Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_605x340$2018_01_16_12_08_43_1354558.jpg

 

O relatório do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) à bancada do estádio da António Coimbra da Mota, palco do Estoril-FC Porto que foi interrompido na última segunda-feira, revela que a estrutura não está, nem nunca esteve em risco de colapsar.

 

De acordo com o parecer redigido pelo organismo, na sequência das vistorias efectuadas na terça-feira, e assinado pelo investigador-coordenador José Manuel Catarino, a área interior - onde foram registados os maiores danos - é "uma estrutura independente" da bancada.

 

Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, divulgou entretanto que irá tomar uma posição pública na próxima semana explicitando alguns pontos do documento do LNEC.

 

Leia o comunicado na íntegra:


"A Câmara Municipal de Cascais acabou de receber, tal como previsto, o relatório preliminar do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) com a avaliação por nós solicitada, da bancada nova do Estádio António Coimbra da Mota.

Com a equipa de técnicos municipais, estudarei o relatório nas próximas horas. Juntamente com toda a informação urbanística que já compilámos, assim com o levantamento do desenvolvimento histórico do Estádio e de toda a zona envolvente, tomarei uma posição pública na próxima semana.

Sublinho, contudo, que o relatório preliminar dissipa todas dúvidas: a segurança da estrutura e dos adeptos nunca esteve em causa. Nem no jogo de 15 de Janeiro, nem no passado. E isso, para nós é o essencial, nomeadamente quando refere:

Ponto 4 do documento: " A zona interior da bancada é utilizada para acessos, instalações sanitárias, bares, arrumos e postos de socorro. É constituída por uma laje, betonada, directamente sobre o aterro (laje térrea) e contra os pilares, sem ligação estrutural. Nessa laje, apoiam-se as paredes divisórias interiores (de alvenaria de blocos). Esta zona interior é, assim, uma construção independente da estrutura da bancada.

Ou, no Ponto 6 do documento: "Já no que se refere à estrutura da bancada, até à data não foram detectadas evidências de comportamento estrutural anómalo, ie: nem nas visitas de inspecção realizadas ao local foram observados indícios de comportamento deficiente da estrutura; nem foi, até à data, fornecido ao LNEC nenhuma informação que indicie algum comportamento anómalo no passado".

A Câmara Municipal de Cascais, como autoridade máxima sobre a gestão do território, continuará junto do Estoril Praia a acompanhar todos os desenvolvimentos futuros sobre este caso, em colaboração do Laboratório Nacional de Engenharia Civil."
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De João a 22.01.2018 às 11:12

Ninguém comenta? As alianças dão nestas coisas.
Sem imagem de perfil

De MG a 22.01.2018 às 12:37

Alianças? Acho que é mais acasalamento, como diz o Jesus.
Imagem de perfil

De PSousa a 22.01.2018 às 12:38

Ainda há quem trabalhe e não possa vir aqui pelas primeiras horas da manhã, mas a sua cor encarnada não o deixa pensar!

Eu vou comentar, já que estou no meu período de almoço.

Perante este relatório e ao que aconteceu no estádio, invasão de campo dos adeptos do FCP, quem é que pode perder os 3 pontos na secretaria? Só mesmo o FCP por invasão de campo! Por isso, na minha opinião, é que os outros 45 minutos se vão realizar a dia 21 de Fevereiro.
No entanto esta situação não me deixa satisfeito, porque não foram cumpridos os regulamentos da liga, abriu-se a caixa de Pandora?
Finalmente o que eu espero dos 45 minutos, que o resultado fique o mesmo dos primeiros para que assim o campeonato ainda fique mais disputado até ao fim!
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 22.01.2018 às 14:41

Depois deste relatório o Francisco J. Marques vai passar o tempo à procura de algum e-mail entre o LNEC e o Benfica...
Sem imagem de perfil

De Pastor a 22.01.2018 às 19:53

Tive acesso ao relatório. Li com atenção e lá está dito claramente que " a unica coisa em risco era a vitória do FCP."

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo