Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Reflexão do dia

Rui Gomes, em 14.12.17

 

p000005026.jpg

 

É extremamente chocante, e até penoso, que os múltiplos eventos destinados a exaltar o sportinguismo, a solidificar o espírito de união e de fidelidade entre os sportinguistas, a celebrar os sucessos desportivos do nosso Clube, a homenagear os feitos dos seus atletas, a dignificar a memória da Instituição – tais como os do Grupo Stromp ou do Rugido do Leão e os aniversários dos núcleos ou filiais espalhados por todo o Mundo – sejam sistemática e veementemente infectados ou até sabotados pelas despropositadas intervenções coléricas, acusatórias, arrogantes e agressivas, geralmente eivadas de ordinarice, do personagem alucinado e paranóico que ocupa actualmente a presidência do centenário Sporting Clube de Portugal. Intervenções que transformam, deploravelmente, o festivo ambiente leonino num acontecimento deveras desconfortável, depressivo e fomentador de divisionismo.

A propósito da pertinente observação do leitor Lusitanista acerca da tendência para a perpetuação dos presidentes de colectividades desportivas, convém talvez reflectir no facto de alguns dos maiores devedores pessoais ao fisco e aos bancos portugueses (ligados à construção civil e ao imobiliário) se encontrarem confortavelmente refugiados como altos dirigentes de populares clubes de futebol…  

 

Leão da Guia

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:24

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 14.12.2017 às 10:45

Reitero a observação que fiz.

Existe aliás 2 grandes exemplos do "refúgio" que a presidência de um clube grande dá.

Um é o Vale e Azevedo, que mesmo se sabendo do roubo que estava a fazer ao Benfica, só lhe pegaram quando saiu da presidência.

O outro é Pinto da Costa, que até a polícia judiciária do Porto lhe avisou que ia a casa dele com um mandato de captura e fazer uma busca de documentos...... É qualquer coisa de surreal.


O próprio Azevedo de Carvalho, só lhe é permitido isto tudo por estar na presidência do Sporting. E também será, especulo eu, uma das razões por estar tanto desesperado na sua perpetuação......


Claro que estas coisas só se confirmaram quando saírem da presidência..... o que pelo andar da carruagem está dificil de acontecer....

Limitação de mandatos, é uma solução ajustada, para mim.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.12.2017 às 11:30

É uma consideração que merece profunda reflexão. Não deixa de ser uma faca de dois gumes, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos com os presidentes. Dois mandatos de quatro anos cada. Garante a democracia, na generalidade, e muito embora afaste os maus, também os faz com os bons.
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 14.12.2017 às 12:25

Tudo o que seja em favorecimento da Democracia, sou completamente a favor. Uma perpetuação no poder não é nada mais que uma ditadura.

Naturalmente que isso só se torna evidente com maus resultados (seja no futebol, na política, onde for).

Com os maus resultados, só é possível a pertuação através de ditadura agressiva. É o caso do Sporting.

No caso do Benfica, já o foi agressiva: Relembrar os tempos em que LFV alterou os estatutos do clube e antecipou as eleições ou quando até inventou que uns espanhóis queriam comprar o Benfica.... Agora é "pacífica" porque colocou a oposição como vice-presidentes e.... o Benfica é Tetra-Campeão. É, diria, normal essa "pacificação".

No caso do Porto, já o foi agressiva: Relembrar os anos 80 e 90 onde até ameaças de bomba de inventou e se insistiu numa "guerra" fictícia entre o Norte e o Sul.... depois o Porto até penta-campeonatos ganhou... agora que já vai em 4 anos sem um único titulo, nem uma Taça da Liga, nada de nada... a contestação já se começa a ver...

No caso do Sporting, há pouquíssimos resultados desportivos e os financeiros estão do mais martelado possível.... Só uma comunicação muito agressiva é que permite a criação de um "inimigo", como justificação, dos profundos falhanços da presidência.... Com o grande foco nesse "inimigo" se retira a foco nos resultados práticos da presidência. No inicio tentou-se que o "inimigo" fosse o Porto. Em teoria um "inimigo" fácil, devido ao Apito Dourado e a todas as escutas no YouTube e ainda a toda a informação nos bastidores sobre as práticas de corrupção no Porto que iam desde o doping, às coações a árbitros (famoso guarda Abel, entre outros) e pura corrupção (passagens para o Brasil e prostitutas...).... Mas a verdade é que estava a ter pouco impacto nos Sportinguistas.... talvez por já ser um assunto que o Dias da Cunha e o próprio Benfica trouxeram à discussão várias vezes.... Então o alvo para "inimigo" mudou... passou para o Benfica. E com um resultado deveras surpreendente para mim. Conseguiu-se transformar um "rival" num "inimigo" em pouquíssimo tempo. Azevedo de Carvalho passou a referir-se ao Benfica em todas, todas, todas, todas as suas 'aparições' e na maioria dos seus posts facebookianos. E funcionou e, espantosamente, continua a funcionar... E assim se perpetua no poder, com uma comunicação muito agressiva (refiro mais à intensidade de propaganda do que propriamente aos termos nela utilizados).

E atenção, com isto não estou a dizer que o Benfica ou o Porto são "anjinhos". A questão é outra. É a identificação do "meio" para se atingir um "fim" (neste caso o da perpetuação no poder).

Não nos esqueçamos que estamos a falar de uma pessoa que na prática era um falhado profissionalmente (as questões pessoais pouco me interessam. Se já vai na 3 ou 4.ª mulher, não é da minha conta). E este enorme "tacho" no Sporting, dará para saudar as suas imensas dívidas e criar uma fortuna.... Não tenho dúvidas que irá até às últimas consequências para perpetuar-se na presidência no Sporting.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo