Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não há duas sem três...

Rui Gomes, em 06.05.16

 

ng4236468.jpg

 

... E é mesmo o caso com Daniel Carriço e o Sevilha, que ao eliminarem o Shakhtar Donetsk esta quinta-feira, reservaram a terceira presença consecutiva na final da Liga Europa, tendo vencido as primeiras duas.

 

Depois do empate a duas bolas registado em Kharkiv, há uma semana, o conjunto andaluz venceu, em casa, por 3-1, numa noite inesquecível para o luso-francês Kevin Gameiro, com dois golos, e Daniel Carriço a titular o tempo inteiro. Já o guarda-redes Beto, outro formado do Sporting, continua fora das opções do técnico Unai Emery.

 

Na final, agendada para 18 de Maio, no St. Jakob-Park, em Basileia, na Suíça, a equipa espanhola defrontará o Liverpool.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45

Lembram-se dele ?

Rui Gomes, em 24.04.15

 

Não sei se a história de Daniel Carriço é de mais um dos mal-amados formados do Sporting ou se é apenas um jogador que, na minha opinião, ainda hoje podia e devia estar a jogar de "leão ao peito".

 

daniel-carrico-sevilha47522b04_400x225.jpg

Este apontamento a propósito do agora defesa do Sevilha se tornar no jogador com mais jogos disputados na Liga Europa (excluindo a antecessora Taça UEFA). Daniel Carriço integrou o onze dos andaluzes na partida da segunda mão dos quartos-de-final, frente ao Zenit de André Villas-Boas, alcançando o marco de 45 desafios na prova.

 

Curiosamente, o recorde pertencia ao ex-avançado do Benfica, Óscar Cardozo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:29

Daniel Carriço renovou até 2018

Rui Gomes, em 31.12.14

 

daniel.jpg

 

Fiquei satisfeito ao ler que Daniel Carriço - um dos jogadores que eu admirava no Sporting - renovou com o Sevilha até 2018, um dos principais elementos da equipa que na época passada conquistou a Liga Europa, vencendo o Benfica na final.

 

O Daniel chegou ao Sporting em 1999 - com 11 anos -, proveniente do Estoril. Permaneceu até Dezembro de 2012 - com duas épocas de cedência pelo meio -, quando foi transferido para o Reading, da "English Premier League", por 750 mil euros, salvo erro.

 

Mais um daqueles casos de desaproveitamento que nos deixam a coçar a cabeça.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:34

Parabéns grande "Leão" !!!

Rui Gomes, em 14.05.14
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:39

O que dizem eles

Rui Gomes, em 13.02.14
 

 

«Já estava habituado a sentir-me prejudicado no Sporting r aqui em Sevilha acontece a mesma coisa. Sei que não serve de desculpa, mas por vezes é evidente. É algo que sucede há muitos anos e é complicado alterar. Quando estava no Sporting, Paulo Bento era o nosso treinador e, se falava dos árbitros, era pior porque eles não gostavam e éramos ainda mais prejudicados. Na Inglaterra é muito diferente, podes fazer quase tudo que os árbitros mandam jogar. Em Espanha e em Portugal não é assim, as equipas grandes são sempre as mais protegidas.»

 

-    Daniel Carriço    -

 

Observação: Um antigo "capitão" do Sporting que sabe do que fala porque sentiu na pele as decisões prejudiciais das arbitragens portuguesas enquanto de "leão ao peito". Tem razão quando afirma que "é complicado alterar", mas dado o estado das coisas no futebol cá do burgo, é melhor falar menos e agir mais pelos meios adequados e onde o poder é exercido. Como ?... Compete a quem chamou a si a responsabilidade de liderar um clube da dimensão do Sporting investigar e determinar o curso a seguir para que hajam as alterações necessárias.

Daniel Carriço, um dos jogadores formados no Sporting que eu mais lamentei ver sair do Clube, não por ser um fora-de-série, mas porque sempre senti que representava o verde-e-branco com muito orgulho pela camisola que vestia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:24


O nosso antigo «capitão» Daniel Carriço fpoi transferido para o Reading FC da «English Premier League» no mercado de inverno e, infelizmente para ele, não se mudou para melhor. Estará, porventura, a usufruir de um salário superior ao que recebia do Sporting mas em termos competitivos, mesmo considerando a época leonina menos conseguida, o Daniel encara agora a inevitibilade do seu clube já estar condenado à despromoção para a divisão inferior do futebol inglês.

A transferência envolveu um pagamento de cerca de 750 mil euros ao Sporting e o jogador assinou um contrato válido Junho de 2015, com mais um ano de opção. Desde que chegou a Inglaterra tem sido pouco utilizado - caso lamentável pelos seus ainda jovem 24 anos - aparecendo como titular num só jogo e suplente utilizado em outro, com o total de 79 minutos de jogo. Lamento que isto esteja a acontecer com este formado do Sporting, até porque sou da opinião que ele ainda muito a oferecer ao Clube. Mas a indústria que é hoje o futebol obedece a regras e apresenta exigências que nem sempre permitem ter tempo e tolerância para trabalhar com jogadores, ao nível da sua potencialidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41

Os «abutres» não se cansam

Rui Gomes, em 03.01.13

 

Nunca imaginei que existissem tantos «abutres» no universo leonino. Com o passar de cada dia e com os sinais que eles entendem ser de um «cadáver», aparecem cada vez mais a sobrevoar o «milieu» à espreita de presa fácil. O mais recente - que desconheço e de quem nunca ouvi falar - passa pelo nome de Jaime Ayash, que no seu sábio raciocínio decidiu hoje fazer declarações à Renascença sobre a transferência de Daniel Carriço. Disse o ex-membro da lista de candidatura de Pedro Baltazar: «O Sporting declinou uma proposta de 3 milhões do Sevilha pelo Daniel Carriço. É mais um activo a ser vendido, um jovem jogador de grande qualidade, formado no clube.» Surgiu, então, a verdadeira razão da sua aparência pública: «O Sporting está a atravessar um período muito complicado e, ou mudamos hoje, ou não sei como será o futuro. Estou muito preocupado, até pela relação da minha família com o Sporting. O clube está a ser gerido por gestores sem credibilidade. Claramente estão no mau caminho. Ou se muda já, ou podemos não ter Sporting no futuro.»

 

Este Jaime Ayash (o segundo da esquerda na foto) é filho do mais conhecido e já falecido Moisés Ayash - que era economista e presidente da comunidade israelita de Lisboa - sócio número 40 do Sporting e membro da Mesa da Assembleia Geral do Clube, tanto nos mandatos de João Rocha como de Sousa Cintra. Com o devido respeito - pela memória do falecido - duvido imenso que o seu pai ficasse orgulhoso pelas suas desmedidas acções, especialmente quando estas vêm mandatadas e visam somente servir os interesses de outro inconformado candidato derrotado, Pedro Baltazar. Esta epidemia de candidatos derrotados inconformados é preocupante e requere, urgentemente, um qualquer antibiótico, para impedir que a «nação» seja contigiada.

 

A lembrar, o passe do ex-jogador do Sporting está (estava) penhorado a favor de Pedro Baltazar desde dezembro de 2010, quando a SAD comprou, por cerca de cinco milhões, as suas acções no Clube, servindo o passe como garantia de cumprimento.

 

Não deixo de achar «piada» aos constantes escritos e de mais menções relativamente aos multi milhões que o Sporting recusou por este ou aquele jogador. Dá para deduzir, até, que se os tivesse vendido todos pelos valores que circulam indiscretamente na praça, a situação financeira do Clube estaria muitíssimo mais estável.

 

Para pessoas sensatas, há que saber distinguir entre interesse de qualquer clube por qualquer jogador, conversas preliminárias que servem principalmente para ter um entendimento das circunstâncias contratuais dos atletas e ofertas formais. Estas, perante a lei vigente, têm de ser rigorosamente participadas à CMVM, a risco de severa punição, por não cumprimento. E a agravar tudo isto, temos ainda a comunicação social desportiva que carrega milhões em cima de milhões ao mais pequeno ensejo, a troco do sensacionalismo que vende papel e comercializa produtos.

 

Já não me recordo de quem disse: «Os homens podem ser divididos em dois grupos: os que seguem em frente e tentam fazer alguma coisa e os que vêm atrás a criticar.» Apesar de todos os ruídos do momento, quero crer que a vasta maioria do universo sportinguista consta no primeiro grupo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:21

O som da bancada

Rui Gomes, em 31.12.12

«Que ridículo. Comprar Rojo por 4,5 milhões depois vender este (Daniel Carriço) por 750 mil. Está tudo dito quanto à gestão do Sporting.»

 

* Adepto José de Oliveira

 

«Enfim...mais uma brilhante decisão da Direcção. Boa sorte Carriço, não é por ti que estamos na situação rasca em que estamos.»

 

* Adepto não identificado

 

* Ainda bem que recusaram os 8 milhões oferecidos pelo Sevilha neste verão...que tristeza!»

 

* Adepto Pedro Carreira

 

Nota: Com era de esperar...os adeptos reagem de memória curta e sem informação, além de parecer que um deles começou a celebrar a passagem de ano muito cedo. «Não é por ti que estamos na situação rasca que estamos», mas no seu úlimo jogo, antes da lesão, foi assobiado impiedosamente, já para não mencionar outros jogos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25

Adeus Daniel

Rui Gomes, em 31.12.12

 

Em comunicado oficial, o Sporting confirmou a transferência de Daniel Carriço - em Alvalade desde 2000 - para o Reading da »English Premier League» por um valor de 750 mil euros e retendo uma percentagem do passe numa eventual transferência futura.

 

O vínculo contratual de Daniel Carriço com o Sporting terminava em 30 de junho de 2013, sendo que ele estava livre para assinar por qualquer clube, no final da época, a custo zero. As partes nunca chegaram a um acordo quanto a renovação do contracto e foi o jogador que indicou que queria ir para a Inglaterra.

 

Mais um que foi mal tratado em Alvalade, pelos adeptos, os mesmos, porventura, que agora criticarão a sua saída, pelos valores citados. Esta transferência não é grande novidade, até porque o próprio jogador já tinha sublinhado o seu desejo de sair para um outro ambiente, onde ele espera ser bem recebido e ter sucesso. Assinou um contracto válido por dois anos e meio, mais um de opção, e o Sporting receberá uma verba adicional se renovar.

 

Será útil lembrar que o passe de Daniel Carriço era da pertença de Pedro Baltazar por um valor de 5 milhões de euros. Não sei bem os contornos desta situação agora, mas aparenta que o Sporting só tinha a opção de comprar ou vender.

 

`* Para ler a mensagem de despedida de Daniel Carriço, faça click no «Site do Sporting» no topo da página.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:50

João Pereira fala Sporting

Rui Gomes, em 28.12.12

 

Em uma entrevista concedida à SIC, João Pereira adiantou algumas bem ponderadas considerações, entre elas, que o Sporting deveria avançar para a renovação de Daniel Carriço. Na sua opinião - que se respeita - Boulahrouz deve estar a ganhar bem mais do que o seu ex-colega leonino, no entanto, entende ele, Daniel Carriço é melhor jogador e «tem tudo para ser um grande capitão.»

 

Já referi em um outro post, que apoio a ideia de renovar o vínculo contratual de Daniel Carriço. Não é - ou pelo menos não tem sido - um defesa central que faz a diferença, mas é um jogador polivalente de bom nível, que sabe ser Sporting pela sua formação no Clube. É evidente que se desconhece os valores que ele estará a exigir ou, até, como afirmou Manuel José, que o próprio jogador sente-se motivado a sair pela forma muito crítica como tem sido tratado pelos adeptos. De qualquer modo, adeptos ou não adeptos, o Sporting deve renovar com este jogador e espero que Jesualdo Ferreira venha a contribuír para uma melhor reflexão neste sentido.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:10

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo