultados a longo prazo. Avaliando-se o que de errado se fez e corrigir.
Sem imagem de perfil

De MaTic a 07.11.2017 às 21:28

Hahaha
Bem visto, Carlos!
Se é o melhor, jamais poderá ser despachado!

...

JJ é o melhor, desde que ganhe!
E, com tremendas equipas que já teve ao seu dispor, na luz e em alvalade, apenas demonstrou ser um treinador banal: ganha (À RASCA, contra Domingos!!!, Paulo Fonseca!!! e Leonardo Jardim com putos)
Vítor Pereira comeu-lhe o c* com gravilha!
André vilas boas (já fez mais alguma coisa na vida?) enxovalhou-o!!!!
Treinador que parou no tempo!
Treinador que se acha o maior!
Treinador egocentrista!
Jamais será um treinador de topo!!!!

Next stop 2018: Turquia , Grécia ou uma seleção de 2ª.
Sem imagem de perfil

De Mário Ferreira a 07.11.2017 às 22:44

Em suma:

JJ é o melhor treinador do mundo.
Infelizmente para nós, do seu (dele, JJ) mundo.
Sem imagem de perfil

De Bento Jesus Carvalho a 08.11.2017 às 11:00

Tudo dito em duas linhas. Muito bem.
Sem imagem de perfil

De Bento Jesus Carvalho a 08.11.2017 às 11:36

Relativamente ao JJ a minha opinião é a mesma desde que foi contratado, e é a seguinte.
Trata-se de um bom treinador. Sabe organizar tacticamente uma equipa, e coloca-la a jogar bom futebol, embora a espaços.
Além disso, alguns jogadores conseguem evoluir muito sob o seu comando, embora me pareça que apenas em duas ou três posições, o consegue com sucesso.
Já demonstrou que pode ser campeão, mas não esqueçamos que o fez sempre à custa de grandes investimentos no plantel.
Tão depressa tem um jogador que é quase insubstituível, e joga sempre, como depois, por mero capricho, desiste dele (B. Ruiz e acho que Alan vai pelo mesmo caminho).
Ora é do mais elementar bem senso que não se desperdicem recursos, mas está sempre a fazê-lo e a pedir novos jogadores.
É de tal forma egocêntrico que quer sempre o mérito de tudo que de bom se faz, e, pelo contrário, quando algo falha é sempre culpa de factores externos.
O certo é que nada disto era segredo quando ele estava no benfica, e manteve-se igual aqui connosco, e não será apagado, nem que o Sporting seja campeão esta época.
Em minha opinião ambos os treinadores que o Sporting teve antes dele no mandato do BdC eram muito melhores em todos os aspectos (Leonardo Jardim e Marco Silva).
Ainda, assim compreendi a contratação do Jesus na altura que o foi por dois motivos, que quase resultaram num título de campeão:
1º Foi um grande golpe no nosso principal rival, penso que não é preciso explicar porquê;
2.º Com o conhecimento que tinha do futebol português e o plantel que o Sporting dispunha naquela época, cheio de qualidade e muito bem preparado, técnica e tacticamente pelos treinadores anteriores, era melhor aposta para levar aquele grupo a vencer o campeonato, o que quase sucedeu.
Ora não tendo ganho o campeonato, nunca o Sporting devia ter renovado contrato com ele, ainda mais com o aumento significativo de ordenado que tal comportou.
Em suma – acho que é um bom treinador, mas nunca, em caso algum justifica o que ganha, além de que tem outros defeitos, que eu como pessoa e Sportinguista, não gosto.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 08.11.2017 às 14:21

Basicamente isto!
Monta bem equipas mas depois não sabe gerir..plantel, jogadores,discurso, jogo, etc.. até aqui tudo bem, mas o problema está no elevado investimento e no pouco retorno futebolístico.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo