Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

AASSIMBOLO1.png

 

A Associação de Adeptos Sportinguistas (AAS) revelou que solicitou uma tomada de posição oficial por parte do Conselho Directivo do Sporting às queixas crime de Bruno de Carvalho contra adeptos/sócios do Clube.

 

O comunicado:

 

 «Considerando as notícias que dão conta que o presidente do Conselho Directivo do Sporting procedeu à denúncia contra sportinguistas junto das autoridades por alegados factos de ofensas ao seu bom nome, a Associação de Adeptos Sportinguistas, AAS, encetou um conjunto de diligências junto do Sporting Clube de Portugal com o objectivo de obter mais esclarecimentos.

 

Aguardamos o esclarecimento dos factos e matérias concretos afectos a estes processos, sugerindo também a intervenção por parte dos órgãos oficiais do clube, ao invés de especulação e recados lançados por diferentes canais e meios, que apenas têm servido para gerar ruído.

 

A AAS entende que os sportinguistas têm o direito de expressar a sua opinião de forma livre à semelhança de todos os cidadãos e em conformidade com os termos da República Portuguesa, pelo que, asseguramos que permaneceremos vigilantes e atentos aos acontecimentos.»

 

Observação: Caso algum leitor ande "distraído", o que não é invulgar, chamamos a atenção que este comunicado foi emitido pela Associação de Adeptos Sportinguistas e não pelos redactores do Camarote Leonino. Compreendemos as boas intenções da AAS, mas é de prever que sejam em vão, nomeadamente porque subestima o "modus operandi" filosófico da actual liderança do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:42

 

 

Segundo noticia este sábado o jornal A Bola, aparentam existir divergências entre a Associação de Adeptos Sportinguistas (AAS) e o presidente do Sporting, sobre a realização de um evento denominado "Pensar Sporting", agendado para o dia 22 de Fevereiro no auditório do Estádio José Alvalade.

 

Pedro Faleiro da Silva, presidente do Comité Consultivo da AAS, escreveu na sua página no Facebook que "Bruno de Carvalho exigiu que a AAS tomasse uma posição pública sobre o tema da pirotécnica", corroborando a posição do Clube sobre o tema em recente comunicado, para permitir que o evento se realizasse em Alvalade. Isto, diz Faleiro da Silva, "porque verificou que elementos afectos à ASS - igualmente sócios do clube - tinham postado nas suas páginas no Facebook opiniões contrárias às do clube. Quando confrontado com a inaceitável chantagem que estava a efectuar, negou-a e, em simultâneo, exigiu que aquele evento tivesse um novo painel dedicado à pirotecnia. Algo que foi prontamente negado."

 

A ser sincero, não estou por entro deste assunto e, por conseguinte, deixo a questão à disposição dos leitores caso nos queiram elucidar com mais informações.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds