Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

José Peseiro - antigo treinador do Sporting, FC Porto e Sporting de Braga - e o actual treinador do Al-Sharjah dos Emirados Árabes Unidos, reconhece a hegemonia do Benfica neste momento, considerando a equipa da Luz a mais forte na temporada que está agora a terminar, e avança que tanto o Sporting como o FC Porto, pela ausência de títulos, sentem muita pressão:

 

BIUX06O3.jpg

 

«Todos reconhecem com facilidade que o Benfica foi o mais forte. Ganhou ontem a Taça, é a equipa, neste momento, com melhor potencial e conquistou uma posição no futebol português nos últimos anos que não é por acaso.

 

Acho que os próprios adversários devem reconhecer e trabalhar para alcançar os níveis de organização, a capacidade de exploração de equipa e de poder que o Benfica apresenta. Não é só ter bons jogadores e um bom treinador, é preciso tudo aquilo que o Benfica neste momento possui. No futebol nada é definitivo, ninguém pode dizer que o Benfica para o ano vai ser assim. A verdade é que este ano foi. Nos últimos anos demonstrou que é a equipa mais forte em Portugal. Espero, e desejo, que todas as equipas melhorem, essencialmente o FC Porto e o Sporting, porque é necessário para o nosso futebol que assim seja.

 

O Sporting há uns anos que não vence a Liga e o FC Porto já leva quatro anos sem vencer qualquer troféu. É normal que tenham pressão. Mas isso é inerente a quem está num clube daqueles, estar lá e jogar sem qualquer pressão não tem sentido nenhum. Por isso é que se tem de escolher jogadores e treinadores com capacidade de suportar essa pressão, tal como uma estrutura com capacidade de suportar os desaires e com uma linha de orientação sólida, consistente, determinada, sem desvios e fragilidades. Manter a coesão para poder chegar ao final e apresentar resultados.

 

Quando saí do Braga, percebia o campeonato que estávamos a fazer. No fundo, tivemos apenas um resultado mau frente ao Sporting da Covilhã (Taça de Portugal). Mas são decisões que temos de aceitar, o futebol é isto. É fácil falar no final, mas tinha na minha cabeça que, com aquilo que estávamos a fazer, conseguiríamos disputar, quiçá, com o Sporting, o terceiro lugar. Tanto que, no jogo da Taça de Portugal, descansei seis ou sete jogadores para ganhar em Alvalade. Para alguma coisa pensaria que era importante e que nos levaria mais perto e a conseguirmos ombrear com o Sporting. Estávamos a 6 pontos do Benfica, a 2 do FC Porto e a 1 do Sporting. Podíamos ter feito um campeonato mais acima. Mas isto é a conclusão que tiro agora. Como profissionais temos de aceitar as decisões de quem manda».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De MaTic a 29.05.2017 às 17:45

Porto... acabou!
Na próxima década a luta deles é com Guimarães e Braga pelo 3o lugar!

Benfica tem aqui uma oportunidade histórica para fazer o mesmo que Rosenborg na década de 90, Olympiacos ou Celtic... dominar o campeonato e ser campeão 8,9,10 vezes seguidas!
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 29.05.2017 às 18:34

Não escreva tantos disparates. Sabe perfeitamente que a arrogância paga-se muito caro. Pode ser que se arrependa dessa tolice que escreveu, e o desprezo e soberba que tem pelos adversários...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.05.2017 às 19:00

O Matic disse tudo sobre qual o objectivo estrutural do benfica... tornar o campeonato português num campeonato grego, norueguês ou escocês... que no fundo são dos piores e menos atraentes da europa!
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 29.05.2017 às 19:36

Sim, porque, desde o «projeto Roquete», o plano estrutural do Sporting é alternar títulos com o Porto ou, à falta disso, segundos lugares.

Sim, porque, caso o Sporting o consiga fazer, vai parar de vencer para tornar a competição «menos fraca» e elevar o nível do campeonato.

Agora a sério e sem patetices, infelizmente o futebol segue a regra imposta à sociedade em geral: uns cada vez mais endinheirados e os outros lutando por 'sobreviver'. Milagres como o do Leicester vão ser, infelizmente, cada vez mais raros. Vejamos os últimos campeões nos principais campeonatos: Portugal - Benfica e Porto; França - PSG e agora Mónaco, após um domínio do Lyon; Itália - Inter e Juventus; Alemanha - Bunique e Borussia; Espanha - Barcelona e Real, com uma intromissão do Atlético. Inglaterra é uma caso à parte, porque a própria competição sempre foi e continua a ser uma caso também à parte. Atentemos nos finalistas e vencedores da Liga dos Campeões: são sempre, basicamente, os mesmos.

Fenómenos como o Porto, o Steaua, o Ajax, o Estrela Vermelha, etc., são impensáveis hoje em dia.

A própria ideia da criação da Superliga Europeia vai no mesmo sentido.

Não sou a Maya nem adivinho o futuro, mas não sei se isto é grande coisa para o futebol. Tal como internamente, é ótimo para quem ganha e está sempre presente nas decisões, mas péssimo para a globalidade.

Internamente, tudo muda de um momento para o outro. Basta Vieira fazer um dos seus leilões e a agulha gira.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.05.2017 às 22:28

Isso é tudo verdade... e por isso a minha observação... não é um acaso em Inglaterra nunca haver um domínio claro de apenas um clube, já que é o pais mais democrático e pluralista no que à distribuição de receitas diz direito.
A filosofia da Superliga europeia demonstra a visão contra a diversidade, o facto de o futebol só contar para ver os grandes...só isso conta!
Em Inglaterra vê-se os pequenos de outra forma, e é isso que distingue o melhor campeonato do mundo. A estratégia do benfica sempre foi dissociar-se do colectivo... com isto não critico apenas o benfica, mas a mentalidade portuguesa. Por exemplo hoje o playoff da 2a divisão inglesa foi em Wembley, cheio... subiu o Huddersfield, clube praticamente desconhecido na Europa, mas que no próximo ano vai ser das mais ricas. Nem sempre foi assim... aliás só em 1992 foi criada a premier league, mudando o paradigma do futebol inglês.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 29.05.2017 às 22:08

Matic,
Essa situação em Portugal não se verificará pois temos um campeonato mais competitivo. Não desvalorize os adversários. Os últimos campeonatos que o Benfica ganhou, não se devem apenas ao seu mérito, mas à má política desportiva dos adversários que não se vai eternizar. E não se esqueça que já pagou a renda do Marquês e ficou a chuchar no dedo. A arrogância paga-se cara. Que o diga o Sporting na época passada.
Sem imagem de perfil

De TOD a 29.05.2017 às 17:57

Grande Zé Peseiro, descobre aqui uma verdade insofismável. Tenho umas saudades deste homem!
Foi o primeiro no mundo do futebol a usar software de correlação de jogadores quando passou por Alvalade e tambem o primeiro a colocar em prática, a um mês de "tudo ganhar tudo perder",a táctica a que sempre foi fíel e aplicada nos clubes por onde passou. Só tem paralelo em Jorge Jesus que para alem do conceito citado ainda graça por ganhar milhões com a teoria.
Sem imagem de perfil

De anonimo a 29.05.2017 às 18:10

Ontem um guimaraes muito fraquinho treinador mediocre o video arbitro com o tempo nao e um jogo vai por a nu as roubalheiras do estado lampionico que tanto temos sofrido na pele do sistema de muitos anos se eles continuarem a ganhar sem ajuda de terceiros sou o primeiro a reconhecer
Sem imagem de perfil

De O Cid a 29.05.2017 às 18:46

Faço votos que esse não seja só o seu pensamento, mas sim seja o de toda a nação verde.
Enquanto for, la vamos nós cantando e rindo somando títulos atrás de títulos.
Colinho, é? Vale!
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 29.05.2017 às 19:40

Que pensamento? Está a ser muito gentil, pois eu não percebi nada.

Será assim que todos os elementos das claques se expressam? E chegam aos 17 valores em mestrados...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.05.2017 às 19:15

Anónimo...

Deixo o alerta que se não se identificar será editado !
Sem imagem de perfil

De Vitor Manuel a 29.05.2017 às 20:12

Bem vindo á realidade anónimo, nem sequer teve coragem de arranjar um nickname tão embrenhado estava a destilar tão caustico comentário, qualquer coisa servia! Mas enfim secalhar não é só a cragem que falta...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.05.2017 às 20:52

Deve estar mal habituado nos espaços encarnados que frequenta. Ou vem para contribuir para o um debate construtivo ou, então, verá o seu espaço reduzido a nada !!!
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 29.05.2017 às 19:11

Isso que o Peseiro diz é tudo treta. O que interessa é fazer muito barulho e falar nos vouchers na liga salazar, etc que o Benfica agradece.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.05.2017 às 19:16

Diz isso por prazer ou já é vício de muitos anos ?

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo