Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Não me revejo em nada, em nada..."

Rui Gomes, em 13.11.16

 

img_770x433$2016_11_13_00_32_48_1183227.jpg

 

RECORD - Como interpreta as palavras de Bruno de Carvalho na 36.ª Noite Verde do Sporting?

DIAS DA CUNHA - Não me surpreende. É igual a muitos outros momentos que já teve ao longo do tempo em que é presidente do Sporting. Parece-me que é sem fundamento.

R - Apesar de estarmos a 4 meses das eleições, acredita que haverá oposição e que isso será benéfico?

DC - Não sei, mas parece-me que seria de todo benéfico para o Sporting. Haver candidatos é sempre benéfico a nível democrático.

R - Como avalia o mandato do atual presidente do Sporting?

DC - Para mim é muito difícil falar sobre o que vai acontecendo no Sporting... Não me revejo em nada, em nada, daquilo que se tem passado quase nos últimos quatro anos. Todos sabemos que é no futebol que o Sporting tem de ter sucesso. E eu pergunto: onde é que estão os sucessos ao longo desse período?
 
Posição não inesperada de Dias da Cunha, o único ex-presidente que não compareceu perante a denominada comissão de audição. Não deixa de ter razão relativamente à absoluta necessidade de sucesso no futebol. Nestes quase quatro anos de Bruno de Carvalho regista-se uma Taça de Portugal, conquistada por um técnico que foi prontamente demitido e, agora, com o melhor treinador do Planeta e arredores, pode-se contar com uma Supertaça. Muito pouco para tanto, especialmente atendendo às circunstâncias dos últimos dois anos, mas sempre é melhor do que ficar em 7.º lugar, caso isso sirva de comparação, como inevitavelmente servirá para alguns adeptos.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:24

A missiva do inferno

Ricardo Leão, em 30.09.16

 

19937385_IK2Cz.jpg

 

As audições dos ex- presidentes no tribunal popular de Alvalade correram de forma desastrosa para o "Querido Líder".

 

Mas, afinal, para Azevedo de Carvalho isso até nem terá sido o pior. Está "guardada a sete chaves" no cofre leonino, com acesso hiper restrito a Azevedo de Carvalho e ao comendador Marta de Vila Nova de Poiares, uma "carta bomba" que, vinda do defensor de Dias da Cunha, foi recebida no Sporting. Quando a leu Bruno estremeceu tal a virulência da mesma e imediatamente deu ordem de clausura ao documento.

 

O repto fica aqui lançado: divulga a carta Bruno, dá-a a conhecer depressa, para que todos saibamos o seu conteúdo. Divulga-a, vá lá. O que esperas rapaz ? Há alguma coisa, alguma coisinha que seja que pretendes esconder ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:56

Bruno de novo processado

Ricardo Leão, em 20.04.16

 

19478108_8GCDE.jpg

 

António Dias da Cunha, presidente do Sporting entre 2000 e 2005, também vai avançar com uma acção judicial contra Bruno de Carvalho, escreve o jornal A Bola na sua edição de hoje.

 

Segundo o referido diário desportivo, o antigo presidente do Sporting vai seguir os mesmos passos que Godinho Lopes e avançar com acções judiciais contra Bruno de Carvalho, indignados que estão com o facto da actual Direção leonina ter processado antigos dirigentes devido às respectivas gestões.

 

É mais uma a juntar à outra. E depois, quando a pesada factura chegar, somos nós, uma vez mais, a pagar as infantilidades e as invenções de Azevedo de Carvalho... Que rica factura que o futuro presidente vai ter !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:22

Miserável

Ricardo Leão, em 11.06.15

 

 

Não bastou o que disse e o que fez no passado, ficando para sempre ligado ao golpe de Estado institucional dentro do Sporting, Eduardo Barroso, é dele que falo, ex-presidente da AG do clube, tem o desplante de gozar com os problemas de saúde de ex-presidente do Sporting, Dias da Cunha. Isto vindo de um médico. No mínimo miserável.

 

A partir do minuto 26"25

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02

Disparates e afins

Rui Gomes, em 25.12.14

 

ng3803690.jpg

 

«Se calhar o blackout evita que o presidente continue a dizer disparates, serve para calar o presidente que, esse sim, é que tem de se calar.

 

O comunicado foi disparatado. Lê-se e o que salta dali é um ataque à equipa de futebol. É inacreditável. O resultado é nada, a não ser o ataque à equipa. O resto é completamente disparatado. É um disparate pegado enunciar os nomes de jogadores que nem na equipa B têm lugar. Foi para dizer o quê ? A única coisa que me agrada no Sporting é o trabalho que está a ser feito na equipa principal, e isso deve-se a um único homem: o treinador. Tenho a maior admiração por Marco Silva, pelo trabalho que faz e por aquilo que é como pessoa. O Sporting está em fase de construção, chegou a ter neste campeonato o melhor futebol, melhor do que o Benfica e o FC Porto. Infelizmente, os últimos resultados indicam uma certa queda, o que é natural.»

 

Será possível que Dias da Cunha não seja um devoto admirador de Bruno de Carvalho ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:26

Frase da Semana

Rui Gomes, em 24.10.14

 

Dias-da-Cunha2.jpg

 

«Luís Duque é um gestor com imensa experiência no futebol e, nesse sentido, é um bom nome para gerir a Liga de Clubes. A auditoria de gestão do Sporting demonstrou que não houve nada de fraudulento numa série de compra e vendas de jogadores, por isso não sei porque haveria de se tornar "persona non grata" no Clube.

 

A única coisa que o presidente do Sporting faz bem é gerir a parte desportiva, de resto, pela forma como se está a comportar em relação aos dirigentes que o antecederam, a vergonha de ter levado à Assembleia Geral a auditoria de gestão, é uma profunda demagogia. Ao contrário de servir o propósito que ele diz que procura servir, que é unir todos os sportinguistas, está sim a criar um Sporting rasca por preconceito em relação aos dirigentes que o antecederam.»

 

-    António Dias da Cunha    .

 

Observação: Sempre sem "papas na língua", o antigo presidente do Sporting, em entrevista à Antena 1. Ainda comentou o jogo com o Schalke 04, descrevendo-o como "completamente cozinhado", e que os russos "foram pagos para fazerem aquilo".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:37

Frase da Semana

Rui Gomes, em 29.11.13

 

 

"O Sporting foi prejudicado pelas arbitragens e não me parece por acaso"

 

-    Dias da Cunha    -

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

Dias da Cunha "explica" melhor !

Rui Gomes, em 28.11.13

 

 

«Cada um diz o que quer e fica com quem diz. Primeiro, nunca confundi cores com clubismos. Depois, a bandeira nacional é uma coisa que não se discute. Para mim, é encarnado mas não é do Benfica, isso é um disparate. O verde é nosso (do Sporting), mas não é só nosso. Em relação à bandeira nacional não há que relacionar cores com clubes. não faz sentido.»

 

O antigo presidente do Sporting, Dias da Cunha, em declarações à Antena 1. Instado a comentar o trabalho de Bruno de Carvalho, respondeu com estas palavras:

 

«Não foi o meu candidato, não gostei da forma como fez campanha mas foi eleito e é o presidente. O trabalho feito em relação à equipa de futebol é notável, tanto nas aquisições como na condução da equipa técnica. Tem-me dado uma satisfação muito grande acompanhar os jogos do Sporting.»

 

Quer se goste dele ou não, não se o pode acusar de ambiguidade nestas suas considerações.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40

A maior verdade

Rui Gomes, em 02.10.13

 

 

Na recém-entrevista que concedeu à Rádio Renascença, Dias da Cunha elogiou a gestão e o bom momento desportivo do Sporting, sublinhou o benefício dado a certas equipas pelas arbitragens e, na minha opinião, a maior verdade que proferiu ou, se desejarmos, a verdade mais importante, foi em ter apontado a "falta de entendimento entre os clubes principais para solucionar as principais questões do futebol, nomeadamente a arbitragem."

 

Esta realidade tem "cabelos brancos" e tudo indica que assim vai continuar por muitos anos; faz parte do ADN português, em geral, e do futebol, em particular. O dirigismo desportivo nacional nunca conseguiu ver mais longe do que o seu próprio umbigo, nunca conseguiu sentar-se à volta da mesa para resolver os problemas do todo, pelos interesses partidários.

 

Já se viveu o tempo necessário, em democracia e em liberdade, para se analisar e compreender bem os efeitos profundos do obscurantismo cultural a que os portugueses se viram compelidos no passado. Há que aceitar que não possuímos o saber bastante sobre a problemática em que o futebol se aprofunda - e o que possuímos preferimos não implementar - para podermos responder com eficácia às inúmeras e complexas exigências do futebol de alta competição, nomeadamente no que toca ao enquadramento técnico, humano e social. Muito por isto, continuamos de ano para ano a fazer balanços do que foi o nosso futebol, a reclamar soluções para a carência de estruturas, a apontar responsáveis por insucessos e derrotas, o que apenas contribuirá para passar outros 365 dias a manter o mesmo de tudo.

 

Por isto e muito mais, Dias da Cunha tem plena razão quando afirma: "Pelo que vejo de todos eles (responsáveis dos clubes), isso (a união) não deverá acontecer e é realmente uma tristeza.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:12

O que dizem eles

Rui Gomes, em 01.10.13

 

 

 

«Bruno de Carvalho é um presidente muito envolvido com o futebol, o mérito primeiro é dele. Não teve o meu apoio mas na gestão do futebol tem demonstrado muito acerto. Não estou preocupado com o lugar que a equipa ocupará no final da temporada, prefiro salientar a maneira como o Sporting está a jogar, tendo em conta a juventude e a equipa técnica que está no clube pela primeira vez. Acho que é um espanto a forma como Leonardo Jardim conseguiu pôr aquele conjunto a jogar da maneira com está a fazer.

Agrada-me que a auditoria de gestão esteja em curso, espero que sirva para terminar com acusações feitas sem justificação e com os insultos. Se isso contribuir para esclarecer a realidade unindo os sportinguistas, então acho muito bem.»

 

-    Dias da Cunha    -

 

Observação: O antigo presidente do Sporting com uma muito magnânima apreciação do estado das coisas, em declarações à  Rádio Renascença.

 

(Foto: Eu e Dias da Cunha em Alvalade - 5 de Novembro de 2003)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:45

Uma pergunta legítima

Rui Gomes, em 29.06.13

 

O presidente do Sporting, à margem de um colóquio, em Lisboa, sobre dirigismo no Desporto - faz bem andar na "escola" - fez a seguinte declaração perante a comunicação social: «Gostaria bastante de falar cara a cara com ambos ( Godinho Lopes e Dias da Cunha) para esclarecer algumas dúvidas.»

 

Se esta sua declaração foi no sentido de querer a presença dos dois antigos presidentes do Sporting na Assembleia Geral de amanhã não é bem claro, no entanto, a forma como se exprimiu e perante a imprensa, deixa no ar a incontornável percepção de insinuações, no mínimo, displicentes, que poderiam ser, e foram, sensacionalistamente aproveitas pela comunicação social: «Bruno de Carvalho quer falar com Godinho Lopes e Dias da Cunha». É portanto legítimo perguntar se não seria mais correcto e produtivo - para o Sporting - contactar ambos em particular e convidá-los para uma reunião onde poderia então apresentar as questões que ele entende que requerem esclarecimento. Claro, seguir o curso mais correcto e sensato não terá porventura o impacto mediático que ele pretende, em linha com a imagem de "guerreiro do povo" que tanto se preocupa cultivar para consumo público.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:09

Arquivo do Passado (23)

Rui Gomes, em 29.05.13

5 de Novembro de 2003: Com o Dr. Dias da Cunha em Alvalade, por ocasião da digressão a Portugal do Peniche de Toronto. Duas semanas de estadia e cinco amistosos realizados. O primeiro, como já referi num outro post, frente à equipa maravilha de jovens do Sporting - Nani, João Moutinho, Miguel Veloso, Silvestre Varela, Carlos Saleiro e Yannick Djaló, entre outros - que goleou os luso-canadianos por 7-1, com golos de Nani, Fernando, Saleiro (2), Djaló, Fábio Ferreira e Moutinho. Dois dias depois, deu-se o empate a zero com o Grupo Desportivo Atouguiense. Dia 9, frente à Associação Cultura e Desportiva "A Serrana", novo empate, mas desta vez a quatro bolas. Dia 11, o embate no Restelo frente a uma equipa mista de Os Belenenses, o terceiro empate, a duas bolas, e, por fim, a despedida em Peniche frente ao Grupo Desportivo e a segunda derrota da digressão, por 6-1.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:59

Dias da Cunha em entrevista na TSF

Rui Gomes, em 20.04.13

 

O antigo presidente do Sporting, António Dias da Cunha, concedeu uma interessante entrevista de 30 minutos ao programa «Entrelinhas» da TSF no dia 18 do corrente, onde aborda variadíssimas temáticas. Confirma que José Couceiro foi o seu candidato nas eleições e atribui a sua derrota ao facto de ter falado a verdade e de não ter feito promessas em vão, a exemplo de Bruno de Carvalho. Vai até mais longe e afirma que o novo presidente teve um discurso completamente demagógico e inverdadeiro, com promessas sem fim.

Dias da Cunha indica que é importante para o Sporting o discurso demagógico cessar porque só cria divisão. É apologista de uma auditoria de gestão para eliminar de uma vez por todas a diabolização do passado, especialmente de presidentes, mas sublinha que esta, sendo levada a cabo, só pode ser conduzida por uma empresa da especialidade ao mais alto nível - competente e independente - indiferente dos custos. Pronuncia-se ainda sobre o acordo com a Banca, os investidores em geral, e os de origem moçambicana, em particular, e insiste que o «sistema» ainda existe mas de uma forma diferente. Uma entrevista muito interessante, com a frontalidade já reconhecida a Dias da Cunha.

 

* O nosso agradecimento ao leitor "Lionheart" pela gentileza da referência.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35

Dias da Cunha em entrevista

Rui Gomes, em 15.01.13

 

António Dias da Cunha, ex-presidente do Sporting entre 2000 e 2005, esteve presente no programa «Zona Mista», da RTP Informação, no sábado passado, onde abordou alguns aspectos do passado e do presente do Sporting. Eis algumas das suas informações de maior relevo, em sinópse:

 

«Não acredito que a realização desta Assembleia Geral que se aproxima vai facilitar seja o que for ao Sporting e peço com toda a humildade aos sportinguistas reflexão ponderada quanto a eleições antecipadas, pelos problemas que pode suscitar. O mais importante a pôr à disposição dos sportinguistas não são nomes, mas sim pessoas com a capacidade e a credibilidade para negociar com a banca e investidores e lidar com o problema financeiro do Clube.»

 

«O essencial para o Sporting é renegociar e reduzir o custo da dívida e isso só será possível através de investidores, não através de empréstimos ou fundos, mas sim investimento directo. Para isso ser possível, é necessário haver paz e tranquilidade e pela falta de resultados desportivos, isto não é possível, face ao que se tem visto. A crise financeira e a crise desportiva não se podem desassociar. Godinho Lopes tem andado à procura de investidores desde o primeiro dia e é evidente que a crise desportiva, e também a mundial, tem dificultado essa missão.»

 

«O momento que o Sporting está a viver impõe o dever principal aos sócios de zelar pela coesão interna do Clube. Apesar da difícil situação, sou um adepto sportinguista optimista.»

 

«O Sporting precisa de acalmia e essa só é possível neste momento com o actual presidente, se o deixarem. Não conheço outra pessoa que possa lidar com o problema financeiro.»

 

«Tem de se reduzir a manifestação de alguns aventureiros e apaziguar os ânimos.»

 

«Estou absolutamente convencido que os resultados vão aparecer com Jesualdo Ferreira e que o Sporting vai lutar pela Liga Europa. Apesar da situação complicada, há um problema de confiança que tem de ser ultrapassado, pois temos jovens na equipa que já deram provas que têm qualidade.»

 

«O pior erro cometido por Godinho Lopes foi na escolha de quem o acompanhou na Direcção e, pelos resultados vistos posteriormente, a quem entregou o futebol.»

 

«A situação financeira é preocupante. A crise tem vindo em evolução significativa de há sete anos até agora, através de muitos erros, repetidos, onde o Clube tem sempre gastos superiores às receitas.»

 

«Tem de se baixar despesas no futebol, mesmo perante o acréscimo de investimento dos nossos adversários, através de uma aposta e aproveitamento da formação. Claro que Ronaldo e Nani não aparecem todos dias, mas a equipa tem de ser construída mais à base da formação. As mais-valias do Sporting não são valorizadas pelas não presenças com regularidade na Champions.»

 

«As três principais SADs portuguesas têm problemas semelhantes, com prezuizos e receitas, mediante os critérios financeiros do «Fair-Play» da UEFA.»

 

«Nos últimos sete anos, O Sporting somente apurou 42 milhões de euros líquidos na transferência de activos.»

 

«O sistema no futebol português continua a existir, embora de modos diferentes.»

 

«Demiti-me não pela situação financeira, que deixei equilibrada, mas sim por não poder aguentar o treinador (José Peseiro) que tão bem conduziu o Sporting. Nunca me esquecerei daquele golo que foi validado ao Benfica na nossa pequena área. Hoje e já há algum tempo que estou arrependido, porque tinha muito mais a contribuir ao Sporting, especialmente considerando as consequências que surgiram posteriormente.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06

Dias da Cunha tinha razão

Rui Gomes, em 15.01.13

 

Dias da Cunha tinha razão quando, em outubro de 2012, proferiu as seguintes palavras: «Eduardo Barroso comporta-se como um verdadeiro criminoso e irresponsável, diz o que lhe vem à cabeça, é tonto, diz o que lhe apetece, é de uma enorme vaidade e portanto o que lhe interessa é promover-se, mais nada e o Sporting que se lixe!»

 

O presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting não se cansa de dar provas diárias de isto mesmo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo