Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

18329820_kGVtA.jpg

Em meados de 2013 Bruno de Carvalho anunciou que, em breve, teria início a auditoria que prometera durante a campanha para as eleições de Março desse ano. A expectativa era enorme, sendo assunto nas redes sociais e nas conversas entre sportinguistas.

 

A imprensa, mesmo a de referência, deu larga cobertura. Entrevistado para o Jornal de Negócios, em 25 de Setembro de 2013, e questionado sobre se suspeitava de corrupção no Sporting, Bruno de Carvalho respondeu de forma sibilina:Aquilo que eu como sportinguista digo é: se não houve negligência e gestão danosa, foi um azar muito grande do Sporting. Vamos ter de ver com a auditoria de gestão se fomos o clube mais azarado do mundo ou se houve realmente negligência ou gestão danosa.”

 

Dos anteriores presidentes, foi Dias da Cunha quem se referiu à auditoria em tom de maior desagrado, pelo que mereceu uma reprimenda pública do presidente do Sporting, tendo este afirmado que “Dias da Cunha está na auditoria e terá de ter algum cuidado. (…) Ele devia preservar-se.” Entretanto, o nome de pessoas e a sua honra eram arrastados na lama, havia quem exigisse a expulsão de sócios e clamasse por justiça. Ainda a auditoria não se tinha iniciado e para muitos sportinguistas já havia culpados. Nomes circulavam um pouco por todo o lado.

 

Na Assembleia Geral de 4 de Outubro de 2013, Pedro Bacelar Gouveia, presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar, informou que a auditoria analisaria o período de 2 de Junho de 1995 a 27 de Março de 2013 e que teria cinco fases correspondentes a cada um dos mandatos desde Pedro Santana Lopes até Godinho Lopes e quatro áreas distintas (gestão imobiliária, gestão desportiva, gestão dos bens e serviços e gestão dos recursos humanos). A auditoria, com uma duração máxima de treze meses, na primeira fase verificaria o mandato de Godinho Lopes e a gestão imobiliária dos últimos 18 anos.

 

Algum tempo depois, em 10 de Dezembro de 2013, o Diário de Notícias informava que o Sporting tinha assinado uma parceria com a Mazars & Associados para a realização da auditoria de gestão ao Grupo Sporting, iniciando-se os trabalhos em 2 de Janeiro de 2014. Bruno de Carvalho presente na cerimónia de assinatura da parceria comunicou que os resultados finais seriam revelados em Março de 2015 e que no fim da apreciação de cada mandato presidencial, cerca de 60 dias, seria apresentado um relatório preliminar até às conclusões definitivas. Foi informado que o estudo às contas leoninas feito pela empresa Mazars & Associados custará aos cofres do clube 319 mil euros.

 

Posteriormente, em nota divulgada no site oficial do clube em Maio de 2014, o Conselho Directivo e o Conselho Fiscal invocaram a “complexidade dos assuntos” e a “quantidade de documentos a analisar” para justificar que dificilmente o prazo de conclusão da auditoria seria cumprido. Imperou o silêncio depois desta nota no site do clube.

 

Entretanto, chegou-se ao final do mês de Abril e, sobre esta matéria, instalou-se uma cortina de silêncio e de omissão que, aliás, é extensivo a outras áreas cruciais da vida do clube. Bruno de Carvalho garantiu que “a auditoria é um processo em que todo o Sporting está envolvido e é importante que com esta auditoria se possa esclarecer o passado para se olhar de forma tranquila para o futuro". Para quando a informação que foi prometida aos sportinguistas? Ou, será que nas palavras de premonitórias do seu presidente, o Sporting é “o clube mais azarado do mundo”?

 

Por exemplo, o relatório preliminar sobre o mandato Dias da Cunha deveria ter sido apresentado até 31 de Março de 2015. O mesmo Dias da Cunha que Bruno de Carvalho recomendou que se preservasse. No entanto, Dias da Cunha tem direito à informação e, como o actual presidente, à honra e ao bom nome. A verdade e a transparência, para além do rigor e da exigência, obrigam ao cumprimento escrupuloso dos prazos. 

 

Não é aceitável uma auditoria de branqueamento sobre qualquer tipo de irregularidades cometidas por membros de órgãos sociais do clube. Aconteceu no passado e conhecem-se as consequências. Mas, igualmente, não é aceitável que a auditoria constitua um instrumento de gestão do poder e uma arma de arremesso a ser utilizada de forma cirúrgica conforme as conveniências. Se não cumprir a sua finalidade, a auditoria constitui um grave risco, funcionando como um espelho que não revela a realidade, mas o seu oposto. E isso seria trágico para o Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


76 comentários

Sem imagem de perfil

De Alexandre Marques a 29.04.2015 às 11:45

Auditoria ?? Isso agora não interessa nada, o Sporting é nosso
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 12:03

Alexandre Marques

Pois é, estou nessa e aí é que está o busílis da questão. De tanto se ouvir gritar que é nosso alguns esquecem-se dos seus direitos de propriedade! ;)
Abraço
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 29.04.2015 às 11:54

Fase 1 foi concluída, com apresentação em AG em 5 de Outubro.

Fase 2 foi concluída, com sessão de esclarecimento aos sócios em 19 de Dezembro.

Todas com atraso relativamente ao calendarizado.

Tenha calma.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 12:00

Lion73

Tenho calma, não se incomode Lion73. Mas, entretanto, das fases 3 e 4 já deveriam ter sido apresentados os relatórios preliminares de acordo com prazos marcados num segundo momento.
A transparência, o rigor e a exigência devem começar dentro de portas... senão pensar-se-á que são palavras de vento.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 29.04.2015 às 12:13

AUDITORIA DE GESTÃO

O Sporting Clube de Portugal vem comunicar que o Conselho Directivo e o Conselho Fiscal e Disciplinar deliberaram no sentido da continuidade dos trabalhos da Auditoria de Gestão e a consequente extensão dos prazos inicialmente estabelecidos com o intuito de não colocar em causa a qualidade das suas conclusões.
Devido à complexidade dos assuntos, à inequívoca e intransigente vontade do Conselho Directivo e do Conselho Fiscal e Disciplinar em indagar, até ao mais ínfimo detalhe, todos os factos marcantes na história do nosso Clube e que de uma vez por todas dê aos sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal o conhecimento pormenorizado que permita, finalmente, o apuramento da verdade, foi tomada esta decisão.

Por isso, a quantidade de documentos a analisar é substancialmente superior à inicialmente prevista, havendo mesmo, documentação anterior a 1995 que teve necessidade de ser analisada. Acontece que vária documentação, devido aos anos decorridos, apresenta um mau estado de conservação, para que contribuiu também o deficiente armazenamento a que foi sujeito, o que vem dificultar a sua leitura.

Perante tudo isto, é convicção do Conselho Directivo e do Conselho Fiscal e Disciplinar que é preferível atrasar os prazos, garantindo assim a qualidade da auditoria.

Queremos ainda assegurar que o acompanhamento do trabalho está a ser feito de perto pelo Conselho Directivo e pelo Conselho Fiscal e Disciplinar, os quais não irão permitir qualquer interferência externa que possa colocar em causa a qualidade do trabalho e o apuramento da verdade.

Recordamos que o trabalho se iniciou na data prevista, em 2 de Janeiro de 2014, estando a ser realizado com o máximo de empenho, sendo que os contratempos anteriormente referidos apenas se vão reflectir no tempo, mas nunca na qualidade do trabalho.

Todos os factos descritos não acarretam qualquer custo adicional ao Sporting Clube de Portugal, pois desde início todos tinham a consciência que o trabalho tem um fim, e esse é o do apuramento detalhado de todos os factos relevantes da gestão no Sporting Clube de Portugal, de 1995 a 2013.

Oportunamente o Conselho Directivo e o Conselho Fiscal e Disciplinar comunicarão aos sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal as datas atualizadas para a conclusão da primeira fase e consequentes atrasos nas fases seguintes do processo de Auditoria de Gestão.

Comunicado do clube, em 13-03-2014

2 fases estão concluídas, apresentadas aos sócios e estiveram inclusive disponíveis para consulta, no clube ( não sei se ainda estão ). Inclusivamente medidas foram tomadas ( e aprovadas pelos sócios ), com base na Fase 1.

Pressuponho que a Auditoria, a cargo de uma entidade competente, continua a registar os mesmos problemas que foram enunciados pelo clube e os atrasos se continuarão a verificar.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 12:34

Lion73

Agradeço a transcrição do comunicado do Sporting datado de Março de 2014, mas refiro-o indirectamente no meu post a respeito da alteração do prazo.

Sobre este assunto possivelmente temos opiniões diferentes: eu encaro os que foram eleitos para os órgãos sociais como nossos representantes que nos devem esclarecimento e prestação de contas. Um ano é muito tempo.
Em rigor, não sei o que o Lion73 pensa sobre esta matéria, mas quando envolve questões de honra ainda é mais urgente que haja transparência nas palavras e nos actos.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 29.04.2015 às 12:17

Caro Zargo,

Apenas queria fazer-lhe uma pergunta ... que é:

Se o Zargo pertence aquele grupo de associados que demonstrou publicamente que era contra a auditoria, pergunto isto para perceber a coerência da sua critica.

SL,
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 12:41

Sérgio Palhas

Eu não fui nem sou contra a auditoria, mas sempre temi pela forma como foi anunciada durante a campanha eleitoral que se destinasse a uma espécie de caça às bruxas.
Li o que se escreveu em muitos blogues leoninos nessa altura e quando foi anunciada no 2º semestre de 2013. Escuso de repetir o que foi afirmado por muitos, mas envergonho-me que, mesmo sem haver provas, inúmeros sportinguistas tenham afirmado acusações terríveis.

Em suma, não é uma auditoria que eu temo, mas o contexto e o espírito em que é lançada.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 29.04.2015 às 13:22

Acho que é perfeitamente compreensivel este atraso - por serem questões de honra e da maior importancia, mais do que a celeridade do processo é fundamental o seu acerto e que seja o mais rigorosa possivel

Espero, no entanto que não demore muito mais, espero que o presidente seja claro também a apresentar os resultados, porque mesmo não havendo materia para precessos, creio que o que todos queremos saber é como chegamos à situação extrema de há 2 anos e quem são os principais responsáveis - por uma questão de justiça (para todos) e para evitar que no futuro se cometam os mesmos erros

A auditoria foi sem duvida um trunfo de campanha - se calhar até dispensável, mas já que foi prometida e iniciada - agora é levar até ao fim e esperar pelas conclusões, sejam elas quais forem
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 29.04.2015 às 14:23

iorda9 +1
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 14:57

iorda

Por haver aspectos relacionados com questões de honra e de carácter não é compreensível o atraso do processo de auditoria.

Houve tempo para planear e contratar uma empresa especializada. O início em 2 de janeiro de 2014 foi marcado com vários meses de antecedência. Em março de 2014 reconheceu-se a impossibilidade de cumprir o prazo. Estamos a 20 de abril de 2015 e impera o silêncio.

Não há direito, se eu estivesse no lugar de pessoas que foram acusadas sem prova sentir-me-ia enxovalhado. Trata-se de pessoas com familiares, nomeadamente crianças que leram ou ouviram que os seus familiares são pessoas horrendas. O assunto é sério porque trata-se daquilo que é mais importante em cada um de nós.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 29.04.2015 às 15:36

Tão séria como a honra das pessoas é a espiral de decadência do Sporting, que caiu num cenário de pré falência, fruto de gestões incompetentes e que nunca foram responsabilizadas.

Hoje em dia andamos preocupados com o Facebook do presidente, com o seu perfil comunicacional e o seu carácter narcisista, há uns anos andávamos a discutir a sobrevivência do clube, mas com pressupostos sérios e comprovados e não com base em teorias da conspirações e azias de natureza pessoal.

A auditoria tem tido atrasos? Tem. E? 2 fases estão concluídas e os seus resultados comunicados, brevemente teremos os resultados da seguinte. Certamente que não vai deixar de ser feito aquilo que tem que ser feito e analisado, à conta de uma calendarização prévia que não foi possível cumprir.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 15:49

Lion73

Cada um escolhe aquilo que estabelece como a linha orientadora das suas preocupações e exigências morais e sociais. Se o Lion considera que o que respeita ao bom nome de outra pessoa é algo que pode esperar sem questionar aqueles que dominam processos informativos é algo que lhe diz respeito e que eu tenho de aceitar.
Espero é que, no futuro, não altere as premissas que determinam a sua opção de agora.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 29.04.2015 às 16:05

Não deixas de ter alguma razão, mas essas pessoas estão expostas a criticas ( muitas delas se calhar injustas) desde que optam por integrar cargos mediaticos e nem acho que os resultados da auditoria mudem muito o que a maioria dos Sportinguista pensam deles

O mesmo acontece com BC e por exemplo inacio - desde que a sua candidatura (logo em 2011) tomou certas proporções, que se vêm reproduzidas acusações de burla, falencias, dividas ao fisco etc

Não são todos que têm a coragem de se sujeitar a tudo isso e é por isso que da minha boca nunca ninguem ouvirá um unico insulto a um presidente do Sporting


Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 16:46

iorda

Mas tu sabes que há pessoas que foram vilipendiadas. Tenho a certeza que leste e ouviste. Por isso é urgente.

Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.04.2015 às 20:09

Perdoe a intromissao, mas foram vilipendiadas onde? Em blogues? Em comentários a notícias no site de A Bola? Qualquer figura pública está sujeita a ser caluniada debaixo do anonimato na Internet, todos os dias...

Se alguém considera que foi caluniado e que se atentou ao seu bom nome, nao tem mais a fazer do que colocar uma queixa na justica (espera... o presidente do Sporting fez isso mas farta-se de ser criticado por o ter feito).

Uma coisa é o atraso da auditoria que nao é muito aceitável (sou dessa opiniao) e sobre o qual gostaríamos de ter mais informacoes. Também eu acho que nao se deve demorar muito mais tempo no apuramento da verdade, apesar de por vezes quase preferir que nao se saiba realmente o que aconteceu porque as consequencias podem ser desastrosas...

Outra coisa é uma suposta "defesa do bom-nome" de certos dirigentes e ex-dirigentes... Isto num blogue onde se insulta gratuitamente de forma semanal o presidente do Sporting...
Haja coerencia, de facto.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 21:02

Petinga
Surpreende-me que o Petinga não se tenha apercebido de calúnias ao bom e à honra de pessoas antes de se ter concretizado qualquer processo de inquérito ou de auditoria. Se o Petinga não se apercebeu é porque anda distraído.
A própria afirmação de BdC na entrevista ao Jornal de Negócios, na minha opinião, é subliminar. Em si própria diz muito.

Pensaria que o Petinga defende o direito de qualquer ao bom nome e que se indignaria quando isso não se verificasse. Afinal, lava as mãos como Pilates e considera que o problema não é seu.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 30.04.2015 às 05:00

Nao sei de que afirmacoes está a falar. Sao de pessoas reais ou comentadores na Internet? E a que frase de BdC está a referir-se? Palavra de honra que nao sei.

Se as afirmacoes sao assim tao graves, quem as proferiu deve ser levado à justica. Ou acha que me cabe a mim zelar pelo bom nome de toda a gente??? Se assim fosse, nao teria tempo sequer para fazer mais nada durante o dia...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.04.2015 às 08:41

Petinga

A frase de BdC é a que consta no post, em resposta a uma pergunta do Jornal de Negócios.
As frases foram pronunciadas um pouco por todo o lado, lamento se não se recorda.
Já li comentários exprime conceitos de honra e de moral. É a primeira vez em que leio uma afirmação sua como a do último parágrafo em que revela despreocupação com o que se passa.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 30.04.2015 às 15:37

Vejo que nao me consigo fazer entender. Vamos por partes entao:

1. A frase sobre "o clube mais azarado do mundo e gestao danosa" é grave?? Permite a quem a proferiu nao caluniar ninguém sendo ao mesmo tempo subliminar e - se me permite - com um toque de humor. Talvez também truculencia, mas falamos de BdC...

2. Mas de que despreocupacao fala?? E que afirmacoes foram feitas? Por quem? O Zargo parece-me andar numa caca às bruxas por causa de uma auditoria que ela própria nao deveria tornar-se numa.

3. Repito o que escrevi acima: se alguém se sentiu lesado no seu bom nome, deve recorrer aos meios judiciais. Calúnia e Difamacao sao coisas graves. Mas nao sou eu quem decide se foram ou nao cometidos! Ou o Zargo tem competencia judicial para decidir quem foi ou nao caluniado?

4. Se acha que isto é despreocupacao, nao sei que lhe diga...

Em suma: que deveria haver mais celeridade na conclusao da auditoria, de acordo. Que mais informacao deveria ser providenciada o quanto antes, de acordo.
No resto, aconselharia a que nao percamos tempo a inventar problemas onde eles nao existem - e onde nao temos autoridade legal para decidir se existem sequer os ditos problemas...
Há outros temas onde fará mais sentido criar tempestades em copos de água.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.04.2015 às 16:12

Petinga
1. Escrevo que a frase é subliminar. O Petinga sabe o que é e fará o seu entendimento.
2. Considerei que é assunto que não o incomoda, e confirmo neste comentário.
3. O mesmo que no ponto anterior.
4. O mesmo que no ponto anterior.

Ficamos assim, Petinga, cada um com a sua opinião!
Sem imagem de perfil

De rigaboss a 30.04.2015 às 16:17

o petinga não fala é da resposta dada a dias da cunha, em que o presidente disse que ele devia estar calado que a sua presidência também iria ser alvo.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 30.04.2015 às 16:58

E o rigaboss também se "esquece" de referir que, a partir daí - imagine-se! - Dias da Cunha calou-se...
Sem imagem de perfil

De rigaboss a 30.04.2015 às 17:59

e o caro alex queria que dias da cunha continuasse o bate boca porque?

fez senão bem em ignorar o que o presidente disse.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 14:20

Convém é dizer, já agora, que também o Senhor agora-sou-Peyroteo-mas-depois-já-sou-só-Couceiro-outra-vez também tinha prometido auditoria de gestão, não vá alguém "esquecer-se", querendo com isso passar a ideia de que só "o Bruninho" (como gostam de lhe chamar) é que teve a estratosférica ideia de a fazer...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 15:00

Alex

Sobre esse aspecto eu afirmei ao Sérgio Palhas o que penso. Não há necessidade de ir buscar o Peyroteo-que-já-não-é-Peyroteo, porque eu sou já crescidinho e responsável por aquilo que escrevo.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 15:28

Precisamente por causa disso, caríssimo Zargo. Era só para lhe lembrar que há gente com memória.

De resto, muito prezo em saber que se está, hoje, exponencialmente muito mais atento que no passado, quando inclusivamente se apresentavam auditorias financeiras (ainda por cima feitas com aritmética de merceeiro [ou terá sido aritmética de engenharia química?]) que nunca estiveram disponíveis aos sócios. A tal transparência, não é?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 15:52

Alex

Deixe-se de paternalismos deslocados do contexto. Há muito que me preocupo sobre tudo o que diz respeito ao Sporting. E a propósito de "aritmética de merceeiro" leia o que escrevo no post porque afirmo aquilo que penso sobre essa matéria.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 15:55

Sobre que matéria? O que você refere no texto é relativo a algo completamente diferente. Eu estava a falar de José "Nobre" Castro Guedes, o Engenheiro Químico tido como guru financeiro do Sporting por muitos anos. Deixe o Zargo de se fazer desentendido...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 16:11

Alex

Não me estava a fazer desentendido, até porque estava longe de perceber que se referia ao Eng. Químico José Filipe de Melo e Castro Guedes. Peço desculpa pela minha ingenuidade. Este antigo dirigente do Sporting integrou a equipa de Soares Franco e, depois, de Eduardo Bettencourt. Ora, o preclaro Bruno de Carvalho votou na candidatura do Bettencourt, pois acreditou que ele seria uma belíssima simbiose de presidente e de gestor. Imagine! Enganou-se... e de que maneira!
Concluindo, sobre esta matéria não estou habilitado a responder-lhe porque dos presidentes pós-Roquette o único a quem dei o benefício da dúvida foi a Dias da Cunha.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 16:14

A alternativa a JEB (que também muitos se esquecem, como você) era comprovadamente fiável, e chamava-se Paulo Pereira Cristóvão. O mesmo PPC em que, anos volvidos, afinal descobre-se que ninguém votou. O que me leva à intrigante pergunta: como conseguiu ele 10%?

Votar em JEB era tão péssimo mas tão péssimo que teve 90% dos votos da altura. Hoje, como PPC, ninguém votou nele. Claro...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 16:51

Perante esse cenário, surpreende-me que o preclaro Bruno não tenha avançado perante o desatino que se adivinhava para o Sporting. Mas votou JEB, porque, nas suas palavras, “Decidi então votar em José Eduardo Bettencourt, que, na minha opinião, poderia representar um misto de presidente e sócio-gestor.”
Leia a entrevista no Público que perceberá melhor o que o divino julgava em 2009!
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 16:56

Sim, o "Bruninho" é um desgraçado por ter votado em JEB como praticamente toda a gente, os mesmos que hoje clamam não o ter feito. E depois? Talvez fosse melhor votar em Paulo Pereira Cristóvão, o paladino anti-croquette da altura... ou se calhar não.

Acho engraçado até que o Zargo se refira ao "Bruninho" como "o divino", sendo que suas divindades os escribas do Camarote nunca admitem sequer um ínfimo erro de avaliação. Estão sempre certos, mesmo quando não estão.

Às tantas fazem-me lembrar as mulheres: "can't live with or without'em"
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 17:37

Alex

Falando a sério digo-lhe que me engano com frequência. Procuro analisar, estudar, avaliar com seriedade e rigor. E vai daí, quantas vezes estou equivocado!

Esta do divino é ironia e decorre da forma como muitos (e muitos) entusiastas de BdC o encaram como infalível, o topa tudo, o negociador implacável... enfim, alguém com atributos só ao alcance de uma entidade divina! É por isso e não é para levar a mal.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 19:12

Pois da parte que me toca, pode deixar de tentar mandar essa batacoada da pseudo-divindade brunista. Há que ter atenção a quem se dirige e qual a índole ideológica do mesmo. A mim não me assaca você nem ninguém advocacia de que Presidente fôr.

Mas numa coisa tenho que aceder aos extremistas que por aqui amíude comentam os vossos posts: vocês - todos - que aqui escrevem artigos são declaradamente oposicionistas. E isso até nem é mau (nem bom), é uma simples escolha, uma mentalidade, um ideal. O pior é quando entram por extremismos bacocos, tão demagogo quanto o extremismo do outro lado, se é que me entende. Assim, acabam por ser faces da mesma moeda, e eu, se há algo que não quero, é moedas dessas no "meu" - "nosso" - Clube; gastem essas moedas na defesa contra os rivais e demais capitães do anti-Sportinguismo. Aí sim!

Infelizmente, a ponderação, aqui como noutros sítios, é cada vez mais rara. E sabe quem perde? Pois, o Sporting Clube de Portugal. Invariavelmente...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 19:23

Alex
Cada um de nós defende as suas convicções para o Sporting. O Alex fala em extremismos bacocos, mas como calcula isso pode ser nada em termos práticos. Por vezes no meio está a virtude, outras vezes não está nada. Então, como em tudo, prevalece a inteligência, o conhecimento e a consciência de cada um.
Numa coisa estamos de acordo: o importante é o Sporting Clube de Portugal.
Sem imagem de perfil

De Joao a 29.04.2015 às 15:27

Este e' o comentario tipico de alguem que nao tem nada para acrescentar, mas pronto, tem que escrever qualquer coisa para se satisfazer, com a aparente alfinetada que acabou de lancar.

Triste

Em que e' que esta referencia ao Couceiro avanca esta conversa de alguma forma construtiva? Ridiculo.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 15:30

Num pequeno porMAIOR: é que ambos queriam a auditoria de gestão (prometendo-a, ambos, durante as eleições). Ao contrário do que se pretende passar no artigo.

Não se esforce tanto a defender o sócio do Estoril e do Setúbal, que ele não precisa disso...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 16:22

Alex

O José Júlio de Carvalho Peyroteo Martins Couceiro fez uma breve carreira nas camadas jovens do Sporting. Se calhar, sonhava com o tio mas faltou-lhe a arte e o engenho para mais.
Na vida adulta, enveredou pelo que achava que sabia fazer e Bruno de Carvalho em 2011 manifestou-lhe admiração.
Entretanto, muita água correu e os dois defrontaram-se em 2013. Com humildade e elegância Couceiro reconheceu a derrota e retirou-se sem uma palavra de azedume. Não percebo por que razão o invoca agora quando o que está em causa é o cumprimento por BdC da auditoria que prometeu e dos prazos que estabeleceu.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 16:27

Como demonstrado pelo comentário abaixo, a razão pela qual invoco o Senhor hoje-sou-peyroteo-mas-amanhã-já-sou-só-Couceiro-outra-vez é só uma:

Afirmar que AMBOS prometeram a auditoria de gestão, ao contrário da ideia que o Zargo passa (por defeito ou por propósito) no seu artigo. Simples...
Sem imagem de perfil

De carlos a 29.04.2015 às 15:52

A conversa da auditoria foi para enganar os papalvos do costume e ganhar votos! No fundo mais uma manobra orquestrada por bdc para criar animosidade com as direções passadas (que fizeram muita porcaria, isso é incontestável, assim com este também está farto de fazer) e conseguir ganhar as eleições....alguma vez o seu lema "O sporting é nosso" tinha pegado se ele não criticasse o trabalho dos outros e se tentasse diferenciar por essa via?

A questão (óbvia) é que esta é uma análise dificilima de ser feita, sendo que dificilmente poderá haver consequências criminais. Senão vejamos o seguinte cenário:

Bdc disse que ia fazer contratações cirurgicas e afinal fez mais de 30 contratações, sendo que apenas 3 ou 4 são jogadores de futebol. Quando for feita auditoria à gestão do bdc, como é que se pode provar que houve gestão danosa e má fé? É muito dificil, há muitas condicionantes, supostamente todos tinham imenso futuro e no limite e toda a gente pode cometer erros de gestão sem que isso configure um crime. É o que está a acontecer agora, obviamente que não conseguem provar nada e bdc sempre deu mais de 30o mil euros a uns amigos quaisquer para fingirem que trabalham.

Tudo em prol do sporting de carvalho.

Além disso, depois das acusações que ele fez aos antigos dirigentes, se não provar mesmo nada, ainda vai levar com processos por difamação....tudo pago pelo sporting provavelmente
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 15:54

carlos

Palavras preciosas as suas! Certeiras... ;)
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 15:57

"A conversa da auditoria foi para enganar os papalvos do costume e ganhar votos! No fundo mais uma manobra orquestrada por bdc para criar animosidade com as direções passadas (...)"

Vê? Tanta gente esquecida que o Sr José Couc... (err, perdão), José PEYROTEO Couceiro também a prometeu. Será que também queria ganhar votos e e enganar "os papalvos do costume" do outro lado?
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 15:58

"(...) bdc sempre deu mais de 30o mil euros a uns amigos quaisquer para fingirem que trabalham."

Engraçado que tenha escolhido logo uma empresa que até tem ligações a... Godinho Lopes. "Amigos". Pois...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 16:37

Alex

Há conversas que é melhor não iniciar quando o tema são as "ligações perigosas" que pessoas de uma empresa (a Mazars, por exemplo) estabelecem com bancos (o BES, por acaso) e que para fazer um trabalhinho fazem um desconto significativo, tal é a vontade e a necessidade.
Para melhor esclarecimento consulte o blogue Cortina Verde (Maio de 2014).
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 16:41

"Há conversas que é melhor não iniciar quando o tema são as "ligações perigosas" (...)"

E diz-me isso a mim? Não fui eu que falei de cor, atribuindo até à Mazars "amizades" com Bruno de Carvalho, quando bastam 15 minutos para se constatar quem integra a Mazars e que ligações poderão ter e a quem.

Avise ali antes o Senhor Carlos que convém saber do que se fala antes de se falar...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 16:59


Tem toda a razão, Alex, já a Tasca do Cherba se preocupava com a Mazars!

http://atascadocherba.com/2014/03/15/a-auditoria-e-um-aviso/
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 17:04

Até poderia Jesus Cristo ressuscitado preocupar-se também. Se há coisa que a Mazars não tem é ligações a Bruno de Carvalho, quaisquer que sejam e muito menos de amizade.

Mas o Zargo continue l´«a a elogiar quem por aqui comenta falsidades e a avisar-me a mim para temas que classifica "perigosos". A perigosidade só está em quem fala em desconhecimento. Percebe, ou não quer perceber?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 17:52

Alex
Não detectei ligação pessoal de BdC à Mazars, mas são abundantes as pontes com o BES. Quem diz BEZ diz Ricciardi, o "novo" amigo de BdC.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 20:16

Novo amigo apenas por tê-lo elogiado? Só o elogia quem é "amigo" dele? Tenha juízo e um pouquinho de bom-senso.

Entre o "novo" amigo de Ricciardi e os "velhos" amigos do Zé Maria, olhe, venham os "novos" e "velhos" amigos do Carlos Barbosa e escolham...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 21:08

Alex
Devolvo-lhe o "juízo e um pouquinho de bom-senso". Você é especialista em colocar sempre mais alguém ao barulho. Agora, é o Carlos Barbosa, o dos reboques quase de certeza. A sua estratégia é de chutar a bola para a frente para ver se pega uma nova polémica.
No entanto, neste post eu delimitei a problemática. E é sobre ela que me interessa debater.

Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 21:22

O Zargo pode chutar o que quiser, que só dá canto ou auto-golo. Você não demonstra mais nada senão a vontade mais-que-tudo de atacar BdC seja porque meios fôr. Não se preocupa minimamente com o Clube.

O "novo" amigo de BdC, diz você, como se só os "amigos" dele o elogiem. Mantenho, tenha juizinho e um pouquinho de bom-senso que com certeza já tem idade para isso. Leve você a mal ou não leve.

Vocês não são pró-Sporting, vocês são anti ou pró-Prtesidentes. De vocês, caro Zargo, estamos (nós, Sporting. Sim, nós, e não você) fartos!

Passe bem...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 21:33

Alex

Passe bem com a sua prosápia de trazer por casa. E olhe que não faz as coisas por menos, termina a falar em nome do Sporting! Ooopssss...
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 21:43

Prosápia de trazer por casa tem quem lhe fez as unas, percebeu? Eu não falo em nome do Sporting, falo em nome dos adeptos do Sporting, que é uma coisa diferente e que você nunca há-de perceber, porque pura e simplesmente não o é.

Mas olhe, você e a sua lábia de poeta libertino pode continuar na sua demanda infindável à procura de caracóis nas nuvens ou de equipamentos verdes em chamadas Grasshoppers. É isso que faz, afinal. E para além do mais, além de chamar BdC pra tudo e mais alguma coisa (a ver se um dia lhe vemos um post, um mísero post que seja, sobre futebol) ainda tem a descaradeza de se julgar superior a tudo e todos. Excepto os que consigo concordam.

Cuidado é com os chás e com os bolinhos de champagne, não vá ter uma indigestão.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 21:59


Eu a pensar que o Alex falava em nome do Sporting e afinal é apenas em nome dos adeptos do Sporting! Como se costuma dizer "presunção e água benta, cada qual toma a que quer".
Escrevo sobre o que entender e não é V. Exa. que vai o condicionar. No Camarote escrevi sobre BdC, mas também sobre a questão do fosso e do naming para o Estádio, ou sobre grandes nomes do Sporting como Jorge Vieira e Carvalho. Diversifique as leituras!

Olhe que essa de poeta libertino nunca me tinham chamado! Calculo que seja um elogio. E agradeço a preocupação com o champanhe.
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 29.04.2015 às 22:11

"Como se costuma dizer "presunção e água benta, cada qual toma a que quer"."

Também lhe assenta a si, porventura melhor que a mim. Mas só o Zargo poderá dizer se é a carapuça ou se são só "luvas". Os pavões que dão de comer às hienas devem regozijar-se com os seus escritos.

Quando o vir falar sobre aquilo que não se atreve, que é o Futebol - e nisso tenho que dar valor ao Rui, porque o faz - talvez lhe dê uma palavrinha de incentivo. Ou duas. Até lá, o Zargo lá se vai reservando aos posts "políticos", que é isso que alimenta a malta. Até digo mais, são os seus posts e o meu despertador matinal, fazem uma falta desgraçada na vida de qualquer um...

"Como se costuma dizer "presunção e água benta, cada qual toma a que quer"."
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 22:45

Li o seu comentário e espantei-me com a desfaçatez. De facto, o Alex Bórgia faz jus ao seu homónimo Alexandre (Bórgia)!
Sem imagem de perfil

De Alex Bórgia a 30.04.2015 às 02:27

Antes esse que a Papisa Joana, que parece ser um papel que lhe cabe melhor a si...
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 29.04.2015 às 17:03

Disparate.

Houve processos de gestão danosa por Pongolle? Por Elias? Por Pranjic? Por Gooch? Por Gelson Fernandes? Por Bojinov?

Só aqui estão dezenas de milhões em aquisições de passes, prémios de assinatura, comissões e salários. Dezenas de milhões deitados ao lixo.

Viu algum processo por estas medidas de gestão?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 17:41

Lion

Estamos todos à espera da celebrada auditoria. Enquanto não estiver cá fora isso é conversa fiada!
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 29.04.2015 às 18:46

Já tem alguns resultados parciais. O que pensa deles? Ou então pode-me indicar um link onde eu possa verificar a sua opinião sobre os mesmos?

Isto para não ficarmos pela "conversa fiada".

Sendo o "rigor" e a "transparência" agora tão discutidos e exigidos e nesta matéria, falamos, claro está, em atrasos de um trabalho efectuado por uma entidade independente ao clube e que ao contrário do foi dito, com justificações do Sporting por esses atrasos, folgo em ver o nível de exigência do Sportinguismo actual.

Depois de tanta preocupação facebookiana e com a postura comunicacional do presidente, depois da preocupação com as "30 contratações" ( onde se incluem, com o propósito de fazer barulho, jogadores que vieram por empréstimo ou com contratos de um ano, inclusivamente vindos para a equipa B e alguns vindos de escalões inferiores ), que, imagine-se não impediram a SAD de ter lucro e de estar a fazer as suas 2 melhores épocas desportivas da última meia dúzia de anos...

... eis agora os atrasos por uma Auditoria que nem era desejada por quem estão tão preocupado com os mesmos.

Matéria irrelevante é saber o que é que está na base de contratações que o Sporting não podia pagar, de contratações que falharam nos exames médicos ou nem os fizeram, da duplicação da massa salarial que o Sporting não podia suportar, da alienação dos passes do plantel principal, equipa B e até juniores, para pagar despesas correntes, dos milhões gastos em comissões e pagos a entidades obscuras. Nada disso interessa. Responsabilização? Nenhuma!

Aqui del Rei que há atrasos na Auditoria! Que vieram Piris e Welder por empréstimo! Que veio Magrão por 1 ano! Que foram contratados Enoh, Sambinha e Gazela a equipas do CNS!

É a desgraça, a catástrofe anunciada de um Sporting a implodir e levado ao abismo por um presidente tresloucado, cuja gestão levou a um indesejado equilibrio financeiro, à criminosa redução do passivo, a capitais próprios positivos, ao regresso à Champions League, à recuperação dos passes da esmagadora maioria dos jogadores, à Sporting Tv, ao futuro pavilhão, a semanas como as últimas e as próximas, com o Andebol no playoff na atribuição do titulo, o Futsal na Final Four da Uefa e da Taça de Portugal e com legitimas aspirações a revalidar o título de campeão, com a vitória do Hóquei na Taça CERS e presença na Final Four da Taça de Portugal, o futebol na final da Taça de Portugal e, imagine-se, a destroçada e vilipendiada equipa B a fazer a melhor época de sempre.

Há gente que tem as prioridades muito trocadas. E que se preocupa demasiado com o menos importante e de menos com aquilo que é decisivo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 19:07

Lion73
Não leve a mal que lhe diga que está ser demagogo. Podemos vibrar com as nossas vitórias, informarmo-nos sobre o andamento da próxima época, contribuirmos para a Missão Pavilhão, acompanharmos a problemática dos Fundos, preocuparmo-nos com o atraso da auditoria.
Se cada um de nós entender é capaz de integrar cada um destes aspectos no seu quotidiano sportinguista. Permita que lhe diga que essa da "conversa fiada" é despropositada neste contexto.
No entanto, aceito que cada um estabelece as suas prioridades, mas não há necessidade de excluir o que quer que seja.
Sem imagem de perfil

De João P. a 30.04.2015 às 21:24

Foram contratados muitos jogadores e é verdade que alguns não têm muita qualidade. Mas quer comparar os gastos com as transferências nas várias épocas? Quer comparar os custos com o pessoal? Dos jogadores contratados por mais que um ano só um jogador saiu do clube. O Maurício foi contratado por menos de 1 milhão e foi vendido por quase 3. Quando se contrata barato é mais fácil errar. Mas basta acertar num para pagar quase todos. Só uma possível venda do Slimani conjugada com a venda do Maurício pagam todo o investimento do primeiro ano e ainda sobra dinheiro.

O problema das contratações cirúrgicas é que são caras e representam uma carga salarial elevada. Temos de criar condições para isso mas de forma gradual.

Pode tentar pintar o cenário como quiser mas contra fatos não há argumentos. Aumento da competitividade, enorme baixa dos custos com pessoal e contas com saldo positivo. Tudo isto num cenário económico muito difícil e com um clube na situação caótica em que estava.
Mas pronto cada um vê as coisas como quer. Quando se renova com muitas dezenas de miúdos com contratos de longa duração e depois não se consegue atingir a razão para o Illori o Dier terem sido vendidos não se pode esperar muito mais.
Este espaço até tem muita informação relevante e até é interessante pena a grande desonestidade intelectual de muitos que por aqui andam.
Sem imagem de perfil

De João P. a 30.04.2015 às 21:26

Queria só acrescentar que evidentemente o meu comentário era para responder ao Carlos.
Sem imagem de perfil

De Virgílio a 29.04.2015 às 17:16

Rigor e transparência...

A(s) auditoria(s) têm sido um bom exemplo do rigor. As datas propostas pelo próprio BdC (ninguém o obrigou a estabelecer o calendário, pois não?...), atrasam-se a bom atrasar... Do rigor estamos conversados. Mas como a transparência de BdC é exemplar, nada diz sobre a razão dos atrasos. Um silêncio mais transparente que água pura... E Da transparência, estamos conversados também.

Que importa se outros tem um ónus às costas relativamente a sua honorabilidade? E o tempo que carregam esse fardo interessa ainda menos... "Pimenta no cu dos outros, para mim é refresco", afirmaam os xico espertos... Haja é Rigor e transparência, pois claro.

Nisto (Auditoria), como no resto, veja-se mais um exemplo: a politica de contratações prometida e a que se concretizou. "Cirúrgico", para BdC, deve significar três dezenas de contratações em duas épocas... Siga!

Ele e o Portas das feiras a criar neologias, são craques!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 17:47

Virgílio
Bingo! O pior é que há muito paladino do rigor e da transparência que, afinal, são especialistas a chutar bolas para fora. Enquanto a bola vai e vem folgam os pés!

É como tu dizes: "Pimenta no cu dos outros, para mim é refresco". Um xico esperto é sempre um xico esperto por muito que latim que divague!
Um abraço
Sem imagem de perfil

De PedroC a 29.04.2015 às 22:26

Posso-lhe dar a resposta mais básica que o comum adepto pensa logo...O problema é que o "chico esperto" vai apresentando lucros e um mínimo de trabalho positivo, enquanto os outros apresentavam prejuízos, e era quase sempre a descer(até onde chegámos).

Uma pessoa para ser levada a serio, tem de referir o bom e o mau. O mérito, assim como a critica, é algo que tem de estar acima da cor, das ideologias, ou dos gostos pessoais duma pessoa. E quem está a discutir um assunto com isenção, sabe fazer esta distinção. É-lhe natural.

Peço desde já desculpa se ofendo alguém, mas neste espaço não me parece que isso seja feito de todo.

E isso parece tornar impossivel qualquer tipo de discussão saudável.






Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.04.2015 às 08:47

PedroC
Quando vem a propósito refiro méritos de BdC. Já que aborda essa qustão cito três que considero excepcionais:
- o programa sócio num minuto;
- a contratação dos treinadores LJardim e MSilva,
- a reintegração do hóquei como secção do clube.
Como vê...
Sem imagem de perfil

De João P. a 30.04.2015 às 21:52

Até podiam ser 100, desde que o saldo seja positivo.

Eu também acho que foram demais e algumas perfeitamente evitadas mas vendo todo o cenário não acho a situação nada preocupante. Até porque uma dezena delas foi para a equipa B e por tostões. Jogadores como o Sambinha, Enoh e Dramé nem 50.000 mil euros custaram. Para além disso estou perfeitamente convencido que o dinheiro das vendas será bastante superior às compras. No fim faremos as contas.

A questão das contratações cirúrgicas é uma falsa questão. No primeiro ano em que concorreu poderia perfeitamente ter seguido essa politica. Depois do desastre Godinho restava comprar bom e barato, o que não é tão fácil. O problema desse tipo de contrações nem é o custo da transferência mas o custo salarial.

Esta época espero 4-5 contrações paras equipa principal, já contando, com a saída do Nani e do William. Tudo o quem for muito para além disso merecerá a minha critica. Até porque acho que se criaram condições para que isso possa acontecer.

Se é para contratar marçais e Hassans mais vale estar quieto. Já temos profundidade do plantel sogra precisamos de qualidade para o onze.


Eu espero que nesta época existam condições para que
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.04.2015 às 22:07

João P

De acordo, quando se fala do Maurício percebe-se que há lucro e que é possível quantificá-lo. E conclui-se que foi um bom negócio.
Mas, pode-se colocar outra questão relativamente aos prejuízos provocados na afirmação desportiva e no treino organizado dos jovens futebolistas da equipa B que se viram submergidos por um tsunami de jogadores contratados ao molho. Isto é, a evolução de muitos jogadores da equipa B não foi prejudicada pela contratação do Cissé, Rabia, Dramé, Enoh, Tiziu, Sacko e tantos outros?
Sem imagem de perfil

De João P. a 30.04.2015 às 23:28

Respondendo diretamente à sua pergunta. Cissé até agora foi uma má contratação do ponto de vista desportivo. Do ponto de vista financeiro pelo rumo das coisas também será só prejuízo. Foi uma aposta falhada. Pelo pouco que jogou numa equipa e na outra não me parece que se possa considerar ter travado a evolução de alguém.

Rabia também não tenho gostado nada. Para já saldo negativo. Mas a verdade é que também tem jogado pouco e por isso não vejo que esteja a travar a progressão de alguém.

Dramé teve um custo de contratação quase ridículo. Foi um elemento muito importante na época passada na equipa B. Não acredito que chegue a ser jogador de equipa A. Acredito que seja um jogador em que podemos ganhar algum dinheiro ou usar numa troca de jogadores. Espero um empréstimo na 1ª liga na próxima época.

Enoh foi uma contratação super barata para uma posição deficitária. O ano passado roubou minutos e nesta época foi emprestado ao Leixões onde está a mostrar qualidade. O mesmo que para o dramé, poderá ser facilitador de futuros negócios.

Tiziu nunca jogou. Portanto não me parece que esteja a impedir nada. Contratação falhada.

No Sacko vejo-lhe qualidade para ser um ponta-lança interessante. Não vejo ninguém com as características dele na nossa formação. Possante fisicamente, muito rápido e bom finalizador. Tecnicamente deixa um pouco a desejar e tem de trabalhar o aspeto tático.

Em conclusão concordo com o excesso de contratações mas discordo que se coloquem no mesmo saco contrações para a equipa A, contratações a pensar no futuro e contratações para a equipa B.

Discordo com quem quer fazer querer que se poderia agarrar nos jogadores que foram contratados para a equipa principal e substitui-los por 5-6 grandes jogadores. E explico:

A nível salarial esse tipo de jogadores ganharia o dobro de todos os contratados. Basta ver qual é salário de um jogador tipo Jonas, Jackson ou Gaitán.

Depois seria preciso ter dinheiro para contratar esses jogadores e que eles quisessem jogar no nosso clube. No primeiro ano sem competições europeias digo mesmo que seria impossível.

Depois em 2 anos não seria possível apenas contratar 5-6 grandes jogadores e esquecer as outras necessidades do plantel. O plantel precisa de titulares mas também de suplentes.

Para este ano espero algo diferente. Jovens só em caso de uma excelente oportunidade. Contratações só para entra no onze.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 01.05.2015 às 08:56

João P.

Concordo com algumas considerações que faz, mas parece-me que são mais suposições e desejos de realidade. Também espero para bem do Sporting e dos atletas em causa que se confirme o que pressupõe.
No entanto, mantêm-se as minhas reticências:
- preferia que se contratassem jogadores como o Paulo Oliveira ou o Ewerton já conhecidos e testados do que atletas que ainda têm de se adaptar a uma realidade desconhecida;
- um número tão elevado de jogadores prejudicou o planeamento da época nas suas diferentes componentes e a evolução de quem já cá estava;
- essas contratações pesaram significativamente num orçamento anual já depauperado.

Dito isto, desejo que alguns destes jogadores se afirmem no nosso futebol e que as contratações cirúrgicas para a próxima época sejam um êxito.

Cordialmente
Sem imagem de perfil

De PedroC a 29.04.2015 às 22:57

"Não é aceitável uma auditoria de branqueamento sobre qualquer tipo de irregularidades cometidas por membros de órgãos sociais do clube. Aconteceu no passado e conhecem-se as consequências. Mas, igualmente, não é aceitável que a auditoria constitua um instrumento de gestão do poder e uma arma de arremesso a ser utilizada de forma cirúrgica conforme as conveniências. Se não cumprir a sua finalidade, a auditoria constitui um grave risco, funcionando como um espelho que não revela a realidade, mas o seu oposto. E isso seria trágico para o Sporting."

Depois do que foi feito ao Sporting, do buraco quase sem fundo onde o meteram, a auditoria(se for honesta e bem feita) é essencial. Num país de cobardes, onde no geral quem manda e gere faz a trampa que quer, dá de mamar aos amigos, e depois segue a sua vidinha descansado que alguém paga, é essencial sim. É essencial para mim, que se alguém cometeu crimes vá parar com os costados na prisão, ou se pelo contrario foi só incompetente que seja pública a sua burrice, para que no minimo tenha a responsabilidade moral da porcaria que fez, e que a carregue aos ombros para o resto da vida. E se o Sporting estava como estava, e hoje está como está, muito incompetência teve de haver para chegar a misera a que chegamos. Quero como sócio, saber quem fez o que, para o meu clube se ter de contentar com migalhas como faz hoje em dia.

E não nenhuma vergonha em fazer isto. Antes pelo contrario, é sinal que sabemos admitir os nossos erros, e apontar as falhas dos nossos. Não varremos a porcaria para debaixo do tapete como outros fazem.

Quem está metido ao barulho, se estiver de consciência tranquila, não tem nada a temer. Antes pelo contrario, pois se agora é metido no bolo da incompetência/trafulhice, pode ser que amanha não o seja mais.

Quanto a Bruno de Carvalho, é simples. Tem de tratar deste assunto com o máximo de seriedade, com o máximo de atenção, pois é daquelas coisas que podem vir a rebentar na cara dele. Se calhar até é dos assuntos mais complicados que ele tem em mãos. Porque se no final desta historia toda, a montanha parir um rato, os adeptos sedentos de sangue(onde eu me incluo), provavelmente vão virar as suas atenções para ele. E não se pode esquecer que amanha, quando ele sair do Sporting e seguir também a sua vidinha, pode vir a ser a vez dele de ser escrutinado.

Espero para ver.




Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.04.2015 às 09:01

PedroC
Encaro uma auditoria como um acto normal na vida de uma organização como o Sporting. É um acto de consulta, de verificação, de avaliação, de assunção de responsabilidades. Na minha vida profissional fui confrontado com essas situações.

No entanto, tenho presente três aspectos cruciais:
- uma auditoria pode ser manipulada, isto é, focada em determinados aspectos em detrimento de outros;
- os auditores podem ter interesses de diversa ordem na situação que inquirem, ponde em causa a isenção dos resultados;
- uma auditoria nunca pode constituir um ajuste de contas mas ser um instrumento de boa gestão.

Não possuo elementos para poder afirmar que o primeiro aspecto está ferido no caso da auditoria encomendada por BdC, no entanto, sobre o segundo, direi que há pessoas da Mazars que têm ligação antiga e forte com o BES, que é parte interessada na auditoria.
Quando afirma que há "adeptos sedentos de sangue" é porque alguma coisa está mal encaminhada no que diz respeito ao terceiro aspecto.

Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 30.04.2015 às 00:56

O Zargo deve ter um qualquer problema de aceitação, porque desde que o Rui o convidou ele tornou-se mais papista que o Papa. Era um comentador sensato, pertinente e interessante de seguir e transformou-se num fuzileiro sempre de mira apontada a Bruno de Carvalho, uma espécie de Ricardo Leão em versão mais capaz e elevada. O Rui já o aprovou, Zargo, pode dar um bocado de descanso ao pedal. Sobre o seu post, e face ao que já aqui foi sendo dito, só se me oferece referir o seguinte: nunca o vi rigorosamente nada preocupado com a quantidade de vezes que figuras do SCP (e de outros clubes, mas isso não interessa) compararam Bruno de Carvalho a Vale e Azevedo, num ou noutro caso tendo mesmo afirmado que o presidente era um sucedâneo do presidiário. Presidente e presidiário, Zargo, duas coisas radicalmente distintas, embora cada vez menos o sejam, vide Sócrates (eu sei, era primeiro-ministro). Bruno de Carvalho iniciou o seu mandato com parte do clube ansiosa por actos seus que corroborassem a comparação. Aí, salvo algum lapso meu de memória, o Zargo não veio à estampa defender o bom-nome de alguém que tinha acabado de ser eleito pelos sócios do seu (seu, Zargo) clube. Não. Preocupou-se, pelos vistos, constato-o agora com muito mais nitidez, foi em juntar a sua voz à do coro crítico, ávido de tropeções do "divino". Daí, a cada passo mais questionável que ele dá, o Zargo aparecer, triunfante. E quando ele não dá nenhum, o Zargo antecipa-o, no que é acompanhado por City Lions e quejandos. Sabe o que lhe digo: leia-se e, já que se considera autoconsciente, veja se, face à evidência do que cito, consegue dar a mão à palmatória. Ou então, olhe, assuma de uma vez por todas que as suas indignações são selectivas e que se está a marimbar para se chamam Vale e Azevedo ao presidente do SCP. Entretanto, não se esqueça de que a coerência é um pilar da credibilidade. Por mim, já lhe vi o suficiente.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.04.2015 às 09:12

Marcos
Respondo focando de forma breve dois aspectos:
- Nunca me passou pela ideia confundir Bruno de Carvalho com Vale e Azevedo. Não recai sobre BdC nenhuma acusação relativa à utilização ou gestão de bens móveis ou imóveis. Aliás, incomoda-me que, sem provas, uma pessoa seja posta em causa no seu bom nome. É algo que tem a ver com a normalidade das relações sociais e com a moral pública.
- Não aceito que o Marcos me venha dar lições sobre isenção e honestidade. Admiro-o em muito que escreve, compreendo o seu entusiasmo por BdC, considero legítimo que pense que há um novo "tempo" no nosso clube, mas recuso que não reconheça o meu direito a constituir opinião. Não entrarei em diálogo consigo sempre que o Marcos me abordar nesses termos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo