Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Vão bardamerda mais o fascista"

Naçao Valente, em 07.03.17

 

20297299_U87zV.jpg

A história, hoje pouco conhecida, por quem não acompanhou os tempos revolucionários de 1975, conta-se em poucas palavras. O Almirante Pinheiro de Azevedo que tinha sido nomeado primeiro-ministro, pela facção mais moderada dos militares, para substituir Vasco Gonçalves, viu a sua residência oficial cercada por uma manifestação de trabalhadores da construção civil. Com a força que receberam da extrema-esquerda aproveitaram para contestar o primeiro-ministro, que os procurou desmobilizar, falando-lhe da varanda do palácio de S. Bento. Por mais explicações que desse, Pinheiro de Azevedo, apenas recebia epítetos de fascista. A dada altura,perdeu a paciência e em desespero,respondeu aos insultos, e disse a frase que ficou para a história: “Vão bardamerda mais o fascista”.


A expressão, inserida somente naquele contexto de revolucionarismo extremo, e levada à letra, significa que o Almirante Pinheiro de Azevedo mandou bardamerda apenas aqueles manifestantes, incluindo-se a si próprio quando afirmou "vão…mais o fascista". Ora de acordo com os slogans dos trabalhadores presentes, e o fascista era o próprio primeiro-ministro.

 

naom_561042e04f171.jpg

Bruno Azevedo de Carvalho, recuperou a histórica frase do seu tio-avô, distorceu-a e aplicou-a num contexto completamente diferente e por isso desenquadrada do evento a que presidia. Tinha acabado de vencer, com grande margem, as eleições para os órgãos do Sporting. Não estava rodeado por gente hostil, mas por um grupo de de devotos em êxtase.  Deu à expressão um novo significado aplicando-a a todos aqueles que não são sportinguistas. Pelas minhas contas em Portugal serão, grosso modo, cerca de sete milhões, que são de outros clubes ou que não apoiam clube nenhum. No resto do mundo, são biliões incluindo os que nem sabem da existência do Sporting e muito menos de este outro Azevedo (de Carvalho). Não digam que o homem não é ambicioso. Não digam que não ganha nada, nem bate recordes. Para já, e numa única frase, conseguiu “bardamerdar” todo o mundo, com exclusão dos sportinguistas. E digam lá que não merece estar no livro dos recordes, pela falta de nível, pela malcriadez, pela falta de classe.


Hoje sinto-me feliz e privilegiado por ter nascido sportinguista. Se assim não fosse, também estaria na lista malcheirosa deste ungido do destino, deste ser que se dá ao desplante de criar um mundo, o seu, de povo eleito e de considerar todos os outros como gentios sem alma.


Não sei se o seu tio-avô, designado como almirante sem medo, nas lutas políticas do período revolucionário, se reveria neste sobrinho-neto, que nem na vitória sabe ser digno, já que humildade é palavra que de certo desconhece. E não sei se gostaria de ver a sua figura de combatente da liberdade, envolvida numa eleição de uma qualquer colectividade, por mais importante que seja.


Diz o ditado “que cada um é para o que nasce”. Este homem, Azevedo de Carvalho, nasceu para viver no mundo de “bardamerdices”. É pena que envolva nisso a centenária instituição Sporting Clube de Portugal. É pena que e criticável que os sportinguistas se deixem envolver neste lamaçal e gostem. É pena que se revejam nesta deriva de mau gosto e aplaudam. Está tudo louco? Vem aí mais do mesmo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo