Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Recordar Vítor Damas !

Leão Zargo, em 13.09.17

 

carvalho e damas.jpg

 

Carvalho defendeu a baliza do Sporting durante cerca de nove anos, até que Vítor Damas, na época de 1968-69, conquistou a titularidade e iniciou uma nova saga leonina.

 

Mais tarde, depois do falecimento de Damas em 2003, Carvalho referiu-se assim ao seu companheiro de equipa: “O Vítor tornou-se num dos meus ídolos. Substituiu-me num jogo com o Belenenses em que me lesionei e a partir daí passou a titular da equipa. Eu próprio, depois de uma ausência prolongada, queria que ele continuasse como primeiro guarda-redes, pela qualidade que tinha. Um dado curioso: nunca me tratou por tu, como lhe pedi por várias vezes. Sempre por sr. Carvalho”.

 

Damas vestiu a camisola leonina pela primeira vez em Fevereiro de 1961, quando uma equipa de juvenis do Sporting defrontou o Palmelense. Depois, o que se seguiu faz parte da história do futebol português até um Académico de Viseu – Sporting, no Estádio do Fontelo, em 27 de Novembro de 1988. Foi o último jogo do inesquecível guarda-redes, que equipou de leão em mais de 700 jogos.

 

Em memória de Vítor Damas, a baliza do topo sul do Estádio José Alvalade foi baptizada com o seu nome em 2009. Hoje, 13 de Setembro de 2017, completam-se catorze anos sobre o seu falecimento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.09.2017 às 11:33

Excelente artigo caro Leão Zargo, e muito oportuno.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 13.09.2017 às 11:54

O enorme Vítor Damas! Um comandante com os companheiros, um cavalheiro com os adversários.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 13.09.2017 às 12:16

Leão Zargo

É uma homenagem justa, de um dos nossos melhores guarda-redes. que defenderam as nossas cores. Tive o privilégio de ser amigo dele, pois crescemos no mesmo bairro, e muitas vezes fui ao futebol na companhia do seu Pai, pois não perdíamos um jogo em Alvalade e em localidades próximas de Lisboa.

Durante vários anos não nos encontrámos, pois fomos residir para sítios diferentes. O destino quis que nos encontrássemos no Alentejo, quando o SCP disputou um jogo para a Taça de Portugal. Falei com ele, trocámos um abraço, ficou admirado, por me ver neste local, disse-lhe que era director de futebol desse clube, e quando passou o Jaime Pacheco teve a habilidade de me apresentar esse enorme jogador dizendo que eu era um amigo de infância.

Por curiosidade o Damas morava junto a um grande amigo meu , também Sportinguista e oriundo do mesmo bairro Arroios e quando este me telefonou a dar a notícia da sua morte, foi para mim um dia muito triste.

É bom recordar estes Homens que souberam honrar a camisola do seu clube.

Saudações Leoninas Fernando Albuquerque



Imagem de perfil

De Leão Zargo a 13.09.2017 às 15:12

Caro Fernando Albuquerque

É muito bela a sua memória pessoal de Vítor Damas e são muito justas as suas palavras sobre ele e o pai António Damas Oliveira. Na realidade, foram dois grandes sportinguistas, dois lagartos à maneira antiga. O nosso inesquecível guarda-redes foi sempre uma referência no que refere à urbanidade do trato com todos os que se relacionavam com ele.

É importante recordar homens como eles, tem razão, até porque são raízes do nosso Clube. E onde não existem raízes não há vida!

SL
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 13.09.2017 às 18:09

Leão Zargo

Agradeço me ter recordado o nome do Pai, pois tentei dizer o nome mas a memória já me atraiçoa. Durante a semana íamos confraternizar para um café que se chamava Perús, salvo erro, na Praça do Chile. Já lá vão 40 anos que saí dessa zona e passo lá muitas vezes, mas não paro para ir rever amigos, pois temos um almoço que efectuamos de vez em quando, da rapaziada que foi criada nessa zona de Arroios. Entre eles apareceu algumas vezes o João Campos, que foi durante muitos anos campeão de ténis de mesa envergando a camisola do SCP. . É bom recordar estes episódios.

SL Fernando Albuquerque
Sem imagem de perfil

De Leão da Guia a 13.09.2017 às 12:39

Justíssima referência a um dos grandes ídolos do Sporting dos anos 60.

Todavia, lamenta-se que o lendário João Azevedo – o jogador que conquistou, até ao presente, o maior número de títulos para o Sporting: 23 (9 campeonatos nacionais, 9 campeonatos de Lisboa, 4 Taças de Portugal e uma Taça Império), mantendo ainda o impressionante, e talvez imbatível, recorde nacional de 159 jogos de baliza inviolada – continue vítima de tão condenável como incompreensível esquecimento por parte do nosso Clube, que deve à memória do mítico guarda-redes, um dos maiores de sempre, “o Violino das Baliza”, a consagração absolutamente justificável e merecida.

No mínimo, a atribuição do seu nome à segunda baliza do Estádio.

Há que honrar e recordar aqueles que, ao longo dos tempos, construíram a gloriosa história do Sporting Clube de Portugal!

Sem imagem de perfil

De Balajic a 13.09.2017 às 13:41

Subscrevo em absoluto!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 13.09.2017 às 15:21

Leão da Guia

É muito adequada (e de que maneira!) a sua referência a João Azevedo, o “Hércules do Barreiro”! Sabe-se que ele tinha um temperamento difícil pois era muito frontal. Naquele tempo, nos anos 40, a frontalidade era ainda considerada um inconveniente em alguns.

Mas, é bom recordar que Azevedo para além dos títulos que conquistou era um guarda-redes com classe excepcional e possuía uma fibra e espírito de luta invulgares. Ele jogou em condições físicas muito precárias mais do que uma vez, até porque ainda não havia a possibilidade da substituição do guarda-redes.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 13.09.2017 às 13:42

Caro Leão Zargo,

Obrigado pelo post!

Grandíssimo Vítor Damas! Que descanse em paz!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 13.09.2017 às 15:23

Balajic,
tem razão, o grandíssimo Vítor Damas é uma das referências maiores do nosso Clube!
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 13.09.2017 às 14:34

GRANDE DAMAS! Serás sempre grande, és um dos meus ídolos de menino!
RIP grande campeão!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 13.09.2017 às 15:25

Paulo Salcedas

Houve gente a ir ver jogar o Sporting só para ver Vítor Damas a jogar à baliza. É um dos maiores elogios que se pode fazer a um guarda-redes!
Sem imagem de perfil

De Angelo Filipe a 13.09.2017 às 16:32

Tenho como grandes memórias dele que vi ao vivo o Sporting-Benfica em que ele faz aquela defesa imortal a um remate do Eusebio. O Sporting-Rangers em que penso que ele defende 4 penaltys e somos eliminados pelo equivoco do árbitro dos golos fora e de um Montijo-Sporting no Montijo empate 1-1 em que ele é agredido pelos adeptos locais com uma bandeira e sai do campo a jorrar sangue mesmo ao meu lado.
Eterno Descanso para ele.
Imagem de perfil

De PSousa a 13.09.2017 às 16:59

Um dos jogadores que me fez ser do SCP foi precisamente DAMAS. Em miúdo gostava\sonhava ser GR, e fui durante os tempos de escola até ao 7º ano, no entanto o meu jeito de Valdir Peres (GR do Brasil) tanto fazia grande exibições como ao minuto 90, 100, 180 (na altura dependia do roda aos 5 acaba aos 10) poderia dar a maior casa do Mundo tipo palacete de Belém! Ah ah ah Depois subi no terreno para ser Extremo ou PL... já conseguia não dar "casas" eh eh eh e marcar uns golitos.
Lembro-me de ir ao estádio para ver DAMAS, um dos meus ídolos!

Obrigado DAMAS!
Leão Zargo, agradeço também a si, este POST que toca em muitos Sportinguistas e não só!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo