Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Quem com ferros mata, com ferros morre"

Ricardo Leão, em 29.06.15

 

18579013_7hmjB.gif

Os portugueses, na sua enorme sabedoria, criaram em tempos este conhecido provérbio popular, que tanto pode ser usado no plural como no singular. Esta singularidade, no caso do Sporting, aplica-se que nem uma luva a Bruno Azevedo de Carvalho, actual presidente do clube. Não satisfeito com a "notável" lista de "feitos" a que o meu colega City Lion alude hoje, Azevedo de Carvalho tinha de ir mais longe na sua intifada persecutória contra quem lhe possa fazer sombra, tudo em nome de uma pretensa "justiça popular". Vai daí e lançou uma fatah contra tudo aquilo que lhe cheirasse a opositor, numa verdadeira razia que nem o Estado Islâmico conseguiria superar em tão curto espaço de tempo. Valeu-se, como é habitual, dos seus criados de libré, que os há muitos em Alvalade.

 

Azevedo de Carvalho, ao fazê-lo, revelou apenas uma coisa: a total desorientação que anda dentro daquela cabeça e que nem as férias (não era o Bruno que dizia que trabalhava 24 horas/dia, 365 dias por ano?) conseguiram acalmar. Bruno sabe que o seu mandato pode ser curto. Foi por isso que resolveu "colocar toda a carne no assador" ao contratar Jorge Jesus. O sucesso deste será a garantia de Carvalho. O insucesso de Jesus levará a que Bruno se veja obrigado a sair, de fininho, pela porta dos fundos. À saída encontrará, quiçá, com ferros na mão, essa anedota que dá pelo nome de Shikabala, o "mago do Egipto" que caracteriza, ele mesmo, a enorme capacidade de gestão de Azevedo de Carvalho. Afinal houve quem gozasse com Bruno... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:43

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


48 comentários

Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.06.2015 às 12:32

Ricardo Leão,

"O sucesso deste será a garantia de Carvalho. O insucesso de Jesus levará a que Bruno se veja obrigado a saír, de fininho, pela porta dos fundos."

Isto aplica-se a qualquer presidente de qualquer clube.
BdC sempre esteve e sempre estará à mercê dos resultados desportivos. Se o SCP for campeão, tem garantida a reeleição, se não for, poderá ficar mais tremido, dependendo dos resultados da época seguinte (que será a última do mandato).

Dada a conjuntura de FCP e SLB, parece-me que o SCP parte em mais igualdade com o SLB esta época, à conta do enfraquecimento que sofreram.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.06.2015 às 15:51

Quando leio essa citacao fico com a impressao de que o RL ficará a torcer de fininho contra o Sporting... e isso é pior do que tudo o resto
Sem imagem de perfil

De J. a 29.06.2015 às 12:46

Não conseguem melhor que o Shikabala?
O tal que oriundo do Zamalek custou 257 mil USD ao SPorting, á taxa de cambio da época, uns 180 mil euros?

Quer dizer depois de tantas centenas de milhões de euros estoiradas no passado, não se consegue melhor que ir buscar um negócio que nem custou 200 mil euros ao clube?

Em resumo, e para que todos percebam:
Só nos ultimos 5 anos:
JEB = 70 milhões negativos (-)
GL = 101 milhões negativos (-)
BDC = 22 milhões positivos (+)

Se querem falar que BdC é um bronco, que não sabe comunicar e isso , ainda aceito, agora ignorar números e mandar areia para os olhos das pessoas é que não.
Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 29.06.2015 às 13:07

O tal que está dia sim dia não em casamentos e baptizados no Cairo a fazer render os milhares de euros que o Sporting deu por ele? Sim, ele mesmo, Shika - bala.
Sem imagem de perfil

De J. a 29.06.2015 às 13:30

Ahh pronto, é certamente algo muito mais importante que falar em Passivos e prejuizos acumulados de certas direcções.

Perante tal força de argumentos, já vi então que o quer debater não tem sentido algum.
Sem imagem de perfil

De Joao Marques a 29.06.2015 às 13:30

Caro J.

De onde retirou estes números? Tenha atenção ao seguinte: Doyen, MS e a construtora valem muito , mas muito mais que os 22M€ apresentados. Depois de ler o R&C do Sporting não vejo em lado algum, a provisão para a eventualidade de tais processo serem perdidos pelo SCP.
Areia, desculpe, mas manda o Sr. BdC quando ignora esta forte possibilidade e apresenta números que estão desprovidos de sustentação legal, até.
Sem imagem de perfil

De J. a 29.06.2015 às 14:01

São os numeros que sairam a público na AG de ontem.

Em relação á Doyen, MS e Somague, logo veremos que desfecho terão e que impacto terá nas contas do clube.

Aliás, veremos se ainda conseguimos vender Shikabala e tudo...
Isso sim que seria giro!
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 29.06.2015 às 14:17

Esclareça-nos lá quanto é que a Sporting SAD tem de ressarcir a Somague se por acaso esta tiver alguma razão no diferendo que tem com o nosso clube

Sem imagem de perfil

De OCR a 29.06.2015 às 17:45


Pode muito bem de ter que ressarcir a Somague se for condenado por prejuízos, entre os quais financeiros... ou você também pensa que se pode rasgar contratos sem consequências?!

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 29.06.2015 às 20:09

Não sei se pode porque a acção não é contra o Sporting mas sim o intermediário - mas a questão nem é essa - a questão é o valor de uma possivel indemenização de uma obra que nem começou e onde a Somague gastou pouco mais que ZERO até ao momento

Eu da pouca experiencia que tenho - faço uma ideia mas o leitor acima falava com tanta certeza que lhe pedi que me elucidasse
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 29.06.2015 às 22:16

Não sabe nem tem como saber é usual aparecem mandam as bordoadas e desaparecem ... não tenho pachorra para gente assim tenta semear o medo e a confusão para conseguirem os seus intentos, rasteirinhos!


Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 30.06.2015 às 01:54

Já estou a ver como o ocr gere o seu dinheiro.
É dos tais que manda construir uma casa tipo por 100 000€ , orçamento dado, tudo ok mas no lançamento da primeira pedra o Sr. Empreiteiro diz que são mais 50 000€ e o ocr como é um gajo de palavra diz que não faz mal siga a obra.

Eu tenho uma suspeita que o ocr não iria aceitar a não ser que a casa não fosse para ele e que não era com o dinheiro dele que pagava, penso eu
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 29.06.2015 às 12:57

Não vou falar muito do post porque mais uma vez não tem ponta por onde se pegue e tem como principais argumentos chamar azevedo a BC e procurar no google uma imagem em que o presidente do Sporting fique mal

De resto Shikabala é de facto um flop mas representa (até ver ) um prejuizo de cerca de 200 Mil euros - inferior por exemplo ao lucro que tivemos com Enoh



Imagem de perfil

De Ricardo Leão a 29.06.2015 às 14:16

Um caso típico de gestão danosa...
Sem imagem de perfil

De Lion81 a 29.06.2015 às 17:31

Gestão danosa?!?!? Que culpa o Presidente tem de o jogador ter desertado?!?!? E o dinheiro já está perdido?!?!? Volto a dizer o que já aqui disse...O Shikabala ainda vai dar lucro. Não houve UM jogador contratado que tivesse dado prejuízo. (excluíndo salários de emprestados, mas esses não pertencem ao clube). De resto, temos o grande exemplo do Enoh. Lucro de mais de 1000% e só por 80% do passe. Tivemos também o exemplo do Maurício, custo 450m venda 2,6M. Isto sinceramente não me parece gestão danosa. Também há um ditado que diz "Cego é aquele que não quer ver". Arrisco-me também a dizer que o Presidente, mesmo sem ser campeão, vai ser reeleito. Vocês, no vosso grupo de amigos só falam na sua saída mas olhe que no meu grupo de amigos também só se falam na benção que foi ele ter sido eleito. O mundo não gira em torno de ninguém em particular.
O BdC pode falar muitas vezes mais do que devia mas é a única solução para o SCP.
Sem imagem de perfil

De Leao de Coinbra a 29.06.2015 às 16:41

Enoh, aquele que tinha clausula de 60Milhões...
Sem imagem de perfil

De João P. a 29.06.2015 às 22:21

O que é que a cláusula tem a ver com o facto do jogador ter sido vendido 10 vezes acima do custo?

Foi um mau negócio?

É com este tipo de postura que querem fazer oposição? Sinceramente assim não metem medo...
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 29.06.2015 às 14:25

Tendo a auditoria sido feita desde a presidência de Santana Lopes e José Roquette (junho de 1995) até ao final do mandato de Godinho Lopes (março de 2013), acho muito estranho haver apenas um presidente culpado ! Foi o único que cometeu "infrações disciplinares muito graves para a imagem e património"! Já agora, não será de pedir indemnizações às empresas que fizeram auditorias anteriormente, visto que parecem não estar bem feitas ?
Sem imagem de perfil

De Mateus a 29.06.2015 às 15:21

ou será que isto é meramente uma compilação de factos já conhecidos e que foram meramente reciclados para se ajustar à narrativa?
Sem imagem de perfil

De Jorge Miguel a 29.06.2015 às 16:21

Este processo de expulsão é só devido aos primeiros resultados da auditoria revelados fez agora 1 ano! Não houve ainda nenhum processo devido a estes resultados recentes. Mas vai haver mais...
Sem imagem de perfil

De Joe Parsons a 29.06.2015 às 17:52

A expulsão de Godinho Lopes tem muito (se calhar, no essencial) de vingança pessoal do Bruno de Carvalho por causa da Doyen, caso que o SCP muito dificilmente ganhará. Basta olharmos para quem a Doyen tem a testemunhar [(Adriano Galliani (administrador-delegado do Milan), Gil Marín (conselheiro-delegado do Atlético Madrid), Florentino Pérez (presidente do Real Madrid) e Monchi (diretor de futebol do Sevilha)]. O que pode Bruno de Carvalho contra tanto poder no futebol europeu?
Se Godinho Lopes foi vice de José Roquete/Santana Lopes, por que razão não foram igualmente visados estes dois? Porque José Roquete e Pedro Santana Lopes são "grandes demais"?
Quanto ao Luís Duque, parece que foi "punido" apenas por ter aceite presidir a Liga de Clubes, pois como sportinguista, há quem pense que deveria aliar-se ao presidente Bruno de Carvalho.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 29.06.2015 às 19:17

Também acho. As condições em como perdeu as 1ª eleições talvez também faça parte da vingança.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 29.06.2015 às 22:16

Ora portanto, se eu o percebo, nesta auditoria os factos e os números apresentados contam zero porque o verdadeiro intento é vingança. Se calhar aquilo que vivemos há pouco mais de 2 anos foi tudo mentira. Um pesadelo muita mau mas acordamos agora e verificamos que o clube foi tomado de assalto por um vingador sem escrúpulos... Isto nem o Spielberg faria um argumento melhor
SL
Sem imagem de perfil

De Jorge Miguel a 29.06.2015 às 19:56

Será que escrevo chinês? Vou tentar mais uma vez:

- Os sócios visados até agora foram: Godinho Lopes, Carlos Freitas, Duque e Nobre Guedes.

- Foi um grupo de sócios que fez um requerimento para a expulsão destes sócios tendo como base os resultados da Auditoria Fase 1 ( há um ano atrás).

- Só agora foi decidido pelo CFeD as sanções a aplicar a estes 4 sócios.

- No futuro, com base nestes novos resultados, muito provavelmente serão visados mais ex-dirigentes.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 30.06.2015 às 07:13

Mas oh caro Joe Parsons o facto da Doyen decidir levar testemunhas como os nome que descreve trazem-lhe alguma vantagem no processo? Que sabem essas ditas testemunhas do processo Rojo? O que contam são os factos, se os houve.
Se a Doyen cometeu infrações no acordo do contrato com o Sporting que podem essas testemunhas fazer , sejam elas do Real Madrid, do Sevilha ou do Milan, O Barcelona todo poderoso no mundo do futebol não impediu fortes punições no caso Neymar mesmo apresentando testemunhas de alto gabarito desportivo e politico.
Essas testemunhas servem e só para dizer que a Doyen é um bom " rapaz", educado e cumpridor.
O crime de infrações nos contratos não têm que ser forçosamente reincidentes, basta provar num só contrato que existiram de facto infrações para haver punição.
Á muito "boa" gente ditas sportinguistas a torcerem para que o Sporting saia perdedor nesses processos.
É desse tipo de gente que o Sporting despensa.
Sem imagem de perfil

De L a 29.06.2015 às 20:24

Ainda bem que dá agora essa informação Jorge. Com tantos milhões desviados da minha parte confesso que foi preciso chegar quase ao fim do dia para perceber as "verdadeiras" razões porque GL foi expulso. E olhe que não fiquei nada mais animado. E pior, pela reacção do próprio, não sei se GL também já compreendeu. Mas senão compreendeu quando chegarmos ao estádio estou certo que é expulso outra vez. Já com cumulo deve dar para aí três sentenças máximas. Portanto e a ver pelo regime de solidariedade do Moutinho. Por estágios numa unidade hoteleira da Quinta da Marinha e por um estudo à marca Sporting. Todas três razões mais que justificáveis, sem dúvida nenhuma!
Sem imagem de perfil

De Leao Justo a 29.06.2015 às 15:07

O que foi apresentado aos 800 sócios na assembleia não foi a auditoria da Mazars mas sim uma versão truncada e afinada desta feita por actuais responsáveis do Sporting! Publiquem publicamente no site a auditoria e já agora as contas que foram aprovadas em nome da verdade!
Sem imagem de perfil

De L a 29.06.2015 às 16:29

E tanto que eles praguejaram contra o acesso condicionado ao livro branco. Até parece que ontem depois do power point saíram todos com a auditoria debaixo do braço. A última das últimas auditorias, ao ponto de dispensar mais o que quer que seja e qual santo graal deste Azevedo, jamais pode ser contestado. Bem, só algumas verdades absolutas e as datas mais convenientes das apresentações.

E nas contas fica-se com a ideia que entretanto entrou dinheiro e não actualizaram as observações. Deviam andar mt ocupados.
Sem imagem de perfil

De J. a 29.06.2015 às 17:03

Já não se percebe nada do que diz.

Então agora a auditoria foi imparcial ou é então a actual direcção que quis manipular os resultados de forma a dar conclusões parciais?

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.06.2015 às 17:44

BdC quando foi eleito tinha um programa eleitoral... e nesse programa a auditoria estava incluída...

Portanto, BdC deve ou não cumprir o que prometeu aos sócios?
Sem imagem de perfil

De Leao justo a 29.06.2015 às 18:27

Tem de cumprir e mostrar aos sócios a auditoria e não a SUA interpretação criativa dos factos! O que mostrou na Assembleia não passou de um power point não da autoria dos auditores mas sim dele! Talvez pela mesma razão que impediu estes de efectuarem o contraditório!
Sem imagem de perfil

De J. a 29.06.2015 às 18:52

Nisso até estou de acordo.
Que a Auditoria seja possivel de consulta para quem queira ver as suas principais conclusões.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 29.06.2015 às 21:47

A auditoria será disponibilizada para consulta aos sócios, como é evidente.

É incrivel como nem com a evidência dos números, que até não são surpresa alguma, há gente que não se remete ao buraco devido, pela vergonha que um sportinguista deveria ter, por cumplicidade com gestões ruinosas.

E fala desta gente de Shikabala e de jogadores vindos do CNS para a equipa B, enquanto o clube encurta o fosso para os rivais, tem lucro ( e pode vir a Doyen e a indemnização ao MS e as contas continuarão no verde ) e está em condições de aumentar o orçamento para o futebol e restantes modalidades.

"Fala", não. Escreve. Porque dar a cara em AG, está quieto.

Sem imagem de perfil

De Leão Justo a 29.06.2015 às 22:24

Para que é que serve o site e o jornal do Sporting! Os sócios têm direito de ver o original da auditoria e não os cozinhados dela derivados! E já vai tarde! Será, será??
Sem imagem de perfil

De Jorge Miguel a 30.06.2015 às 00:35

A Auditoria completa vai estar (ou já está) disponivel aos sócios na secretaria. Repito, completa!
Sem imagem de perfil

De L a 30.06.2015 às 00:18

O famoso dar a cara?! Mas dar a cara a quem? A uma seita de cristãos novos já com tudo cozinhado? Ou um tipo que gosta de armar aos presidentes e sabe zero do Sporting? Sabe zero e deve gostar de esconder documentos para andar com bocas sobre a Academia, só para citar um exemplo. A Academia nasceu em Alcochete onde mais ninguém teve licença de construção! O caro também sabe quanto é que só isto representa em termos de valorização de património? E antes da decisão política de mudar o aeroporto da Ota para Alcochete! Precisamente o contrário do histerismo todo sobre a desvalorização do património e se calhar o suficiente para pagarmos o estádio!

O maior problema do Sporting foi sempre os protagonismos, como estes agora que elegeram o Bruninho. Ou o João Rocha, com medo de perder o dele e vai também de andar aos gritos sobre a informação privilegiada. Também devia estar com medo que alguém metesse a valorização ao bolso. Bom é andarmos todos chateados porque o Porto tem uma Academia à borla mas agora é que deixámos de ser anjinhos. E só para terminar, a Academia tinha sempre que mais que duplicar os custos se no fim se construiu muito mais que o dobro. E bastava ver o projecto inicial!

Já tínhamos tido um DD a tentar desvalorizar o estádio depois de saber quem era o senhor que seguia e agora uma espécie de presidente a tentar desvalorizar aquela que é reconhecida como uma das melhores Academias do Mundo. Se calhar também é por isto que nunca mais teve sponsor. Ou o que qq um chamaria uma infracção disciplinar muito grave que atenta contra o património do clube. Nunca pode valer tudo no Sporting!
Sem imagem de perfil

De Smoker a 29.06.2015 às 18:59

Eis o comunicado do CFD, na íntegra:

1. Na sequência da conclusão da fase nº 1 da Auditoria de Gestão ao Sporting, pedida pelo Conselho Diretivo (CD) à empresa de auditoria Maazars e assim cumprindo uma importante promessa eleitoral, um conjunto de 76 sócios, perante a verificação de graves irregularidades reveladas no Relatório Final dessa auditoria, solicitou a abertura de processos disciplinares contra os seguintes sócios: Luiz Filipe Fernandes David Godinho Lopes, Luís José Vieira Duque, Carlos Manuel Rodrigues de Freitas e José Filipe de Mello e Castro Guedes.

2. Em face da delicadeza e complexidade do assunto, o Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) decidiu pedir ao CD a contratação de um jurista que fosse, simultaneamente, advogado especializado para instruir processos disciplinares e independente do SCP e do fenómeno desportivo, o Dr. David Carvalho Martins, que foi a nossa escolha.

3. Após algum tempo de espera, também devido ao facto de ter sido necessário obter as autorizações dos autores do relatório de Auditoria por existirem factos confidenciais que tinham de ser analisados, foi possível desencadear as diversas fases dos processos disciplinares a partir de Fevereiro de 2015.
4. No conjunto dos actos praticados, foi este o calendário dos diversos momentos destes quatro processos disciplinares:

- requerimento de abertura dos processos disciplinares: 15 de Setembro de 2014;

- entrega oficial do Relatório da Auditoria de gestão da Fase 1: 25 de Setembro de 2014;
- contratação do jurista instrutor para análise do Relatório de Auditoria e apreciação de eventuais ilícitos disciplinares: Janeiro de 2015;
- concessão das autorizações de confidencialidade: Abril de 2015;
- finalização das notas de culpa aos 4 arguidos: 8 de Maio de 2015;

- envio das notas de culpa aos arguidos, explicitando o tempo de resposta (15 dias úteis, com possibilidade de consulta dos documentos no Clube e pedido de outras diligências para a descoberta da verdade): 15 de Maio de 2015;

- resposta às Notas de Culpa: responderam, apresentando a sua defesa, Carlos Manuel Rodrigues de Freitas e José Filipe de Mello e Castro (25.5.2015) e Luiz Filipe Fernandes David Godinho Lopes (27.5.2015);
- recepção dos quatro relatórios finais do instrutor dos processos disciplinares após serem devidamente apreciadas as respostas dos arguidos: 17 de Junho de 2015;
- decisão final do CFD: 25 de Junho de 2015.
5. A decisão final tomada em 25 de Junho de 2015 pelo CFD foi a seguinte em relação aos 4 arguidos:
- Carlos Manuel Rodrigues de Freitas e José Filipe de Mello e Castro Guedes: arquivamento dos autos por unanimidade de votos dos membros do CFD por terem deixado de ser sócios a seu pedido antes do início do procedimento disciplinar, embora o CFD tivesse feito menção, na sua acta, que os comportamentos enunciados na Nota de Culpa que lhes fora dirigida eram “…muito graves e atentatórios dos superiores interesses do Sporting, devendo, portanto, ser considerados no âmbito de uma eventual proposta de readmissão, nos termos e para os efeitos do artigo 14.º, n.º 2, dos Estatutos…”;

...continua
Sem imagem de perfil

De Smoker a 29.06.2015 às 18:59

...continuação
- Luís José Vieira Duque: aplicação por unanimidade dos votos dos membros do CFD de uma sanção de suspensão por 1 ano, agravando a sanção disciplinar proposta pelo instrutor (que era a de suspensão por 9 meses), considerando a gravidade das infracções cometidas;
- Luiz Filipe Fernandes David Godinho Lopes: aplicação por seis votos a favor e uma abstenção dos membros do CFD da sanção disciplinar de expulsão, agravando a sanção disciplinar proposta pelo instrutor (que era a de suspensão por um ano), considerando a prática de infracções disciplinares muito graves para a imagem e património do Clube, as quais quebraram, de um modo absoluto e irremediável, a relação de confiança que qualquer sócio merece ter por parte do Clube, no caso com a agravante de se tratar do seu dirigente máximo, o Presidente do Conselho Directivo, no período em apreciação (2011/2013).

6. Nos termos dos Estatutos do Sporting, os arguidos a quem foram aplicadas estas sanções disciplinares têm o direito de recorrer para a Assembleia Geral, nos 30 dias seguintes ao da sua notificação, recurso que é devolutivo no caso de suspensão de um ano e recurso que é suspensivo no caso da expulsão.

Mais se esclarece que todos os arguidos foram notificados, por correio electrónico, desta deliberação no dia seguinte, 26 de Junho de 2015, sendo notificado em papel no próximo dia útil, que será 29 de Junho de 2015.
Se os arguidos não se conformarem com estas decisões disciplinares, têm a possibilidade, nos termos gerais e como sucede em Estado de Direito Democrático, de recorrer aos tribunais, para fazer valer a sua perspectiva a respeito dos processos disciplinares que, no âmbito do Clube, assim chegaram ao seu termo.
Devido à confidencialidade que envolve os processos disciplinares, o CFD está impedido de revelar mais factos, ficando os respectivos processos arquivados nos serviços Clube, bem como esta deliberação registada no Livro de Actas do CFD como Ata nº 33, todos estes documentos à disposição dos arguidos para a sua consulta, não podendo ser, naturalmente, do domínio público, salvo a partir do momento em que os sócios arguidos recorram da deliberação do CFD para a Assembleia Geral do Clube. Neste caso, por definição, os autos dos processos disciplinares devem ficar à disposição da Assembleia Geral para os devidos efeitos.
7. O CFD lamenta que sobre este assunto se promovam ou alimentem campanhas de desinformação ou de manipulação que se destinam a beliscar a seriedade e a regularidade da condução dos processos disciplinares, mandatando o seu presidente para prestar os demais esclarecimentos tidos por convenientes.
Lisboa, 28 de Junho de 2015.
Sem imagem de perfil

De Mário a 29.06.2015 às 19:27

Recuperando o que já escrevi num outro espaço de discussão do Sporting, mas que julgo enquadrar-se no tema abordado neste post:

O essencial neste momento, mais que vitórias desportivas, e a par da recuperação financeira que está incontestavelmente a ser conseguida, é impedir que volte ao poder a gente que ocupou e trocou entre si a direcção do clube, todos eles responsáveis pelo momento mais baixo na sua auto-estima e na sua existência enquanto clube associativo plural e democrático. Foram estes ditos notáveis que, além da delapidação de património, da gestão tenebrosa e das costas voltadas aos sócios, que, de resto, lhes causavam um certo asco classista (quando não tinham lugar na central ou no camarote, entenda-se), diziam a outros associados, julgando-se intocáveis e impunes, que o Sporting era dirigido pelas melhores famílias de Portugal e que aquelas famílias tinham o direito histórico a mandar no Sporting (e, de caminho, como parece estar a comprovar-se pelos primeiros resultados da auditoria, tratavam-no como uma coutada para enriquecimento mútuo às custas do clube). Se os sócios quisessem eleger em gajo qualquer (leia-se, alguém que não pertencesse à casta), continuavam eles a dizer, melhor seria que se tornassem associados dos "parolos" do outro lado da 2ª Circular (eu não acreditava se não tivesse visto e ouvido, mas vi e ouvi). Felizmente, os sportinguistas estão neste momento muito atentos e empenhados em serem uma verdadeira força democrática nos destinos do clube, o que se nota pelo aumento do número de sócios, o que é comprovado pela preocupação da maioria dos sportinguistas que me rodeiam em acompanhar de forma próxima e com sentido crítico o que nele é feito e o que para ele se projecta no futuro. Isto está relacionado com Bruno de Carvalho pelo simples facto de ter sido ele o primeiro presidente após o fim da gestão "project finance" que, num curioso espelho com o que tem sido a gestão do país nas últimas décadas, deixou o Sporting à beira do abismo. Mas isto é muito maior que Bruno de Carvalho - a partir de agora, e como nunca devia ter deixado de ser, os sócios voltarão a ser os principais defensores do Sporting e não se contentarão à subjugação de serem tratados como meros clientes descartáveis sem voz no clube. Naturalmente, também Bruno de Carvalho é e será escrutinado (pelo que fizer, não pelas ideias preconceituosas que dele se fazem - a colagem a Vale e Azevedo, essa então, é de bradar aos céus pela preguiça que demonstra: como é óbvio, o nosso Vale e Azevedo, pelo paralelismo do percurso e pelo fim que teve, chama-se Godinho Lopes).
O principal é que nunca mais, que nunca mais, acentue-se, possam voltar a tomar conta do clube aqueles que quase o mataram (financeira e espiritualmente), ou aqueles que pensam nele como sua propriedade, com base em noções de fidalguia e direito eterno de propriedade que os fundadores repudiaram desde o primeiro momento. Esses, repito-o, que fundem um novo Campo Grande Football Club e que se divirtam a fazer vernissages e bailes de gala com uma partida de "gólfe" pelo meio - não dará é tanto dinheiro como o que se consegue sacar de um clube centenário e interclassista, com uma implantação extraordinária de norte a sul do país.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 29.06.2015 às 19:58

Meu pobre clube , toda a gente quer poder.

Espero que o Sporting continue no bom caminho de modo a poder recuperar a sua glória e livrar-se desta sentença que nos quer retirar a grandeza. O Presidente do SCP será avaliado em 2017 (creio) pelos sócios no sufrágio supremo , e será avaliado pelo seu trabalho que é o mais importante e não pela sua pessoa.

Nota-se que muitos torcem contra nós , rivais e alguns adeptos , todos querem ver o projeto do SCP falhar , para esses adeptos Bruno não é croquette o suficiente , para os rivais porque querem um banana para rebentar com o clube de vez.

Estes adeptos devem ser ignorados por parte de quem preside , pois este tem apenas de se focar em trabalhar e não responder , a competência será a melhor resposta. Percebe-se um enorme desespero depois da contratação de Jesus , o Sporting está mais perto de ganhar , pois tem um dos melhores do mundo , e o melhor treinador Português depois de Pedroto , e se fizer trabalho no Sporting pode mesmo ser considerado o melhor de sempre. Logo a oratória vai ser para separa-lo nas vitórias de BdC , e na derrota cola-los um ao outro. O Sporting será campeão porque Bruno maldito não interferiu no trabalho do treinador e foi subalternizado a criada de libré ( como se diz aqui) de Jesus , se não ganhar é porque o projeto de Bruno falhou e tem de ser "corrido" pelos sócios por ter apostado num treinador tão caro quando já lá tínhamos um "excelente treinador , que fez um excelente trabalho".

Estou confiante em Jesus para criar uma dinâmica de vitória neste clube bastante traumatizado que possa atenuar estes conflitos e feiras das vaidades, as vitórias vão trazer união e paz ao clube.
Sem imagem de perfil

De Lion81 a 29.06.2015 às 22:26

"...e será avaliado pelo seu trabalho que é o mais importante e não pela sua pessoa." Na mouche ;)

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 29.06.2015 às 23:33

Subscrevo na integra
Sem imagem de perfil

De Petinga a 30.06.2015 às 05:52

Excelente.

"O Sporting será campeão porque Bruno maldito não interferiu no trabalho do treinador e foi subalternizado a criada de libré ( como se diz aqui) de Jesus , se não ganhar é porque o projeto de Bruno falhou e tem de ser "corrido" pelos sócios por ter apostado num treinador tão caro quando já lá tínhamos um "excelente treinador , que fez um excelente trabalho"."

Nem mais. Este post do RL já pretende validar essa narrativa.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo