Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Bruno Gaspar - lateral direito do Vitória de Guimarães - estava no radar leonino, mas os contactos oficiosos levaram ao afastamento do Sporting. 

 

889837.jpg

 

Detendo 50 por cento dos direitos económicos de Bruno Gaspar, o Benfica terá feito saber informalmente junto dos dirigentes vimaranenses que pretendia ser ressarcido por um valor na ordem dos cinco milhões de euros, face ao interesse do Sporting, dificultando qualquer tentativa de acordo entre as partes.

 

Perante este obstáculo, o Sporting saiu de cena, mesmo sabendo que o rival da Luz não tem à sua disposição qualquer cláusula de opção de recompra ou direito de preferência sobre Bruno Gaspar, que é seguido pelos franceses de Lyon, Mónaco e Nice.

 

Os dirigentes leoninos deixaram assim cair a possibilidade de negócio, procurando outras soluções que estão a ser identificadas pela estrutura do futebol, focada sobretudo no mercado europeu, ainda que nomes como Salazar ou Mayke constem da longa lista de atletas em análise, sem que esteja definido qualquer alvo prioritário nesta fase.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:22

 

img_770x433$2017_04_15_23_35_28_1252061.jpg

 

Um golo de Igor Zabic, a dez segundos do final do «derby» na Luz, impediu a derrota do Sporting. Águias e leões empataram a 29, abrindo caminho ao FC Porto no topo da tabela, já que os dragões, com este resultado, passam a deter 4 pontos de avanço sobre o Sporting e mais 9 do que o Benfica. Um resultado que acaba por não ser o desejado por ambas as formações, mas que penaliza mais os leões, que assim ficam com a sua missão ainda mais complicada na luta pelo título.

 

Sporting: Matej Asanin, Pedro Portela (3), Michal Kopco (1), Carlos Ruesga (1), Frankis Carol (7), Ivan Nikcevic (2) e Janko Bozovic (2). Jogaram ainda Aliosa Cudic, Igor Zabic (5), Cláudio Pedroso (4), Carlos Carneiro (1), João Pinto (2), Edmilson Araújo (1), Bosco Bejlanovic, Francisco Tavares e Bruno Gaspar.

 

Treinador: Hugo Canela.

 

Marcha do marcador: 2-3 (05 minutos), 6-5 (10), 8-7 (15), 11-9 (20), 13-10 (25), 14-12 (intervalo), 17-14 (35), 19-17 (40), 23-21 (45), 25-24 (50), 27-27 (55) e 29-29 (resultado final).

 

Curiosamente, os maiores festejos sentidos nas bancadas aconteceram quando terminou o encontro de futebol em Braga, onde o FC Porto empatou com os 'arsenalistas' (1-1), em encontro da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:18

Os homens da bola (5)

Rui Gomes, em 07.04.17

 

21024904.jpg



«As únicas cartilhas bem conhecidas são a cartilha da fruta, do Apito Dourado, do Canelas e agora da Operação Fénix em que arguidos e dirigentes se acusam entre si de serem responsáveis por darem ordens a alegados casos de seguranças ilegais. O resto são "fait-divers" para desviar as atenções de ameaças, pressões constantes antes e durante os jogos, bem como invasões a centro de treinos de árbitros».

 

Luís Bernardo, director de comunicação do Benfica, instado a comentar a "cartilha" de 24 páginas, alegadamente um documento que o clube da Luz entregou aos comentadores televisivos "encarnados", revelado pelo FC Porto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:54

Mas que palhaçada !!!

Rui Gomes, em 25.03.17

 

Através de comunicado, o Benfica anunciou esta sexta-feira que nenhum membro dos órgãos sociais do clube irá marcar presença no jogo entre Portugal e a Hungria, que se disputa este sábado no Estádio da Luz.

 

WINUGMYN.jpg

 

O clube "encarnado" ainda surge a solicitar reuniões a Fernando Gomes e Pedro Proença, presidentes da Federação Portuguesa de Futebol e da Liga Profissional de Clubes, respectivamente, face às "fortes preocupações que o Benfica manifesta em relação à actual situação do futebol português".

 

Na passada segunda-feira, o Benfica criticou a FPF por alegadamente não agir perante o que diz ser um "grave clima de coação, intimidação e declarações públicas ofensivas quase diárias", exigindo ainda uma justiça igual para todos.

 

Este sábado, em intervenção na casa do Benfica de Abrantes, a tomada de posição das 'águias' será explicada pelo vice-presidente Almeida Lima.

 

O grande problema do futebol português sempre foi o seu dirigismo, com a culpabilidade a ser partilhada em igual dose entre os clubes e os organismos que regem a modalidade. Esta e outras recém-acções, são apenas mais do lamentável mesmo.

 

Não se deixa de reconhecer a ironia ao ver os historicamente mais beneficiados clamar injustiça quando entendem que o "privilégio" cessou, mesmo que não seja esse o caso, basta o receio que isso venha a acontecer.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

 

17362925_10154234960111555_6001019885119202551_n.j

 

O Sporting garantiu este sábado o apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal de andebol ao receber e vencer o Benfica por 35-28, numa partida que foi disputada no Pavilhão do Ginásio Clube do Sul.

 

Apesar de as águias terem entrado a vencer, cedo a equipa verde branca conseguiu inverter o resultado e construir uma vantagem confortável, principalmente na segunda meia hora.

 

Pedro Portela e Cláudio Pedroso foram os melhores marcadores leoninos, com cinco golos cada.

 

O Benfica venceu a última edição da Taça e, esta temporada, já defrontou os leões por três vezes, saindo derrotado de todas as partidas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

 

A diferença é "peanuts", mas pela primeira vez em muitos anos o Sporting tem uma folha salarial mais elevada do que a do Benfica. No primeiro semestre deste ano, o clube de Alvalade gastou 31,5 milhões de euros em custos com o pessoal. Um pouco mais do que o Benfica, que totalizou 30,4 milhões.

 

Os dois clubes de Lisboa aumentaram a folha salarial, mas é a do Sporting que mostra um crescimento cada vez maior (ver gráfico). No primeiro semestre deste ano, o clube de Alvalade gastou mais 34,5% em salários do que no mesmo período do ano passado.

 

 

mw-680.jpg

mw-680.jpg

 

Em causa está a política de contratações dos últimos anos, uma aposta da presidência de Bruno de Carvalho que se tornou visível sobretudo desde 2015/16, ano que ficou marcado pela contratação de Jorge Jesus ao rival da Segunda Circular. A 31 de Dezembro último, o plantel do Sporting estava avaliado em 42,4 milhões de euros. Este valor subiu 10 milhões face a 31 de Junho, mercê sobretudo da contratação de Bas Dost. Mas se a análise for um pouco mais longe, então o plantel do Sporting vale neste momento mais 120% (mais do dobro) do que valia a 31 de Junho de 2015, isto é, no final da época antes de Jesus.

 

Apesar de a folha salarial do Sporting estar próxima da do Benfica e de o investimento na equipa de futebol ter aumentado muito, o valor do plantel leonino é significativamente inferior ao do Benfica, que no final da época passada era de 115 milhões de euros. Em grande parte, esta diferença de 170% entre o valor nos balanços dos plantéis dos dois clubes é explicada com o facto de o Sporting ter um peso de jogadores de formação na sua equipa mais elevado do que o Benfica (e, já agora, do que o FC Porto). E os jogadores da formação, como nunca foram transaccionados, são registados no activo a zeros.

 

Isto significa que jogadores como Rui Patrício, Gelson Martins e William Carvalho estão contabilizados a zeros no balanço. Adrien está valorizado em apenas 1,2 milhões de euros porque recebeu um prémio de assinatura. Mas qualquer um destes jogadores teria um valor de mercado, caso fosse vendido, de muitos milhões de euros.

 

O reverso desta valorização do plantel é o aumento dos salários. Neste momento, Jorge Jesus continua a ser o ‘empregado’ mais bem pago do Sporting. Na equipa, os jogadores com salários mais elevados são Bas Dost, Rui Patrício e Adrien.

 

Analisando toda a era Bruno de Carvalho no Sporting, verificam-se dois movimentos nos custos salariais semestrais do clube. Nas duas primeiras épocas, uma queda súbita (de 31% nos primeiros seis meses de 2012/13 face ao mesmo período do ano anterior, seguida de mais 21% no ano seguinte), após a qual há uma subida acelerada (de 94% no primeiro semestre de 2015/16 face ao período homólogo do ano anterior, mais 34,5% no primeiro semestre deste ano).

 

A folha salarial a 31 de dezembro de 2016 mais do que duplicou (um crescimento de 107%) face ao primeiro semestre da primeira época de Bruno de Carvalho como presidente do Sporting.

 

Nota: No segundo semestre deste ano, é provável que o Sporting venha de novo a ter custos salariais inferiores aos do Benfica. É que a venda e a devolução de jogadores emprestados também significa pagar menos salários, podendo estimar-se que pague entre menos 4 a 5 milhões de euros nos últimos seis meses desta temporada do que pagou no primeiro semestre.

 

 

Artigo de Lídia Paralta Gomes e Pedro Santos Guerreiro, jornal Expresso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:05

 

image.jpg

 

O Tribunal Judicial de Lisboa rejeitou o recurso apresentado pelo Sporting, que exigia que lhe fossem devolvidos os 360 mil euros pelos estragos causados no Estádio da Luz, no dérbi de 26 de Novembro de 2011, no final do qual os adeptos leoninos incendiaram as cadeiras da bancada.

 

A Federação Portuguesa de Futebol, através dos seus órgãos disciplinares, condenou a Sporting SAD a pagar 359.338,70 euros ao Benfica. O Sporting decidiu recorrer à justiça civil, alegando que seriam os "encarnados" os responsáveis pelo incêndio, defendendo que os adeptos sportinguistas tinham ficado demasiado tempo na caixa de segurança, que tinha sido inaugurada naquela partida.

 

A sentença agora proferida pelo juiz do Tribunal Judicial de Lisboa indica que a decisão tomada em última instância desportiva pelo Conselho de Justiça "não pode ser posta em causa, dado que foi provado que o momento da evacuação dos adeptos do Estádio da Luz foi decidido pela PSP e não pelo Benfica", confirmando ainda terem sido os adeptos do Sporting "que deflagraram os focos de incêndio".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:09

Sporting vence Benfica na Luz

Rui Gomes, em 02.03.17

 

image.jpg

 

O Sporting foi esta quarta-feira ao pavilhão da Luz vencer o Benfica, por 30-27, em jogo da 25.ª jornada da fase regular do Campeonato Nacional de andebol, decidido apenas nos minutos finais.

 

Numa prova em que o FC Porto é líder isolado e invicto, com 25 triunfos, o «derby» entre os eternos rivais foi marcado por constantes reviravoltas no marcador e no final a sorte sorriu ao Sporting, premiando a frieza e a forma compacta com que jogou ao longo dos 60 minutos.

 

Frankis Carol, com sete golos, Pedro Portela e Igor Zabic com cinco, foram os melhores marcadores do Sporting. Do lado contrário, Belone Moreira, com oito, e Luka Rakovic, com quatro, foram os elementos mais concretizadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:40

 

 

A equipa de juvenis do Sporting derrotou este sábado o Benfica por 6-5 no pavilhão José Gouveia, em São João da Talha, em jogo a contar para a 14.ª jornada da 1.ª fase de apuramento do Campeonato Nacional de futsal.

 

Ricardo Pinto, Frederico Lopes (3), Célio Coque e Tomás Veríssimo foram os marcadores leoninos. Do lado do Benfica, Wilson Cabral, Bruno Sá, Marco Santos, Iuri Barros e Tiago Correia apontaram os golos.

 

Com este resultado, o Sporting termina a primeira fase da competição em primeiro lugar, só com vitórias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:11

 

img_770x433$2016_12_21_20_31_16_1199715.jpg

 

«Os primeiros 15 minutos marcaram a diferença, depois veio o melhor do Rio Ave. Depois na segunda parte, o Rio Ave bateu-se de igual com o Benfica, mas o resultado estava feito. Há que valorizar o que fizemos. Fizemos um jogo de entreajuda, mas aqueles primeiros 15 minutos foram fundamentais para sair daqui com este resultado.

Não procuramos recordes, procuramos somar pontos para o nosso objectivo. Sabemos que era difícil mas fomos atrás. Não diria que o Benfica entrou forte, mas nós não entrámos da forma que queríamos e isso ditou o resultado. Depois disso, o jogo ficou pior porque o Benfica controlou. Ficam preocupados quando as equipas ditas pequenas gerem assim o jogo, mas o Benfica fez isso e não valoriza nada o futebol. Não é este o futebol que queremos apresentar. Queremos futebol mais bonito, com mais golos. Continuamos a trabalhar e há que valorizar o que fizemos hoje depois do 2-0».

 

As palavras de Tarantini, «capitão» do Rio Ave, despertaram o meu interesse, apenas por eu ter dito o mesmo, palavras para o efeito, depois do «derby» na Luz.

 

Rui Vitória, treinador com mentalidade de equipa pequena, lança o Benfica a jogar precisamente de acordo com a sua pessoa. Diante do Sporting, surpreendeu-me ver a equipa "encarnada" a jogar em contra-ataque em casa, o exacto estilo de equipa pequena.

 

Ironicamente, tem vindo a dar resultado, e será isso que conta em análise final. O Benfica lidera a I Liga e está bem lançado para a conquista do título, mesmo a jogar um futebol de equipa pequena.

 

Para evitar comentários fúteis, esclareço desde já que este meu parecer em nada se relaciona com o desempenho do Sporting esta época, um assunto que merece debate próprio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:11

 

F766PPIA.jpg

 

A origem desta notícia é o jornal A Bola e sendo este o quasi-oficioso porta-voz do clube da Luz, é de admitir que será mais um caso em que "onde há fumo, há fogo".

 

Os encarnados aguardam que o Conselho de Disciplina instaure processos contra o presidente e o director para o futebol do Sporting, e esperam que venham a merecer um pesado castigo por parte da Federação Portuguesa de Futebol, até porque, caso não o faça, será o próprio clube a avançar com uma participação disciplinar.

 

No que a Bruno de Carvalho diz respeito, o Benfica considera que a sua atitude no final do encontro, quando enviou beijos para a bancada, se inserem no artigo 132.º, ou seja, é um incitamento de disciplina, que pode vir a ser castigado com uma suspensão de entre seis a 18 meses.

 

Já quanto a Octávio Machado, o clube da Luz exige que as palavras dirigidas ao árbitro Jorge Sousa, que considerou ter tido “uma noite má e influência decisiva no resultado" sejam também elas sancionadas.

 

Mais umas queixinhas para fazer esquecer o comportamento dos adeptos na Luz durante o jogo e minimizar danos futuros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:59

 

Y23TVCV4.jpg

 

A explicação de Jorge Jesus para a substituição de Bas Dost, aos 83', numa altura em que o Sporting dava o tudo por tudo para assegurar o empate diante do Benfica:

 

«Bas Dost teve uma bola na trave e um golo, após um jogo muito bem trabalhado por Joel Campbell, mas precisávamos meter mais velocidade na frente. Ele não é muito rápido e precisávamos de um jogador naqueles 10 minutos a mexer com a intensidade do nosso jogo».

 

Para mim, é uma substituição e subsequente explicação sem nexo. Jorge Jesus indica que precisava de mais velocidade no jogo do Sporting, mas não vejo como é que isso se relaciona com Bas Dost, um ponta de lança, e ainda menos, a sua visão de André ter características para contribuir nesse sentido.

 

Jorge Jesus jogou uma carta fora do baralho, na esperança que num momento de inspiração quem acaba de sair do banco marcasse o tão desejado golo para o Sporting. Este tipo de decisões são relativamente comuns entre técnicos, mas o seu valor é avaliado somente em função do resultado. Em termos gerais, não faz sentido que no desespero pelo golo se retire do relvado o melhor marcador da equipa e, na realidade, o único goleador.

 

*** Até este momento, em Portugal, Bas Dost regista 8 golos marcados na I Liga e 1 na Champions.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:18

Convocatória para o Benfica

Rui Gomes, em 11.12.16

 

15337415_10153981240381555_3686992158277683726_n.p

 

Sem surpresas no lote de convocados de Jorge Jesus. Markovic , soube-se esta manhã, está lesionado. O seu onze inicial deve corresponder ao que tem vindo a utilizar nos últimos jogos da I Liga, apenas com alguma dúvida sobre o segundo avançado. Eis o meu palpite:

 

Rui Patrício; João Pereira, Sebástian Coates, Rúben Semedo e Mavin Zeegelaar; William Carvalho, Adrien Silva e Bruno César; Bryan Ruiz, Gelson Martins e Bas Dost.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:56

 

 

(Gráfico: CARLINHA)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

 

Cartaz_CursoTribunalArbitralDesporto_Fev2016_960x4

 

O Tribunal Arbitral do Desporto deu esta semana uma vitória ao Sporting no chamado ‘caso dos vouchers’, ao proceder ao arquivamento da queixa apresentada pelo Benfica das críticas de Bruno de Carvalho.

O tribunal esclarece que Bruno de Carvalho agiu dentro da lei, explicando porquê: "Tem o direito à crítica, ao abrigo da liberdade de expressão, não tendo ultrapassado os limites, tratando-se de pessoas públicas. Numa esfera pública, a crítica é mais tolerada do que se fosse dirigida a um cidadão normal". Assim, considera que o Conselho de Disciplina da FPF "decidiu bem, não merecendo censura, uma vez que não há a violação de qualquer norma jurídica".

Apesar de não encontrar nada de condenável nas declarações de Bruno de Carvalho, o colectivo de juízes – composto por Leonor Chastre (presidente), Luís Lucas Pires, Sérgio Castanheira e João Pedro Miranda – teceu algumas considerações à atitude do presidente do Sporting.
 
Passa-se a citar: "O estilo repetitivo e exagerado das afirmações proferidas, faz parte de uma personalidade com uma concepção de urbanidade ‘sui generis’, eventualmente censurável no plano da vivência e da convivência social, mas não para além desse plano. É um comportamento censurável, eticamente, mas não ferido de ilegalidade".
 
Uma consideração que visa sublinhar que não se trata de uma apreciação sobre a maneira de ser de Bruno de Carvalho, mas sim uma referência ao processo em curso.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:01

Oportunidade a não desperdiçar

Rui Gomes, em 03.12.16

 

wdiag.jpg

 

Pela primeira derrota do Benfica no campeonato, diante do Marítimo, por 2-1, o Sporting tem agora uma oportunidade óbvia de recuperar terreno perdido e ficar apenas a dois pontos do líder, vencendo o Vitória de Setúbal.

 

Antes de quaisquer festejos prematuros, recorde-se que o Sporting tem o mau hábito, quase tradição, de desperdiçar estas ocasiões.

 

Para sublinhar a importância de uma vitória este sábado, lembramos que o «derby» entre os eternos rivais disputa-se na próxima jornada, a 11 de Dezembro.

 

Ainda sobre a visita dos "encarnados" à Madeira, o incomparável Alberto João Jardim afirmou:

 

«O Marítimo é uma nação, o Benfica é um clube de bairro»

 

Perante isto, nada mais a comentar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

 

Damos seguimento ao post do nosso leitor PSousa, intitulado O que é que se pretende promover ?, sobre o spot publicitário do Benfica na RTP (que entretanto retirou o vídeo, mas que pode ser visto aqui) ao qual o Sporting já surgiu a criticar via Comunicado:

 

 
 
Sporting Clube de Portugal
 

Tendo tomado conhecimento de uma promoção ao jogo Benfica-Nápoles, referente à próxima jornada da Liga dos Campeões, produzida pela RTP, vem o Sporting CP afirmar o seguinte:

 

1 - O Sporting CP repudia de forma veemente o tom provocatório da parte final da referida promoção em que alguém atira uma baforada de fumo para a cara de outro interveniente;

 

2 - O Sporting CP entende que a utilização desta imagem para fazer uma evidente piada de mau gosto é um insulto ao Clube e aos Sportinguistas;

 

3 - O Sporting CP não pode deixar de lamentar que o Canal Público de Televisão, que é pago por todos os contribuintes em que se incluem mais 3,5 milhões de Sportinguistas, se preste ao papel de amesquinhamento de uma instituição que tem 110 anos de História e que, também por isso, é merecedora de mais respeito.

 

4 - O momento escolhido pela RTP para colocar no ar esta promoção, dia em que recebemos o Arouca em Alvalade, não deixa também de ser infeliz tendo em consideração o contexto anterior a este jogo.

 

5 - O Sporting CP exige à RTP, como a todos os órgãos de comunicação social, respeito pela instituição e pelos seus dirigentes. E consideramos que não é com recurso a este tipo de provocação gratuita que se promove o bom ambiente e relacionamento no desporto em geral e no futebol em particular.

 

Lisboa, 30 de Novembro de 2016

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

 

nunosaraiva1dr.jpg

 

 
 
 
Nuno Saraiva SCP
 

 

Rui Gomes da Silva, no seu habitual estilo trauliteiro, questionou o facto de a CMVM não perguntar quem é o investidor do Sporting.

 

Aqui, até porque nos pautamos pela transparência, não temos medo de revelar as coisas. A resposta é simples: ainda não perguntaram pois toda a equipa da CMVM procura obter do Benfica as respostas às seguintes interrogações:

 

- Quem é o Brasa FC e que negócio foi esse?


- Que negócios de branqueamento de dinheiro são aqueles de que se fala no Paraguai?


- Que consequências para o mercado terá o chamado caso "vouchers"?


- Porque é que o Benfica anunciou que recebeu o dinheiro da venda de Renato Sanches a pronto e depois o relatório de contas da Benfica SAD diz o contrário?


- Porque proclamou o Benfica que fez o melhor negócio de direitos televisivos e afinal existem documentos que comprovam o contrário?


- Que ligações existiam entre o Benfica e o BES, nomeadamente o Dr. Amilcar Morais Pires?


- Qual o real montante da dívida do Benfica que está no "Banco Mau" (BES)?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:48

O que é que se pretende promover ?

Rui Gomes, em 30.11.16

 

naom_5481d84c295cf.jpg

(O vídeo foi retirado, presumivelmente pela RTP)

 

 

Haverá quem estranhará o que hoje comento aqui, mas foi-me impossível ficar indiferente perante esta pretensa promoção a um jogo de futebol do Sport Lisboa e Benfica.

 

Além dos muito maus protagonistas - para ser simpático - o spot publicitário acaba por promover o que de menos bom há no desporto... desrespeito por um adversário.

 

A alusão a Bruno de Carvalho, e por inerência ao Sporting Clube de Portugal, que em nada se relacionam com o jogo de futebol que é suposto ser o foco da promoção, é nada menos do que degradante e obra indigna de quem vislumbrou a representação da instituição em causa.

 

O nosso rival "encarnado" já reagiu à promoção do jogo que se vai realizar mais a Norte, mas sobre esta nada consta. Será que os responsáveis subscrevem este irreflectido acto ?

 

Esperamos que não seja mais do que uma muito mal concebida representação "artística". Ao fim e ao cabo, tendo em conta o seu tão baixo nível, serve os interesses de quem ?

 

Nota: Este post é da autoria do leitor PSousa, a quem agradecemos, desde já, a gentileza da sua colaboração.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

Luís Figo em parceria com o Benfica

Rui Gomes, em 08.11.16

 

web_summit_2016_lisbon.jpg

 

Curioso, ou talvez não - porque haverá uma explicação lógica - que Luís Figo tenha uma parceria com o Benfica e não com o Sporting, para que os jovens aspirantes a futebolistas mais qualificados que passarem pela Web Summit, até quinta-feira, possam ser testados no Campus do Seixal, foi hoje confirmado no lançamento da 'app' Dream Football.

 

O jogador formado em Alvalade juntou-se a João Guerra e ambos avançaram para o desenvolvimento de uma aplicação para usar no telemóvel que promete revolucionar os métodos de recrutamento de jovens futebolistas. "Qualquer miúdo, em qualquer parte do Mundo pode tomar o seu destino nas mãos e prosseguir o seu sonho", garantiu João Guerra. "Era preciso ter uma ferramenta ao alcance de todos os que gostam de futebol e não apenas daqueles que estão nos circuitos tradicionais dos clubes de futebol", sublinhou Luís Figo.

 

A aplicação Dream Football permite a realização e edição praticamente simultânea de vídeos que serão disponibilizados à escala mundial, e aos quais os clubes estarão atentos. O papel de Luís Figo será eleger os três melhores vídeos em cada semana e submetê-los aos clubes parceiros, entre os quais se encontram o Benfica e o Inter, entre outros.

 

Durante a Web Summit, 300 crianças de escolas de Lisboa mostrarão as suas habilidades num campo montado na FIL, e as melhores, seleccionadas por Figo e pela equipa da Dream Football, serão encaminhadas para um teste no Benfica.

 

Com tudo isto, à margem da Web Summit, Luís Figo teve isto para dizer sobre o Sporting:

 

«Este ano o Sporting teve um começo irregular, mas tem jogado melhor do que os resultados que tem apresentado, como por exemplo em Madrid. Tem todas as condições para recuperar. Espero que este ano possa finalmente conquistar o título tão desejado e dar uma alegria aos adeptos.

 

Nos últimos anos o campeonato tem sido muito competitivo, com incerteza até final. É bom para o espectáculo e para a indecisão sobre o campeão».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds