Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

7R5JOBE1.jpg

 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta quarta-feira que não se vincula ao "memorando de entendimento" entre Belenenses e Gil Vicente e reitera a recomendação de reintegração na I Liga dos gilistas "no mais curto espaço de tempo".

 

Em comunicado, a FPF revela que analisará "no superior interesse do futebol português, as implicações deste documento, ao qual não se vinculou", tendo ainda reforçado um dos pontos de um comunicado datado de 06 de Junho de 2016, antes de o Belenenses formalizar o recurso, que, com o acordo anunciado na terça-feira, deverá ficar sem efeito.

 

Nessa altura, a FPF anunciou a decisão de não recorrer do Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, datada de 25 de Maio desse ano, que ditou o regresso do Gil Vicente à I Liga, recomendando à Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), também parte demandada no processo e cuja Comissão Disciplinar, à altura, foi a autora do acto primário sancionador, a reintegração do clube minhoto “no mais curto espaço de tempo possível”.

 

Só pode ser o futebol português !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:20

 

hqdefault.jpg

 

Gil Vicente e Belenenses assinaram esta terça-feira um princípio de acordo sobre o caso Mateus, que permite aos gilistas a subida administrativa à I Liga em 2019/20, disse fonte da Liga de clubes à agência Lusa:

 

"O acordo foi subscrito pelos presidentes das duas sociedades desportivas, Francisco Dias da Silva e Rui Pedro Soares, respectivamente, assim como pelo presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença.

 

Trata-se de um acordo histórico, que põe fim a um diferendo que durava há 12 anos. A boa vontade de ambas as sociedades desportivas é notória e a Liga monitorizará todos os passos, de ora em diante, no sentido da resolução definitiva nas várias instâncias. Fechará uma página do passado do nosso futebol e é a prova das capacidades agregadoras da Liga de hoje".

 

O caso Mateus remonta a Agosto de 2006, quando o Gil Vicente, depois de ter assegurado a permanência, foi despromovido administrativamente à Liga de Honra, actual II Liga, devido à utilização do internacional angolano Mateus, quando o futebolista estava impedido por ter actuado com estatuto de amador, na época imediatamente anterior, ao serviço do Lixa.

 

Na altura, a Comissão Disciplinar da LPFP sancionou o clube minhoto com a descida de divisão, após uma queixa do Belenenses, que o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ratificou, impedindo ainda os gilistas de participarem na Taça de Portugal, assim como nos campeonatos de juniores e iniciados.

 

Na sequência da despromoção administrativa, o Gil Vicente recorreu das decisões para os tribunais administrativos, alegando a nulidade das sanções aplicadas, algo que foi confirmado pela sentença do Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, proferida em 25 de Maio de 2016. No entanto, em Julho de 2016, a SAD do Belenenses formalizou recurso desta decisão judicial, que, na altura, tinha levado LPFP e FPF a considerarem inevitável a subida dos minhotos à I Liga. Com este entendimento, e ao abrigo dos regulamentos, sabe-se que na próxima temporada descem três equipas da I à II Liga e em sentido inverso sobem duas mais o Gil Vicente.

 

O clube de Barcelos disputa actualmente a II Liga, pela terceira época consecutiva, depois de ter sido despromovido do principal escalão em 2014/15, ao qual tinha voltado em 2011/12, após a descida na 'secretaria'. O Belenenses milita na I Liga ininterruptamente desde 2013/14, tendo disputado o segundo escalão durante três épocas, entre 2010/11 e 2012/13.

 

O avançado angolano Mateus, agora com 33 anos, joga no Boavista, da I Liga, depois de ter alinhado em clubes como Nacional, 1º de Agosto e Arouca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:53

 

img_770x433$2016_09_17_18_35_19_1157951.jpg

 

Foi uma equipa B leonina reforçada com Matheus Pereira, Bruno Paulista e Ricardo Esgaio que recebeu e empatou com o Gil Vicente, 2-2, em jogo a contar para a 7.ª jornada da II Liga.

 

Depois da derrota sofrida em casa do Varzim (3-0), na última jornada, o Sporting procurava uma vitória caseira, mas não conseguiu ir além do empate, concedido mesmo ao cair do pano. Os golos leoninos foram da autoria de Pedro Marques, aos 61' e 79'.

 

O Sporting alinhou com os seguintes:


Pedro Silva, Ricardo Esgaio, Kiki, Ivanildo Fernandes, Pedro Empis, Fidel Escobar (Aouacheria, 46), Bruno Paulista, Guima, Matheus Pereira, Delgado (Jovane, 77) e Ronaldo Tavares (Pedro Marques, 57).

Suplentes: Stojkovic, Pedro Marques, Aouacheria, Fokobo, Budag, Leonardo e Jovane.
 
A equipa B situa-se no 20.º lugar da tabela classificativa, com 5 pontos, fruto de uma vitória e dois empates. Nota de relevo para o regresso de Fokobo à competição.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:51

 

antonio_fiuza_gil_vicente_foto_hugo_delgado_lusa19

 

A Federação Portuguesa de Futebol recomendou, esta segunda-feira, a reintegração imediata do Gil Vicente na Primeira Liga, face à decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa, revelando, em comunicado, que não recorreria da mesma. Por sua vez, o Executivo da Liga de Clubes anunciou esta terça-feira, que aceita o alargamento da I Liga e a inclusão do emblema de Barcelos.

 

António Fiusa, presidente do Gil Vicente, não está disposto a colocar uma pedra sobre o notório "Caso Mateus" e promete ir até às últimas consequências para responsabilizar todos aqueles que ele considera terem prejudicado o clube a que preside. Num tom muito duro e acusatório, teve isto para dizer:

 

«O país esteve 10 anos de luto porque um conjunto de pessoas – a tal máfia – prejudicou muito o Gil Vicente e muito a minha pessoa. Fui muito injustiçado. A cidade e o concelho perderam muito. Essa gente terá que agora ser responsabilizada e dar a cara. Eles sabiam o que estavam a fazer e que era batota. Queriam prejudicar o Gil Vicente e o futebol português. Não posso perdoar essa gente, que é do pior que há.

 

Se a Liga e a Federação não responsabilizar essa gente, será o Gil Vicente e eu a fazê-lo, porque essa gente não pode ficar impune. António Mortágua, Gilberto Madaíl, Amândio de Carvalho, Frederico Cebola, Pedro Mourão e Cunha Leal terão de ir a tribunal responder por terem feito tão mal ao futebol português.

 

O Gil Vicente esteve quase a acabar e passou por uma fase muito difícil. Nunca tivemos salários em atraso e passámos a ter com o "Caso Mateus”. Houve corrupção nisto. Houve uma pessoa que recebeu 100 mil euros de um clube».

 

Algum exagero com a afirmação que o país esteve "dez anos de luto", mas dá para perceber a intenção. Com isto, fica claro que o último episódio deste caso ainda está muito longe e, ainda, que vamos ter mais equipas (19 ou 20) a disputar o campeonato na próxima época. Exclusivamente no contexto desportivo, não era isto que se desejava para o futebol português, tendo em consideração que há ampla evidência a favorecer a redução do número de clubes e não o aumento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:54

Como "descalçar esta bota" ?

Rui Gomes, em 05.06.16

 

Liga_NOS_logo.png

  

O presidente da Liga de Clubes, Pedro Proença, comentou, este sábado, à margem das eleições na Federação Portuguesa de Futebol, que reelegeram Fernando Gomes para o quadriénio 2016/2020, o cenário envolvente da possível, eventual até, subida do Gil Vicente à Primeira Liga:

 

«Só ontem [sexta-feira] tive conhecimento da sentença [Tribunal Administrativo de Lisboa]. Vamos sentar à mesa, quer a Federação, quer a Liga, quer o Gil Vicente. Não estamos satisfeitos pelo andamento da justiça. Passados dez anos, ter uma decisão vem criar dificuldades a quem está a planear as competições.

 

O problema existe, vai ser resolvido de uma forma ponderada, equilibrada e o queremos é o emagrecimento das competições, porque o modelo de negócio está definido e o futebol não quer dar um passo atrás. Teremos de dar execução a ordens judiciais, medindo todos os prós e contras, e tenho a certeza que as três partes irão encontrar um ponto de equilíbrio. Estamos a adequar as nossas competições e não queremos cometer os mesmos erros que no passado.

 

Não há uma decisão feita, todos os cenários estão em cima da mesa, temos de juntar todos os que fazem parte deste ‘futebol industria’. Nos próximos dias, iremos reunir. É incomportável neste momento termos o quadro competitivo que temos, numa competição que queremos tornar vendável e aliciante».

img_467x599$2016_06_05_01_43_35_1110238.jpg

Surpreende que Proença só "ontem" tenha tomado conhecimento da decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa. Creio que ele se refere à participação oficial, porventura através do respectivo acórdão. Isto não obstante, parece-me óbvio que o dilema que o confronta, assim como o Executivo da Liga de Clubes, e a própria FPF, é como melhor "descalçar esta bota".

 

Deixa a ideia clara que a próxima "jornada" envolve negociações com o emblema de Barcelos, partindo do princípio que não haverá recurso da decisão. De uma forma ou outra, o Gil Vicente está destinado a regressar à I Liga, é apenas uma questão de determinar o timing do processo. Neste momento, embora possível, é muito duvidoso que seja já na próxima época. A outra "página" do imbróglio envolve a compensação financeira, assente na exigência original do Gil Vicente de 20 milhões de euros. Como quantificar os seus prejuízos ?... Situação deveras complexa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:17

 

naldo5.jpg

  

Em jogo da 40.ª jornada da II Liga, a equipa B do Sporting recebeu e venceu o Gil Vicente, por 2-0, curiosamente, com o primeiro golo a ser marcado por Naldo, na marcação de um livre ensaiado executado por Ryan Gauld, com a bola a sofrer um desvio, surgindo então o cabeceamento letal do defesa central leonino. Daniel Podence fechou o marcador, aos 83 minutos.

 

Os comandos de João de Deus conquistaram assim os três pontos e registaram o quarto jogo consecutivo sem perder, situando-se, agora, em 9.º lugar, com 57 pontos, em igualdade pontual com este mesmo Gil Vicente.


O Sporting alinhou com os seguintes:

Stojkovic, Mama Baldé, Naldo, Domingos Duarte, Rúben Ribeiro, Kikas, Ryan Gauld, Francisco Geraldes (Fokobo, 88), Fábio Martins (Zezinho, 61), Daniel Podence e Cristian Ponde (Betinho, 75).

Suplentes: Guilherme Oliveira, Tomas Rukas, Luís Elói, Fokobo, Rafael Barbosa, Betinho e Zezinho.

Árbitro: João Mendes (Santarém).

Acção disciplinar: cartão amarelo para Naldo (11), Yeo (51) e Bruno Silva (90+3).

Assistência: Cerca de 500 espectadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:17

 

ngC83AA013-C709-495A-8528-2361CDF68E7A.jpg

 

O defesa Seejou King lesionou-se este sábado com aparente gravidade - suspeita-se que fracturou a perna - no embate entre Gil Vicente e Sporting B, a contar para a 17.ª jornada da II Liga.

 

O lance em questão foi violento (foto) e ocorreu já bem perto do intervalo. O jogador gilista foi expulso e Seejou King foi transportado para o hospital mais próximo para os respectivos cuidados médicos.

 

O jogo em si acabou com um empate, 1-1, com Ryan Gauld a apontar o tento leonino.

 

Com este resultado, o Sporting situa-se provisoriamente em 2.º lugar, com 29 pontos em 17 jogos, menos sete do que o líder FC Porto B, que tem menos um jogo, e mais um ponto do que o terceiro classificado Portimonense, também com 17 jogos realizados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:14

Marco Silva comenta o jogo

Rui Gomes, em 23.02.15

 

ngF8067E89-ACA5-4A2E-B501-6DFB1ED2B711.jpg

«Penso que fomos melhores na segunda parte. Na primeira, também tivemos algumas oportunidades para marcar, como a do Mané. Na segunda, fomos mais rápidos e, depois do golo, sabíamos que isso ia acontecer. A tranquilidade voltou. Fizemos mais um golo e poderíamos ter feito mais. Não me lembro de nenhuma oportunidade do Gil Vicente. Só uma, mas num lance estranho.

 

Comparar com a última época é muito relativo. A nossa pontuação é praticamente igual, mas os nossos adversários têm mais pontos do que tinham no último ano por esta altura. Temos de controlar o nosso jogo. O dos outros não podemos. Mas não podemos comparar as épocas. No fim de Janeiro já tínhamos mais jogos do que no ano passado na época inteira.

 

É importante vencer e não sofrer. Damos atenção a isso. É algo que queremos, que temos atenção. O Tobias e o Paulo Oliveira são uma dupla muito jovem, das mais jovens da Europa. Têm um comportamento muito bom. Daqui a uns meses, se calhar, vamos vê-los a jogar ainda melhor.

 

Tinha dito que não vínhamos para este jogo preocupados com o próximo. Haviam jogadores em risco mas não pensamos nisso. As substituições que fiz foi pelo desgaste da equipa.»

 

*** É curioso como o registo das duas épocas, à 22.ª jornada, é quase idêntico:

 

2014/2015

 

13 V / 8 E / 1 D - 47 pontos - 42 GM / 17 GS

 

2013/2014

 

14 V / 6 E / 2 D - 48 pontos - 42 GM / 16 GS

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:02

Lágrimas de ouro para o golo do ano

Rui Gomes, em 23.02.15

 

wdiag.jpg

 

Um golo de Nani que dificilmente esqueceremos e que o levou a lágrimas de alegria. O seu quarto golo da Liga e o nono da época, ao serviço do Sporting.

 

Vale a pena rever este magnifíco golo, marcado aos 68', do Sporting 2 Gil Vicente 0.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:01

Um dia especial em Alvalade...

Rui Gomes, em 22.02.15

 

ImageProxy.jpg

 

... Não tanto pelo regresso às vitórias - bem merecida até - mas mais pelas circunstâncias em que se viu a estreia de Junya Tanaka a titular num jogo da I Liga e a coroar a oportunidade com uma boa exibição e um golo muito oportuno, típico de ponta de lança; a estreia na competição também do jovem escocês Ryan Gauld, que entrou aos 64' em substituição de André Martins e, finalmente, o golo monumental de Nani, aos 64', que foi apenas uma obra de arte com o seu pé esquerdo, a fazer o 2-0 para o Sporting.

 

ng0DB94061-AC60-4BA7-9071-CE61E6E5F6BF.jpg

 

Apesar de sentir as usuais dificuldades em penetrar o "autocarro" do Gil Vicente, a superioridade leonina nunca este em dúvida e foi premiada com a indiscutível vitória. Boas exibições por parte de alguns "leões", a começar com William Carvalho - é um Sporting diferente com ele em campo - todo o sector defensivo esteve muito bem, com destaque para Miguel Lopes que, na opinião deste observador, fez o seu melhor jogo da época.

 

O Sporting precisava de regressar às vitórias, sem dúvida alguma, e o jogo de hoje poderá servir para inspirar a equipa para o muito difícil embate da próxima quinta-feira, para a Liga Europa. Além disso, igualmente importante, manter o SC Braga a quatro pontos de distância, na luta pelo terceiro lugar na Liga.

 

ng3E6FEAD9-FA10-4A00-A499-87A12E59DD0D.jpg

  

Arbitragem muito irregular de Jorge Tavares, com diversos erros, o mais flagrante dos quais a grande penalidade que ficou por assinalar, aos 14', por falta sobre João Mário.

 

Boa decisão de Marco Silva em substituir Nani, aos 73', depois daquele seu grande momento de inspiração.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:11

Jogo dos sócios

Rui Gomes, em 20.02.15

 

82097.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:41

 

 Gil Vicente 0 Sporting 4 - 21 de Setembro de 2014

 NK Maribor 1 Sporting 1 - 17 de Setembro de 2014

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:59

Finalmente... golos !

Rui Gomes, em 22.09.14

 

 

Na realidade, não considero que o Sporting tenha feito uma exibição muito diferente das que já assistimos - especialmente tendo em conta o adversário - mas, no futebol, uma equipa vive à base dos golos e quando estes aparecem, fazem toda a diferença.

 

Aqueles dois excelentes remates, para golo, de Adrien Silva e Nani, aos 10' e 12' respectivamente, era precisamente o que o Sporting necessitava, urgentemente, para apagar a sombra de Maribor e dar uma boa dose de confiança à equipa. Slimani, aos 25', isolado diante o guarda-redes gilista, até poderia e deveria ter aumentado o marcador, mas a sua ineficácia com os pés manifestou-se novamente.

 

Marco Silva não surpreendeu, minimamente, ao fazer entrar Maurício, Sarr e Jonathan Silva, este último pela indisponibilidade de Jefferson, e até João Mário, em substituição de André Martins. Para ser justo, é a minha opinião que o médio da formação leonina fez um bom jogo e teve muita influência na melhor dinâmica que se verificou do meio-campo do Sporting. Creio que será uma aposta para continuar, havendo lógica e bom senso. Já o mesmo não se poderá dizer com Diego Capel no lugar de Carrillo, decisão surpreendente, mas o treinador terá querido descansar um e dar tempo de jogo ao outro. O avançado peruano acabaria por entrar aos  70', a tempo de marcar o quarto golo do Sporting, finalizando uma excelente combinação entre Nani e João Mário. Este, que também serviu magnificamente Slimani aos 69' e, desta vez, os pés do argelino não o atraiçoaram.

 

Tivemos hoje a primeira real oportunidade para observar Jonathan Silva em acção e não obstante a natural falta de identificação com a equipa, acho que se viram alguns bons pormenores e que o jovem argentino merecerá novas oportunidades para mostrar a sua mais-valia, até porque faria bem a Jefferson adornar o banco durante alguns jogos. Isto, apesar do ataque do Gil Vicente não ter exercido muita pressão sobre a defesa do Sporting.

 

Nani mais uma vez a demonstrar o seu enorme talento e a sua incontornável influência na equipa. William Carvalho não esteve mal, mas ainda está longe da forma que atingiu na época passada. Excelente golo de Adrien Silva e um elemento também muito influente na dinâmica do meio-campo, embora um pouco mais desaparecido na segunda-parte.

 

Uma palavra final - crítica, aliás - para Marco Silva. Continua a demonstrar enorme dificuldade em fazer uma gestão adequada do plantel: André Martins vai de titular - que foi nos primeiros 5 jogos - para a bancada, a fazer companhia a Junya Tanaka, mais uma preterido pelo treinador. É óbvio que o avançado japonês não goza da confiança do técnico, seja para o que for, e até dá para questionar o propósito da sua contratação. A última questão, que só Marco Silva poderá explicar, relaciona-se com a sua decisão de ir a jogo com 6 defesas... contra o Gil Vicente. Os quatro titulares, mais Paulo Oliveira e Ricardo Esgaio. O que fará ele quando tiver pela frente o FC Porto ou o Chelsea ?

 

Os critérios de Carlos Xistra, uma autêntica palhaçada. Nada de novo aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:15

A manchete diz tudo...

Rui Gomes, em 21.09.14

 

 

«Vamos reagir ! Não tenho dúvidas de que vamos reagir e dar a resposta que temos de dar: somar três pontos com o Gil Vicente. Sabemos que quando as vitórias surgem, vêm por arrasto a qualidade dos jogadores e a confiança da equipa. Portanto, precisamos de uma vitória com urgência

 

Marco Silva

 

O onze que eu penso que Marco Silva vai apresentar, com seis jogadores da formação:

 

Rui Patrício; Cédric Soares, Maurício, Naby Sarr e Jonathan Silva; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; Nani, André Carrillo e Slimani.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:55

Convocatória para o Gil Vicente

Rui Gomes, em 20.09.14

 

 

Marco Silva mantém a mesma lista de convocados que apresentou na quarta-feira em Maribor, salvo a indisponibilidade de Jefferson, por castigo. Eis os 20 nomes anunciados:

 

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck

 

Defesas: Cédric Soares, Ricardo Esgaio, Maurício, Sarr, Paulo Oliveira e Jonathan Silva

 

Médios: William Carvalho, Adrien Silva, André Martins, Oriol Rosell, João Mário e Carlos Mané

 

Avançados: Nani, André Carrillo e Diego Capel

 

Pontas de lança: Junya Tanaka, Slimani e Fredy Montero

 

Apesar da controvérsia em torno do jogo de quarta-feira, não é de esperar grandes alterações no onze inicial. Em princípio, Jonathan Silva efectuará a sua estreia oficial pelo Sporting, no lugar do ausente Jefferson. Os centrais, na minha opinião, serão Maurício e Naby Sarr, e talvez - e é um talvez muito grande - se venha a ver João Mário ou Carlos Mané em substituição de André Martins.

 

Na frente do ataque - com a formação 4x3x3 - teremos um único ponta de lança que será Slimani. Fredy Montero, como usual, ficará a adornar o banco e Tanaka, que ainda só viu 22 minutos de jogo esta época, é, mais uma vez, um forte candidato para a bancada. Isto, se Marco Silva não fugir à regra. Os alas, indubitavelmente, serão Nani e Carrillo.

 

Logicamente, o outro jogador a ficar de fora será Ricardo Esgaio.Com o regresso de Cédric Soares, é de esperar que seja novamente titular e não é minimamente expectável que o Sporting entre no relvado em Barcelos com 6 defesas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53

 


Um jogo muito estranho, este Sporting-Gil Vicente, em que o Sporting controlou praticamente do primeiro ao último minuto - a baliza de Rui Patrício nunca foi seriamente ameaçada - mas com um número abismal de passes, cruzamentos e remates mal executados.

Tudo começou da melhor maneira com o golo de Slimani logo no primeiro minuto, a excelente cruzamento de André Carrillo, mas o próximo verdadeiramente excitante momento da partida acabaria por surgir só aos 63 minutos, pela autêntica "bomba" de Marcos Rojo à trave da baliza de Adriano. 

Leonardo Jardim mexeu novamente na equipa, deixando André Martins no banco, e inserindo Carlos Mané em posição mais central, mas o jovem hoje não esteve muito inspirado. Em grande plano esteve Carrillo, completamente demolindo o lado esquerdo da defesa do Gil Vicente - especialmente nos primeiros 45 minutos - mas nem sempre com a eficácia desejada nos cruzamentos.

Adrien Silva viu cartão amarelo aos 13' - o seu oitavo - e praticamente desapareceu do jogo. William Carvalho sempre em evidência, mas com um número indesejável de passes falhados. Diego Capel trabalhou muito e sofreu a usual dose de faltas, mas não deslumbrou. Heldon marcou o seu 10.º golo da época, o seu primeiro de "leão ao peito".

O que mais se evidenciou neste jogo - sem ser novidade alguma e à parte da acima referida excessiva má execução - foi a insistência do jogo do Sporting pelas alas, com quase total ausência de penetração pelo corredor central, disposição já reconhecida desde o início da época, embora com um pouco mais dinâmica com a entrada de André Martins.

Em análise final, conta o resultado e os preciosos três pontos, que permitem ao Sporting aproximar-se ainda mais de assegurar o muito ambicionado 2.º lugar no campeonato.

Em termos disciplinares, pelos cartões hoje exibidos por Bruno Esteves, Cédric Soares vai falhar a visita ao Restelo, pelo seu 9.º amarelo, e Heldon, William Carvalho, Slimani, Adrien Silva e Maurício, todos no limite.

 Se não compreendi mal, estiveram 32,792 espectadores em Alvalade.

 O resumo do jogo pode ser visto aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:50

Convocatória para o Gil Vicente

Rui Gomes, em 11.04.14
 

 

O Sporting divulgou esta sexta-feira a lista de convocados de Leonardo Jardim para o jogo de amanhã com o Gil Vicente, a contar para a 27.ª jornada da I Liga, em que uma vitória do Sporting constituirá um passo gigante para a confirmação do 2.º lugar e o acesso directo à Liga dos Campeões. Neste contexto, terá passado um pouco despercebido que uma outra muito importante disposição também está em disputa: com esta classificação, a equipa de sub-19 do Sporting poderá participar, pela primeira vez, na "UEFA Youth League", que além da valorosa experiência que proporcionará aos jovens jogadores, é igualmente uma grande montra do futebol europeu.

 

Quanto aos convocados, Leonardo Jardim não surpreendeu, além de se verificar o regresso de Wilson Eduardo à equipa principal. Veremos se terá oportunidade de jogar, uma vez que com 19 jogadores, um será relegado para a bancada, e os principais candidatos serão o irmão do João Mário, Vítor e Magrão. Nem vou tentar dar palpites neste sentido, tão imprevisível que é a contenda.

 

Salvo pela possibilidade de uma ou outra opção sobre os alas,  equipa vai ser a mesma de sempre. Carlos Mané será titular se estiver fisicamente apto para jogar e se o treinador não optar por o poupar, como precaução, em relação aos problemas musculares que acusou recentemente. Na minha opinião, o onze do técnico vai ser o seguinte:

 

Rui Patrício; Cédric Soares, Maurício, Marcos Rojo e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e André Martins; Diego Capel, Carlos Mané/Heldon e Islam Slimani.

 

Recorde-se que William Carvalho, Heldon e Slimani estão no limite dos cartões amarelos. William, com 8, já no segundo ciclo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 08.04.14
 

 

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou o árbitro da Associação de Futebol de Setúbal, Bruno Esteves, para dirigir o encontro do próximo sábado entre o Sporting e o Gil Vicente, em Alvalade.

 

No Arouca - Benfica, em Aveiro, vai estar Hugo Miguel e em Braga, para a recepção ao FC Porto, Rui Costa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48

Acabou por haver alguma justiça !!!

Rui Gomes, em 01.02.14

 

 

Uma primeira grande penalidade pela pirueta digna de "Óscar" de Gaitán e uma segunda, já nos descontos, onde a única pessoa que "viu" a falta foi o árbitro Bruno Paixão. Pura acção "lampiónica" e até surpreende a expulsão.

 

Bem... com este empate do clube de Carnide e o deslize dos portistas, apresenta-se uma bela oportunidade para o Sporting. Esperamos que saiba aproveitar a ocasião.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:17

Exige-se punição severa !!!

Rui Gomes, em 09.12.13

 

 

Pecks - Péricles Santos Pereira - é o nome do jogador nº 23 do Gil Vicente, autor da entrada assassina a William Carvalho que como disse um leitor nosso, e bem, do tipo que pode fazer acabar carreiras. Esperamos que o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol reconheça a gravidade do lance e puna o jogador severamente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo