Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A importância do próximo derby

Rui Gomes, em 30.11.16

 

image.jpg

 

O clássico entre Benfica e Sporting, da 13ª jornada do Campeonato, está confirmado para o dia 11 de Dezembro, um domingo, com início marcado para as 18h00. A Liga anunciou os horários da referida ronda do campeonato, que começará em Setúbal e terminará em Arouca.

 

A pergunta do dia recai sobre a eventual importância deste jogo, nomeadamente para o Sporting, tendo em conta a diferença pontual na tabela classificativa neste momento, mesmo sendo apenas a 13.ª jornada.

 

Partindo do princípio que nada se altera na 12.ª jornada (Sporting recebe o V. Setúbal e o Benfica visita o Marítimo), a diferença será de 5 pontos. Uma derrota no derby deixará o Sporting a 8 pontos de distância e sem esquecer que tanto o SC Braga como o FC Porto perseguem muito de perto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

Vitória natural e indiscutível

Rui Gomes, em 14.12.15

 

imgS620I147491T20141212184214.png

 

Num dia de chuva ocasionalmente intensa, em Lisboa, o Sporting demonstrou a sua natural superioridade sobre o 14.º classificado Moreirense e assegurou a sua sétima vitória consecutiva no campeonato, permitindo-lhe preservar a liderança na tabela classificativa, mesmo tendo em conta que o jogo entre o Nacional e o FC Porto, na Madeira, não foi concluído devido a nevoeiro.

 

A pensar decerto no embate em Braga, na próxima quarta-feira, a contar para a Taça de Portugal, Jorge Jesus levou a cabo seis alterações no onze inicial, em relação aos jogadores que alinharam diante o Besiktas na passada quinta-feira. Fora do lote de opções ficaram João Pereira, Paulo Oliveira, Jefferson, William Carvalho e Fredy Montero, substituídos por Ricardo Esgaio, Ewerton, Jonathan Silva, Aquilani, Gelson Martins e Gutiérrez.

 

QA7H3P1H.jpg

A equipa de Moreira de Cónegos não mostrou argumentos para contrariar a intensidade de jogo do Sporting, e o resultado é apenas a expectável consequência desta disposição. Dois jogadores, nomeadamente dois, mostram-se cada vez mais como a "chave" das operações da equipa leonina; Adrien Silva, a partir de uma posição um pouco mais recuada e Bryan Ruiz, que apesar de teoricamente jogar na ala, passou a maior parte do jogo em zonas interiores, factor crucial para o sucesso do Sporting, dado que ele é o mais criativo e eficaz «playmaker" da equipa.

 

O primeiro golo dos "leões" partiu da marcação de um  livre directo, com simulação de remate, e Bryan Ruiz encontrou Gelson Martins completamente desmarcado à entrada da área do Moreirense, que lhe permitiu penetrar e bater o guarda-redes com um remate muito bem colocado ao segundo poste. O segundo, parte de um lance de transição em que Adrien Silva penetra, e executa um passe com perfeição para Aquilani aumentar o marcador.

 

2FXV9GJQ.jpg

Ricardo Esgaio, Jonathan Silva e Aquilani não destoaram, minimamente; Gelson Martis a exibir-se ao nível que já lhe reconhecemos e até tomei nota de uma excelente jogada sua, aos 53', quando fez um "sprint" para vir atrás ajudar a defesa e anular um lance de algum perigo. Esperava-se mais inspiração por parte de Gutiérrez, depois do seu belo golo ao Besiktas, mas  viu-se mais do inconsequente mesmo que tem mostrado em muitos outros jogos.

 

Mais uma situação algo caricata pela marcação da grande penalidade, aos 57'. Slimani pediu autorização ao banco para a executar, mas Gutiérrez - novamente ele - agarrou na bola prontamente para executar o lance. Foi necessário Jorge Jesus exercer a sua autoridade veemente, para ser o avançado argelino a assumir a marcação. Felizmente, depois da defesa do guarda-redes, Slimani facturou na recarga. Não se compreende que estas coisas não sejam claramente definidas pré-jogo, ou serão, e há quem desobedeça.

 

Ainda surgiram algumas ínesperadas e desnecessárias complicações na derradeira fase do jogo, com falta de Naldo punida com grande penalidade, que levou ao golo do Moreirense e momentos mais tarde Rui Patrício foi chamado a fazer uma grande defesa para evitar o pior.

 

A equipa do Sporting em bom plano e temos agora a preparação para o difícil embate em Braga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:38

 

Classificação.gif

 

Na época passada, à 13.ª jornada, o Sporting liderava a tabela classificativa com 32 pontos, mais dois que o segundo classificado, fruto de 10 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota.

 

Cenário muito variável ao longo dos últimos dez anos:

 

2014/15 - 5.º lugar / 24 pontos / a 10 do líder

 

2013/14 - 1.º lugar / 32 pontos / +2

 

2012/13 - 12.º lugar / 12 pontos / -23

 

2011/12 - 3.º lugar / 27 pontos / -6

 

2010/11 - 4.º lugar / 22 pontos / -13

 

2009/10 - 7.º lugar / 18 pontos / -12

 

2008/09 - 3.º lugar / 26 pontos / -1

 

2007/08 - 3.º lugar / 23 pontos / -12

 

2006/07 - 2.º lugar / 29 pontos / -5

 

2005/06 - 5.º lugar / 24 pontos / -4

 

Lamentavelmente, não há muito que celebrar nesta década. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:59

O que eles têm jogado

Rui Gomes, em 17.12.13

 

 

Os minutos oficiais de cada jogador da equipa principal do Sporting até ao termo da 13.ª jornada:

 

- Rui Patrício............................. 1228 minutos.

 

- Cédric Soares.......................... 1228 minutos.

 

- William Carvalho.................... 1211 minutos.

 

- Fredy Montero........................ 1187 minutos. 

 

- Adrien Silva............................. 1149 minutos.

 

- Mauricio.................................. 1132 minutos.

 

- Jefferson................................. 1027 minutos.

 

- André Martins........................   966 minutos.

 

- Marcos Rojo............................  943 minutos.

 

- André Carrillo.........................  904 minutos.

 

- Wilson Eduardo....................... 713 minutos.

 

- Diego Capel.............................. 636 minutos.

 

- Eric Dier................................... 425 minutos (mais 378 na equipa B).

 

- Vítor Silva................................. 340 minutos (mais 93 na equipa B).

 

- Iván Piris................................... 186 minutos (mais 472 na equipa B).

 

- Islam Slimani............................ 132 minutos (mais 96 na equipa B).

 

- Gerson Magrão.........................   87 minutos (mais 251 na equipa B).

 

- Diogo Salomão..........................   77 minutos (mais 529 na equipa B).

 

- Fito Rinaudo............................    47 minutos (mais 96 na equipa B).

 

- Carlos Mané.............................    44 minutos (mais 476 na equipa B).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo