Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Absolvidos...

Rui Gomes, em 23.06.15

 

law_scale.jpg  

 

O Tribunal da Comarca de Lisboa considerou-se incompetente para julgar o litígio entre o Sporting e Luiz Godinho Lopes, Filipe Nobre Guedes, Luís Duque e Carlos Freitas, numa das três acções que o Sporting intentou contra os ex-dirigentes, absolvendo estes e condenando o Clube a pagar as custas do processo.

 

Em causa, a renovação de Marat Izmailov e as contratações de Alberto Rodriguez e Jéffren, em que o Sporting considerou que existiu "violação dos deveres de deligência e falta de racionalidade económica", na assinatura dos contratos dos três futebolistas. 

 

O Sporting pode recorrer no prazo de dez dias. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:22

Izmailov teve o que mereceu

Rui Gomes, em 03.03.13

 

A camisola terá dado para tapar a cara mas não os ouvidos, no regresso de Izmailov a Alvalade, pelos incessantes e estrondosos assobios que se fizeram ouvir desde que entrou em campo e sempre que tocou na bola, até à sua substituição aos 57 minutos do jogo. Salvo dois passes - aos 21 e 38 minutos - que permitiram Defour e Jackson fazerem remates perigosos a Rui Patrício, o jogador russo evidenciou-se mais pela sua inconsequência. A sua contribuição resumiu-se a 21 passes certos - a vasta maioria de curta distância - 3 passes errados, 3 perdas de bola, 0 recuperações de bola, 3 faltas cometidas, 1 cruzamento e um único remate, para a bancada, aos 46 minutos.

 

Uma das claques do Sporting exibiu uma tarja com a palavra «Judas», seguida de outra em cirílico, significando «falso», descrições absolutamente correctas face à sua falta de honestidade e profissionalismo enquanto no Sporting. Não se pode dizer que foi «mal» recebido em Alvalade, mas sim que foi alvo da hostilidade mínima que mereceu.

 

Nota: Já Liedson nem merece comentário. Não tenho memória de ter tocado na bola.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:33

 

O doutor Frederico Varandas, director clínico do Sporting, surgiu a confirmar tudo aquilo que eu já sei por experiência própria em lidar com jogadores ao longo dos anos, e que já tive ocasião de sublinhar em diversas ocasiões: Quando um qualquer jogador alega que tem dores e que não se sente em condições de treinar ou jogar, não obstante os testes médicos não confirmarem a existência de qualquer lesão aparente - não há muito a fazer senão aceitar a palavra do jogador. Até é de admitir que há casos genuinos desta natureza, em que a indisposição do atleta é real mas não transparente, às primeiras indicações. O histórial de Marat Izmailov e sua mais recente forma física no FC Porto leva a questionar a honestidade e o profissionalismo do jogador.

Nestas situações, por vezes, a única alternativa, como se diz no milieu, é «apertar-lhe os calos», por outros meios. O FC Porto é muito hábil nestes processos e o Sporting, porventura, tem sido algo permeável. Costinha, como se sabe, fez uma leitura correcta da situação e tentou lidar com esta de uma forma mais frontal e agressiva que resultou na sua perda de credibilidade e autoridade no meio «leonino».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11

Atirar areia para os olhos

Rui Gomes, em 27.02.13

 

Dá para pensar que Paulo Barbosa é fã de Homar Simpson. Em reacção, de certo, às afirmações de Domingos Paciência, o empresário de Izmailov apressou-se a vir a público «atirar areia para os olhos»: «O Marat saiu de Alvalade não por sua própria vontade, mas porque nos foi comunicado que, por razões de carácter financeiro, não havia condições para que ele continuasse... Não vale a pena tentar criar bodes espiatórios, porque o Marat nunca tomou a iniciativa de dizer que se queria ir embora do Sporting... As pessoas têm consciência que ele foi sempre um grande profissional e que enquanto esteve disponível deu tudo o que tinha para dar em campo.»

 

Sim...pois. O problema é que enquanto esteve no Sporting só se disponibilizou para entrar em campo pouco mais de 30 por cento dos seus seis anos. Até Franky Vercauteren, que não o conhecia, ficou estupefacto por o jogador alegar que não se sentia em condições para treinar depois de ter jogado cerca de 15 minutos no dia anterior. O mesmo técnico, pela recém-visita ao Dragão como comentador televisivo no embate da Champions com o Málaga, expressou enorme surpresa pela súbita recuperação física do russo. Até é de admitir que ele se sentia bem no Sporting, a ser bem pago para não jogar. Espero que seja recebido em Alvalade com os assobios que ele mais do que merece.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57

Uma questão de honestidade

Rui Gomes, em 27.02.13

 

Continuo a pensar que mais dia menos dia Izmailov vai «arrebentar», mas esta observação por Domingos Paciência não deixa de ser pertinente:

 

«A questão do Izmailov é uma questão de honestidade ou se calhar eu não soube tirar tudo dele. Olhando à intensidade com que joga actualmente, alguém estava mal; ou o departamento médico ou o departamento técnico ou então o profissionalismo dele.»

 

A lembrar que enquanto o técnico orientou o Sporting, o jogador russo esteve indisponível durante muito tempo devido a alegados problemas físicos que, por agora, desapareceram milagrosamente.

 

Costinha foi o único que verdadeiramente reconheceu o estado das coisas e que confrontou o caso frontalmente. As consequências: acabou por ser mal tratado pelos próprios sportinguistas que se aliaram ao jogador.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:16

O «Picasso» de Izmailov

Rui Gomes, em 29.01.13
 

«Instrumentado» para o efeito, ou não, Izmailov - perdão, Izmaylov - tem andado muito ocupado a pintar uma obra tipo «Picasso» em torno da sua imagem, na tentativa, depreende-se, de desviar atenções quanto à sua deplorável conduta, tanto como homem como futebolista. As suas recém-declarações nem merecem comentário, mas encontrei esta perspicaz observação por um adepto de nome «Teotónio»:

 

«Este rapazola se tivesse sido homenzinho, tinha dito logo abertamente que queria sair porque a situação estava má. Assim, só denonstrou que foi para um clube à margem do que ele fez. Só falta saber o topo do quê...Acho que estão bem um para o outro.

Engraçado como ainda há quem viva na ilusão de que os jogadores se interessam minimamente pelo clube que representam...Por mim pode ter o maior sucesso do mundo, pode até ser bola de ouro (ou pelo menos muleta de ouro) que é irrelevante...Se queria sair estava no direito dele, agora lesar o clube, fingindo estar lesionado, isso só demonstra falta de carácter. É que ainda há pessoas que se importam como as coisas são feitas...noção que escapa prós lados das Antas, uma vez que ganham muito, mesmo sendo da forma que é...Felizes os pobres de espírito, pois deles será o reino dos céus.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:20

Uma explicação que explica...nada

Rui Gomes, em 21.01.13

A campanha para defender a imagem e a reputação de Marat Izmailov continua. Começou com o treinador portista, Vítor Pereira, e surge agora o seu empresário, Paulo Barbosa, a dar uma explicação que explica absolutamente nada, salvo confirmar a desde sempre suspeita que este sempre fez parte do problema e não da solução, relativamente ao jogador russo: 

«Para o Marat saber que um clube como o FC Porto está interessado nele é motivo de grande alegria, porque sabe que pode jogar, em termos de objectivos, a um nível altíssimo. Foi isso que ele sempre pretendeu: poder jogar a Liga dos Campeões e o Campeonato para ganhar. São motivações adicionais que qualquer jogador profissional gosta de ter. Uma coisa é estar num clube que em determinado momento está em condições de lutar por tudo e ganhar, outra coisa é estar num clube que passa por uma transformação dos activos e reformulação dos objectivos. Izmailov compreendeu que determinados objectivos que tinha no Sporting não eram possíveis de concretizar a curto prazo.»

Leva-me a empregar um dos meus termos favoritos e, por coincidência, ou não, muito em voga no universo leonino: chama-se isto, reduzir a nada o uso a razão, e dispensa-se mais comentários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34

O som da bancada

Rui Gomes, em 20.01.13

«Quem tem de colocar a mão na consciência é quem atacou Costinha, directores e os médicos do Sporting quando diziam que ele não tinha nada. A única coisa que digo é que é um parasita. A vida não acaba amanhã e o dia do Sporting chegará.»

 

                                                                                                  * Adepto João Pedro

 

«Esse teu desabafo (cansado) só prova o péssimo profissional que sempre foste. Não estás habituado a jogar a ritmo nenhum porque sempre te escondeste em lesões simuladas. Ao Sporting não deste nada e podes crer que não deixas saudades.»

 

* Adepto Vítor

 

«Afinal este mentiroso, aldrabão e fingido já corre e não tem dores? Precisavas era uma carga de pau. Não passas de um bandido que aldrabou o Sporting, onde ganhaste dinheiro sem merecer. Porque te fazias doente? Devolve o dinheiro ao Sporting, porque o que fizeste foi uma falcatrua. Passa bem e que Deuz te dê o que mereces»

 

                                                                                                                                                  * Adepto José Alves

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:09

O questionável Izmailov

Rui Gomes, em 20.01.13

Já há algum tempo que se suspeita a falta de carácter, como homem, e o mau profissionalismo, como futebolista, de Marat Izmailov. Por conseguinte, tudo o que ele vier a fazer no FC Porto que contribua para a confirmação desta suspeita, só será surpresa para os mais distraídos. Dito isto, acho prematuro que se possa tirar ilações concludentes após um jogo ao serviço do clube do Norte e pela marcação de um golo deveras vulgar. Acusando este clima de suspeita, o treinador portista Vítor Pereira sentiu a necessidade de vir a público afirmar: «Aqui, Izmailov não sente pressão para fazer a diferença.» Sem dúvida , a leitura perita de um técnico mediano, que lida com o jogador há uma mera semana. Um dia ainda teremos a oportunidade de ver esta perícia, em pleno, no comando técnico de um clube que não disponha a estrutura do FC Porto, o factor principal que o sustenta e que o impediu de ir para o desemprego ainda na época passada.

É igualmente lamentável - mas não inesperado - verificar a atitude de alguns vassalos da insolente oposição em voga, fazer uso impudente da ocasião para acusar o departamento médico do Sporting de inépcia, como se isso tivesse o mínimo de ligação ao questionável comportamento do jogador russo. Além da demonstração de ignorância das realidades futebolísticas, denota, igualmente, a total falta de carácter que, aliás, já lhes é reconhecida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:33

Curiosidades

Rui Gomes, em 14.01.13
 
Sabiam que após quase seis anos em Portugal, ontem foi a primeira vez que Izmailov jogou no Estádio da Luz em representação de um clube ?
 
Nunca o fez com a camisola do Sporting, muito embora tenha defrontado o Benfica em seis ocasiões, sem nunca ter marcado um golo.
 
A única vez que o jogador pisou este relvado foi precisamente no Euro 2004, no embate entre Portugal e a Rússia. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:32

Para já não deu para ver novidades

Rui Gomes, em 13.01.13

Um resulto justo, este clássico entre o Benfica e o FC Porto. O jogo começou estrondosamente, com quatro golos em 16 minutos, mas com o passar do tempo foi reduzindo de qualidade, com uma segunda parte muito faltosa e inconsequente. Izmailov entrou aos 75 minutos, e mal o vi fazer o aquecimento pensei logo que da maneira como as coisas têm corrido com o Sporting, ele vai entrar e marcar o golo da vitória para os portistas. Não aconteceu e, ainda bem, para evitar de ter de aturar os escribas finórios cá do burgo, com o seu usual aproveitamento à conveniência. Dito isto, ele é um excelente jogador e se não aparecerem os tais impedimentos misteriosos, é inevitável que venha a contribuir significativamente para o sucesso do clube do Norte.

 

P.S. Notei que agora mudou de nome ou, então, permitiu que se andasse quase seis anos a usar o nome errado. É Izmaylov e não Izmailov. Só visto !

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14

Registo de Izmailov no Sporting

Rui Gomes, em 10.01.13

 

Há pouco que me exaspere tanto como a teoria vazia dos sapientes da bancada, sem referência aos factos concretos e inegáveis. Todos nós sabemos das aptidões técnicas de Marat Izmailov e da qualidade da sua contribuíção à equipa quando se encontra apto para jogar, sejam os condicionantes que o impedem de ordem física,  psicológica ou qualquer outra menos transparente. Por conseguinte, a discussão não se centra sobre a qualidade do jogador - indiscutivel - mas sim sobre a sua disponibilidade para a exibir em campo - imprevisível. Eis, então, o registo de Izmailov desde que chegou ao Sporting em julho de 2007 (por empréstimo) até à sua recém-transferência para o FC Porto:

 

Época de 2012/13 - O Sporting realizou 25 jogos oficiais - Marat Izmailov jogou o total de 6.5 jogos (582 minutos).

 

Época de 2011/12 - O Sporting realizou 56 jogos oficiais - Marat Izmailov jogou o total de 17.7 jogos (1589 minutos).

 

Época de 2010/11 - O Sporting realizou 49 jogos oficiais - Marat Izmailov jogou o total de  1.9 jogos (173 minutos).

 

Época de 2009/10 - O Sporting realizou 52 jogos oficiais - Marat Izmailov jogou o total de 17.5 jogos (1575 minutos).

 

Época de 2008/09 - O Sporting realizou 46 jogos oficiais - Marat Izmailov jogou o total de 28.3 jogos (2551 minutos).

 

Época de 2007/08 - O Sporting realizou 56 jogos oficiais - Marat Izmailov jogou o total de 33 jogos (2974 minutos)

 

TOTAL » Marat Izmailov esteve no Sporting quase cinco épocas e meia, período em que o Sporting realizou 284 jogos oficiais e em que Marat Izmailov jogou somente o equivalente de 104.9 jogos - 36.2%. Isto sem contar jogos de pré-época, torneios e outros amistosos, estatísticas que ainda reduziriam significativamente mais o seu tempo de jogo.

 

Durante o seu consulado no Sporting marcou o total de 20 golos em jogos oficiais.

 

Enquanto disponível para jogar, entrou como titular em 112 jogos e como suplente utilizado em 26.

 

Enquanto disponível para jogar, a equipa registou: 69 vitórias / 33 empates / 37 derrotas.

 

Enquanto disponível para jogar, a equipa marcou 197 golos e sofreu 135.

 

Perante a sua total recuperação física e face à sua reconhecida qualidade, enquanto disponível, a renovação do seu vínculo contratual visava dar-lhe um novo sentido de estabilidade e confiança para ele poder contribuir ao seu melhor nível. É evidente que não resultou, porque em 2012/13 só jogou em 6.5 jogos oficiais entre os 25 realizados pelo Sporting. Se estas estatísticas não servem para convencer mesmo os mais cínicos, quanto à futilidade de o manter no Sporting - indiferente do que ele vier eventualmente a render no FC Porto - aconselho tratamento intensivo para a condição maligna.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:04

O que dizem eles

Rui Gomes, em 09.01.13

«Estou muito contente por Miguel Lopes vir, porque é um jogador que conheço e pode ajudar o Sporting. O Izmailov esteve cinco épocas e meia no Sporting e todos sabemos que o seu rendimento não foi uniforme. É normal que todas as partes pensem qual é a melhor maneira de resolver o problema. Pode ser uma boa solução para o jogador. Foi um jogador de grande qualidade sempre que jogou no Sporting. Se isso não acontecer, é sinal de que alguma coisa não está bem.»

 

«O Sporting é um grande clube, que tem muita história. É o clube do meu coração, sempre fui sportinguista desde pequeno o que me dá mais vontade de trabalhar e dar muitas alegrias aos adeptos. Eu estou preparado, sou uma pessoa que nunca vira a cara à luta, dou tudo dentro do campo e quero ajudar o Sporting a chegar aos seus objectivos. O Sporting, neste momento, tem de pensar jogo a jogo. Temos um grupo fantástico, que, se estiver unido e coeso pode, sem dúvida, chegar à UEFA. Para já, é importante para o clube crescer e para os adeptos estarem bem. Este clube está habituado a ganhar e terá de ser assim.»

 

«As expectativas que temos são de esperança que o Izmailov seja uma mais valia para o FC Porto. Temos boa equipa mas uma equipa não pode ser apenas onze jogadores e ele enquadra-se na nossa forma de jogador. O Miguel Lopes não era titular no FC Porto e, com o Danilo, tinha poucas hipóteses de jogar. Manifestou o desejo de sair, para jogar mais e até por causa da Selecção. Penso que pode ser muito importante para o Sporting, depois da saída de João Pereira.»

 

«Escolhi o FC Porto porque é uma grande equipa, com grande organização e porque quero ganhar títulos. Estou quase há seis anos em Portugal e espero ser campeão este ano. Quero progredir, como jogador e como pessoa e só posso prometer que vou dar o meu máximo.»

 

 

Observação: Indiferente das opiniões, neste momento, só o passar do tempo indicará o real proveito deste negócio para as duas (quatro) partes. O Sporting ficará com Miguel Lopes e Cédric Soares para a posição e com Arias a evoluir na equipa B. A maior dúvida reside com Izmailov, pelos motivos óbvios. Se ele jogar com regularidade daqui em diante e sem impedimentos físicos, é inevitável que a sua honestidade para com o Sporting seja (legitimamente) questionada.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:24

Ainda Izmailov e Miguel Lopes

Rui Gomes, em 06.01.13

Não deixa de ser de alguma estranheza que para um negócio supostamente tão simples - não envolvendo investimento por qualquer um dos clubes - esteja a demorar tanto a concluir. Será uma indicação, porventura, que os pormenores da transferência não sejam matéria para resolver aos olhos fechados. Partindo do princípio que o negócio será assente em co-propriedade - os dois clubes ficarão com 50 por cento dos activos que transferem - é de admitir que os detalhes tenham de ser muito bem ponderados e lavrados, para garantir os interesses das duas partes. 

Desconhece-se, ao certo, o salário que Miguel Lopes irá receber do Sporting, mas contabilizando o vínculo contratual de Izmailov até 30 de junho de 2015, o Sporting evitará o pagamento de 5 milhóes de euros, em salários, a esse jogador. O FC Porto corre riscos pelos alegados problemas físicos do atleta russo, mas poderá lucrar com os seus 50 por cento de Miguel Lopes, se este, pela sua juventude, se valorizar no Sporting. Não havendo impedimentos pela condição física de Izmailov e com o clube do Norte a competir em todas as frentes, incluindo a Liga dos Campeões, a valorização desportiva e económica do actual número 10 do Sporting é inevitável. A dúvida associa-se ao eventual interesse no mercado, pelos seus 30 anos. Questões que só o passar do tempo esclarecerão.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:07

O som da bancada

Rui Gomes, em 05.01.13

«Este tipo de permutas só beneficiam os clubes. Agora é preciso ter cuidado naqueles casos em que o atleta é aliciado - força a nota para sair e como que obriga a sua entidade empregadora a meter-se num negócio deste género.»

 

* Adepto José Diogo da Silva

 

«Izmailov sempre foi um problema em Alvalade, raras vezes foi solução. O custo que este jogador representa para o que produz não justifica. Por lesões ou por mau feitio, não contrabalança a sua qualidade. Pode ir que não deixa saudades. Não produz, por isso não contribui para a equipa. Seja feliz.»

 

* Adepto identificado por Kilo

 

«Ou seja, negociações de um sentido único - um despacha um jogador na lista de dispensas e o outro despacha um dos seus melhores. Se as lesões de Izmailov passarem, aí sim era a comédia total. Qualquer dia vão ter tantas maçãs podres que nem vai dar para contar.»

 

* Adepto identificado por MatchPoint

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:17

À espera de confirmação oficial

Rui Gomes, em 05.01.13

Acordo mediante o modelo de co-propriedade que já se descreveu aqui no Camarote Leonino. 

P.S. Penso que o verde-e-branco fica melhor ao Miguel Lopes do que o azul-e-branco ao Marat Izmailov. Veremos... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:12

Izmailov: há alguma alternativa?

Rui Gomes, em 04.01.13

Nenhum clube gosta de perder um jogador de reconhecido talento, mas como é o caso de Marat Izmailoz, de que que serve esta qualidade se o jogador raramente está disponível para a demonstrar no relvado? Surpreendentemente, ainda existem sportinguistas que defendem a continuidade do jogador russo no Sporting, quando é por de mais evidente que ele, há muito, deixou de contribuir para a equipa. Se a transferência para o FC Porto se concretizar, teremos ampla oportunidade de verificar se as suas frequentes ausências do relvado eram realmente provocadas pela sua indisponibilidade física ou por outras questões menos transparentes.

Como sportinguista, há longo que deixei de acreditar na honestidade deste jogador. Isto, apenas uma opinião pessoal. No entanto, à parte dos quês e porquês subjectivos que lhe poderemos atribuir, as estatísticas não mentem: o Sporting realizou - salvo erro - 24 jogos oficiais esta época, em todas as competições. Marat Izmailov alinhou em 7 jogos da Liga - 5 como titular e 2 como suplente não utilizado,  3 da Liga Europa - 2 como titular e 1 como suplente não utilizado e nos quatro jogos disputados para a Taça de Portugal e para a Taça da Liga, entrou uma única vez, como suplente, nos últimos quinze minutos, e no dia seguinte esteve indisponível para treinar. Isto, para não evocar outras épocas, a exemplo da de 2010/2011 em que apenas alinhou em três jogos. Além do mais, o Sporting realizou está época uma dúzia ou mais de amistosos, Izmailov participou apenas em dois.

Pelo seu notável talento, o Sporting entendeu dar-lhe um voto de confiança e renovou o seu contrato, aumentando-lhe o salário. De nada serviu. Por conseguinte, indiferente do que ele vier a fazer no FC Porto - se for de facto transferido - qual é a alternativa?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:27

O futuro de Elias não está muito fácil de resolver. Segundo as últimas notícias do Brasil, o Flamengo aceitará pagar o salário pretendido pelo jogador mas os valores exigidos pelo Sporting e o fundo «Quality Football Ireland» é uma contenda muito mais complicada. Na eventualidade de não haver acordo dentro de uma semana, é muito provável que o destino do jogador seja a Espanha.

 

Já quanto a Izmailov, aparenta existir um impasse pelo não acordo quanto aos jogadores que o Sporting pretende para ceder o seu activo. Cinco nomes foram ventilados pela comunicação social mas, ao certo, desconhece-se o fundamento dessa informação. Questionado sobre o caso, Vítor Pereira, treinador portista, admitiu que poderão surgir alterações ao plantel, mas recusou adiantar mais.

 

Perante este cenário, é de admitir que estes dois casos, em particular, ainda se vão arrastar por mais algum tempo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35

Sobre a hipótese «Walter»

Rui Gomes, em 02.01.13

 

Dando seguimento ao meu prévio post onde menciono que o avançado brasileiro Walter seria, porventura, uma boa escolha para ser incluído na possível troca entre o Sporting e o FC Porto, pela ida para o Norte de Izmailov, o jogador afirmou hoje o seguinte: «Não sei nada sobre essa possibilidade, mas aceitava o Sporting de bom grado, é uma das referências em Portugal. Isto, se isso for verdade. Nesta altura, não posso falar sobre o meu futuro porque não sei nada sobre ele. Estou no escuro. Não sei se continuo no Brasil, se volto ao FC Porto, nada.»

 

É evidente que nestas avaliações de jogadores ainda com muito caminho pela frente para atingirem realização total, existe sempre risco, e só o futuro ditará o mérito da escolha. A ideia, neste caso ou em qualquer outro, é fazer com que esse risco seja o mais calculado possível, na tentativa de recolher aproveitamento e, por consequência, minimizar prejuízos. Veremos, então, o que os dois clubes vão decidir.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

O som da bancada

Rui Gomes, em 02.01.13
«Essas pessoas que andam a batalhar contra o Godinho Lopes, são os soldados mandados por generais que estão na sombra e que mandam esses para o combate, mas eles estão lá atrás escondidos (BC, Barroso, etc.). Não sabem o mal que vão fazer ao Sporting. A ver vamos.»

 

* Adepto Francisco Rosa

 

«As afirmações ficam com aqueles que as produzem! Chamam aventureiros sem rosto, sem projecto seu, é no mínimo deselegante e de uma falta de inteligência própria de pessoas que nada fizeram pela vida e pelo seu clube. Este grupo de jovens disse não querer o poder, apenas quer debater SCP.»

 

* Adepto Tempera55

 

«A confirmar-se a saída de Izmailov para o FC Porto por troca por um qualquer outro atleta é só mais um dos muitos erros grosseiros que esta Direcção anda a fazer e que estão a chegar a um limite.»

 

* Adepto Scocco

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:33




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo