Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quero marcar o momento !

Rui Gomes, em 05.08.14

 


A exibição no Egipto nem merece comentário, mas quero marcar o momento em que Marco Silva se deu a um estranho impulso de generosidade e fez entrar Ryan Gauld aos 85 minutos. Acho que deve ter contribuído imenso para o seu entrosamento na equipa, porque ainda houve tempo para tocar uma vez na bola. Perante esta "luminosidade" do treinador do Sporting, ficamos agora na expectativa de ver o jovem escocês como titular na Taça Teresa Herrera !?? 

Nota: Em vez de responder aos comentários individualmente, como é meu hábito, decidi adicionar esta breve nota ao texto original. Optei por fazer alvo de Ryan Gauld, por dois motivos: o primeiro, porque achei completamente descabido levar um jogador novo na equipa para o Egipto, para um jogo particular, e fazê-lo entrar aos 85 minutos. Reconheço que ele terá de ser integrado gradualmente, mas isto não é integração alguma, poderá até ser contraproducente, especialmente considerando os escassos minutos que ele viu em oito jogos de pré-época. Cada um terá o seu ponto de vista, poderei até estar errado na minha análise, mas é assim que eu penso. Aliás, vou um pouco mais longe para reiterar que não tenho gostado da gestão de jogadores que Marco Silva tem levado a cabo, nesta fase de preparação. Estou a começar a ficar com a ideia de que ele pretende fazer o mesmo que Leonardo Jardim fez na época passada, nomeadamente apostar em 13/14 jogadores até à exaustão, pese ter um plantel mais alargado. O problema é que quase tudo correu às mil maravilhas em 2013/14, mas este ano promete oferecer uma "conversa" diferente", por várias razões.
 
O segundo motivo, porque assisti a uma exibição que não me inspirou, minimamente. Entrámos bem no jogo, João Mário marcou um bom golo aos 6 minutos - a excelente assistência de Tanaka - mantivemos um bom nível durante cerca de 20 minutos e depois desaparecemos. Salvo um ou outro momento, uma ou outra jogada - a exemplo do golo à ponta de lança de Tanaka, ele novamente - foi uma exibição que deixa muito a desejar perante um adversário muito viável. Não obstante o evidente fora de jogo no segundo golo egípcio, foram dois golos consentidíssimos pela defesa, praticamente na pequena área. Erros que têm de ser rapidamente corrigidos.
 
Vale o que vale, esta é a minha análise. Cada um é livre de discordar.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:36

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


57 comentários

Sem imagem de perfil

De Tony a 05.08.2014 às 05:38

E se for um jogador dos escalões mais jovens que está a tentar integrar, também é por castigo?

Talvez queiram mesmo queimar o miudo e por-lo a jogar sem estar em condições...

Talvez lhe tenha ocorrido que o Marco lhe está a mostrar que, embora ainda não tenha o seu espaço, tem valor para jogar no Sporting?

Dar tempo para a adaptação não garante que ele vá mostrar toda a sua qualidade mais tarde, mas acho que aumenta essa possibilidade.

Parem de destabilizar, especialmente em casos onde é tão claro o que se está a passar.

SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo