Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_905x603$2016_03_07_02_07_20_518732.jpg

 

Muito mais haveria por dizer sobre a época passada, mas para não cansar os leitores fecho com este capítulo as causas da perda de todas as competições desta época e o regresso da deprimente conversa do "para o ano é que é".

 

Apesar de todos os erros que identifiquei nos últimos 3 posts, a verdade é que tivemos o “pássaro na mão” no campeonato. Sobrevivemos a muitos sustos iniciais com 6 vitórias nos últimos minutos e tivemos um arranque muito bom em termos de pontuação, apesar de algumas exibições menos conseguidas. Os pontos perdidos com o União, Paços Ferreira e Rio Ave são lapsos normais que acontecem em qualquer equipa.

 

O empate em casa com o Tondela no inicio da 2a volta já é mais inaceitável e nasce de uma falha de decisão do Rui Patrício igual à que teve na Albânia (é verdade que teve muito poucas esta época) e tivemos depois de um excessivo deslumbramento com a tranquila reviravolta no marcador. Jefferson teve um erro de abordagem ao lance de 2-2 que nos foi fatal e que o ajudou a ter ficado na “lista negra” de Jesus e estar hoje em "saldos". Jesus, por seu lado, errou ao deixar o jogo partir-se nos últimos minutos com o Sporting a jogar só com 10.

 

Em Guimarães jogámos com a pressão acrescida da novidade de já só estarmos a jogar para o campeonato (erradas as decisões na gestão da equipa em Portimão na Taça da Liga e na eliminatória com o Leverkusen e ainda tivemos um Braga muito forte na Taça) e acredito que isso pesou no momento da decisão, junto com a ansiedade de estarmos a defender o primeiro lugar de um Benfica em crescendo e que não vacilava. Slimani fez nesse jogo o seu pior da época mas nem isso explica mais um erro de Jesus ao substitui-lo por Barcos nos últimos minutos onde devíamos ter arriscado tudo.

 

Jesus fez uma gestão errada na eliminatória com o Bayer que estava perfeitamente ao nosso alcance e a termos passado acredito traria outro moral e calma à equipa. Por outro lado, cansou excessivamente Bryan Ruiz (que não vai para novo e teve uma época desgastante) e que chegou a este jogo de Guimarães de rastos, o que acredito ajudou a tirar-lhe discernimento nos finais dos jogos de Guimarães e depois no jogo decisivo em casa contra o Benfica. Aqueles dois falhanços de Ruiz em Alvalade contra o Benfica são imperdoáveis num jogador como ele (ou já agora noutro qualquer). Não é o facto de ter classe e ter marcado alguns golos, nomeadamente em jogos já decididos, e ter feito algumas assistências que me vão tirar da cabeça esse fantasma (a estes falhanços junto os de Guimarães e um em casa contra o Rio Ave). Acredito que o cansaço pode ter sido determinante mas espero que na próxima época ele tire da minha cabeça que ele é uma espécie de Peseiro (não foi por acaso que lhe ganhámos uma pré-eliminatória da Champions com um golo no último minuto).

 

P.S.: Deprimente a conversa do Octávio Machado e já não tenho paciência para o ouvir. Estou-me a preparar psicologicamente para mais uma época de declarações dos nossos "irmãos metralhas" que nos irão envergonhar a todos e que este ano estarão mais desesperados do que nunca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


17 comentários

Sem imagem de perfil

De JDC a 31.05.2016 às 15:12

Imperdoável ou não, Bryan Ruiz é um dos 3 melhores jogadores do sporting e tomara que conseguissemos mais como ele.
Imagem de perfil

De City Lion a 31.05.2016 às 15:32

JDC uma coisa é ser bom - outra é ser um vencedor e nós precisamos de jogadores que sejam os 2.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 31.05.2016 às 15:19

Uma dúvida:

Porque é que a gestão na Taça da Liga foi errada?

________


Eu discordo, como é óbvio, de vários pontos deste post, como dos anteriores.

As razões para essa discordância, prendem-se com 2 tipos de análise que devem ser feitos nesta altura.

Uma delas, a óbvia e que o City Lion repetidamente e sua forma de ver as coisas, faz referência: PORQUÊ SE PERDEU? Tudo, diz ele. Aceito, dou de barato a Supertaça, que certamente se fizesse a referência à mesma, lá estaria o City Lion a falar de Marco Silva.

A outra, para mim também óbvia mas aceito que menos para outros: é com a resposta a esta questão: porque é que o Sporting está cada vez mais forte? Chegando ao ponto de discutir o titulo até ao último jogo, obrigando o Benfica a bater recordes pontuais, registando uma evolução gradual e significativa, ano após ano.

Ora considerando eu e vou desprezar na análise factores externos, que não é uma discussão para a qual tenha neste momento paciência, que há razões objectivas e com responsabilidade nossa, para a perda do campeonato quando o tivemos ao alcance, é inegável o salto quantitativo ( pontos, golos marcados e sofridos ) e qualitativo do motor do clube.

Há portanto 2 grandes variáveis que merecem atenção.

Uma, aquela que se reporta à não repetição de erros próprios e correcção do que está mal.

Outra, potenciar e desenvolver o que foi bem feito e muita coisa foi bem feita.

Repito e não é de mais, que parece-me que há muita gente que não percebe ou não quer perceber o que está em causa: desde os anos 60 que o Sporting não faz 3 campeonatos consecutivos a fazer acima dos 74, 75% de aproveitamento dos pontos em disputa.

O chavão "para o ano que é", que até se esgotou nos últimos largos anos, pois era evidente a decadência competitiva, financeira e patrimonial do clube, encontra neste momento razões fundamentadas não para ter certezas absolutas em ser campeão, mas para ter fortes expectativas nessa possibilidade REAL. E não quimérica.

Não pode haver essas certezas. Provavelmente haverá 3 grandes candidatos e só um vai vencer.

Não tenho é duvidas que teremos novamente um Sporting forte. Ainda mais forte. Tem sido assim, em cada um destes 3 anos.
Imagem de perfil

De City Lion a 31.05.2016 às 15:39

Lion 73, Jesus nunca pensou que ia perder aquele jogo em Portimão e se soubesse tinha mudado de estratégia. Foi das tais derrotas que cortaram o ritmo à equipa e ajudaram a pôr o peso todo numa só competição. A Supertaça é referente à época passada. Esse Marco Silva de que fala com algum desprezo teve obviamente bem maior peso nessa vitória do que o Jorge Jesus e em 3 anos foi o unico que nos deu um titulo importante. O Sporting dum ano para o outro duplicou a sua massa salarial era o que mais faltava se a equipa não estivesse bem mais forte. Este campeonato foi atípico com um nivelamento por baixo. Não sei como será o próximo ano mas tudo indica que iremos perder o Slimani que não será fácil de substituir e o Porto aparecerá com certeza muito mais forte com um empenho especial do Jorge Mendes que tem enormes meios à sua disposição. Temo que não se tenha aprendido nada com os erros desta época que nos custaram muito e o seu comentário vai nesse sentido.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 31.05.2016 às 15:58

Na Taça da Liga o Sporting jogou com as segundas linhas, como normalmente joga sempre na fase de grupos, tal como os rivais têm feito. É assim. A relevância da competição é a que é. Só a partir das meias finais desperta algum interesse.

A Supertaça foi ganha... porque se ganhou o jogo. Ao Benfica. Clube que foi nosso adversário porque foi campeão com o actual treinador do Sporting.

O Sporting esteve mais forte este ano por várias razões. Uma delas, foi o maior número de alternativas, com maior experiência, fruto do trabalho no mercado que elevou a massa salarial ( não dependente apenas das contratações mas também dos significativos aumentos salariais a jogadores como Slimani e João Mário, por exemplo ).

Outra razão, a mais óbvia e que está à vista de todos, é que foi uma equipa colectivamente muito melhor trabalhada, mais equilibrada em todos os momentos de jogo, mais agressiva com e sem bola e com vários jogadores a elevarem tremendamente o seu nível, como Adrien, João Mário e Slimani. Que agora valem muitas dezenas de milhões.

Lembro que e reportando-me ao inicio desta época ( mudou na defesa em janeiro ), o 11 base do Sporting foi este:

RP, JP, Paulo Oliveira, Naldo, Jefferson, William ( que só apareceu em Outubro, mas fica aqui ), Adrien, João Mário, Slimani, Teo e Ruiz.

No ano passado:

RP, Cedric, Paulo Oliveira, Mauricio, Jefferson, William, Adrien, João Mário, Nani, Carrillo, Slimani.

O 11 do ano passado era assim tão diferente do deste ano? Era sequer mais fraco? Jogou melhor futebol? Teve demonstrações de poder, classe e absoluta superioridade como o deste ano, várias vezes? Aliás, contra os rivais, foi SEMPRE mais forte, ganhou 5 em 6 e só perdeu 1 por manifesta infelicidade.

Este campeonato foi atipico, porque teve 2 equipas que falharam pouquissimas vezes. Ponto. Não me vai querer convencer que o nivel médio da Liga baixou de 1 ano para o outro e tal justifica a subida do Sporting, pois não?
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 31.05.2016 às 18:52

Não consegui deixar de responder a algumas de suas perguntas, assim sendo lá vai:
- o plantel deste ano é assim tão diferente de o do ano passado, é sequer melhor? sem duvida nenhuma, o plantel deste ano é incomparavelmente melhor e com mais soluções do que o do ano passado.
-A equipa jogou melhor futebol este ano? bem no campeonato, talvez não, isto é na maioria dos jogos não, dou-lhe razão. Contudo nas competições europeias ou na taça de Portugal, indiscutivelmente melhor o ano passado, é que não pode haver a mínima duvida.
- A qualidade do campeonato desceu tanto do ano passado para este? das duas uma, ou realmente sim, a qualidade desceu muito este ano em relação ao ano passado e até aos 3 ou 4 anteriores ou você têm que admitir que o Vitória é muito melhor treinador que Jesus, pois este ano com indiscutivelmente menos equipa que qualquer uma das que Jesus teve no nosso rival nos anos que lá esteve, fez muito mais pontos, esteve melhor na liga dos campeões e ganhou a tradicional taça da cerveja que jesus também sempre ganhava.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 31.05.2016 às 23:37

Está a responder a perguntas que eu não fiz.

Anteriormente e em outro post referi que o plantel tinha mais alternativas. Óbvio. O que sublinhei foi em termos da equipa base, da melhor equipa. Consegue responder da mesma maneira?

Outra questão. Que perda de qualidade foi essa nos vermelhos? Que destruição de valor e desinvestimento houve? Por ter perdido Maxi e Lima?

A pecha do Sporting esta época é a Europa, onde exageramos na rotatividade. É verdade.

Não posso criticar o que se fez na Taça de Portugal. O sorteio ditou Benfica, que eliminamos e Braga, num jogo épico e onde marcamos o 4-3 no prolongamento, mal invalidado.

O Sporting subiu imenso de qualidade de jogo. Ponto.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 31.05.2016 às 15:24

City,
Não consigo crucificar um jogador, mesmo falhando o que ele falhou frente ao SLB e ao Vitória de Guimarães.
Este jogador tem "perfume de futebol" e todos os grandes falham....
Acho que Tondela e União da Madeira, não podem acontecer e só aí... são os pontos necessários para termos sidos campeões.

O seu PS, era desnecessário. Sabemos bem qual a sua posição perante estes senhores. E alguns estão do seu lado, incluindo eu que também acho que já era a altura de OM se "calar". Depois para o ano, é evidente que vamos ter mais do mesmo. Com maior ou menor frequência... mas não acredito que seja por DESESPERO...
Imagem de perfil

De City Lion a 31.05.2016 às 15:42

PSousa, não há que crucificar ninguém mas seria bom que o nivel de exigência fosse elevado. Maus jogos ao longo dum ano acontecem inevitavelmente. Espero que haja alguém que cale esses personagens que nem sequer são do Sporting (2 são deles próprios e o outro é mais portista) e que dão de nós uma péssima imagem. Se calhr exagerei na palavra desespero mas que vai haver maior histeria com os resultados lá para janeiro / fevereiro não tenho duvidas.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 31.05.2016 às 15:50

SL
O nível de exigência é mais do que elevado, mas só erra quem faz alguma coisa...quem não faz nada não erra! Quem estará mais triste com o "falhanço", Ruiz? Você? BdC? JJ? Eu? Todos? - a resposta é óbvia, ninguém gosta de falhar!

Sobre os outros, que continuem a "palrar"... quem lhes dá ouvidos é que fica a perder. No meu caso quando estou farto de ouvir, desligo! É o que fiz e faço por exemplo em alguns programas televisivos.
Eles podem falar, só terão a importância que eu lhes der... nada mais!
Sem imagem de perfil

De PSG a 31.05.2016 às 16:38

Também não percebo tamanha censura ao Bryan Ruiz, são coisas que acontecem.
O Eusébio também teve falhanços desses (iguais) e não foi por isso que deixou de ser o jogador que foi.
Imagem de perfil

De City Lion a 31.05.2016 às 17:20

PSG não o estou a censurar estou a constatar um facto. Ele falhou em momentos decisivos e nos jogos ja decididos mostrou que conseguia meter a bola lá dentro. Acredito que lhe terá pesado o cansaço da época e os falhanços decisivos nos jogos anteriores com Rio Ave e especialmente Guimarães.
Sem imagem de perfil

De J. a 31.05.2016 às 17:40

Mas porque é que nos custa admitir que o poder de finalização de Bryan Ruiz é uma das suas grandes falhas, em vez de arranjar outro tipo de teorias? É um grande jogador, mas tem essa grande lacuna no seu futebol. Aliás, terá sido talvez essa a razão para não ter actuado noutro tipo de clubes que não o Fulham ou Twente.
E talvez terá sido por essa razão que está hoje no Sporting depois de o termos ir buscar por 1 ou 2 milhões.
Imagem de perfil

De City Lion a 31.05.2016 às 18:22

J., Ruiz ele é um bom jogador e não um grande jogador senão como diz não teria passado ao lado de uma grande carreira. Nota-se debilidades fisicas e ao nivel da finalização. Veio barato mas já não é novo e tem um ordenado muito bom para Portugal.
Imagem de perfil

De Profeta a 31.05.2016 às 17:31

Efectivamente, bastaria que essa bola do Ruiz tivesse entrado, e o Sporting teria sido campeão.
Mas são circunstâncias do próprio jogo. Por muito improvável que ocorram lances daquele género, a verdade, é que pode acontecer. E aconteceu.

Agora, o Ruiz não deixa de ser um grande jogador, e creio que não vale apena meter-lhe esse peso em cima de si.

Como disse, aquele falhanço são coisas do próprio jogo.
Os dirigentes e o treinador, esses sim, muitas vezes andaram a "brincar" - como o CityLion refere nestes últimos artigos sobre o porquê de não se ter ganho o título.


PS: Fiquei com dúvidas acerca desta frase: " Acredito que o cansaço pode ter sido determinante mas espero que na próxima época ele tire da minha cabeça que ele é uma espécie de Peseiro"

Uma espécie de Peseiro???
Imagem de perfil

De City Lion a 31.05.2016 às 18:25

Profeta, também acho que bastaria isso até porque provavelmente ate ganhariamos o jogo. Aconteceu mas não devia ter acontecido. É um bom jogador e foi util mas confesso nunca foi quem decidia nos momentos decisivos. Ele tem cara de azarado / pé frio mas posso ser já eu que embirrei. Não me admira nada que ele estivesse naquela equipa do Twente que perdeu connosco numa pre eliminatoria da Champions no ultimo minuto.
Sem imagem de perfil

De Carlsberg a 01.06.2016 às 01:24

Boa noite,

Para mim todo este post tem um fundamento errado. Parte do principio que perdemos por culpa própria!!

Eu continuo, e continuarei a achar que perdemos por culpa de Vitor Pereira e da APAF, tanto o campeonato, como a Taça de Portugal!

A Taça da Liga, desde 2009 que não a deveríamos jogar!

SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo