Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda acredita no Pai Natal ?

Ricardo Leão, em 23.01.17

 

img_infografias$2017_01_23_10_25_03_1212265.jpg

Os "sucessos" da dupla Azevedo de Carvalho/ Jorge Jesus

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

 

20193293_Wz63y.jpg

 

Como seria de esperar, honrando a frase "quem com ferros mata com ferros morre", a blogosfera brunista, mesmo a assalariada, não foi de poucas medidas. Agora quer a cabeça do chefe. Para nós, infelizmente o dizemos, esta situação não é novidade já que, como é sabido, alertamos para a mesma quase há 4 anos.

 

Não se esperaria pois, por desnecessidade, que fossemos os primeiros a exigir a demissão antecipada de Azevedo de Carvalho e, naturalmente, a sua não recandidatura, pelo facto do projecto(???) que apresentou e para o qual gastou milhões de euros que nos pertencem, estar falido.

 

Outros, contudo, habituais defensores de Azevedo, foram rápidos a exigir o óbvio. Senão vejamos um exemplo que resume o estado de espírito da nação leonina:

 

"Bruno de Carvalho é o principal responsável ponto final!

 

- Agora a cereja no topo de bolo era este ridículo presidente despedir cobardemente Jorge Jesus e pagar uma indemnização choruda e assim salva a pele, vergonha esta época, deu total poder a Jorge Jesus no Sporting e quem se está a rir é o Orelhas que o despediu e continua a ganhar e não falem em arbitragens e que não sou sócio e que não posso opinar!

 

Quando saiu Marco Silva quem devia ter saido era Bruno de Carvalho!

 

Mais a frio amanhã falaremos sobre esta vergonha!"

 

Mas, para que melhor se perceba o tipo de "cultura de clube" que o triste consulado de Bruno trouxe ao Sporting, nada como citar um comentador habitual deste espaço que, em meia dúzia de palavras, tantas quantas a sua escassa capacidade intelectual o permite, resumiu, na tasca que habitualmente o acolhe, o estado de espírito destes "sportinguistas":

 

"(...) o problema vosso mesmo hipoteticamente vocês abustres ganharem as eleições não vão ter paz. Porque aqui os camaradas não vos querem lá, vão ser minados diariamente . Querem guerra vão tela e da grossa" (Fight for your right)

 

Está apresentado o que espera Pedro Madeira Rodrigues e o enorme trabalho que terá em reerguer um clube completamente perdido numa "cultura" clubística lampiónica, que nunca foi a sua, mas que Azevedo de Carvalho fomentou diariamente.

 

Pobre Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:29

A carta de Bruno Miguel ao Pai Natal

Ricardo Leão, em 29.12.16

 

20150278_HR5zM.jpg20150279_Criub.jpg

 

Leia aqui o conteúdo da carta revelada por Santos Neves em "A Bola".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

Tão perto e tão longe...

Ricardo Leão, em 28.12.16

 

20147165_AgABO.jpg

 

A foto é elucidativa. A expressão corporal e, sobretudo, a cara, dizem tudo. Um misto de sobranceria, arrogância e altivez. Para quem se diz próximo dos adeptos, os olhos no além não mentem. Pertíssimo dos adeptos, longíssimo dos mesmos, transformados estes, hoje como no passado, em meros instrumentos de manutenção no poder. Custe o que custar.

 

Eis a postura clássica de Bruno Azevedo de Carvalho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

A última ceia

Ricardo Leão, em 21.12.16

 

20136281_rDNbA.jpg

 Ou a interpretação da linguagem corporal dos jogadores

 

 

1 – Bruno Azevedo de Carvalho “oferece” a mão para cumprimentar Rúben Semedo, mostrando disponibilidade e abertura evidenciada por uma palma da mão aberta e exposta.

 

2 - O jogador lança um olhar de superioridade, com algum desdém, não estabelecendo qualquer contacto ocular ao cumprimentar Azevedo de Carvalho, o que denota algum afastamento do acto ou da pessoa.

 

3 - A falta de compromisso também é notória na fraca tensão que coloca na mão na altura do cumprimento.

 

4 – Adrien Silva parece corroborar do mesmo estado emocional de Rúben Semedo, com um olhar de superioridade, cabeça puxada para trás denotando afastamento sobre o acontecimento.

 

5 – Mantém os braços cruzados o que pode significar pouca abertura ou disponibilidade para o contacto com Azevedo de Carvalho.

 

6 – William Carvalho não foge ao ambiente vivido naquela mesa com a presença de Azevedo de Carvalho, um olhar indirecto acontece quando não nos vinculamos à pessoa, acompanhado por uma testa franzida, muito característica de emoções negativa ou de maior tensão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

 

20135542_VzcDJ.jpg20135550_ha9Jt.jpg20135546_tvVGz.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30

Rui Morgado é mestre

Ricardo Leão, em 07.12.16

 

20106461_ieH8z.jpg

Rui Morgado, o jurista e advogado que foi vice-presidente da Assembleia Geral da SAD do Sporting durante o mandato de Azevedo de Carvalho, funções estas de que se demitiu em Outubro de 2015, depois de um desentendimento final com o ainda presidente do clube, realizou esta semana no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, as suas provas públicas do Mestrado em Direito das Empresas, especialização de Direito do Trabalho, com uma tese subordinada à temática da "Mediação Laboral Desportiva: Por um novo paradigma na resolução de litígios emergentes do contrato de trabalho dos profissionais de futebol", com a elevada classificação de 17 valores.

Orientado pelo Professor António Monteiro Fernandes, a prova de dissertação teve como arguente o advogado e especialista em matérias de direito do desporto João Correia.

 

Ao novo mestre apresentamos os nossos parabéns.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33

Tudo isto é demasiado triste...

Ricardo Leão, em 17.11.16

transferir (18).jpg

 

...Ou como o Sporting é diariamente gozado à conta de um presidente que está a mais no futebol. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:58

Não é este o Sporting que queremos !

Ricardo Leão, em 15.11.16

 

20053018_zwtS3.png

 

Não sei quem tem razão nem é preciso saber. Sei sim que um presidente do Sporting, que se preze, e que honre a história do clube, não se envolve neste tipo de incidentes. Ponto Final. Azevedo de Carvalho não é nem nunca foi esse tipo de presidente. Carvalho envergonha os sportinguistas, adeptos e associados do clube, pelo tipo de conduta assumido ao longo do seu mandato. Está a mais no futebol, como o próprio hoje reconhece ainda que não tire as necessárias ilações.

 

É hora de por ponto final a esta aventura irresponsável e que compromete a imagem do Sporting. O Sporting não é nem pode ser isto. Basta!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33

A coerência, essa palavra desconhecida

Ricardo Leão, em 10.09.16

 

19895797_cZdzD.png

 

Abordo este assunto pela última vez. Pessoalmente é-me indiferente se Bruno ganha ordenado. Eu não o faria mas cada um sabe de si. Já não me é indiferente o facto do ainda presidente do Sporting, Azevedo de Carvalho, desrespeitar sócios e adeptos quando falta à verdade sobre um assunto que considerou importante quando revelou a sua candidatura. 

 

Ao contrário de Carvalho nós temos memória. E quando esta falha nada como recorrer a apenas uma das centenas de entrevistas que Carvalho ou os seus ocasionais apoiantes deram ao longo do seu consulado. Neste caso o impagável comendador Jaime Marta, que tantas vezes surge como porta-voz oficioso do "querido líder", disse tudo e sem desmentido superior: enquanto as contas do Sporting não estiverem positivas, ou seja, "enquanto sentir que há dificuldades", Bruno não receberia ordenado. à espera de melhoras dias, em suma.

 

Ou seja, poderia receber mas tal ficaria dependente de um conjunto de pressupostos que teriam de se concretizar.

 

Depois já sabemos o que se passou. Os melhores dias, três anos passados, não chegaram e, na verdade, de positivas as contas nada têm. Muito pelo contrário, como é sabido, deram um prejuízo real que não foi pequeno. Ora assim sendo, e na "lógica carvalhiana", nada haveria a receber. O resto já é conhecido de todos. 10.500 mil razões em sentido contrário.

 

A coerência ficou, uma vez mais, na gaveta. Quanto a mais uma inverdade é melhor nem falar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:26

Parabéns Bruno !

Ricardo Leão, em 23.03.16

 

19382470_5ThCq.gif

 

3 anos de mandato traduzidos numa "mão cheia e outra de coisa nenhuma". O seu legado ? Dívidas atrás de dívidas e uma resma de processos em tribunais.  Será sempre lembrado pela perseguição a ex-presidentes, ex-jogadores e a sócios do clube. Foi, sem margem para quaisquer dúvidas e até ao momento, o pior presidente da história do SPORTING. Eis o retrato de Bruno Azevedo de Carvalho. Está para nascer quem consiga fazer pior. Parabéns Bruno !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:24

 

19165821_DhGJz.jpg

 

Bruno é incapaz de estar calado mais do que 24 horas. Desta feita foi uma entrevista à SIC Notícias. Entre as várias afirmações produzidas retiro as seguintes "pérolas":

 

1. A estupidez humana irrita-me.

 

2. Eu era uma pessoa com mundo. Tive as minhas empresas.

 

3. Entendeu isto que lhe estou a dizer? (virando-se para o jornalista...)

 

4. Sou uma voz isolada.

 

5. Eu nem comigo sou tolerante.

 

6. (...) Tenho tudo à mão.

 

7. Tínhamos tudo para ser um povo inteligente.

 

8. Sempre fui traquinas.

 

9. O Bruno de Carvalho (referindo-se a si próprio...) sempre planeou muito bem a sua vida.

 

10. Olho para este percurso e vejo o Bruno de Carvalho, a pessoa, e há coisas de que não gosto.

 

E, por último, a "pérola" das "pérolas": a minha ambição, a nível profissional, era ser presidente do Sporting.

 

E depois Bruno ainda se admira que falem dele e digam o que dizem... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:38

Eis o Sporting que Bruno nos prometeu

Ricardo Leão, em 06.11.15

 

18981533_HBo6P.jpg

 

Um Sporting à imagem da falta de ambição do seu treinador. E, já agora, do seu presidente. Quando Jesus dá o mau exemplo, o que esperar dos jogadores ? Mais do mesmo, como é evidente. O problema é que ninguém explicou a Jorge Jesus (será que isso era mesmo preciso ?) as ambições e a exigência do clube onde se encontra. O mais fantástico é que de Azevedo de Carvalho, noutros palcos tão publicamente interveniente, se vê "uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma".  Ou seja, para fora faz voz grossa, para dentro não é mais do que um miar de um gatinho. Aqui está um exemplo da tal "cultura de exigência" defendida por Azevedo de Carvalho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:22




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo