Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Debate livre (6)

Rui Gomes, em 27.02.15

 

media_p18nb6eri38jcf7ifqb1mb814bd3.jpg

 

A partir de hoje, haverão mais oportunidades a "debate livre", para disponibilizar ao leitor a oportunidade de abordar qualquer temática do seu maior interesse. Veremos, então, a receptividade por parte dos leitores e também o efeito em eliminar os "off-topics" que continuam a surgir, apesar dos meus repetidos pedidos nesse sentido.

 

A ânsia evidenciada ontem por parte de alguns era tão enorme, que os levou quase a ignorar o tão importante embate com o Wolfsburg, para comentar, "off-topic", a notícia sobre o comunicado da Sporting SAD à CMVM, relativamente à recuperação de percentagens de passes de 13 jogadores.

 

Esta poderá ser uma das temáticas de hoje, em que o leitor até poderá contribuir para uma melhor clarificação da operação, especialmente perante adeptos como eu que não estão muito por dentro destes assuntos.

 

Segundo o que foi reportado à CMVM, a Sporting SAD passou a deter a totalidade dos direitos económicos dos futebolistas que integram o "Sporting Portugal Fund", num investimento global de 12,65 milhões de euros:

 

André Carrillo (20%), André Martins (40%), Chaby (2,5%), Cédric Soares (25%), Diego Capel (20%), Diego Rubio (15%), Diogo Salomão (25%), João Mário (15%), Zézinho (25%), Nuno Reis (15%), Seejou KIng (40%), William Carvalho (40%) e Wilson Eduardo (40%).

 

Uma excelente notícia, indubitavelmente, mas que carece de algumas informações adicionais para se verdeiramente compreender o seu significado e o impacte financeiro na SAD e no Sporting:

 

1. Além do que já tinha sido levado a cabo (ou está a ser levado a cabo) com a Holdimo, era a minha impressão que esta recuperação de percentagens de passes estava integrada no processo de reestruturação financeira;

 

2. No caso de William Carvalho, há muito que se fala que a Sporting SAD já era detentora da totalidade dos seus direitos económicos, mas, evidentemente, só a partir de agora é que passará a ser;

 

3. Partindo do princípio que a Sporting SAD não tinha o "cash flow" para efectuar esta operação com o Sporting Portugal Fund, qual é a origem dos fundos, ou haverá, então, um crédito lateral para a viabilizar ?... Ainda, a exemplo do que sucedeu/sucederá com a Holdimo, o pagamento ao Fundo será efectuado através de acções da SAD ?

 

Esta não é uma área do meu maior conhecimento e, por isso, estas questões me parecem pertinentes. É a minha esperança que os leitores venham a esclarecer o assunto, concretamente. E quando digo "concretamente", excluo suposições e conjecturas. 

 

Com tudo isto, o leitor continua livre de abordar qualquer outra questão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:39

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Posts recentes


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo