Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

2016-09-05-augusto-inacio.jpg

 

«Foi o treinador do Benfica que disse que [em Nápoles] seria um jogo muito complicado e por isso não se entende que não joguem os melhores. O Carrillo foi uma carta fora do baralho. Não me pareceu que a aposta fosse a mais acertada. Hoje teve nova oportunidade, mas para quem conhece o Carrillo isto não é novidade. Ele precisa de um ambiente à sua volta, de uma atmosfera para que possa aparecer mais depressa. Aquilo que tinha no Sporting, muitos anos, no Benfica tem… meses. Nos primeiros anos também foi zero no Sporting. Há jogadores que são assim... precisam de apostas, de continuidade.

 

No Benfica tem forte concorrência. Não rende num jogo, dois jogos, no terceiro já é complicado para o treinador apostar nele. A verdade é que Carrillo está muito longe daquilo que apresentou no Sporting».

 

A intenção de Augusto Inácio é óbvia - programa Playoff da SIC Notícias - mas não compreendo a necessidade, e muito menos ainda o proveito, de andar constantemente a "martelar" em Carrillo. Aconteceu o que aconteceu, faz parte do passado do Sporting e dispensa-se este foco em coisas fúteis. Aliás, a questão muito mais pertinente até seria a sua contribuição para o presente do Sporting, caso tivesse permanecido, tendo em consideração o seu elevado nível de performance na altura em que deixou de jogar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:53

Lá foram mais 25 milhões "à vida"...

Ricardo Leão, em 21.05.16

 

19628909_pMFzS.png

 

Se o Carnide vendeu ontem ao Atlético de Madrid Gaitan e Carrillo por 50 milhões (este último nem veste a camisola encarnada...) e se Nico foi vendido por 25, então Andres foi vendido por outros 25. Contas de 4ª classe. Foram pois mais 25 os milhões que Azevedo de Carvalho desbaratou pela sua imperícia na renovação, na venda que podia ter feito e não fez porque Bruno achava que ia conseguir ganhar um jackpot na posterior ostracização do jogador peruano. Por muito menos do que isto Bruno acusou outros de administração danosa.

 

Pois, pois, já sabemos, Carrillo não queria renovar. Quanto a quem sabe, ou não sabe, fazer negócios, Bruno perde para Vieira por 10 a 0 e ainda falta a segunda parte...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:38

A fabricação de Augusto Inácio

Rui Gomes, em 15.02.16

 

original (2).jpg

 

No programa Play-Off da SIC Notícias, Augusto Inácio voltou a falar do caso André  Carrillo, alegando que o Sporting agiu como devia, relativamente à tentativa de renovar com o avançado peruano:

«Todos os clubes grandes normalmente, a dois anos do final do contrato de um jogador, tentam renovar, precisamente para não deixar para o último ano, onde estão sujeitos a tudo. O Carrillo andava-se a falar há dois anos, mas ele não quis. Não se pode dizer que o Sporting deixou para a última.

O Sporting tentou renovar com o William, conseguiu; tentou renovar com o Adrien, conseguiu; o único com quem não conseguiu foi o Carrillo.»

 

No que a André Carrillo diz respeito, considero esta declaração de Augusto Inácio uma pura fabricação. Não tenho comprovativo algum para a expor documentadamente, mas nem por isso deixo de ter uma opinião assente em tudo quanto é lógico e do nosso conhecimento.

 

É nada menos do que incrível que o antigo director-desportivo queira passar a ideia de que a SAD tenha apresentado uma qualquer proposta de renovação a Carrillo há dois anos e, muito mais ainda, uma proposta digna do nome, que foi rejeitada pelo jogador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:56

Novela Carrillo - capítulo...

Rui Gomes, em 07.02.16

 

image3818Type1.jpg

Como não podia deixar de ser, depois das "bocas" de Bruno de Carvalho, encetou-se um novo capítulo da novela Carrillo, com o seu empresário, Elio Casareto, a responder através da sua página do Twitter:

 

«Há um filósofo muito nervoso que dá entrevistas de última hora e não gosta de responder às perguntas com provas. Não paga a chulos (não acredito), mas paga muito bem a advogados, porque vai tudo para os tribunais.»

 

Espera-se novo capítulo a qualquer momento...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:25

And the games go on...

Rui Gomes, em 06.02.16

 

bruno de carvalho.PNG

 

O processo disciplinar interno a André Carrillo continua a correr na Sporting SAD, sendo que nesta altura estão a ser ouvidas as testemunhas indicadas pelas duas partes.

 

Nesse sentido, para esta sexta-feira, às 18 horas, estava marcada a inquirição a Bruno de Carvalho, mas este não compareceu, avisando algum tempo depois que não podia estar presente, mas também não prescindia de testemunhar. A inquirição foi então adiada para o dia 15 de Fevereiro, sendo que se nessa data o presidente voltar a não comparecer, não será inquirido de todo.

 

As inquirições estão a ser feitas, de resto, por um instrutor do processo disciplinar nomeado pelo Sporting, que é o advogado João Lobão, conselheiro jurídico da SAD, e por dois advogados do escritório Nuno Cerejeira Namora, Pedro Marinho Falcão e Associados, que representam André Carrillo.

 

Refira-se, por fim, que no dia 15 de Fevereiro será então ouvido Bruno de Carvalho, assim como Guilherme Pinheiro, administrador da SAD, as últimas testemunhas do processo a ser inquiridos.

 

Depois disso, o instrutor do processo tem 30 dias para aplicar uma sanção. Em cima da mesa estão hipóteses que vão de uma multa ao despedimento, passando pela suspensão com perda de ordenado.

 

Também por isso há uma grande curiosidade dos advogados das duas partes em ouvir Bruno de Carvalho, até porque, sendo um processo interno, o seu posicionamento será determinante no desenlace do processo.

 

É de acreditar que tudo isto terá um propósito com os melhores interesses do Sporting em mente, outra coisa não pode ser...

 

Alguém terá dito, algures, que "Quem tem mais ego do que personalidade, também tem mais imagem do que essência".

 

Como em vários outros casos de registo, também me parece relevante neste. 

 

 

P.S.: Com tudo isto, não deixa de ser curioso que André Carrillo continua na lista de inscritos do Sporting para a Liga Europa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:46

 

a1d4a0fd308aed05c59a80980d9f8491.jpg

 

Antes de partir para a China, esta quinta-feira, Fredy Montero ainda se deu a comentar o polémico caso de André Carrillo, e não surpreende verificar que o seu ponto de vista difere do que é partilhado pelo Clube e a vasta maioria de adeptos. Até dá para imaginar, que outros jogadores do plantel sejam da mesma opinião: 

«Estas situações acontecem a cada ano que passa, passar de rivais. Não creio que ninguém no Sporting tem direito de o julgar, tomou a sua decisão. Como amigo, como companheiro de equipa, respeito-o e desejo-lhe a melhor da sorte... menos quando jogar com o Sporting.

Sim, foram tempos difíceis para ele, pois estava privado de fazer o que mais gosta, treinar, jogar futebol, competir. Isso não é fácil para nenhum jogador.»

 

Sem ser novidade, servirá para sublinhar que estas "guerras" contratuais com um elemento de uma equipa, não passam despercebidas aos restantes. Até que ponto os incomoda e virá a influenciar decisões suas futuras, é difícil de prever, mas não deixa de ser uma consideração importante.

 

Dito isto, também será justo adiantar que este cenário não é da exclusividade do Sporting. Com os respectivos variáveis circunstanciais, ocorre em muitos outros clubes, dentro e fora fronteiras.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48

 

elio casareto (2).jpg

 

Contrário aos desejos de alguns de nós, é aparente que a "novela" em torno de André Carrillo não vai deixar de ser capa noticiosa ainda durante algum tempo.

 

Élio Casareto, agente de André Carrillo, surgiu esta quarta-feira a responder a Bruno de Carvalho, desafiando o presidente do Sporting a esclarecer os pormenores das negociações fracassadas no processo de renovação de contrato com o futebolista que irá jogar no Benfica na próxima temporada, declarando, ainda, que o Sporting não o contacta desde Outubro de 2015, para uma tentativa de resolução do caso. Lembrando, inclusive, o menosprezo do presidente para com o jogador, com esta sua afirmação: "Se o Sporting não tivesse surgido na sua vida, Carrillo possivelmente nem jogaria futebol, estaria a jogar numa rua qualquer do Peru e talvez ninguém o conhecesse."

«Ele disse isso, e eu pergunto agora onde é que ele estaria se não estivesse no Sporting?... Os adeptos do Sporting têm de questionar o seu presidente sobre quando é que ele fez a última proposta de renovação do contrato do Carrillo e que estrutura tinha. Foi dito que faltei a reuniões, que não quis negociar. Eu fiquei calado. Mas, agora, é tempo de o senhor Bruno de Carvalho explicar aos sócios do Sporting qual a proposta que fez e quando a fez para a continuidade do Carrillo.

 

Não conheço Jesus pessoalmente, parece-me muito bom treinador, senão é o melhor, é um dos melhores de Portugal. Parece-me que ele sempre defendeu o jogador, em todas as intervenções. Benfica ?... Não é o momento. O jogador ainda tem contrato com o Sporting, tem bons amigos na equipa e gostaria de desempenhar a sua profissão.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:48

Oficial: Carrillo no Benfica

Rui Gomes, em 03.02.16

 

12662613_10153256471856555_1773362916477469784_n (

 

«Vem a Sporting Clube de Portugal, Futebol, SAD comunicar que foi formalmente informada pelo Benfica da assinatura de um contrato de trabalho desportivo com o atleta André Carrillo de 1/7/2016 a 30/6/2021.

 

Todo este desfecho apenas reforça o transmitido no nosso Comunicado de 3 de Outubro de 2015 que reproduzimos, na íntegra, aqui.»

 

Este desfecho da "novela" Carrillo não é surpresa alguma, face às informações que vieram à luz nos últimos dias, e a partir desta data é mesmo oficial. Em princípio, André Carrillo passará a representar o clube do outro lado da Segunda Circular a partir do dia 1 de Julho de 2016.

 

Um assunto já muito debatido neste espaço, que pouco mais merece comentar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:08

Explica lá isto, ó Bruno !

Ricardo Leão, em 29.01.16

 

19225013_TnQRb.jpg

                                                                                                                                                

A desastrosa gestão desportiva de Bruno Azevedo de Carvalho causa mossa dia após dia. Depois de ter deixado fugir ( de novo...) um jogador, Éder (felizmente já que se tratava de um cepo !), o que deixou Jesus à beira de um ataque de nervos, a segunda e mais importante notícia de hoje é a saída de Carrillo para o...Benfica sem que o Sporting ganhe um cêntimo que seja com ela !

 

Tal deve-se, evidentemente, é preciso deixar bem claro, à postura beligerante e incompetente de Bruno que, depois de descobrir que Carrillo não renovaria (e Carvalho teve meses e meses para tratar a sério do assunto, sem que, contudo, tivesse arte e engenho para o fazer...), resolveu castigá-lo sem razão, dessa forma prejudicando duplamente o Sporting: o jogador deixou de jogar e passou a ter uma postura de antagonismo ao clube. O resultado está à vista !

 

Azevedo de Carvalho deve uma explicação a todos os sportinguistas por mais este acto de gestão danosa do Sporting. E é bom que a dê depressa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:12

"Novela" Carrillo e afins

Rui Gomes, em 29.01.16

 

pinto-da-costa3_13 (2).jpg

Em declarações à SIC, Pinto da Costa revelou informações que aparentam dar mais fundamento aos rumores que ligam André Carrillo ao Benfica. Alega o presidente do FC Porto que na quinta-feira recebeu um telefonema a informar que o jogador peruano ainda do Sporting estava prestes a assinar com os "encarnados":

 

«Telefonaram-me a avisar que o Carrillo estava a assinar pelo Benfica. Até me disseram onde e na casa de quem estava. Não quero saber nada disso, não tenho nada a ver com os outros. Se quer assinar pelo Benfica que assine, faz muito bem.»

 

A ser verdade, é apenas mais um episódio de uma triste "novela" que vê o Sporting perder um atleta de grande qualidade. Se ele acabar por ir para o eterno rival da Segunda Circular, ainda mais desagradável se torna o todo da situação.

 

 

P.S.: Com tudo isto, não podemos perder de vista com quem estamos a lidar e não seria muito surpreendente vir a saber que o real destino de André Carrillo é azul e não encarnado. No futebol português, impossível é nada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40

 

naom_55c990b1b7395.jpg

Segundo Juan Carlos Oblitas - director desportivo da selecção do Peru -, citado pelo Americadeportes.pe, André Carrillo terá estado na Clínica Centro de Madrid a realizar os usuais exames médicos, com vista a uma possível transferência para o Atlético de Madrid.

 

Confirmando-se, até é uma boa notícia para o Sporting, porque será uma forte indicação de que o clube da capital espanhola pretende fechar a contratação até ao dia 1 de Fevereiro, data em que o mercado de transferências de Inverno encerrará em Espanha. 

 

A querer o jogador, terá de ser agora ou nunca, porque o Atlético de Madrid está impedido de contratar futebolistas durante um ano, ou seja, tanto no Verão de 2016 como em Janeiro de 2017. Por consequência desta proibição, o Sporting terá de ser ressarcido para a transferência se concretizar nesta altura, não sendo possível esperar até ao dia 1 de Julho, quando Carrillo poderá ser contratado a custo zero.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:24

Espírito Natalício

Rui Gomes, em 20.12.15

 

pai-natal.jpg

 

«Acho que o Pai Natal não me vai dar esse presente

(Carrillo) pode ser que me dê outro...»

 

Jorge Jesus

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:06

 

960.jpg

 

Como já aqui publicámos ontem, o Sporting anunciou que não chegou ainda a acordo com André Carrillo para a renovação do contrato do extremo. O jogador vai assim continuar suspenso de toda a actividade, enquanto decorre o processo disciplinar que lhe foi instaurado. Eis o comunicado, novamente:

Tendo como objectivo clarificar as notícias que, insistentemente, se debruçam sobre o assunto e prestar os esclarecimentos que permitam aos Sportinguistas um total conhecimento da situação, vem a Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD, informar que:1. Não chegou a acordo com o jogador André Carrillo para a renovação do seu contrato de trabalho desportivo.2. O processo disciplinar instaurado ao jogador André Carrillo encontra-se na sua fase instrutória, aguardando agora a audição das testemunhas indicadas.3. O jogador mantém-se suspenso preventivamente de toda a actividade desportiva.

 

As versões do que tem estado em curso são várias e, para ser sincero, não somos nós que vamos poder indicar qual é a versão que mais se aproxima da verdade. Escolhemos uma reportagem do jornal O Jogo, apenas por surgir em mais detalhe, embora não se possa comprovar o seu fundamento concreto. Transcrevemos a mesma, sem alterações nem qualquer comentário adicional:

 

«O Sporting subiu a parada por André Carrillo, oferecendo ao extremo internacional peruano um ordenado líquido de 1,5 milhões de euros por ano, isto, sabe O JOGO, como consequência da oferta salarial de 1,4 milhões de euros sem impostos por ano, mas sem prémio de assinatura, apresentada pelo Sevilha. No entanto, posteriormente o jogador deu indicações para que o seu agente FIFA, Elio Casareto, desse por terminadas as negociações de prolongamento do vínculo laboral com os leões. Estas foram as principais conclusões da reunião de ontem entre a SAD liderada por Bruno de Carvalho e o empresário Elio Casareto.

Carrillo, magoado pela forma como tem sido tratado - nomeadamente com o afastamento da equipa principal, decorrente do processo disciplinar de que é alvo -, voltou a frisar ao seu agente que pretende sair para outro campeonato e pediu para que isso mesmo fosse transmitido de vez aos dirigentes leoninos.
 
As partes têm vindo a manter conversações e chegaram mesmo a uma plataforma de entendimento que previa um acordo laboral com um salário de 1,3 milhões de euros livres de impostos e um prémio de assinatura de 1,5 milhões de euros por um contrato de mais cinco temporadas, isto mantendo a possibilidade de saída do Sporting em janeiro próximo, a troco de 12 milhões de euros, e no final da época, mediante 15 milhões de euros, mas a vontade do jogador parece ser outra.
 
O Sporting, perante a entrada firme em cena dos espanhóis do Sevilha, elevou a proposta, pressionando o atleta - tendo mesmo Jorge Jesus falado com Carrillo na última sexta-feira sobre o assunto -, e deseja uma resposta antes do período natalício, até porque, a partir do primeiro dia de janeiro, o extremo está livre para se comprometer com outro emblema. A vontade do peruano mantém-se de pé: prosseguir a carreira fora de Portugal.»
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:35

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 09.12.15

 

img_467x599$2015_12_09_01_55_02_1038278.jpg

 

Mesmo admitindo que a renovação se concretiza, será para permitir a continuidade de André Carrillo ou somente para assegurar um retorno financeiro para o Sporting, pela sua saída em Janeiro ?

 

Atendendo às circunstâncias e admitindo a sua eventual integração no plantel, será esta benéfica para a equipa ?

 

 

Adenda: O Sporting anunciou esta quarta-feira que não chegou ainda a acordo com André Carrillo para a renovação do contrato do extremo. O jogador vai assim continuar suspenso de toda a atividade, enquanto decorre o processo disciplinar que foi instaurado ao peruano.

 

Eis o comunicado na íntegra:

 

"Tendo como objectivo clarificar as notícias que, insistentemente, se debruçam sobre o assunto e prestar os esclarecimentos que permitam aos Sportinguistas um total conhecimento da situação, vem a Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD, informar que:1. Não chegou a acordo com o jogador André Carrillo para a renovação do seu contrato de trabalho desportivo.2. O processo disciplinar instaurado ao jogador André Carrillo encontra-se na sua fase instrutória, aguardando agora a audição das testemunhas indicadas.3. O jogador mantém-se suspenso preventivamente de toda a actividade desportiva".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

 

801324575245.jpg

A sociedade de advogados que representa André Carrillo fez saber, através de comunicado enviado à Agência Lusa, que entregou à Sporting SAD, esta sexta-feira, a defesa à nota de culpa inerente ao processo disciplinar instaurado, em que acusa o atleta de má fé durante as negociações de renovação contratual:

 

 

"Regressado quinta-feira de representar a seleção peruana, ao serviço da qual se lesionou, Carrillo entregou esta sexta-feira, através de um dos seus advogados (...), na sede da Sporting SAD, a contestação às acusações que esta lhe move". A defesa tem mais de 200 artigos, mais de 30 páginas e junta mais de 10 documentos. 

 

Como meios de prova, apenas requer a inquirição de dez testemunhas, pelo que os atos de instrução podem ser efetuados com celeridade, de modo a que a decisão seja proferida dentro de uma semana. Desta forma, neste processo, nove das dez testemunhas são dirigentes ou funcionários da Sporting SAD, pelo que podem ser inquiridos com urgência e a decisão de arquivamento do Processo Disciplinar ser decretada numa semana. 

 

A Sporting SAD autorizou André Carrillo a utilizar as instalações do clube - às quais tinha o acesso vedado desde há duas semanas - e a recorrer ao departamento médico do clube para recuperar da lesão sofrida ao serviço da seleção peruana, na sequência de um pedido do jogador."

 

 

No que aparentam ser declarações à parte do comunicado, Nuno Cerejeira Namora, um dos advogados de Carrillo, afirmou "acredito que o processo disciplinar que o Sporting instaurou deverá ser encerrado em pouco tempo. A resposta do jogador vai ajudar o clube a dissipar alguns temores e a esclarecer os factos. Com o arquivamento do processo a permitir a pacificação das relações laborais, voltarão a existir condições para que sejam encontradas soluções de futuro, voltando o jogador à mesa das negociações em ambiente de paz." 

 

Sendo verdade, fica no ar a ideia que, pelo menos, será possível resumir as negociações, embora um acordo ainda seja, neste momento, uma remota possibilidade. Os próximos dias deverão esclarecer o estado das coisas sobre a permanência de Carrillo em Alvalade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 09.10.15

 

2D36868100000578-0-image-a-16_1444342265246.jpg

 

Teo Gutiérrez marcou um golo na vitória da Colômbia sobre o Peru, por 2-0, e ainda viu o cartão amarelo por dar uma "pantufada" (feia e desnecessária) no André Carrillo. Alguns árbitros não ficariam pelo amarelo.

 

Está em linha para receber um bónus do Bruno, assim que chegar a Alvalade !

 

 

P.S.: O lance em questão pode ser visto aqui

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21

Foto do Dia

Rui Gomes, em 08.10.15

 

ng4842403.jpg

 

Não deixa de ser irónico que uma das figuras de cartaz na proposta do Sporting à Qatar Airways - a fim de assegurar a empresa como sponsor - foi... André Carrillo.

 

ng4842387.jpg

 

Mais uma revelação do Football Leaks...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29

 

96213.jpg

 

Este texto não visa debater as negociações de renovação de André Carrillo nem a sua suspensão pelo Sporting. Já há vários dias que tenho em mente abordar uma ou duas disposições contratuais relacionadas com a contratação do jogador ao Alianza Lima e o acordo com a Leiston Holdings Limited (Fundo), que viabilizou a transferência. 

 

O "Football Leaks" voltou a atacar esta terça-feira, expondo vários acordos/documentos do Sporting e também do FC Porto. Um desses documentos é o acordo entre o Sporting e a Leiston Holdings Limited, que, partindo do princípio que é autêntico - e há razões para acreditar que é - esclarece algumas disposições contratuais. Em síntese, as cláusulas que mais me intrigam:

 

- É claro que o Sporting nunca teria contratado Carrillo sem o empréstimo de USD um milhão, pelo Fundo;

 

- O Fundo ficou com 50% dos direitos económicos do jogador;

 

- Tanto o Sporting como o Fundo assumiram a obrigatoriedade de aceitar uma proposta pelo jogador - durante a validade do seu contrato - de USD 6 milhões ou superior, desde que o jogador concordasse com a transferência;

 

- O Sporting reservou o direito de recusar qualquer proposta - nos termos acima referidos - compensando o Fundo com 45% do valor da mesma. Dando-se essa eventualidade, o Sporting passaria a deter 100% dos direitos económicos.

 

Quando questionado sobre Carrillo no programa Prolongamento, Bruno de Carvalho teve isto para dizer:

 

"A proposta do Leiscester foi a única que me deixaram ter. Os agentes e fundos conseguem parar propostas. O Carrillo é bom ou não ? Se é bom só aparece a proposta do Leiscester, esse colosso do futebol mundial ? Confirmo (os 12 milhões). Só após os clubes acordarem entre si, é que o clube comprador pode falar com o jogador. A proposta vem do agente e é claro que ele não falou com o jogador. Eu quando era miúdo acreditava no Pai Natal mas deixei de acreditar."

 

Ou eu não estou a compreender ou esta explicação por parte de Bruno de Carvalho faz pouco sentido. Questões que ficaram por explanar:

 

- Pelos vistos, a proposta foi apresentada pelo empresário de Carrillo. Significa isso que ele agiu como intermediário do clube inglês ? 

 

- Se o empresário apresentou a proposta é porque o jogador estava receptivo a mudar-se para o clube inglês. Qual foi a resposta do Sporting ?... Recusou a proposta ?

 

- Tendo em consideração a obrigatoriedade assumida pelo Sporting e pelo Fundo, mediante o acordo entre as partes, como foi possível ao Sporting recusar a proposta, dado que era superior aos supracitados USD 6 milhões, sem compensar o Fundo no valor de 45% da mesma ?

 

Não compreendo o que Bruno de Carvalho pretende passar com a afirmação "Os agentes e fundos conseguem parar propostas". Directa ou indirectamente, nenhum jogador pode ser transferido sem a concordância do seu clube. O jogador pode recusar ir para o clube de destino, mas nem ele nem o seu agente podem "parar propostas". O mesmo é aplicável ao Fundo, que, neste caso concreto, na minha opinião, tinha/tem todo o interesse na renovação, ou, como alternativa, numa transferência.

 

A minha conclusão é que existem factos e considerações no todo deste processo que não estão bem explicados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:58

Foto do Dia

Rui Gomes, em 07.10.15

 

12105835_918338584880788_8913218924372973715_n.jpg

 

Nuno Ramos, director desportivo do Atlético Clube de Cucujães, apresentou, esta terça-feira, o novo reforço da equipa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:57

Carrillo, um caso paradigmático

Leão Zargo, em 04.10.15

 

ng7F6289E9-3D32-4759-B4F0-BD4890333021.jpg

O caso Carrillo é revelador da elevada incapacidade de prever e de prevenir que é própria desta direcção liderada por Bruno de Carvalho. Quando a essa incapacidade se junta o muito acentuado desconhecimento da realidade intrínseca do Futebol e de um plantel de jogadores profissionais então verifica-se uma mistura explosiva.

 

O que se passa com Carrillo é paradigmático do que não poderia acontecer. Por um lado, trás à memória o que esteve quase a verificar-se com Adrien, Slimani e Jefferson ou que do se passou com Bruma, Illori e Dier. Um plantel de futebol é constituído, em simultâneo, por um conjunto de individualidades competitivas entre si e de uma individualidade grupal, o que implica dinâmicas próprias e irreversíveis. A relação de confiança e de autoridade entre o treinador Jorge Jesus e os jogadores fica beliscada de forma irreversível.

 

Os atletas do plantel do Sporting assistem em directo ao que poderá acontecer a cada um em situações contratuais semelhantes. Para agravar, entre os sportinguistas há quem veja os jogadores numa perspectiva esclavagista do século XIX como se as estruturas sociais, jurídicas e mentais tivessem permanecido inalteráveis na longa duração temporal. Quando há quem exija que Carrillo fique a aparar a relva ou deseje que lhe partam as pernas revela o ensandecimento em que se caiu.

 

Para tentar safar-se Bruno de Carvalho procura confundir o registo temporal dos acontecimentos com meias verdades ou informações incompletas na esperança que, com isso, se verifique a impossibilidade de avaliar a sua acção neste caso. Quando a direcção garante que desde há quase dois anos procura a renovação contratual com o jogador omite propositadamente a disputa que levou a propósito dos direitos económicos de outros o que inviabilizaria qualquer acordo.

 

Remeter culpas próprias para outros é infantil mas, pior ainda, profundamente prejudicial para os interesses do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo