Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Adeus Palmelão !

Ricardo Leão, em 14.06.17

 

20485039_mzzz6.jpg

 

Fizeste o que pudeste mas já estavas "fora de prazo" e o terreno era minado. Com a aceitação da tua demissão mais um "boy" te substituirá. Ainda duvidas de quem foi a autoria da divulgação da tua saída? Muita saúde Octávio!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29

 

imgS620I169146T20160130233747.jpg

 

Na realidade, uma questão que no exterior do Sporting (quase) ninguém sabe, apenas e tão só porque Octávio Machado, como nos habituou ao longo dos anos, "fala em círculos", deixando a ambiguidade das suas afirmações no ar para cada um interpretar como muito bem desejar.

 

O que temos conhecimento é que o dirigente reagiu com palavras duras, presumivelmente para alguém de dentro de "casa", ao ver publicada a informação de que tinha enviado à SAD uma carta através da qual declarava as suas intenções de abandonar a estrutura leonina no final do mês:

 

«A pessoa que fez passar esta informação esconde-se atrás de um manto de anonimato. É um cobarde, sem vergonha e só tem prestado maus serviços ao futebol. Não vou tecer mais comentários sobre este assunto».

 

Acabamos por não compreender se saiu ou não, muito embora não tenha refutado o envio da sua carta. E foi a isto que ele nos habituou ao longo dos anos, afirmações bombásticas que deixam terceiros a não perceber o que diz ou a quem se refere.

 

"Vocês sabem do que estou a falar" - a sua frase favorita - simplesmente não resulta desta vez. Dá para pensar que ele pensa que as pessoas sabem a quem se refere, mas claramente não é esse o caso. Continuamos à espera que ele explique.

 

Já aqui referi em vários textos que nunca percebi as funções de Octávio Machado no Sporting ou até o porquê de o Jorge Jesus o querer no Clube. Não duvido que a actual situação já foi conversada com o treinador, mas não é lógico esperar uma qualquer decisão conjunta. Veremos se a situação é de algumo modo esclarecida com o passar de mais alguns dias. Até ao momento, lamentavelmente, apenas reflecte na desordem que existe na chamada "estrutura" do futebol leonino.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:42

 

image.jpg

 

Muito embora ainda não tenha sido confirmado oficialmente pelo Sporting, o jornal Record avança na sua edição deste domingo que Octávio Machado pediu a demissão, citando razões pessoais.

 

A ser verdade, não é surpresa alguma. Há muito que esta tomada de decisão era esperada, apenas com o timing em dúvida. A bem dizer, a função de Octávio Machado na chamada "estrutura" do Sporting nunca foi verdadeiramente compreendida e se ele esperava ter alguma palavra na gestão do futebol leonino, Bruno de Carvalho e Jorge Jesus deixaram clara a ideia que isso nunca aconteceria. Não há espaço para tantos egos, em simultâneo.

 

Não será por isto que o Sporting vai deixar de ganhar, caso tenha condições para esse fim, mas será interessante ver a reacção do presidente. Veremos se o próprio Octávio Machado ainda esclarecerá a especificidade da sua decisão.

 

Adenda: Reacção de Octávio Machado sobre a notícia da sua demissão, assim como da hipótese que foi levantada sobre ele vir a desempenhar o cargo de relações internacionais, a exemplo do que Augusto Inácio fez no passado:

 

«A pessoa que fez passar esta informação esconde-se atrás de um manto de anonimato. É um cobarde, sem vergonha e só tem prestado maus serviços ao futebol. Não vou tecer mais comentários sobre este assunto».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

Palmelão bate com a porta

Ricardo Leão, em 11.06.17

 

20479186_lLQtn.jpg

 

O jornal porta-voz oficioso do Sporting, Record, avança hoje com uma notícia que há muito tinhamos divulgado, aqui e aqui. No fundo apenas a confirmação de uma situação artificial que se arrastava desde há meses. Fomos, aliás, os primeiros a divulgá-lo para espanto ou indignação dos "brunecos" do costume. Agora, a escassíssimas semanas da nova época, a saída parece certa. O "Palmelão" fartou-se da dupla Bruno/Jesus e foi à sua vida. Que se chegue à frente a próxima vítima.Tu sabes do que eu estou a falar!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

 

20193293_Wz63y.jpg

 

Como seria de esperar, honrando a frase "quem com ferros mata com ferros morre", a blogosfera brunista, mesmo a assalariada, não foi de poucas medidas. Agora quer a cabeça do chefe. Para nós, infelizmente o dizemos, esta situação não é novidade já que, como é sabido, alertamos para a mesma quase há 4 anos.

 

Não se esperaria pois, por desnecessidade, que fossemos os primeiros a exigir a demissão antecipada de Azevedo de Carvalho e, naturalmente, a sua não recandidatura, pelo facto do projecto(???) que apresentou e para o qual gastou milhões de euros que nos pertencem, estar falido.

 

Outros, contudo, habituais defensores de Azevedo, foram rápidos a exigir o óbvio. Senão vejamos um exemplo que resume o estado de espírito da nação leonina:

 

"Bruno de Carvalho é o principal responsável ponto final!

 

- Agora a cereja no topo de bolo era este ridículo presidente despedir cobardemente Jorge Jesus e pagar uma indemnização choruda e assim salva a pele, vergonha esta época, deu total poder a Jorge Jesus no Sporting e quem se está a rir é o Orelhas que o despediu e continua a ganhar e não falem em arbitragens e que não sou sócio e que não posso opinar!

 

Quando saiu Marco Silva quem devia ter saido era Bruno de Carvalho!

 

Mais a frio amanhã falaremos sobre esta vergonha!"

 

Mas, para que melhor se perceba o tipo de "cultura de clube" que o triste consulado de Bruno trouxe ao Sporting, nada como citar um comentador habitual deste espaço que, em meia dúzia de palavras, tantas quantas a sua escassa capacidade intelectual o permite, resumiu, na tasca que habitualmente o acolhe, o estado de espírito destes "sportinguistas":

 

"(...) o problema vosso mesmo hipoteticamente vocês abustres ganharem as eleições não vão ter paz. Porque aqui os camaradas não vos querem lá, vão ser minados diariamente . Querem guerra vão tela e da grossa" (Fight for your right)

 

Está apresentado o que espera Pedro Madeira Rodrigues e o enorme trabalho que terá em reerguer um clube completamente perdido numa "cultura" clubística lampiónica, que nunca foi a sua, mas que Azevedo de Carvalho fomentou diariamente.

 

Pobre Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:29

Demissão de Rui Morgado

Rui Gomes, em 24.10.15

 

Segundo notícia do Record deste sábado, Rui Morgado demitiu-se do cargo de vice-presidente da Assembleia Geral da Sporting SAD. Na base da decisão, comunicada por carta ao presidente daquele órgão, João Sampaio, estiveram divergências com Bruno de Carvalho, provocadas por motivos familiares.

 

ngCB573EEC-46C5-4897-9880-8988C755E955.jpg

Morgado terá questionado o líder leonino acerca de uma lista que circulou na Internet, intitulada «O lado negro do Sporting – Os 6 apóstolos» cuja origem seria o próprio clube e que continha nomes de seis sportinguistas vistos como "persona non grata" pela actual Direcção. Desta lista faz parte o nome de Miguel Morgado, director de comunicação no mandato de Godinho Lopes, e irmão de Rui Morgado.

 

A resposta de Bruno de Carvalho não foi simpática e o jurista decidiu colocar um ponto final na ligação ao Clube, recusando comentar o incidente.

 

A supracitada lista, que recusamos publicar, contém os nomes e endereços de Facebook das 6 pessoas apelidadas de  «apóstolos», assim  como 27 outros nomes e os respectivos endereços, de pessoas apelidadas de «discípulos». Tudo isto sob o título «Propaganda Governo Sombra».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:40

 

18866720_16Pd9.jpg

 

Exmos. Srs., 

 

No mesmo dia em que foi comunicada esta vossa decisão que a todos nos envergonha: “... o Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD, vem comunicar que, não tendo sido possível chegar a acordo, o treinador Marco Silva foi hoje informado do seu processo de despedimento por justa causa”.

 

Acrescentaram esta parte:

 

“O Conselho de Administração do Sporting Clube de Portugal, Futebol – SAD, vem repudiar de forma veemente todas as notícias hoje publicadas e/ou difundidas dando conta da intervenção de entidades externas ao Clube, nomeadamente de Álvaro Sobrinho e da HOLDIMO (tendo esta uma participação no capital social da Sociedade de 29,9 por cento), de investidores da Guiné Equatorial ou outros, em quaisquer negócios relativos à sua actividade, para além dos naturalmente decorrentes do seu estatuto de accionista”.

 

Como hoje ainda não vi nenhum desmentido, mesmo que não seja veemente, das notícias que sairam hoje (mesmo que referentes a factos ocorridos no mês seguinte) só resta ao Conselho de Administração do Sporting Clube de Portugal, Futebol – SAD um caminho: a demissão imediata.

 

Podem trocar na agenda da reunião de hoje o vosso aumento dos ordenados por este novo ponto.

 

Que vergonha !!

 

_____________________________________________

 

 

Nota: O pedido de demissão do Conselho de Administração da Sporting Clube de Portugal, Futebol - SAD, é da exclusiva responsabilidade do autor do texto e não reflecte, necessariamente, o parecer de todos os redactores do Camarote Leonino, nem corresponde a uma pré-definida linha editorial do blogue.

                                                                                                                   Rui Gomes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:05

Demite-te Bruno!

Ricardo Leão, em 02.01.15

 

802223-3260844475.jpg

 

Estás a mais no Sporting e no futebol português. Já concretizaste o teu "sonho", agora transformado em pesadelo para todos nós. Não envergonhes mais o nosso clube, os seus milhões de sócios e adeptos. Demite-te Bruno !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:35

Já estamos em plena guerra ?

Rui Gomes, em 19.02.14
 

 

Para ser sincero, não tenho prestado muita atenção aos movimentos que rodeiam o executivo da Liga e a aparente tentativa por alguns clubes de demitirem o seu presidente, Mário Figueiredo. A Liga realizou uma reunião esta terça-feira na sua Sede, no Porto, que contou com a presença de 17 clubes, 10 dos quais que se fizeram representar pelos seus presidentes. Mas as "estrelas" do evento foram Luís Filipe Vieira e Bruno de Carvalho, de certo modo a deixar  ideia que há de facto uma qualquer aliança entre os dois velhos rivais.

 

Da primeira Liga estiveram presentes presidentes e/ou representantes do Marítimo, Gil Vicente, Paços de Ferreira e Olhanense e, da II Liga, Oliveirense, Feirense, Desportivo das Aves, Leixões, Farense, Trofense, Académico de Viseu, Santa Clara, Moreirense, Beira-Mar e Atlético.

 

Segundo Carlos Pereira, presidente do Marítimo e um dos vice-presidentes do organismo, o objectivo da reunião foi de contribuir para a estabilidade do futebol português: "É necessário unir a Liga à Federação Portuguesa de Futebol, ao Governo, ao próximo quadro comunitário, falar de policiamentos e de "fair-play". Podemos ter alguns pontos divergentes, mas quando chegar às mãos de toda a gente o documento aqui discutido, estou a crer que estarão todos presentes na reunião do Conselho dos Presidentes."

 

Em severo contraste com esta reunião, houve uma outra, quase em simultâneo, também na cidade do Porto, que pretende a demissão imediata de Mário Figueiredo da presidência da Liga. A liderar este grupo, o inevitável FC Porto, seguido pelo SC Braga, como não podia deixar de ser, Arouca, Académica, Belenenses, Estoril Praia, Nacional, V. Guimarães, V. de Setúbal, Rio Ave, Desportivo de Chaves, Portimonense, Tondela, União da Madeira e Penafiel.

 

Os pontos de discussão: "a não aprovação das contas da Liga de 2012/13, a não apresentação do Orçamento para 2013/14, o manifesto decréscimo de receitas, a ausência de patrocínios, a falta de transparência na gestão e, ainda, o facto de considerarem que a gestão de Mário Figueiredo tem sido marcada por uma atitude beligerante para com os clubes e patrocinadores."

 

Mesmo sem estar por dentro do que é obviamente uma grande discórdia, é por de mais evidente que existe aqui o já velho, usado e abusado jogo de interesses por parte de diversos dos intervenientes, cuja prioridade é tudo menos o bem estar do futebol português. Até que ponto esta divisão se irá tornar em uma autêntica "guerra", só o passar de mais algum tempo dirá, mas o "cachimbo da paz" não aparenta estar no horizonte. Também por ver, a actuação dos dois grandes de Lisboa de um lado e o FC Porto e os seus usuais lacaios do outro, e qual o eventual benefício para o Sporting com esta sua nova aliança. A história ensina-nos que quando chega à hora "H", levamos sempre a proverbial "facada nas costas" pelos nossos vizinhos do outro lado da Segunda Circular, e não há razão alguma, até provas em contrário, que isto não suceda novamente, ao primeiro ensejo. Esperamos que Bruno de Carvalho saiba o que está a fazer e com quem está a lidar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:43

 

 
Luís Manuel Lobato, membro do Conselho Leonino, aparentemente frustrado pelo afastamento do Sporting da Taça da Liga, recorreu à sua conta pessoal do Facebook para tecer duras críticas aos elementos da estrutura do futebol do Sporting pela forma como estes lidaram com a situação, apelidando-os de "otários" e de "fazerem figura de passarinhos".
 
Persuadido para o efeito ou de livre vontade - em democracia, claro - o conselheiro leonino acabou por apresentar um pedido de desculpas pelo sucedido e a demissão do cargo que, sem surpresa alguma, foi aceite.
 
A sua narrativa pode ser lida aqui.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:34

 

Através de comunicado divulgado por Eduardo Barroso, foi anunciado que o Conselho Directivo, o Conselho Fiscal e Disciplina e a Mesa da Assembleia Geral do Sporting decidiram renunciar ao seu mandato no dia 6 do corrente, mas que se vão manter em funções até à data da Assembleia Geral Eleitoral, que será realizada no dia 23 de março de 2013. Ainda, que a Assembleia Geral do dia 9 de fevereiro foi desconvocada.

 

O todo desta situação repugna-me, não por qualquer sentido de defesa do presidente e do Conselho Directivo, em si, mas pelos meios feridos de legalidade, ética e idoneidade que foram utilizados ao longo dos muitos meses para se chegar a este ponto. Não obstante as considerações pertinentes à gestão do Clube e aos sencionalistas resultados desportivos, tudo podia ter sido evitado, à raiz, se a Mesa da Assembleia Geral tivesse exercido o seu dever como elo de ligação aos sócios e tivesse mediado, em boa fé, a procura de soluções juntamente com o Conselho Directivo, em vez de servir como um corpo efectivo de oposição dentro do próprio Clube. 

 

Para aqueles que têm vindo a apoiar Bruno de Carvalho, fanaticamente, na sua orquestrada oposição aos órgãos sociais do Clube, é um dia para celebração, indiferente dos eventuais danos no Sporting. Para a vasta maioria do universo sportinguista, atrevo-me a sugerir, é uma desoladora ocorrência, por verificar o Clube da sua paixão imerso neste estado desprestigiante e retrocessivo.

 

Teremos de esperar para ver o impacto que o todo deste processo irá ter na equipa principal de futebol, até ao termo do campeonato, na terceira semana de maio, especialmente considerando o enorme potencial para acrescida polémica pela campanha eleitoral que segue. Não dá para imaginar qualquer aspecto positivo por um acto deste carácter a decorrer em simultâneo com a época desportiva, mas é por de mais evidente que esta consideração não sensibiliza a oposição, que já tinha agendada a destituição dos titulares do Conselho Directivo para esta semana. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02

Última hora

Rui Gomes, em 04.02.13

 

Segundo as informações que estão a circular nos espaços noticiosos, haverá um princípio de acordo entre os líders dos órgãos sociais do Sporting no sentido de uma demissão em bloco do Conselho Directivo, Conselho Fiscal e Disciplina e da Mesa da Assembleia Geral, a ocorrer durante a semana, e a marcação de eleições para uma data não posterior a 45 dias. Está agendada uma reunião esta segunda-feira entre Godinho Lopes, Eduardo Barroso e Melo Franco para debater a contenda e comunicar aos seus pares a solução encontrada. Seguindo este curso, a decisão será apresentada ao Conselho Leonino na terça-feira e então, o acto da demissão. Confirmando-se este cenário, a reunião magna do dia 9 de fevereiro será cancelada.

 

Não sei se esta é a melhor solução e também desconheço se satisfará a oposição, uma vez que esta está directamente associada à Mesa da Assembleia Geral e será, inevital e insolitamente consultada, neste sentido. Independente dos prós e contras da gestão de Luiz Godinho Lopes, muitos milhares de Sportinguistas estão vincadamente desagradados com o todo do processo - inclusive dos meios que incorporou - que apenas serviu para enodoar a imagem e a existência do Sporting Clube de Portugal, levado a cabo por pessoas obcecadas pelo poder a qualquer preço.

 

Como já indiquei em outros escritos, o cenário que se apresenta neste momento é a potencial candidatura de Dias Ferreira, Pedro Baltazar e o mais notório dos candidatos derrotados, Bruno de Carvalho, que anda há 22 meses - 24/7 - a magicar meios para precipitar esta situação. Nenhum deles apresenta o perfil de líder nem oferece o mínimo de confiança para a resolução dos múltiplos problemas que enfrentam o Clube e se a escolha for limitada a estes, temo imenso pelo futuro do Sporting. Em tudo isto, duvido que Godinho Lopes apresente nova candidatura.

 

O futuro do Sporting depende do surgimento de alternativas credíveis e plausíveis fora do leque dos «suspeitos usuais» !

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo