Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Até quando, Sporting? Até quando?"

Rui Gomes, em 23.07.17

 

190x190antoniosousaduarte.jpg

É extraordinário como Bruno de Carvalho acaba de se enredar numa incrível e inextricável guerra de palavras com Octávio Machado. É péssimo para o Clube mas é bom para que nunca nos esqueçamos que eleito, e legitimado, pela esmagadora maioria dos sócios que acorreu ao último acto eleitoral em Alvalade, este Bruno só está e só se sente bem na lama que ele próprio gera.

 

Nem estão em causa as razões que possam assistir a este presidente do Clube. O que está em questão é o seu tenebroso e inesgotável dom para o ultraje público. Perdido no seu labirinto, agonizante na sua incapacidade, deprimente no seu triste e desnorteado comando, pequenino na sua lamentável e reduzida dimensão, Carvalho volta a fazer o que faz melhor - que é o pior. E volta a arrastar o nome do Clube, que trata como coutada sua, para uma praça pública em que até poderia primar pela diferença face aos desmandos financeiros do FC Porto e às suspeitas desportivas que recaem sobre o SL Benfica.


Mas não: com Bruno de Carvalho o Sporting nunca se aproxima da excelência e chega sempre primeiro à indecência. E pensar que os sportinguistas se revêem nisto? E saber que o ajudaram a crucificar e a humilhar Dias da Cunha, José Eduardo Bettencourt e Luiz Godinho Lopes por erros que reconhecidamente cometeram mas que nada tiveram a ver com a intenção de prejudicar o Clube, como homens de bem e gestores excepcionais que são nas respectivas actividades profissionais? Obviamente ao contrário de Bruno, que fala muito mas de quem, como se sabe, não se conhece uma linha de currículo...


Infelizmente, o estado a que o Sporting chegou já não é só fumaça - é um fogo que arde e que se vê. De certeza que mesmo para os quase noventa por cento de votantes que elegeram este presidente.


Até quando, Sporting? Até quando?

 

António de Sousa Duarte

 

Texto da autoria do antigo director de comunicação do futebol profissional e de formação do Sporting, na sua página de Facebook, que mereceu uma observação do ex-presidente do Sporting, José Eduardo Bettecourt, na mesma página:

 

«Nunca comentei nada sobre o SCP e como o António bem sabe sempre odiei papagaios e alguns bem cobardes, mas este texto pôs-me a pensar. Ontem no funeral do Zé Filipe, o seu filho disse-me o que pai gostava muito de mim. Morreu com um profundo desgosto de ter um processo de gestão danosa à boa maneira estalinista com custos enormes para a sua descendência. Talvez o filho tenha sabido que eu reduzi o meu ordenado para remunerar justamente o Zé Filipe, na mesma proporção. Este facto, na magnífica auditoria, foi relatado da seguinte forma:


"O Dr. José Bettencourt alterou o seu vencimento sem autorização da comissão de vencimentos."

 

Muito bom. António, acredito com uma petição assinada por pessoas de bem que amam este grande clube, talvez fosse possível acabar com esta vergonha, que corroeu até à morte um bom homem.


Alguns terão casamentos cheio de notáveis, mas não acredito que tenham funerais com tantos amigos.


Só me verão voltar a comentar algo daqui a 3 anos e se o nosso Camões voltar a ter o condão de me inquietar.

 

Desculpem qualquer coisinha».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:20

 

IE6YURAN.jpg

 

Uma abusivamente longa missiva de Bruno de Carvalho no seu favorito Facebook, através da qual comunica entre mil e uma outras coisas que vai abandonar esta rede social:

 

«As plataformas, para mim, continuam a ser um modo de comunicação global privilegiado. Apesar disso, e depois de uma profunda análise, creio que chegou a hora de abandonar o Facebook. A minha vontade de proximidade com o universo leonino, acabou por ter um lado perverso que não pretendo ver aumentado. Tem a ver com o ultrapassar de fronteiras onde se confunde vontade de estar próximo com o ser incomodado, a toda a hora, com opiniões despropositadas e intromissões na vida pessoal. Serei sempre um Presidente próximo, presente e consciente das suas tarefas e objectivos, mas esta ferramenta deixará de ser um desses modos de comunicação com a Família Sportinguista.

 

Assim, este será o meu último post que espero contribua para a compreensão de toda a estratégia pretendida para o Sporting Clube de Portugal e o papel de todos para a sua concretização».

 

Não é necessário recorrer ao parecer de um cínico para concluir que esta comunicação não é mais do que um apelo ao apoio populista que sempre o rodeou, recorrendo, de algum modo, a psicologia inversa. Após mais de quatro anos no trono de Alvalade, Bruno de Carvalho sente, hoje mais do que nunca, o seu conforto a desintegrar-se por baixo dos pés e entendeu que era a altura certa para o que para ele serão medidas drásticas... o propalado abandono do Facebook.

 

Confesso que já não tenho pachorra para procecer à dissecação de tão longo testamento ardiloso, típico do proverbial vendedor de banha da cobra. Lamentavelmente, vejo-me obrigado a transcrever aqui o resto do escrito, uma vez que o link do Facebook não está a funcionar. A conta terá sido suspensa ou fechada, não sei bem qual:

 

«...Compreendo perfeitamente a frustração desta época, e não só a nível do futebol, mas o que tenho lido e recebido de mensagens ultrapassa o limite da justiça e respeito que se deveria ter por quem, como eu, passei a dedicar a minha vida ao Clube que amo. Todos devemos refletir e ser justos com vista ao nosso objectivo comum: a Glória!

 

Vejo, em todas as modalidades, um apoio que mais nenhum clube tem no mundo, mas um grau de exigência muito pequeno. A cada mau resultado, e então se torno público o meu desagrado, lá vem a onda de apoio aos "meninos". Nas modalidades, sem ser o futebol, então é confrangedor... perdemos jogos e lá estão as bancadas a aplaudir os "seus meninos" e a acarinhá-los. Nos bons e maus momentos dizemos nós! E tem de ser assim. Mas não podemos ser só nós, dirigentes e adeptos, a sofrer. Neste Clube, treinadores e atletas têm como missão dar-nos bons momentos e evitar os maus. O seu direito é ter boas condições de trabalho e os ordenados em dia. O seu dever é ser profissionais, honrarem a nossa camisola, dignificarem o Clube, vencerem ou lutarem até à exaustão e terem sempre compromisso com os objectivos estabelecidos: ganhar, conquistando todos os títulos que disputam.

 

Não nos devemos esquecer do esforço herculeano, feito por esta Direcção, para realizar os maiores investimentos de sempre em todas as modalidades. Nem que seja só por isso, estes "meninos" têm que ser sempre homens e ganhar os seus jogos e conquistar títulos, sem desculpas, sem estar sempre a falar de arbitragens, sem usar adversidades inexperadas ou o azar, percebendo que têm de fazer muito mais, e que a massa adepta que apoia o Sporting CP merece a Glória e não apenas viver alegrias a "espaços", dada por quem tem a sorte e o privilégio de envergar a nossa camisola.

 

O meu maior erro foi ainda não ter conseguido incutir nos adeptos esse sentimento de exigência constante, esse sentimento de que ninguém faz favor de servir o Sporting CP, mas, pelo contrário, ou está disposto a "morrer" em cada embate ou não merece ser apoiado.

 

Quando se aponta o dedo aos "meninos" é o "aqui d'el-rei". Credo! É o horror, o sacrilégio... Começam logo os opinadores leoninos: faça-o em privado, não confunda coisas, não é bem assim, etc. ... Tendo uma "alma pequena", não podemos exigir constantemente a grandeza e iremos continuar a viver com menos vitórias do que as que poderiamos ter e, ainda por cima, supostamente eu "teria" que ficar "agradecido" apenas por jogarem. Este tipo de raciocínio não é para mim. Não podemos ganhar sempre, mas temos sempre que honrar e dignificar a nossa camisola, com suor e, se for preciso, até à exaustão de cair para o lado, sem mais forças, no fim de cada jogo. Pelo menos nas derrotas temos de ver atletas físicamente de rastos.

 

As modalidades, como todos sabem uma das minhas paixões além do futebol, sei bem que são elas que nos permitem ser a maior potência desportiva nacional através, não só do ecletismo, mas sobretudo pelos mais de 20 mil títulos, nacionais e internacionais, conquistados e que têm feito de nós, ao longo dos anos, tão grandes como os maiores da Europa. Neste capítulo, irei sempre orgulhar-me de ter sido o Presidente que, com a sua equipa, construiu o Pavilhão e que, ao invés de acabar com as modalidades, trouxe novas e fez regressar algumas das históricas, e tudo isto com os maiores investimentos de sempre feitos pelo Clube no seu ecletismo.

 

Mas isto tem de obrigar-nos a ter, sem medos nem receios, uma cultura de exigência diária para com todos os que servem este Clube. E assim o faço, a começar por mim próprio, mas devo aqui alertar que os adeptos foram muitas vezes, com toda a sua boa vontade e sentimento de defesa da sua "familia", um "entrave" pois, sem querer, foram enchendo egos e aceitando, ou dando mesmo, desculpas para os insucessos.

 

Ainda não consegui, em 4 anos, mudar completamente essa mentalidade. Percebo que os sportinguistas vejam, nas restantes modalidades, o escape dos insucessos do futebol. Mas temos de deixar de ter esse espírito e saber acompanhar o investimento feito e logo perceber que o grau de exigência tem de crescer proporcionalmente e na mesma medida. Podemos e devemos manter a postura e convicção de que somos os melhores adeptos do mundo, mas exigir, exigir sempre!

 

Quanto ao futebol, para além de toda a realidade escrita nos parágrafos anteriores, e porque também estamos com os maiores investimentos de sempre, nada mudou desde o que disse durante as eleições, ou após o jogo contra o Belenenses e o meu post de esclarecimento de qual é o projecto e de quem é o meu treinador ou o resultado contra o Feirense. Só os mais desatentos não ouviram, após o jogo contra o Belenenses, que eu disse "na próxima época" tudo tem de mudar. Porque será que não disse no próximo jogo tudo tem de mudar?

 

Também no futebol temos de subir um degrau. Nós, dentro das 4 linhas, com Esforço, Dedicação, Devoção e obtenção de Glória. E os restantes adeptos, mantendo o estádio cheio mas deixando sempre claro que somos exigentes, que queremos vencer, que todos têm de ter um grau de entrega e compromisso equivalente à grandeza do nosso Clube.

 

Não é neste jogo contra o Chaves que devemos terminar a época com apupos ou contestação. Devemos marcar presença e em força, mostrar o nosso apoio sem igual e, com isso, deixar uma mensagem inequivoca a mim Presidente, restantes dirigentes, equipas técnicas e atletas de que, o próximo ano, continuará a ser de grande apoio mas de tolerância zero. Queremos e merecemos ser campeões, mas acima de tudo queremos respeito por quem nos serve e que se entreguem de alma e coração em cada partida. Eu, como Presidente, assumo essa mensagem, assumo essa exigência, assumo essa pressão e farei tudo o que estiver ao meu alcance para que, além da recuperação do Clube já efectuada, poder fazer-nos a todos felizes.

 

Amo o Sporting Clube de Portugal e prometo a todos que, na próxima época, vou ainda fazer mais e melhor, vou continuar a dar a minha vida por este meu Amor e vamos mostrar, com a vossa ajuda, em todas as modalidades e nomeadamente no futebol, porque somos o grande Sporting Clube de Portugal.

 

Já o disse e repito, não existe margem para mais erros. Assim, só quem perceber a grandeza deste Clube, tiver alma de campeão, de combatente e de compromisso se manterá neste projecto.

 

Sempre disse que, ou temos um exército pronto para lutar a meu lado ou não é possível atingir o que quero para o nosso Clube.

 

Assumo que continuamos a não o ter. Continuamos a ser um Clube onde ainda existem pessoas de grandes egos, que se intrometem na vida do Clube, de opinadores fáceis mesmo não sabendo nada do que se passa não se coibindo em cada oportunidade de aparecer nos media, em vez de nos mantermos sempre unidos, incondicionalmente, com quem lidera o Clube e, assim, tendo a mesma linguagem de exigência para com todos.

 

Ser líder é, entre outras coisas, ter objectivos mas também ser feliz. O meu objectivo está ainda mais forte do que alguma vez esteve: ser campeão! E em tudo. Mas feliz não estou.

 

Percebi a mensagem dos 90% de sportinguistas que foram votar: queremos ser felizes. E não lhes vou virar a cara, mesmo num momento de grande mágoa que tenho. Por eles e pelo nosso grande Sporting Clube de Portugal vou, mais uma vez, colocando o que sinto e a minha vida em segundo plano, retribuir a confiança que depositaram em mim e dar-nos a merecida alegria de podermos dizer que somos campeões!

 

Mas volto a alertar que, com tudo o que vejo, leio e recebo de mensagens, e porque não consigo viver com a bipolaridade de algumas pessoas, se nada se alterar nunca atingiremos a plenitude do sucesso que queremos.

 

Considero que após este Esforço, Dedicação e Devoção que finalmente nos irá dar a tão merecida Glória, devido à estupidez humana e bipolaridade latente, a dúvida persiste em mim sobre quando será o tempo de vir alguém liderar este Clube, que, mesmo que não perceba nada do que é isso, goste do protagonismo que esta posição dá e que eu detesto. Que consiga conviver com esta falta de exigência diária que me mata. Que saiba viver com esta falta de militância que não permite olhar para o futuro com outros olhos. Que não se importe com os sportinguistas a quererem meter-se constantemente na sua vida sobre todos os assuntos, mesmo os mais incríveis que se possa pensar. Que não se importe com a ingratidão constante de muitos. E que seja feliz a ser "discreto" a cada insucesso só para ser "popular" e passar pelos pingos da chuva a cada tempestade.

 

A única coisa que vos peço para a próxima época é que me deixem em paz, que me deixem trabalhar como eu achar melhor para depois poderem viver as alegrias que tanto merecemos.

 

A próxima época será assim mais um momento crucial da minha passagem pelo Clube, e não existirá ninguém mais motivado do que eu para a Glória que tanto merecemos.

 

Acreditem que, se todos estivernos focados na exigência e competência máxima, vamos tê-la. Todos, e aqui até dos adeptos falo, temos uma missão para esta importante alteração de mentalidade que tem de ser uma realidade em todas as modalidades. Tudo começa pela vontade, querer, garra, alma, cumplicidade, força, superação e talento. Se isto falha, nada se constrói. E temos de ter a consciência de que nada disto acontece se formos amenizando esta realidade, dando uma escapatória a quem não a tem: quem serve este Clube tem de nos trazer a Glória e, se tal não suceder, não pode permanecer.

 

Amo-te Sporting, e nada nem ninguém irá mudar isso e com este Amor nem a morte nos separará!».

 

 

Nota: Comentários gratuitos, especialmente de não sportinguistas, serão editados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:55

"Nenhum escuteiro-mirim me vai calar"

Rui Gomes, em 03.04.17

 

A oratória de Bruno de Carvalho atingiu extremos tão ridículos, que meras palavras pecam por insuficiência para sublinhar quão grosseiro é o seu modo de estar e obrar como presidente de uma Instituição centenária como o Sporting Clube de Portugal.

 

Bruno-de-Carvalho-facebook.jpg

 

Mais uma longa missiva este domingo no Facebook, através da qual, entre outras questões, dirige "bocas" gratuitas e avisos ao presidente do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, e outros:

 

«Aos escuteiros-mirins que gravitam no futebol português que fique este aviso: o futebol está a mudar a uma velocidade vertiginosa e vocês vão ser vítimas da vossa própria prepotência, imprudência e falta de bom senso! Nenhum escuteiro-mirim me vai calar e nenhum escuteiro-mirim, telecomandado, vai travar o rumo do Sporting Clube de Portugal».

 

Que ele não tenha o mínimo de bom senso, não é novidade alguma, mas pasma que não haja entre os acólitos que o rodeiam alguém com algum sentido de propriedade para o fazer compreender que o desrespeito que ele precipita pela sua pessoa afecta pela negativa o Sporting por associação. As inevitáveis consequências da sua desairosa conduta serão sofridas pelo Clube e não por Bruno de Carvalho. Consideração, aliás, a julgar por vários outros casos e incidentes, que não o perturba minimamente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:18

 

No seu escritório favorito do Facebook, Bruno de Carvalho continua a insistir na tanga de um "projecto" que por toda a evidência à vista não é mais do que imaginário. Não sabe ou recusa fazer a distinção entre a ambição que o moveu e a existência de um projecto, no verdadeiro sentido do termo, no que diz respeito ao futebol do Sporting. Com o intuito único de defender os seus interesses pessoais, toda e qualquer demagogia serve, daí mais uma edição da sua já notória "banha da cobra".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:20

 

15844641_1179896108773294_7396247951094627388_o.jp

 

Pela inauguração da sua página de Facebook, este sábado, o candidato Pedro Madeira Rodrigues viu-se perante uma autêntica avalanche de ofensas, insultos e obscenidades do pior imaginável, da parte de apoiantes de Bruno de Carvalho. Ninguém é completamente inocente neste nosso Mundo, mas como é possível chegar a tão baixo nível e a que, ou a quem, se deve este depravado ambiente que se vive no Sporting de momento?

 

Hoje, não sem muita hesitação, vou abrir uma excepção, e publicar alguns exemplos de registo, tendo em conta que estes até ficam longe dos piores. Esses outros, foram editados. Também, algumas das respostas de pessoas mais civilizadas e sensatas:

 

Andreia Louro Oh pedro cava masé um buraco bem fundo e enterrate oh corrupto...lampioes a prejudicar o nosso clube ja nós temos de sobra...nao precisamos de mais um lampiao da treta e corrupto pah...retira a tua candidatura.

 

Pedro Silva Consegues ser um candidato mais ridiculo que o Carlos Severino há 4 anos atrás.Ele teve um pouco mais de 1%,se continuares assim a dizer tantas parolices talvez consigas ter metade...

 

Andre Peixe LIXO!!! SÓ SE VÊ AQUI ENCORNADOS GALINACIOS LAMPIÕES!!! Lixo!!! RUMO AO 2º MANDATO BdC.

 

Antonio Rodrigues Pedro caga nisso. Ok compreendo que queiras tentar mas não consegues achas mesmo que tens hipótese contra o Bruno?queres um conselho? Pede para cagar e sai de fininho como todos os ratos fazem.

 

António José Ainda não percebi se o senhor é candidato à presidência do SCP ou aos corpos sociais do SLB.

 

Manuel Lopes Caro Pedro, Você já cometeu um grande erro na sua campanha para o qual devo alertá-lo: Foi não ter concorrido às eleições do venfique! Era capaz de ganhar para ai com 180% dos votos! ( Contas à carnide, é que os seus amigos são muito bons a fazer contas).

 

Sporting Portugal Tu e o cromo do Severino não fazem um!!! Não passas de um patético fantoche!!!!!

 

DO OUTRO LADO DA "VEDAÇÃO"...

 

Carlinha E Quiné MoreiraRibeiro Que vergonha de sportinguistas aqui nesta página...! Por isso mesmo fico feliz que apareça um Pedro Madeira Rodrigues para contrariar esta tendência para a selvajaria! Jamais vi tão baixo nível no Sporting! Falam da lampionagem? Vcs são iguais ou piores...Insultam, fazem terrorismo psicológico, ameaçam, cambadinha de cobardes! Força Pedro Madeira Rodrigues, faça ouvidos de mercador a esta seita malcriada que mancha a imagem do Sporting Clube de Portugal!

 

João Carvalho Ainda se dizem Sportinguistas. Esqueceram-se mesmo o que são os valores no nosso ADN. Tudo a ofender, absolutamente ridículo. Já não pode aparecer ninguém que ame o clube e que acha que pode fazer um bom trabalho que é logo apelidado croquete, oportunista, o que quer que seja.

 

Alexandre Marques 90% dos comentários aqui é a prova que o Sporting está doente. Inenarrável.

 

Gonçalo GB Esta caixa de comentários é o degredo máximo.

 

Andreia Praia Os comentários dos apoiantes do actual presidente são a prova do nível que ele tem... baixo. Aliás darem-se ao trabalho de terem a necessidade de vir insultar um candidato também diz muito, cumprem muito bem o papel que vos designaram.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:19

 

 
Futebol Clube de Arouca
 

Pensamento do dia.

 

"Foi lançado o repto, a uma família feliz e unida de Arouca, para explicar qual a razão do seu sucesso e felicidade. Como conseguiram criar uma empresa de renome nacional que é orgulho das gentes da sua terra, gerir um clube que veio dos campeonatos distritais até à Liga Europa e, ainda assim, não precisarem do dinheiro do clube para sobreviver. Foi perguntado de imediato qual o perfil do público alvo a quem se destinava tal explicação. Disseram que a explicação tinha sido solicitada por uma só pessoa. Pediram então que lhes fosse descrito um perfil aproximado dessa mesma pessoa.

 

Foi-lhes dito: tem voz de pirata, passou por experiências animalescas traumáticas na sua infância, tem bens penhorados por dívidas e, ao que se julga saber, viaja bastante para o estrangeiro com vista a preparar, calorosamente, campanhas de Marketing.


Entendia tal família unida e feliz que tais descrições não bastavam. Era preciso saber mais. Foi então que lhes aclararam:


Diz-se que fez uma lipoaspiração e lipoescultura, mas não se notou nada! E que insistiu com os médicos para fazerem uma intervenção cirúrgica plástica à cara. Vá-se lá saber porquê! Os médicos recusaram. Só não tiveram coragem de dizer qual a razão. Há quem diga que ainda hoje tenta perceber a razão! Contudo, para aliviar a frustração pela não realização da cirurgia estética, os médicos sugeriram uma limpeza ao cérebro, do tipo “ lipocefalia”, mas rapidamente perceberam que não existia massa encefálica suficiente. E continuaram com a descrição: apesar da lipoescultura, esqueceu-se de comprar fatos novos para o seu tamanho. Por isso só tem meia mão por cada braço. Mas tem a boca! Informaram, de imediato.


Como assim, perguntou a família unida e feliz? Não é normal as pessoas terem uma boca?


Passaram a explicar: aquando das operações cirúrgicas, que em nada o alteraram, os médicos recomendaram que se sujeitasse a um banho turco diário. Disseram-lhe que o vapor de água faz bem à saúde. E levou a recomendação tão a sério que, ao que parece, adquiriu a competência de jorrar vapor de água da boca quando está perante pessoas de uma família unida e feliz. Qual vulcão revoltado pela felicidade alheia... Mas, quando está perante uma família muitíssimo feliz e unida, acaba por transformar o vapor de água em muco pegajoso. Mas nunca mexendo as meias mãos! É tipo arte circense.


Diz-se, ainda, que devido à infância animalesca e traumática passada num país distante, procura sempre o Pai no fim dos compromissos, mesmo que o seu digno Pai não se encontre em sítio algum. É para se sentir mais seguro, dizem.
Mas ele não é muito forte? Perguntaram. É pois. Quando tem outras pessoas a protegê-lo! Do tipo carrinhos de choque: vai na frente, que eu vou já a seguir…


Diz-se ainda que tem o sonho de incorporar o espírito de búfalos e rebanhos de ovelhas. Mas, pela dificuldade da incorporação, contenta-se em falar com voz de búfalo e em ter um caminhar de ovelha. É melhor que nada, disseram! Já agora, não confundir ovelha com cabra do monte. Esta sim, é caracterizada por um caminhar mais agreste e, ao que se diz, a pessoa tem sido avistada na companhia de um bom rebanho de cabras do monte.


Dizem também que está assim porque nunca soube fazer puto na vida e que tem medo de perder o tacho. Qual tacho? Perguntou a família unida e feliz. Ora, o mesmo que serve para aquecer água e cria o vapor de água, esclareceram.


Perante tal caracterização, a família unida e feliz sabia que o desafio era enorme. Afinal, que ser era aquele? Seria humano?


Por fim, entenderam encontrar o meio adequado para revelar a fórmula da felicidade e união, informando:


O segredo para sermos uma família unida e feliz está nas características comuns de todas as gentes da nossa terra: trabalho, seriedade, dedicação, humildade e união.


Ou, por outras palavras: “Melhor viver uma vida de luta e batalhas do que viver uma vida de mentiras e falsidade.” "

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

 

The team of roller hockey of sporting cp debut in the European League this season in front of the dinan quévert.

 

The game will be played tomorrow at 16 p.m. in the flag of alverca. We are counting on your presence!

 

14991791_10153882082981555_3382850785789136658_n.p

 

Não tenho por hábito comentar questões desta natureza - e não têm faltado casos para o efeito - mas este paupérrimo anúncio em inglês, na página oficial de Facebook do Sporting, ultrapassa os limites de decência.

 

Pasma que com tantos especialistas de comunicação ao serviço do Clube, um "desastre" destes seja divulgado para consumo global. Uma 'obra' vergonhosa !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

O eterno optimismo do "Leão"

Rui Gomes, em 04.11.16

 

crop.jpg

 

Li este comentário de um adepto leonino na página de Facebook do Sporting, o seu nome Sérgio Fernandes de Carvalho. Inicialmente - não, não pensei no nosso leitor Sérgio Palhas - mas sim no leitor Schmeichel, por ser o tipo de análise que podemos facilmente conotar a este.

 

Devo esclarecer, antes de mais, que este escrito não visa desrespeitar estes adeptos, apenas e tão só dar um exemplo do eterno optimismo sportinguista, mesmo quando as coisas estão "negras" com a equipa de futebol. No caso do nosso estimado leitor Schmeichel, pela sua devoção extra a tudo quanto se relaciona com Jorge Jesus e Bruno de Carvalho:

 

«Apesar da derrota, muito positivo é o facto de JJ ter encontrado um sistema táctico que vai fazer com que seja quase impossível sofrer um golo no Campeonato Nacional e permitir que jogadores como Schelotto e Zeegelaar "reforcem" o ataque, e façam uma pressão defensiva mais alta, tendo menos preocupação com as costas. Bem vindos o Paulo Oliveira e o Adrien. Acredito que vamos melhorar muito!».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:01

 

 
Bruno de Carvalho
 

ERRO, COMETERAM MESMO UM ERRO!

 

Prometi aos sportinguistas que não falava das eleições mas tenho de o fazer.

 

E escolho esta altura de propósito. Porque as coisas não estão como queríamos. São estes momentos difíceis que me motivam a querer, ainda mais, fazer sempre mais e melhor. É, confesso, quando as "lutas" me "sabem" melhor.

 

Meter a cabeça num buraco é apanágio dos fracos e o Leão é o Rei!

 

Este é o tempo dos abutres virem a terreiro.


A esses, aqui em Alvalade, chamamos-lhes híbridos, pois algo que tenha asas não pode ser Leão a sério!

 

Mas pior, é ver tudo metido numa "panela de pressão" para ser "candidato" (falsos mitos, antigos dirigentes fraquinhos e despeitados por terem sido corridos - e não se leia antigos Presidentes - por serem pessoas que tinham tacho assegurado e lhes saiu o plano furado, especialistas em outdoors cobardes, panfletos sem rosto, páginas de facebook anónimas) patrocinado pelo Benfica!

 

Por muito que custe a acreditar existe uma pequena franja, mas perigosa, de hibridos sportinguistas que vendem a alma ao diabo para vir tentar destruir tudo o que está a ser conquistado, com agendas próprias e telecomandados a partir de Carnide.

 

É, no mínimo, assustador. Mas só se espanta quem não está cá dentro a viver o nosso Clube 24h por dia com amor e paixão. E vamos ver quem será o falso profeta angelical que vão escolher. A reunião da escolha deve ser no local do seu culto, em Carnide, e só está dependente de mais desaires da equipa por que eles rezam e anseiam. Uns porque são rivais e os outros porque não são do Sporting, são híbridos com alma de parasitas.

 

Existem 2 "Sportings" que nunca irão voltar a Alvalade - o dos "queridos" e o dos "telecomandados" pela 2ª circular.

 

O Sporting Clube de Portugal tem um rumo traçado, um caminho escolhido, um projecto sólido e sério, uma saúde financeira sem paralelo em Portugal e, para vir alguém concorrer, não serão falsos mitos, falsos "anjos", telecomandados de Carnide que terão qualquer hipótese.

 

É que agora temos um Sporting Clube de Portugal forte, unido, confiante, com sócios e adeptos informados e assim muito mais capazes de entender o que se passa e de nunca mais "cair" nas falsas profecias que nos atrasaram décadas. E, claro, de entender esta manipulação constante com que se tenta minar o Universo Sportinguista.

 

O descaramento e desespero é tanto que a "candidatura da oposição" é anunciada na televisão pelos cães de fila do Benfica. Se não estivesse em causa o Sporting Clube de Portugal até era hilariante por ser tão patético e evidente. O anuncio, as mentiras ridículas...

 

Por mim, continuarei a fazer o meu trabalho, continuarei a servir e a honrar o grande amor da minha vida com todas as minhas forças. Sem ceder aos manipuladores de serviço que ganham a vida a debitar lixo e a tentar denegrir a imagem do Clube.

 

Respeitarei todos os que quiserem fazer o mesmo.

 

Agora falsos messias, mitos de pau carunchoso, antigos dirigentes que andaram por cá a arrastar-se e a viver à custa do Clube e, ainda por cima, não bastando tudo isto ainda serem telecomandados por Carnide?

 

Aqui esse tempo acabou. Saiam os híbridos cobardes da toca e que a "dream team" da manipulação de Carnide volte para a gaiola de onde saiu pois em Alvalade manda o Leão e por muito que vos doa o Grande Sporting Clube de Portugal está para ficar!

 

Se a minha "oposição", por desespero, já perdeu a vergonha e assumiu a sua "dependência vermelha" isto tornou-se muito mais interessante. Afinal vou fazer campanha, tirar ratos do porão é uma das coisas que gosto de fazer. Uma boa casa é e será sempre uma casa limpa.

 

Como ultima nota, depois de tantas noticias de "contestação" em Alvalade deve ter doído a tanta gente as mais de 1.000 pessoas que quiseram mostrar o seu apoio no Alentejo. Na inteligência está a justificação e na farmácia a solução para a dor.

 

Viva o Sporting Clube de Portugal!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:16

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 24.10.16

 

img_770x433$2016_10_22_23_28_56_1173709.jpg

 

Consideração de um leitor na página de Facebook do Sporting, num post sobre a vitória da equipa B diante do Leixões (2-1), este domingo:

 

«E o que interessa a equipa B se só formamos jogadores para emprestar e/ou ir embora? Bom, mas bom, é apostar no Markovic, que nem sequer é nosso e não jogou quase um ano, ou em mais um emprestado como o Campbell, a ver se o valorizamos para o Arsenal fazer algum bom negócio, ou não dar um minuto sequer ao Meli... O Sporting não é isto...».

 

Tiago Silva

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

 

facebook140574e13.jpg

 

Um estudo sobre a adição ao Facebook em Portugal revela que os jovens com este problema apresentam níveis de saúde mental e de bem-estar psicológico "preocupantes e significativamente piores" do que os utilizadores regulares.

 

Será do interesse, em particular, do actual presidente do Sporting e da sua falange de apoiantes que projectam a ideia que o Facebook é uma actividade 24/7. Para o efeito, nota-se que existem três páginas: a do Clube, a do presidente e ainda a sua página pessoal.

 

Não sou amante das redes sociais, por vários motivos, e o único factor que me leva a ter a página de Facebook é por ser uma exigência associada à página do Camarote Leonino. Esta disposição permite-me observar o excesso de dependência de alguns amigos meus que, aparentemente, não conseguem viver sem este meio de comunicação. Falar ao telefone é prática "antiquada", substituída pelas mensagens (SMS) e posts nas redes sociais.

 

Segundo o estudo, coordenado pelo investigador português Halley Pontes, da Nothingham Trent University, no Reino Unido, "a adição ao Facebook está associada a maior preferência para interacção social online e níveis elevados de sintomas depressivos, ansiedade patológica e stress".

 

A investigação, publicada no 'International Journal of Mental Health and Addiction', decorreu em maio e Junho de 2015 e envolveu uma amostra de 547 jovens estudantes portugueses do 2º e 3º ciclo do ensino básico.

 

O estudo procurou avaliar a extensão dos problemas relacionados com a utilização excessiva e problemática do Facebook, entre outras adições, numa amostra exclusivamente portuguesa, disse à Lusa o investigador Halley Pontes.

 

"Dada a penetração da Internet e dos sites de redes sociais entre os jovens portugueses, juntamente com a necessidade de mais investigação sobre o uso contextualizado da Internet, tornou-se fundamental entender" os efeitos que o uso excessivo e viciante destas redes podem ter sobre a saúde mental dos adolescentes, refere o estudo.

 

A investigação verificou que "a adição ao Facebook estava presente em 3,6% da amostra total. Tendo em conta a população geral, esta percentagem poderia traduzir-se num total ligeiramente acima dos 380 mil indivíduos, o que é bastante significativo", disse Halley Pontes, que já publicou mais de 50 estudos científicos na área da adição à internet e videojogos.

 

Os resultados do estudo apontam que, "em termos do bem-estar psicológico e saúde mental, os indivíduos com problemas de adição ao Facebook apresentaram níveis preocupantes e significativamente piores, em comparação aos participantes que não apresentavam problemas de adição" a esta rede social.

 

Para Halley Pontes, estudar o problema da adição às redes sociais online é de extrema relevância no contexto da promoção da saúde mental nos indivíduos.

 

Vários estudos sugerem que o excessivo uso das redes sociais online, leva a que os indivíduos apresentem níveis de saúde mental bastante reduzido.

 

Um estudo recente realizado numa amostra representativa da população jovem do Canadá verificou que os jovens que costumavam utilizar as redes sociais online por mais de duas horas diárias, apresentaram piores níveis de saúde mental geral, maior incidência de problemas do foro psiquiátrico, aumento da ideação suicida, bem como uma maior necessidade de suporte a nível da saúde mental.

 

Segundo o Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2015, do Instituto Nacional de Estatística, a participação em redes sociais é mais frequente em Portugal do que na média dos países da União Europeia.

 

Em 2015, 70% dos utilizadores de Internet em Portugal participavam em redes sociais, ainda assim menos dois pontos percentuais do que em 2014, mas mais 13 pontos percentuais do que em 2011.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:22

Ainda não aprendeste Bruno !

Rui Gomes, em 07.03.16

 

bloketree.jpg

 

Mais uma extensa missiva de Bruno de Carvalho, esta segunda-feira, na sua amaldiçoada página de Facebook, numa altura em que seria mais prudente estar calado, ou, a falar, a ponderar bem o que vai dizer, antes de "abrir a boca". Isto, muito em especial, depois de ter "desaparecido" após o "derby" de sábado, sem sequer agradecer aos cerca de 50 mil adeptos que marcaram presença em Alvalade, a vasta maioria dos quais sportinguistas. Estava mais preocupado, pelos vistos, em ir ao balneário dar uma qualquer palestra à equipa, palestra esta que, na sua mente, não podia esperar até ao próximo treino, domingo ou segunda-feira, como até é mais lógico.

 

Entre as suas várias declarações, escolhi duas que, na minha opinião, não fazem sentido algum. E, digo isto, para não dizer que são autênticos disparates:

 

«Para todos os acólitos do coro de São Gabriel: não será o facto de estarem em terceiro, segundo ou primeiro que vos dará inteligência, educação ou carácter.»

 

«É tempo de continuarmos a deixar os outros falar e mantermos o foco nos nossos objectivos.»

 

O Sporting tem preocupações muito além daquilo que um qualquer "São Gabriel" e os seus "acólitos" têm para dizer, especialmente quando o seu presidente vem a público reduzir-se ao nível do palrador oficial do clube da Luz.

 

E... desde quando é que Bruno de Carvalho teve o bom senso de "deixar os outros falar" e manter o foco no que é realmente importante ?

 

Recorro mais um a vez à frase de Zinedine Zidane, publicada aqui no Camarote Leonino há cerca de uma semana:

 

"Às vezes comunicar é saber estar calado e isso eu sei fazer"

 

Bruno devia fazer um esforço para tentar aprender com quem é mais sensato.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:58

Infantilidades...

Rui Gomes, em 30.01.16

 

bebe-839x283.png

 

Bruno de Carvalho recorreu novamente ao seu "brinquedo" favorito (Facebook) para mandar mais uma provocação - deveras infantil, diga-se - ao rival da Segunda Circular:

 

«Ora vamos tentar fazer as contas... 14 milhões ao Jorge Jesus mais 40 milhões a mim... Será que isto significa que querem que nós dois paguemos o salário do Taarabt ?» 

 

Isto, em referência ao documento tornado público pelo Football Leaks, que revela que o internacional marroquino aufere 2,316 milhões de euros brutos por ano.

 

Dá para imaginar o aplauso pelos notórios "soldadinhos da falange", mas aos restantes sportinguistas - a esmagadora maioria - deixo aqui esta simples pergunta: em que contexto é que esta infantilidade e outras do género servem os interesses do Sporting ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

 

KHXFB4FP.png

 

O palrador oficial das águias não desperdiçou o ensejo após o empate do Sporting com o Tondela, para lançar umas "farpas" a Bruno de Carvalho e Jorge Jesus, relativamento ao momento do jogo em que o técnico tenta demover o árbitro-auxiliar da chamada de atenção que levou à expulsão do presidente do Sporting.

 

Mais um momento "nobre" da guerra fria que se instalou entre os dois rivais de Lisboa. O que seria de nós, hoje em dia, sem o Facebook ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:06

Bruno e... o seu Facebook

Rui Gomes, em 14.12.15

 

bruno11.jpg

 

«(...) Mais uma vez, graças a regulamentos medievais, e um sistema organizativo e decisório que teima em querer impor um futebol que mais ninguém quer, a Artur Soares Dias e sobretudo a Jorge Ferreira e ao CD da Federação, não poderei estar onde gosto, junto da equipa. Mas, se da forma vergonhosa que já todos sabem, conseguiram afastar-nos em termos físicos, nunca o conseguirão em termos de grupo e de força.

Nesse aspecto estamos sempre unidos, pois nos bons e maus momentos somos apenas um, somos apenas uma equipa e estamos sempre perto uns dos outros. Este tipo de atitudes e de sanções apenas nos dão uma força adicional porque nos lembram todos os obstáculos que temos de ultrapassar, dentro e fora das 4 linhas. Que hoje Alvalade saiba mostrar que nunca nos irão afastar do nosso caminho.»
 
 
Este, o discurso/comunicado de Bruno de Carvalho no Facebook, umas horas antes do início do jogo entre o Sporting e o Moreirense.
 
Além de achar a oratória completamente desnecessária e sobretudo redundante, dado que a decisão da Comissão de Inquéritos e Instrução da Liga já foi extensivamente abordada durante a semana, reconheço que não há nada nas suas palavras particularmente incorrecto. Dito isto, no entanto, confesso que o homem tem o "condão" de me irritar, por vezes exasperar, quase sempre que discursa - e não é pouco - muito em especial quando pretende chamar atenção a si próprio, o que sucede quase diariamente.
 
Irrita-me imenso quando ele recorre a termos como "conseguiram afastar-nos em termos físicos". Mas quem somos "nós", os afastados? A única pessoa afastada foi ele e, que eu saiba, ninguém está particularmente preocupado com a sua ausência daquele lugar. Aliás, há quem entenda, e bem, que essa ausência até devia ser permanente mas, como presidente, é uma opção que lhe assiste, indiscutivelmente.
 
Parece-me que Bruno de Carvalho deixou esquecido, à conveniência, que se ele não insistisse em ocupar lugar no banco durante os jogos e, por vezes, precipitar protestos e reclamações com elementos da arbitragem, não teria havido qualquer incidente a dar causa à sua suspensão.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:36

Parece-me muito pouco muito tarde

Rui Gomes, em 07.12.15

 

19067989_ZtzhW.jpg

Qual foi o propósito desta foto ?

 

 

Bruno de Carvalho surgiu na página de Facebook a comentar o anunciado acordo entre o FC Porto e a W52:

A constatação de que o próximo clássico do nosso campeonato já mexe : antecipando falta de pedalada para o futebol, assistimos a um sprint do FCP para ganhar uma meta-volante no ciclismo numa etapa que será longa e cuja subida para a montanha ainda nem começou. O casamento com a W52 é válido até porque nas núpcias anteriores o SCP não o consumou com a mesma noiva. Sugere-se a boda seja apadrinhada pela Doyen se bem que associar FCP, Doyen e Padrinhos pode sempre ser mal interpretado...

O Porto diz que foi muito rápido chegar a acordo com a W52 para ter uma equipa de ciclismo. Ao que se diz nos bastidores o acordo de princípio e valores éticos foram obtidos num minuto. Dizem que estavam completamente alinhados em termos de forma e procedimentos para concorrer e ganhar. Dizem também que os restantes 29 minutos foram apenas para decidir se a equipa se chamaria W52 Portimonense ou W52 Porto. Ao que se diz bastou um telefonema ao Lucas e esse assunto ficou ultrapassado. Sendo assim os meus sinceros votos de felicidades por esta união que afinal faz tanto sentido", acrescentou Bruno de Carvalho.

Mas não posso deixar de dar aqui uma palavra aos sportinguistas, mesmo após o comunicado do Sporting Clube de Portugal. Quero pedir desculpa a todos os sportinguistas pelo erro cometido ao negociar com os "parceiros deste projecto", pelas expectativas que foram criadas a todos com o anúncio do regresso do Sporting Clube de Portugal ao ciclismo e a certeza que, depois deste lamentável episódio, irei trabalhar pessoalmente com o Comandante Vicente Moura no regresso do nosso Clube ao ciclismo no período mais breve possível, num projecto que tenha ambição mas onde a ética e a verdade desportiva sejam uma constante. É uma modalidade de resistência , coragem física e muito trabalho e não tenham dúvidas de que são características que não nos faltam no SCP.

 

 

4138_9c89802870d0f6d04924af00d8bd4cb6.png

Como indico no título "parece-me muito pouco muito tarde". Entre outras considerações pertinentes não explicadas por Bruno de Carvalho e muito embora venha a pedir desculpa por ter negociado com os supostos "parceiros" do projecto que acabou por não ser, fica no ar a razão que o levou a anunciar o acordo com tanto alarido mediático, quando, pelos vistos, segundo ele, não existia acordo algum.

 

Com tanto que ainda está por clarificar, uma coisa é certa: mais um episódio degradante para o Sporting Clube de Portugal. E... não é necessário uma imaginação muito fértil para reconhecer quem se está a rir neste momento.

________________________________________________________

 

Nuno Ribeiro, director-desportivo da equipa mostrou-se satisfeito com o entendimento com o FC Porto, até porque é um portista confesso:

«A nível pessoal, era um sonho que tinha enquanto atleta, visto que sou portista. Enquanto diretor, é bom fazer parte disto e é um marco para o ciclismo, que o FC Porto já não tinha há alguns anos. Vamos tentar vencer o maior número de provas possível, mas o principal objetivo será a revalidação da Volta a Portugal. A maior parte dos ciclistas vai manter-se, o que vai mudar é a cor dos equipamentos. Gostaria que as três equipas grandes estivessem ligadas ao ciclismo. Era bom para que houvesse mais rivalidade e mais gente nas estradas, a valorizar o esforço que o ciclista faz durante a época. A única pessoa que apareceu e apresentou um projeto viável foi o senhor Pinto da Costa e o acordo tem viabilidade, no mínimo, para cinco anos.»



Adriano Quintanilha, principal patrocinador da W52 acrescentou ainda:

 

 «À hora do almoço estive com pessoas ligadas ao Sporting, numa reunião com eles na Mealhada, e não chegámos a um consenso. Nunca houve nada que comprometesse a W52 com o Sporting mas mesmo assim quis dar uma palavra às pessoas. Acho que o presidente Bruno de Carvalho talvez não estivesse por dentro do que se estava a passar ou estaria a ser enganado por alguém. Surgiu o FC Porto, não escondo que tenho simpatia pelo Sporting mas o ciclismo não tem nada a ver com os clubes.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:34

Não há "chicotada" de Facebook ?

Rui Gomes, em 06.11.15

 

ng1CB267D2-6543-425C-B9CF-57C21F943FC5.jpg

  

Tal como vem sendo hábito desde que assumiu a presidência do Sporting, Bruno de Carvalho voltou a acompanhar a equipa numa deslocação europeia. Desta vez, porém, o presidente deixou uma tradição por cumprir: não acompanhou treinador e jogadores no agradecimento aos adeptos que se deslocaram a Elbasan, a 40 quilómetros da capital Tirana, para apoiar a equipa.

 

Outra tradição que até ver estará a ser descontinuada é a "chicotada" na página de Facebook, a exemplo do que sucedeu na época passada após o desaire diante o Vitória de Guimarães. Equipas diferentes e... treinadores diferentes !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

Lastimoso e vergonhoso !!!

Rui Gomes, em 30.09.15

 

pide618875980.jpg

 

Uns quantos "soldadinhos da falange" - mais propriamente desprezíveis energúmenos - andam a percorrer as redes sociais e a blogosgera, armados em PIDE do Sporting, a publicar listas com nomes e os respectivos endereços de páginas de Facebook de sportinguistas que, na sua óptica, são críticos de Bruno de Carvalho e da actual liderança.

 

Mas mais não é de esperar quando o líder dá o exemplo.

 

LASTIMOSO E VERGONHOSO... AO PONTO QUE ISTO CHEGOU !!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:46

Insiste-se sempre no mesmo...

Rui Gomes, em 24.08.15

 

ngE128182D-2D14-442E-A410-27C890E8F247.jpg

 

... Sem compreender, ou recusando compreender, que não resulta !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:37

 

13809_10152663078396232_1774162470212125121_n.jpg

 O inconfundível !!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:38

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo