Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

image.jpg

 

Lukas Spalvis, o reforço lituano do Sporting para a próxima temporada, fez algumas observações sobre as suas primeiras duas semanas de "leão ao peito", enquanto no estágio na Suíça:

 

«A estrutura do clube é toda de grande nível. Em relação à organização e ao treino, é tudo novo para mim, mas estou a tentar adaptar-me o mais rápido possível. Nem todos os jogadores falam inglês, mas são muito divertidos. Já me sinto como parte da equipa.

 

As pré-épocas são sempre parecidas e estamos a trabalhar muito forte para atingir um bom nível. Sinto-me melhor agora do que quando cheguei. Vamos disputar alguns jogos particulares muito importantes e estou muito ansioso por voltar a jogar.

 

Estou surpreendido com a grandeza do clube e com a quantidade de adeptos que esperavam a equipa na Suíça. Espero que também venham aos jogos».

 

Ainda nada se viu deste jovem ponta de lança, mas sinto que será uma mais-valia para a equipa. É natural que venha a atravessar um período de adaptação tanto ao Clube como ao futebol português, mas podemos estar perante um novo goleador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:29

 

13614966_10153590793881555_1479270362144760023_n.p

 

A lista dos 20 jogadores convocados por Jorge Jesus para o estágio de pré-época do Sporting, a realizar-se em Lausanne, na Suíça, a começar esta segunda-feira e a terminar dia 19.

 

Eis o programa:

DIA 11, SEGUNDA-FEIRA
Partida para o estágio em Lausanne (Suíça)

DIA 13, QUARTA-FEIRA
Adversário: Mónaco
Local: Estádio Juan Antonio Samaranch (Lausanne)
Horário: 19h30 (Portugal continental)

DIA 14, QUINTA-FEIRA
Adversário: FC Nyonnais
Local: Estádio Colovray (Nyon)
Horário: 18h00

DIA 16, SÁBADO
Adversário: Zenit
Local: Stade de Chailly (Montreux)
Horário: 18h00

DIA 18, SEGUNDA-FEIRA
Adversário: PSV Eindhoven
Local: Stade de la Fontenette (Carouge)
Horário: 19h30

DIA 19, TERÇA-FEIRA
Regresso a Lisboa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13

 

ng3AB1A43E-B487-4605-B9DD-12F57FC9F6DB.jpgng1BE95DD6-9117-4E5B-8C9A-202219B4A9BE.jpg

800x600.gifngBA25D9F6-FCD5-40DC-A611-7B61E5A1D0E7.jpg

 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) escolheu o Centro Nacional de Râguebi de França como quartel-general para a fase final do Euro"2016.

Portugal vai encontrar em Marcoussis, a cerca de 25 quilómetros do centro de Paris, um dos melhores espaços para estagiar. O local era pretendido por várias selecções, mas os responsáveis da FPF adiantaram-se e já tinham feito a reserva, mesmo numa altura em que o apuramento para o Europeu ainda não estava garantido.

A Selecção Nacional terá à disposição cinco campos de treino, um deles, o principal, com iluminação, uma pista de atletismo e uma bancada para mil espectadores. Haverá ainda um outro, mais pequeno, mas coberto e de relva sintética. O espaço conta com 85 quartos, ginásios, centro médico, várias salas de jantar, salas de reuniões, uma piscina com sauna e jacuzzi, um espaço de convívio com bar, mesa de bilhar, salas de aula e biblioteca.

Apesar de normalmente estar destinado um espaço próprio para a Comunicação Social, a FPF tem à disposição, no Centro Nacional de Râguebi, no piso térreo, uma sala de Imprensa, dois estúdios de rádio e televisão e um anfiteatro com 250 lugares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45

Foto do Dia

Rui Gomes, em 21.07.15

 

ngFCD94179-A5BC-4847-B225-3394831108D1.jpg

 

Parece que o presidente não está a gostar da conversa...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:58

 

 

Manchetes do Dia

 

* Leão chumba no teste mais difícil

 

* Maurício "infantil" e Sporting perde pela primeira vez

 

* Naufrágio à conta da defesa

 

* Twente acaba marcha vitoriosa do Sporting

 

* Defender com os olhos deu primeira derrota

 

* Hoje há reunião decisiva por Kostic

 

* Jonathan e Rabia continuam na agenda

 

* Viola emprestado a clube turco

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

Das bicicletas para o campo de jogo

Rui Gomes, em 24.07.14
 

 

No primeiro particular realizado esta quarta-feira em território holandês - designadamente no Sportpark De Heikart, em Groesbeek - o Sporting venceu a equipa da segunda divisão holandesa - Achilles 29 - por 5-2, com um "hat-trick" de Junya Tanaka e um golo cada de Tobias Figueiredo e Heldon.

 

O próximo encontro integrado no estágio terá lugar no sábado, dia 26, frente ao Utrecht, 10.º classificado da primeira divisão na época passada.

 

Um breve resumo do jogo pode ser visto aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:46

Os "Bs" na Holanda

Rui Gomes, em 23.07.14

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:08

A caminho de Doorwerth, Holanda

Rui Gomes, em 22.07.14

 

 
Como já é de conhecimento geral, Marco Silva convocou 30 jogadores para o estágio em Doorwerth, Holanda, que decorrerá entre 22 e 29 de Julho. Já referimos em outros posts que estão previstos três jogos particulares durante este período, embora nesta data, que seja do meu conhecimento, apenas o encontro com o Twente, no dia 28, está agendado. Eis a lista dos jogadores:
 
Rui Patrício, Marcelo Boeck, Luís Ribeiro e Vladimir Stjokovic; Cédric Soares, Maurício, Eric Dier, Tobias Figueiredo, Paulo Oliveira, André Geraldes e Jefferson; William Carvalho, Oriol Rossell, Adrien Silva, André Martins, João Mário, Slavchev, Ryan Gauld e Shikabala; Diego Capel, Carrillo, Heldon, Carlos Mané, Wallyson, Iuri Medeiros, Ricardo Esgaio e Chaby; Fredy Montero, Islam Slimani e Junya Tanaka.
 
Apenas alguns breves reparos:
 
- Não compreendo a necessidade de levar 4 guarda-redes, obviamente em detrimento de outros jogadores da equipa B que não viajaram;
 
- Nada há a questionar sobre os jogadores da equipa principal, estão todos excepto Marcos Rojo, que ainda goza as suas férias;
 
- A escolha entre o lote da B é inteiramente ao critério do treinador, mas esperava ver Dramé neste grupo, assim como Zezinho, que entretanto foi cedido ao AEL Limassol do Chipre;
 
- A exclusão de Valentin Viola não surpreende, dado que sempre foi o objectivo da SAD transferi-lo, ou por empréstimo ou a título definitivo. Ele só regressou da Argentina porque o Racing não tem os meios para exercer a opção de compra;
 
- A exclusão de Salim Cissé e Vítor Silva será uma forte indicação que não fazem parte dos planos para esta época. Surgiram rumores sobre o possível regresso de Cissé a Coimbra e Vítor também poderá voltar ao Paços de Ferreira;
 
- Já a exclusão de Mica é difícil de compreender. Primeiro, porque já jogou contra o Belenenses e até não esteve mal. Segundo, porque seria a única alternativa a Jefferson neste lote de 30. Aqui está... menos um guarda-redes e Mica poderia ter sido integrado, tal como Dramé, aliás.
 
- O caso de Rúben Semedo não pode ser analisado à distância. É uma situação algo complexa que apenas compete a quem trabalha com ele.
 
Salvo pelo aproveitamento dos três particulares a realizar, não vejo grande benefício de um estágio de sensivelmente seis dias. Nada que não fosse possível fazer na Academia, embora reconheça que poderá contribuir de algum modo para a união do grupo. Haverá também uma agenda que não apenas desportiva.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:07

Conhecer melhor o Sporting do momento

Rui Gomes, em 23.07.13

 

 

É de prever que desta data até ao primeiro jogo da época - quiçá, até talvez ao dia 31 de Agosto - ainda se verificarão diversas alterações no plantel e na equipa principal do Sporting. Neste momento, o amistoso em Toronto frente ao Peñarol terá sido a primeira verdadeira oportunidade de começar a conhecer um pouco melhor a equipa liderada por Leonardo Jardim:

 

No acima referido embate, o novo técnico leonino utilizou 18 jogadores, com as sete substituições a surgirem gradualmente ao longo da segunda parte. Também o Peñarol assumiu uma postura semelhante, com o treinador Diego Alonzo a recorrer a 19 jogadores.

 

Assente no sistema 4x2x3x1, o Sporting começou o jogo com: Rui Patrício, Cédric Soares, Maurício, Rojo e Jefferson; Rinaudo e William Carvalho; Chaby, André Martins e Wilson Eduardo; Cristian Ponde.

 

Assente no mesmo sistema, acabou com: Marcelo Boeck, Cédric Soares, Eric Dier, Rojo e Jefferson; Adrien Silva e William Carvalho; Carrillo, Labyad e Capel; Salim Cissé.

 

Os únicos que jogaram os 90 minutos foram Cédric Soares, Marcos Rojo, Jefferson e William Carvalho. Curiosamente, Rojo ainda participou na marcação das grandes penalidades mas depois do jogo foi diagnosticado com um entorse no joelho.

 

Se é um problema mais profundo, os próximos jogos esclarecerão, mas o sector mais débil da equipa foi o defensivo, com um auto-golo e vários outros erros ao longo do jogo. O meio campo formado por Chaby, André Martins e Wilson Eduardo esteve bem, com o jovem Chaby a destacar-se. Mas foi na segunda parte, pela entrada de Capel e Cissé aos 46 minutos e Zakaria Labyad aos 62, que o Sporting exibiu maior dinâmica e penetração ofensiva que, não ao acaso, levou ao golo do empate por Cissé aos 73 minutos.

 

O Sporting fez 14 remates no jogo, com 8 a acertarem na baliza, teve 7 cantos a favor, cometeu 12 faltas e sofreu 11, estas muito mais severas, indicativo dos 5 cartões amarelos que os jogadores do Peñarol viram.

 

No todo do estágio no Canadá - com os dois encontros realizados - os jogadores que mais se evidenciaram foram Cristian Ponde, William Carvalho e Chaby. Muito indica, especialmente ao que concerne Carvalho e Chaby, que serão forte concorrência para um lugar nas 20 finais escolhas de Leonardo Jardim. No inverso da moeda, existem muitas dúvidas sobre André Santos e Diogo Salomão, especialmente este último.

 

Esta equipa já mostra trabalho feito por mão de Leonardo Jardim, algumas rotinas de agrado, mas ainda está muito longe do que é necessário e desejado para competir pelos lugares cimeiros na I Liga. Como já indicámos em um outro post, a ausência de um 10 continua a evidenciar-se e estamos agora perante a expectativa sobre o impacto ofensivo (golos) que o recém-chegado Fredy Montero vai ter. Com este novo sistema de jogo, Labyad aparece na sua posição mais natural, não como extremo mas sim como interior nas costas do ponta de lança. William Carvalho a ficar na equipa e no onze - algo muito possível - terá maior liberdade para suportar os mecanismos ofensivos, com Rinaudo mais focado na área defensiva. Se Capel não for transferido, será um dos indiscutíveis extremos, ficando a dúvida sobre o outro, entre Carrrillo, Wilson Eduardo, Chaby (talvez) e até Cissé, que não é ponta de lança.

 

O estágio no Canadá serviu para formar um grupo mais coeso e para trabalhar mecanismos de jogo que Leonardo Jardim visa incutir na equipa. O próximo embate frente à Real Sociedade proporcionará mais um visual do Sporting do momento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16

O futebol indústria

Rui Gomes, em 06.07.13
 

Estive a ler um artigo sobre o impedimento de Nani - recupera de uma operação ao nariz -, AshleyYoung, Chris Smalling e Javier Hernandez, em participarem no estágio de pré-época que o Manchester United vai realizar na Tailândia em breve. Pelos meus anos no Sudeste da Ásia, não imagino pior local para o efeito nesta altura do ano. Ainda hoje em Bangkok a temperatura está a 35ºC e a humidade a 80%, esta tornando o ambiente sufocante ao máximo. O nosso blogue tem leitores de Macau, China e dessa parte do Mundo, que poderão prontamente confirmar esta minha descrição.

O que esta situação serve para sublinhar, de modo esclarecido, é a importância da vertente indústria do futebol moderno, já que não acredito que os «Red Devils» se desloquem para tão longe com objectivos desportivos em mente mas, sobretudo, pelo incontornável marketing e merchandising que estão hoje tão associados ao futebol como as chuteiras aos jogadores. Reforçando este cenário, o Manchester United, em 2012, teve receitas brutas no valor de 367 milhões de euros, dos quais 115 milhões são provenientes do sector comercial. Adicionalmente, o clube tem um contrato de quatro anos de patrocínio com a internacional «Aon Corporation» que lhe paga 22 milhões de euros anuais e, outro, também de quatro anos, com a DHL, relativamente ao patrocínio no equipamento de treino, no valor de 45 milhões de euros. Por tudo isto e mais, o Manchester United não se pode limitar a escolher os seus locais de maior exposição pública, com o clima como factor preeminente, privilegiando a vertente indústria em detrimento da desportiva. Esta é uma incontornável faceta do futebol moderno e os clubes com a maior dimensão de marca, são os que retiram o maior proveito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo