Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quando o "custo zero" custa milhões

Rui Gomes, em 02.11.16

 

ng7796135.jpg

 

André Carrillo mudou-se do Sporting para o Benfica a "custo zero", como costumam designar-se as transferências de jogadores em fim de contrato. Mas, neste caso, o clube da Luz teve de desembolsar mais de seis milhões de euros, exactamente 6,612 milhões, para assegurar a contratação do internacional peruano, segundo revela o relatório e contas consolidado da SAD do Benfica, enviado segunda-feira à noite para a CMVM.

 

Segundo o clube da Luz, a verba "engloba os encargos com serviços de intermediação e o prémio de assinatura do atleta".

 

Conclusão: um "custo zero" muito caro, especialmente se considerarmos o seu rendimento até agora.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:40

Foto do Dia

Rui Gomes, em 28.04.16

 

img_905x603$2016_04_27_20_04_09_531532_im_63597386

Velhos amigos encontraram-se no Estoril Open

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:14

O que dizem eles

Rui Gomes, em 14.03.16

 

DSC09928.jpg

 

Na sequência dos constantes atrasos no processo disciplinar instaurado a André Carrillo, o seu advogado, Nuno Cerejeira Namora, surgiu a acusar o Sporting de uma manobra dilatória que visa especificamente provocar o atraso. Pelos vistos, foram pedidas cópias dos contratos de outros jogadores do Sporting para comparar com o salário do jogador peruano que, segundo o advogado, recebe menos de 5 mil euros por mês, mas ainda não houve resposta.

 

«No início do processo, para demonstrar que o Carrillo ganhava uma miséria comparado com o plantel, ou seja, menos de cinco mil euros por mês, pedi que o instrutor do processo disciplinar juntasse cópias dos contratos do plantel do Sporting e ele, no meu entender para não dizer que não, o que podia constituir uma nulidade, mandou cartas para os jogadores a serem recebidas no Sporting, ou seja, no Estádio de Alvalade. E as cartas vieram todas para trás.

 

Agora que já não havia mais nada para fazer, como querem ganhar mais tempo e porque não têm ainda coragem para o despedir, mandaram as cartas para a Academia, para os jogadores darem autorização. E se estes nada disserem no prazo de uma semana significa que não autorizam. Com esta manobra, o Sporting ganhou mais três semanas e por isso Carrillo só vai conhecer a decisão do processo em Abril.

 

Não me parece que o clube queira o jogador lá dentro a conhecer os segredos do clube. Além disso, se bem conheço Jorge Jesus, assim que ele tiver o Carrilo disponível vai querer utilizá-lo, porque é um treinador que quanto mais opções tiver melhor. Por isso acredito que o único desfecho do processo é o despedimento.

 

E com que argumento? "Com o mesmo argumento do processo, isto é, que o Carrillo não olhou aos interesses do clube ao não aceitar a proposta de renovação que lhe foi apresentada, e que como trabalhador tem de zelar pelos interesse da entidade empregadora.

 

Carrillo tem vindo a receber o seu salário religiosamente no Sporting. Essa possibilidade (rescisão) só se colocará eventualmente se for humilhado».

 

Não surpreende que André Carrillo tenha um salário modesto mas, para ser sincero, a confirmar-se, não esperava que fosse "menos de 5 mil euros" por mês. Enfim... uma "novela" que se arrasta impiedosamente, sem benefício para ninguém, e que muito provavelmente só verá o seu termo oficial a 30 de Junho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:23

 

carrrillo_portada0903.jpg

 

O advogado do Sindicato de Jogadores do Peru, Juan Baldovino, voltou a sair em defesa de André Carrilo, esta quarta-feira, e a atacar o Sporting, nomeadamente o presidente Bruno de Carvalho, após ser divulgada mais uma convocatória para a selecção peruana, da qual André Carrillo foi mais uma vez excluído. Baldovino queixa-se principalmente do processo disciplinar que lhe foi instaurado há meses e que ainda está por concluir:

 

«Parece a mesma história que a de André, é a mesma história de André. O clube fez-lhe um processo disciplinar e até agora não lhe impôs nenhuma sanção. Portanto, é estranho que agora se diga que há um jogador que sofre de pressão psicológica quando André Carrillo tem sete meses de maus-tratos psicológicos. Pressão do presidente, insultos do presidente, de sofrer ataques contra a sua integridade emocional, física até como ser humano, é muito raro. É contraditório, nem é contraditório, apenas demonstra de que o presidente no caso do André não tem razão. Quando ataca alguns dos seus jogadores reclama por danos psicológicos a esses jogadores, mas quando ele ataca um dos seus jogadores já não há dano psicológico. Há aqui uma tremenda contradição. Parece que quem tem danos psicológicos é o presidente. Quando lhe convém fala de uma maneira, quando não lhe convém fala de outra.

 

Isto é inexplicável, porque os processos disciplinares internos, sobretudo, quando sustentados na legislação laboral de cada país não demoram tanto. Mas aqui, lamentavelmente houve um excesso e creio que há definitivamente um abuso para com o futebolista.

 

O prejuízo do jogador é claro e da selecção peruana também é claro, porque estão a privar-nos de um jogador importante para o Peru, sobretudo neste último ano e o capricho, os maus-tratos e o abuso do presidente do Sporting com André Carrillo gerou um prejuízo para a selecção peruana porque não pode contar com uma das suas figuras, com um jogador importantíssimo para o Perú, portanto está a prejudicar o Peru.»

 

Este tem culpa, aquele tem culpa, todos têm culpa... e assim continua a história. A realidade brutal é que o jogador está a perder, já perdeu, em facto, no que ao curto prazo diz respeito, mas, sobretudo, é o Sporting a parte a sair mais prejudicada deste imbróglio, em todos os aspectos, quer sejam desportivos ou financeiros.

 

Um jogador que valeria milhões vai sair do Clube a custo zero e nunca saberemos se a sua ausência e respectiva contribuição desportiva, não custou o título ao Sporting. No mínimo, terá contribuído significativamente nesse sentido, dado que é por de mais evidente que a sua disponibilidade, ao elevado nível que vinha a oferecer à equipa, não foi de modo algum proporcionalmente contrabalançada, tanto por valores da casa como por reforços.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:57

Carrillo fora da selecção do Peru

Rui Gomes, em 09.03.16

 

peru_carrillo_richard_ortiz_paraguay_copa_reuters.

 

 

Ricardo Gareca - seleccionador do Peru - já tinha alertado que André Carrillo corria o risco de ficar fora da selecção, caso o seu período de inactividade se prolongasse, mesmo sendo um jogador fundamental para a equipa.

 

Anunciada a convocatória, esta terça-feira, para o duplo confronto do Peru diante a Venezuela e o Uruguaio, a contar para a qualificação para o Mundial 2018, verifica-se que o seleccionador cumpriu com a sua palavra.

 

Não deixa de ser uma decisão lógica e sensata, dado que o ainda jogador do Sporting não pode de modo algum estar em condições físicas e competitivas para contribuir ao nível exigido.

 

Além de Carrillo, também Paolo Hurtado, cedido pelo Reading ao Vitória de Guimarães, foi riscado da lista por Ricardo Gareca. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:00

 

8778494843_46b531c7fc_b (2).jpg

 

Não é inesperado que viessem a surgir reacções às recém-declarações (ameaças) de Bruno de Carvalho no que diz respeito à ida de André Carrillo para o clube da Luz. É por de mais evidente que o líder do Sporting ainda não se conciliou com esta incontornável realidade.

 

Parece-me fazer sentido que esta "derrota" seja encarada no seu real contexto e que se siga em frente para ganhar a "guerra" que ainda temos pela frente. Reconhece-se que o ego do presidente é um grande obstáculo em situações deste cariz, mas ilude qualquer sentido de lógica como alimentar ainda mais esta polémica irá servir os interesses do Sporting.

 

Cada vez mais sentimos que Bruno de Carvalho está gradualmente a perder controle sobre si próprio, confrontado como está a ser com um número de situações adversas. Aquele seu post no Facebook sobre o incidente com o seu automóvel, é tão desprestigiante como preocupante.

 

De qualquer modo, temos agora John Baldovino - presidente do sindicato de jogadores do Peru - a responder a Bruno de Carvalho, em entrevista concedida à Antena 1:

 

«O presidente do Sporting é um mau perdedor, não tem moral nem ética, anda a ameaçar publicamente o futebolista. Nunca vi nada assim. Ele fala muito de um mundo desenvolvido mas na verdade parece que vive na época das cavernas, no tempo em que as máfias faziam aquilo que queriam. O presidente está muito enganado. A federação e a liga deviam castigá-lo e deverá ser responsabilizado se alguma coisa acontecer ao André Carrillo.

O Sporting queria verbas astronómicas que não estavam ao alcance de outros clubes europeus, nomeadamente portugueses -além de Atlético de Madrid, Sevilha, Valência, Leicester e um da Alemanha -, e dessa forma estava a dizer a Carrillo que não ia sair do clube. O Sporting encerrou desde outubro qualquer tipo de negociação.

O André pensou muito. Podia sair ou ficar em Portugal. Quis ficar porque se sente perfeitamente adaptado ao país e pelo que o Benfica representa. O Benfica é um grande clube europeu.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

 

19239067_TzzeO.jpg

 foto GLOBAL IMAGENS

 

O Jornal de Notícias de hoje informa-nos de mais um episódio envolvendo o Presidente do Sporting Azevedo de Carvalho. De acordo com o matutino, e conforme se pode ver pela foto anexa: "O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, tem um carro comercial bloqueado pela Empark no piso -2 do parque de estacionamento do complexo Alvalade XXI".

 

Escreve o jornal: "Fonte leonina e da empresa gestora dos acessos ao local confirmaram ao JN que a viatura se encontra impedida de transitar por falta de pagamento, após ter sido dada entrada no local.

 

Em causa está uma carrinha Peugeot Partner de 2001 que, segundo o nosso jornal apurou, está em nome do líder verde e branco e esteve associada à firma "Bruno de Carvalho REV SOL INT REP COM LDA" até 2010.

 

Depois, passou a estar ligada à empresa "Soluções Atelier", que, no registo comercial, está em fase de liquidação e também era gerida por Bruno de Carvalho."

 

Confessamos a nossa surpresa por um episódio destes com o presidente do Sporting ocorrer, e logo em pleno estádio do clube. Seguramente que o devido esclarecimento surgirá em breve. 

 

Actualização: 

 

Bruno de Carvalho respondeu à notícia avançada pelo Jornal de Notícias através de um post na rede social Facebook:

 

"Foi me dito que os jornalistas do JN Luís Mota e Nuno Maia foram apanhados a fazer necessidades líquidas atrás de uma coluna enquanto fotografavam uma carrinha do Presidente do Sporting CP bloqueada por estupidez dos detentores do parque onde a mesma se encontra (Estádio José Alvalade).

 

Elemento próximo garante que enquanto um segurava no instrumento, outro ligava eufórico para a redacção dizendo: já temos uma notícia para a capa contra o Sporting CP ao que responderam urra que bom !

 

Com a precipitação caíram umas gotas em cima do instrumento desfocando um pouco a foto.

 

Mas nada disso impediu estes destemidos jornalistas de fazer manchetes e semáforos redatoriais com tal bombástica notícia.De referir que fonte próxima da notícia garante que foi na mesma que os dois lavaram as mãos após o seu alívio nocturno mas que não foram evitadas umas goticulas nos acessórios interiores por não terem conseguido aguentar tamanha excitação !

 

E pronto, Thats all folks !"                                     

 

 

Entretanto Bruno não perdeu tempo a responder a Elio Casareto, agente de Andres Carrillo. Eis o teor da resposta, no inevitável Facebook pessoal do presidente leonino:

 

"Pergunta errada: Onde eu estaria se não estivesse no Sporting CP?

Pergunta certa: Onde estava o Sporting CP se eu não estivesse cá?

Resposta: Falido após alimentar muitos chulos que gravitam à volta do futebol!
Permita-me caro agente sem jogadores um conselho, volte lá para o seu rebanho de cabras que no final do processo eu, como sempre fiz em todos os assuntos, explicarei a todos e de forma detalhada toda esta novela peruana."

 

Não satisfeito, promete processar Carrillo... Quanto a esta promessa não antevemos, de novo, grande futuro a mais um processo judicial. Quanto ao resto sem comentários...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:59

Fanfarrice para a história

Rui Gomes, em 04.02.16

 

deget.jpg

 

"Com este presidente (Bruno de Carvalho) nunca

João Moutinho teria ido para o FC Porto"

 

- Fanfarrice repetida vezes sem conta aqui no Camarote Leonino e algures - 

 

O tempo é um mestre muito caprichoso. As suas lições ou são 

 repentinas ou são vagarosas, mas são sempre lições.

 

Alguém terá dito...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:27

“De borla não sairá” ?

City Lion, em 03.02.16

 

ac-e1437992122681 (2).jpg

Esta frase foi apenas mais uma das muitas mentiras que já ouvimos do Bruno Carvalho. Infelizmente não só saiu mesmo “de borla” como até foi para o Benfica. Mais do que nunca eles não podem mesmo ser campeões (se não formos nós que seja o Porto) porque ver o Carrillo ser apresentado em apoteose no tri-campeão (só escrever esta expressão me custa) seria um dos piores pesadelos desportivos de sempre e motivo para não ver televisão durante uns tempos.

 

Um dos grandes problemas de Bruno Carvalho é que os sportinguistas são, em geral mais atentos e menos seguidistas do que os adeptos dos nossos rivais. Vejo que há alguma tendência de mudança, mais ao nível das novas gerações, mas por favor deixem de nos tomar a todos por acéfalos.

 

Assim em relação a este caso Carrillo há muito mais para além da ridícula e quase infantil diabolização do jogador e do seu empresário por parte do Bruno Carvalho (desculpa que nem com os meus filhos pegou ) numa fase desesperada de tentar limitar os danos, não ao Sporting, mas às suas possibilidades de reeleição.

 

É óbvio que o jogador e o seu empresário não tiveram um comportamento correcto, mas acima de tudo temos que perceber o que falhámos neste caso para que possamos não repetir no futuro e evitar que mais erros destes nos prejudiquem gravemente e até reforcem os nossos rivais.

 

O problema é que o Bruno Carvalho não tem essa capacidade de auto-análise, até pela sua personalidade egocêntrica, por estar em permanente campanha eleitoral e estar rodeado de “yes-men” (os poucos que não eram entretanto já saíram).

 

A verdade completa deste caso estará ainda por esclarecer, mas posso avançar desde já onde claramente falhámos e foi em muito:

 

  1. Atrasámo-nos a avançar com uma proposta minimamente aceitável para um jogador que esteve sempre a evoluir e Bruno Carvalho teve muito tempo para isso, pelo menos dois anos e no mínimo a época passada toda (a primeira proposta que fizemos sei que foi quase desrespeitosa e ajudou a causar este mal-estar a Carrillo que não lhe desculpa tudo claro);

  

  1. Tentámos lançar achas para a fogueira e dizer que o passe do Carrillo afinal era todo nosso, o que não deixou de causar uma impressão muito negativa em pessoas com grande influência no jogador (mas depois com a renovação de Mané lá mudámos de opinião);

  

  1. Deixámos o jogador começar esta última época de contrato a jogar a titular (Jesus confidenciou a Carvalho que Carrillo “ia valer ouro nas suas mãos”) dando-lhe muito maior peso negocial (e a verdade é que ele brilhou mais do que nunca);

  

  1. Não percebemos o peso pessoal do empresário no Carrillo e tentámos afastá-lo das negociações, sem qualquer benefício para o Sporting;

  

  1. Incentivámos as claques a fazer pressão psicológica pública inédita em Alvalade que foi contra-producente (não somos o FC Porto e ainda bem !), o que causou muito má impressão junto do jogador que se sentiu injustiçado por quem antes o apoiava;

  

  1. Começámos a fazer declarações públicas populistas e ameaças que nos limitaram o campo de actuação (mas que caíram bem nos 200 e tal participantes nas Assembleias Gerais e alguns comentadores aqui do Camarote Leonino);

  

  1. Quando fomos subindo a parada e fizemos uma proposta já em desespero bem acima das nossas possibilidades (este ano vale tudo), a falta de confiança entre as partes tinha chegado a um ponto muito complicado;

  

  1. A instauração de um processo disciplinar com argumentos débeis foi o declarar derrota publicamente (sem no entanto já quase pateticamente nunca desistir de tentar que o jogador fosse para um rival).

 

A conclusão da história é que perdemos esta época mais um jogador que poderia ser fundamental e o pior é que não conseguimos, o mínimo dos mínimos que era evitar que o jogador fosse parar ao nosso vizinho, ainda por cima numa altura em que as relações entre os clubes estão piores do que nunca. Repetimos o que se passou com o João Moutinho mas com a diferença que desta vez nem vamos receber 10 milhões €.

 

Foi um erro histórico que marca um mandato e, quem sabe, no futuro dará origem a mais um processo contra ex-dirigentes que estão hoje em voga (sinceramente espero que não porque a culpa é na verdade de todos nós que elegemos o Bruno Carvalho).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:27

 

19225792_ZjTig.jpg

 

(...) RECORD – Um dos jogadores que tem estado em foco na equipa principal tem sido Carrillo e está sensivelmente a 9 meses de se poder comprometer com outro clube...

 

BRUNO DE CARVALHO – A uma época e meia !

 

R – Não, em Janeiro do próximo ano já se pode comprometer com outro clube...!

 

BdC – (Pausa) Pois, exactamente.

 

R – É um processo para o qual está mais focado neste momento. Preocupa-o ?

 

BdC – Mais focado neste momento estou em atingir alguns objectivos esta temporada. Estou focado naquilo que tem de ser a consolidação, no mínimo, do 3.º lugar no campeonato e na conquista da Taça de Portugal. Ao mesmo tempo, estão a decorrer negociações com aqueles cujos contratos são mais reduzidos. Se acontece ou não... Carrillo de borla não sairá.

 

R – Pegando naquilo que disse e na consciência que tem de que Benfica e FC Porto estarão a tentar prejudicar o Sporting, tem algum receio que alguns dos rivais tente contratar Carrillo, nomeadamente nessas circunstâncias [final de contrato] ?

 

BdC – [longa pausa]... Parece pouco tempo, mas ainda é muito. Até lá, haverá ainda muito para fazer. Não me parece que os jogadores do Sporting vão parar aos nossos rivais, mas... daremos o nosso melhor. (...)

 

 Entrevista de Azevedo de Carvalho ao Record em 28.03.2015

 

 

Depois de tentativas de renovação do contrato, inicialmente por valores absolutamente desconcertantes para a realidade salarial leonina, e que, evidentemente, levaram a nada, Bruno Azevedo de Carvalho, furioso, mas totalmente desprovido de qualquer argumentação legal válida, instaurou um processo a Carrillo por “agir de má-fé no processo de renovação”. Consequência: Este nunca mais viria a vestir a camisola do Sporting.

 

Carrillo respondeu à letra: não negociaria enquanto estivesse suspenso. Tal nunca viria a acontecer. Depois, de países vários como de Inglaterra, com Leicester e Bournemouth e de Espanha, com Sevilha, Valência e Atlético Madrid, chegaram sondagens e mesmo propostas oficiais directas ou através de agentes desportivos. Os ingleses apresentaram uma proposta de 12 milhões de euros prontamente rejeitada pela direção do Sporting, numa altura em que a crença na renovação com Carrillo era grande. Depois veio o acordo com o Bournemouth, que apresentava números idênticos, mas desta vez foi o futebolista de 24 anos que, diz-se, terá rejeitado o negócio.

 

Resultado final: por manifesta incapacidade de gestão, prejudicando gravemente o clube, traduzindo-se essa prática em actos de gestão danosa por, entre outros, lucros cessantes (que pressupõem que o lesado Sporting tinha, no momento da lesão, um direito ao ganho, correspondente à possibilidade de mais valias provenientes da alienação atempada do passe de Carrillo), que se frustrou pela actuação irresponsável do seu presidente Azevedo de Carvalho, o clube sai enormemente prejudicado desta contenda, tanto do ponto de vista desportivo como do financeiro. A seu tempo Bruno Azevedo de Carvalho terá de prestar contas aos sócios. Como exigiu a outros sócios e ex-dirigentes, bem mais responsáveis na sua postura enquanto leões, que o fizessem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:45

 

276255.jpg

 

Transcrevemos, sem qualquer alteração, a reportagem do Diário de Notícias publicada esta madrugada, em que o jornal relata a sua versão dos acontecimentos em torno do compromisso que André Carrillo terá assumido com o Benfica:

 

«André Carrillo vai ser jogador do Benfica a partir da próxima época. O extremo de 24 anos, que está em final de contrato com o Sporting, assinou ontem de manhã contrato com os encarnados válido até 30 de Junho de 2021, que contempla um salário de dois milhões de euros líquidos e ainda um prémio de assinatura de 2,5 milhões de euros.

 

O jogador chegará à Luz a custo zero (na mudança de clube), tendo agora o Benfica cinco dias para informar o Sporting do compromisso com o jogador, cumprindo assim a regulamentação da UEFA. O DN sabe que a carta seguirá para Alvalade dentro do prazo, pois o Benfica quer evitar problemas legais com os leões. Refira-se que Octávio Machado, director-geral do Sporting, disse que, a confirmar-se a transferência, "há prerrogativas que têm de ser cumpridas", que se prendem com a informação ao clube a que ainda pertence.

 

Ao que o DN apurou, o processo precipitou-se nos últimos dias, depois de Carrillo ter tido em mãos uma proposta do Atlético de Madrid, através do empresário Jorge Mendes. Aliás, o jogador até esteve na capital espanhola nesta semana, mas a entrada em cena do empresário Paulo Barbosa e a vontade de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, mudaram tudo.

 

A primeira reunião realizou-se na quarta-feira à hora do almoço, quando Vieira e Carrillo foram vistos a entrar no mesmo prédio, onde Paulo Barbosa tem um apartamento. As fotografias de ambos no local foram publicadas nas redes sociais, tendo fonte oficial do Benfica desmentido, na altura, que tenha havido um encontro, afirmando mesmo ao DN que "o Benfica não está interessado em Carrillo". Ontem, a mesma fonte garantiu ao DN que "não há qualquer contrato assinado" com o jogador, acrescentando que a única coisa que existe é "uma proposta do Atlético de Madrid para o empréstimo de Carrillo no final da época".

 

Pois bem, a verdade é que o encontro entre Vieira e Carrillo se realizou mesmo, tendo sido esse momento decisivo para que o peruano aceitasse a proposta que lhe foi apresentada pelo presidente do Benfica. Aliás, esta jogada de antecipação acabou por surpreender o próprio Jorge Mendes, que pretendia colocar o jogador no Atlético de Madrid, numa operação que incluiria o empréstimo ao Benfica ou ao FC Porto na próxima época, no caso de se confirmar o castigo da FIFA, que impedirá os espanhóis de inscrever jogadores nas duas próximas janelas de mercado.

 

O DN sabe que a proposta apresentada pelo Benfica a Carrillo foi a melhor que o jogador recebeu de um clube que não o Sporting. Sendo certo que o jogador já tinha decidido que não iria continuar em Alvalade, tendo inclusive recusado uma proposta, divulgada em Novembro pelo blogue Football Leaks, no valor de dois milhões de euros limpos no primeiro ano, que aumentaria para três milhões na segunda época de contrato e chegaria aos quatro milhões em 2018-19.

 

Sobre este contrato entre Carrillo e o Benfica, o Sporting não tomou qualquer posição oficial, mas o DN sabe que os leões estão a ponderar accionar judicialmente o jogador por alegadamente ter pretendido prejudicar os leões, mas também por alegados danos causados à imagem do clube.

 

FC Porto também na corrida

 

Ao que o DN apurou, o FC Porto também tentou contratar Andre Carrillo, tendo havido contactos nas últimas horas. Contudo, o Benfica conseguiu antecipar-se aos dragões.

 

Assim se explica que, ontem de manhã, Pinto da Costa tenha afirmado que o peruano já era jogador do Benfica, alegando que o atleta lhe teria sido oferecido. "Telefonaram-me a avisar que o Carrillo estava a assinar pelo Benfica e perguntaram se o FC Porto estava interessado. Não quero saber dos outros. Se quer assinar pelo Benfica faz muito bem", atirou o líder portista, em declarações à SIC.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:53

Regresso de Carrillo iminente ?

Rui Gomes, em 29.11.15

 

carrillo5.jpg

 

A ser verdade o que tem vindo a ser noticiado este fim de semana, o iminente regresso de André Carrilo aparenta ser uma forte possibilidade.

 

As reportagens disponíveis indicam que o avançado peruano vai renovar contrato com o Sporting, quando Bruno de Carvalho regressar da China, e poderá fazer parte das escolhas de Jorge Jesus para o ciclo exigente de Dezembro, em que a equipa leonina disputa seis jogos, além de ainda para o «clássico» com o FC Porto a 2 de Janeiro.

 

André Carrillo e a Sporting SAD terão chegado a um princípio de entendimento para renovar o vínculo até 2020 que prevê a saída do jogador peruano em Janeiro por 12 milhões de euros ou no final da época por 15 milhões de euros. A questão salarial não é referida nesta altura, mas é de prever um aumento substancial, mesmo que a sua estada venha a ser de curta duração.

 

A provável assinatura de um novo contrato de Carrillo com o Sporting pressupõe a reintegração imediata do jogador que está a ser alvo de um processo disciplinar. Sendo assim, Jorge Jesus pode voltar a contar com Carrillo que tinha sido afastado das opções do técnico desde a vitória sobre o Rio Ave (2-1), no dia 13 de Setembro.

 

Confirmando-se, será uma alternativa agradável para as duas partes, dado que o jogador estar parado e sem renovação contratual assegurada, é uma disposição que não beneficia ninguém. Não obstante a complexidade deste caso, não deixamos de questionar o passar de tanto tempo para ultrapassar as inerentes dificuldades.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:28

 

Andre+Carrillo+NK+Maribor+v+Sporting+Clube+7t2sMfD

"Football Leaks" voltou a divulgar documentos relativos ao futebol português, mais concretamente em relação às propostas do Sporting a André Carrillo para a renovação de contrato. Os documentos revelados pelo site - que entretanto ficou novamente indisponível - revelam que o peruano recusou a hipótese de vir a ganhar quatro milhões de euros limpos na temporada 2018/19.

 

Na proposta, ficava estabelecido que caso o Sporting rejeitasse ofertas de 15 ou mais milhões de euros por Carrillo a partir de 2016/2017 e o jogador permanecesse assim em Alvalade, este teria o seu salário progressivamente aumentado. Em 16/17, se o clube não aceitasse a tal proposta, Carrillo passaria a ganhar cerca de 2 milhões de euros líquidos. O valor aumentaria para 3 milhões limpos na temporada seguinte e, finalmente, para 4 milhões líquidos em 2018/19.

 

Os documentos revelam ainda que Elio Casareto, agente de Carrillo, teria direito a um prémio de 1,5 milhões de euros caso o jogador renovasse; outro tanto se o extremo não fosse transferido na janela de mercado do próximo inverno; e ainda a 10 por cento de uma futura transferência de Carrillo pelo valor mínimo de 15 milhões de euros.

 

Não deixa de ser bastante curioso que o "Futebol Leaks" tenha dado novo sinal de vida, aparentemente, apenas para divulgar as supostas ofertas de renovação por parte do Sporting a André Carrillo. Com a missão realizada, o site voltou a estar indisponível.

 

De qualquer modo, não estamos em posição para poder confirmar ou refutar a informação revelada esta quarta-feira. Sendo verdade que André Carrillo recusou uma oferta tão generosa do Sporting, dá para pensar que o que terá entre mãos para o seu futuro será mesmo a nível milionário. Ou será que há algo mais sobre a mesa que ainda não foi revelado ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:46

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 19.09.15

 

Treino2.jpg

 

André Carrillo treinou com a equipa esta sexta-feira.

 

"Opção técnica" de Bruno de Carvalho ou de Jorge Jesus na segunda-feira ?

 

4139_23df67e6f683227b3f24a2394136eba0.png4138_ab694a1c498bcc2e69595cd5d8c78206.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:41

 

... É a opinião do Prof. Jorge Castelo que acompanhou André Carrillo na sua chegada a Alvalade e confessa-se fã do jogador:

Desde que conheci Carrillo a jogar e a treinar, dizia que se um dia saísse do Sporting para outra equipa, a primeira coisa que faria era ir ao Sporting comprar o Carrillo.

 

Castelo-Jorge.jpg

Naturalmente que a mão de Jesus ou de qualquer outro treinador de qualidade faz ampliar as capacidades individuais do jogador e, no fundo, esconder também as debilidades que todos os jogadores têm.

 

É um jogador que gosta de pisar vários espaços de jogo, mas atenção: isso só se consegue depois de ele ter alguma rotina de posição. Todo o trabalho que foi feito pelos outros treinadores, não só no Sporting, também os da formação do Carrillo, porque esses também têm um dedo importante no seu desenvolvimento.

 

Imagine-se que o Sporting tem um André Carrillo a duplicar. Eventualmente, pode encontrar estes jogadores num mercado em que as equipas portuguesas têm alguma limitação do ponto de vista económico. Não é fácil segurar jogadores como Carrillo, mas é com muita dificuldade que se encontra jogadores com essa qualidade.

 

 

Temos acompanhado o pouco que tem sido noticiado sobre a sua renovação mas, na realidade, desconhecemos a especificidade do que está sobre a mesa negocial, tanto no que diz respeito a questões salariais como no que concerne ao Fundo que detém 50% dos seus direitos económicos. Uma coisa me parece clara: a fazer um esforço financeiro com algum jogador e com risco mínimo, Carrillo dá provas de ser uma aposta certeira, tanto em termos desportivos como financeiros. O Sporting deve fazer tudo ao seu alcance para garantir a continuidade deste importante activo e o próprio ainda ontem afirmou que é seu desejo continuar em Alvalade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

Foto do Dia

Rui Gomes, em 19.08.15

 

92EYBVEC.jpg

 

André Carrillo, a figura do jogo, menção honrosa para Rui Patrício

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:54

 

Não será exagero algum sublinhar quão importante a renovação de André Carrillo é para o Sporting, desportiva e financeiramente, e com o passar de cada jogo, a exemplo do de domingo passado, somos confrontados com esta realidade.

 

Andre-Carrillo-150726-Dribbles-G-300.jpg

O historial da contratação do avançado peruano é algo confuso, pelo menos para mim. Não encontrei nenhum comunicado do Sporting a participar os detalhes do negócio à CMVM, no entanto existem reportagens a indicar que custou 1,5 milhões de euros. Isto não faz grande sentido, dado que é possível confirmar que o Alianza Lima vendeu 50% do passe, em Maio de 2011, por 690 mil euros. Surge entretanto a informação a indicar que o fundo "Leiston Holdings" - o tal com ligações a Pini Zahavi - já detinha o restante 50%, e, mais tarde, o Sporting vendeu 20% ao Sporting Portugal Fund, por 600 mil euros, com esta última percentagem a ser recuperada em Janeiro de 2015, muito embora não tenha sido divulgado a que custo para o Clube.

 

De qualquer modo, o que é claro neste momento é que o Sporting detém 50% dos direitos económicos do atleta e que a outra metade é propriedade do fundo "Leiston Holdings". Também aparente, é que não estão em curso quaisquer negociações directamente com André Carrillo relativamente à sua renovação contratual. Como bem sabemos, o seu contrato termina em Junho de 2016 e, segundo Elio Casareto, seu empresário, está tudo dependente de o Sporting e o Fundo chegarem a um acordo:

O André está a fazer as coisas muito bem. Ontem (domingo) fez um golo e foi o melhor jogador do jogo. Ligam-me de muitos lugares para saber da sua situação, mas, como já disse, a propriedade do Carrillo é dividida entre o clube e um fundo. Enquanto não houver acordo entre eles em relação a uma venda, tomamos uma posição de espera. No momento em que isso se resolva, há muitas possibilidades de o jogador analisar a situação. Está muito feliz em Lisboa. Falou-me muito bem do novo treinador, de Jorge Jesus. Está muito motivado para ganhar coisas com o Sporting, como ontem (domingo) a Supertaça.

 

 

Desconhecemos se o Sporting e Leiston Holdings estão a negociar, mas é por de mais evidente que estão agora muitos milhões em cima da mesa, pelo valor do jogador neste momento. Resolvida esta questão, se se chegar a resolver de forma agradável para o Sporting, ainda teremos pela frente a inevitável discussão salarial.

 

Em última análise, uma situação complexa e de difícil resolução, mas creio que não existem dúvidas algumas que o Sporting não pode perde este activo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:04

Foto do Dia

Rui Gomes, em 01.08.15

 

ng0A43126E-C328-4864-A8B1-46FC5C2DF51D.jpg

 

André Carrillo partilhou recentemente esta fotografia ao lado de Diego Capel, na qual celebram a quinta pré-temporada juntos. Ambos chegaram ao Sporting no defeso de 2011/12. É praticamente uma certeza que esta é a sua última de "leão ao peito". 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

 

Negociações em curso tanto com Cédric Soares como com André Carrillo que, segundo consta, não estão nada fáceis de concretizar. Ambos são elementos fundamentais neste Sporting e a SAD procura renovar os seus vínculos contratuais por mais uns anos. A maior dúvida recai sobre a disponibilidade de qualquer um dos jogadores para aceitar compromissos de longo prazo, com cláusulas de rescisão elevadas e com salários dentro do moderado enquadramento orçamental da actualidade. Veremos se o Sporting conseguirá o seu objectivo sem abrir a carteira além do que tem vindo a fazer em tempos mais recentes.

 

Entretanto, é reportado que Slimani foi aumentado ao nível de William Carvalho e Fredy Montero, ou seja, para cerca de 600 mil euros anuais. Se isto o satisfará só o tempo ou o próximo mercado de transferências esclarecerá.

 

Não temos meios para confirmar, concretamente, estas negociações, mas o que é noticiado não deve estar muito distante da realidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:26

O "mistério" chamado André Carrillo

Rui Gomes, em 14.02.14

 

Poucos serão os adeptos que não questionam a escassa utilização de André Carrillo por Leonardo Jardim, nas últimas semanas. Na I Liga, o extremo peruano regista 12 jogos como titular e 3 como suplente utilizado, acumulando 1040 minutos de jogo (11,5 jogos), com 2 golos marcados. No entanto, a última vez que o treinador do Sporting o integrou no onze inicial em jogos do campeonato, foi no de 11 de Janeiro, contra o Estoril Praia, a contar para a 15.ª jornada - substituído aos 66 minutos. Na 16.ª, frente ao Arouca, na 17.ª frente à Académica e na 18.ª frente ao Benfica, esteve no banco dos suplentes mas não foi chamado para entrar em campo. Jogou - 27 minutos - pela última vez no jogo da Taça da Liga contra o Marítimo e, antes disso - contra o Penafiel - também nessa prova.

 

Tendo em conta os seus elevados dotes técnicos e capacidade física, é um caso muito intrigante que confronta os adeptos e para o qual não aparenta existir uma explicação plausível, salvo pela iniciativa de Leonardo Jardim. Para agravar esta intriga, não deixou de ser notado que o técnico leonino omitiu o seu nome, quando foi instado a comentar os seus pupilos, na conferência de antevisão ao jogo de sábado com o Olhanense. Mencionou que deposita o máximo de confiança em Heldon, Wilson Eduardo, Diego Capel e Carlos Mané, mas sobre André Carrilo absolutamente nada, e é difícil de acreditar que tenha sido por mero lapso de memória.

 

Quero acreditar que a ausência do jogador do lote dos utilizados obedece a uma qualquer estratégia por parte do treinador, a não ser que por motivos desconhecidos existam ordens para o efeito da Sporting SAD, mas neste último caso, nÃo existe qualquer informação a explanar a causa que terá levado à decisão.

 

Por falta de sugestões que possam contribuir para o esclarecimento deste "mistério", deixamos a contenda à consideração dos leitores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:57

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo