Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Consideração do Dia

Rui Gomes, em 31.01.17

 

rect3369-5.png

 

Entre outras considerações, João Benedito, na entrevista que foi publicada esta segunda-feira, sugeriu que o acto eleitoral agendado para o dia 4 de Março deveria ser adiado para o final da época afim de evitar a instabilidade.

 

Se a memória não me falha, esta mesma questão foi muito debatida pelas eleições de 2013, sem que a Assembleia Geral tivesse então sofrido qualquer alteração.

 

Eis a resposta - esperada e em tom paternalista, diga-se - de Marta Soares, à sugestão de João Benedito:

 

«É uma opinião respeitável de um sócio, mas não vejo qualquer necessidade de adiar as eleições. O clube está bem e tudo está a correr dentro do mais elementar funcionamento democrático».

 

Qual é a opinião do leitor ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:30

"Quero muito ser presidente"

Rui Gomes, em 30.01.17

 

img_770x433$2017_01_30_02_09_42_1216792.jpg

 

Em entrevista concedida ao jornal RecordJoão Benedito explicou porque é que rejeitou o convite do actual líder do Sporting para fazer parte da Direcção:

 

«Dei uma ‘nega’ ao presidente Bruno de Carvalho? Nem pensar. Fico muito lisonjeado que me tenha enviado uma mensagem, mas não posso participar, nem pelo lado da actual Direcção, nem por outras candidaturas.

 

Quero muito ser presidente. É o meu objectivo de vida profissional. Estou em crer que tenho muito para dar ao clube. Já trabalhei como funcionário, estava no departamento financeiro quando rebentou a crise. Tinha a gestão de terceiros e as pessoas ligavam para lá e diziam: ‘Se as facturas se atrasam, vou para trás da sua baliza’ (…) À semelhança do Bayern Munique, onde aqueles que estiveram no campo dirigem, eu também estive dentro de campo.

 

Não o conheço profundamente. Madeira Rodrigues parece-me uma pessoa carregada de princípios, com ideias boas para o clube. Mas não tenho qualquer outra opinião a nível pessoal».

 

Reconhece-se que João Benedito é uma figura muito popular entre sportinguistas, como atleta e até como homem, mas acho que foi uma decisão prudente da sua parte não se candidatar neste acto eleitoral. Até acredito que estava tentado, mas alguém o terá aconselhado a dar tempo ao tempo.

 

A experiência no desempenho de outro cargo directivo até lhe seria benéfica, mas tendo em consideração a sua ambição, não quis arriscar ficar marcado pelo consulado de outro líder. Compreende-se o raciocínio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:45

 

hqdefault.jpg

 

Em declarações à Antena 1, João Benedito manifestou o seu desapontamento com a esta fase "complicada" do Sporting e, em especial, com este fim-de-semana em que muita coisa não correu bem, desportivamente:


«É uma fase complicada que nos deixa tristes. Foi um fim-de-semana muito mau em termos desportivos, não só com a derrota no futebol, como no andebol e no hóquei em patins. Tudo isto leva a que os objectivos de conquista de títulos possam ficar um bocadinho comprometidos. Mas o momento tem de ser cada vez mais de união para que as pessoas possam transmitir, para quem está dentro, essa ideia de que continuamos com a equipa para que possam conquistar esses tão almejados troféus».

 

Nada de novo consta sobre uma possível candidatura sua à presidência do Sporting, ou a sua integração numa lista de candidatura, embora eu tenha conhecimento directo e pessoal que ele participou em várias reuniões com outros sportinguistas nesse exacto sentido.

 

Creio que seria um dirigente de valor para o Sporting, não sei, no entanto, se já reúne as condições necessárias para liderar o Clube.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:59

 

E o desporto, onde está?

São dias de grande turbulência não-desportiva aqueles que atravessamos. Não são só de agora. Constantemente somos invadidos por casos, arrufos e trocas de palavras de gente crescida que mais parece crianças. São comuns as alusões nos media a críticas, bate-boca, ‘diz que disse’ e ‘fez que não fez’. Estamos, não tenho quaisquer dúvidas, perante um mercado paralelo que vive engordado por estes impropérios e quezílias. Em meu entender, isto só acontece devido à existência de um número elevado (mais do que a conta, convenhamos) de pessoas, e até empresas, que existem publicamente porque alimentam e se alimentam deste clima onde falham os valores. Isto é tudo menos desporto, pois os princípios não são os preconizados e transmitidos nesta área. São estas ‘piranhas do sangue’ derramado que potenciam e semeiam estes ventos, por vezes de forma conspurcada e pouco ética, com o único intuito, dissimulado mas claro aos olhos dos mais preocupados, de presenciar e viver as tempestades e delas retirar contrapartidas financeiras ou mediatismo fácil. Cabe a quem representa os órgãos sociais de instituições desportivas, e também aos adeptos do desporto, lutar contra este adversário e não se deixar levar por estas manobras.

OriginalSize$2016_11_17_00_07_05_1185113.jpg

A minha questão é simples e directa: e o desporto, onde está? Vamos mas é falar da tácita, da bola que entra, dos atletas, dos heróis, avaliar as pessoas pelos projectos a que se propuseram e celebrar pela conquista do clube de cada um. Nisto faço gosto! É correcto, na minha forma de estar na vida, dizer bem ou mal dos jogadores pela boa jogada ou pelo golo e avaliar os dirigentes pelo sucesso desportivo e qualidade e posicionamento de gestão e social. Tudo o resto não me interessa. E incomoda-me!

Como é do conhecimento público, Bruno de Carvalho tem sido causticado pela imprensa! E já não é só a imprensa dita popular – na medida em que também os órgãos de comunicação social generalistas, desportivos e de referência lhe têm dedicado largo espaço.

É, na verdade, impressionante como a vida privada do presidente do Sporting Clube de Portugal tem sido dissecada no espaço mediático, espaço esse em que, cada vez mais, se confunde a actividade e a performance de Bruno de Carvalho ao serviço do clube com as incidências da sua vida privada e respectivas nuances pessoais. Nestes últimos tempos tenho tido, por vezes, a sensação de que não é justa a forma como essa pressão tem sido desencadeada e mantida. Em rigor, não devemos considerar como admissível que o mandato público de líderes, seja qual fora área de acção, possa e deva ser reduzido à sua escala privada e ao seu universo mais íntimo. Creio que a aplicação prática desse princípio tolda a perspectiva pura e objectiva sobre o desempenho e resultados do exercício dos responsáveis com visibilidade pública. Não concordo com o que estão a fazer ao presidente do meu clube. A avaliar quaisquer pessoas com estes cargos deverá ser pelo seu desempenho, postura, princípios e valências, digo eu !

Na próxima semana joga-se, em Odivelas, a UEFA Futsal Cup – a Champions League do Futsal. Quero transmitir aos meus anteriores colegas de equipa aquele abraço unificador e carregado de boas energias que nos levou a tantos títulos. Durante muitos anos a preparação desta competição foi o meu mundo. Uma fase em que carregava a alegria de poder jogar e a vontade de satisfazer milhões de sportinguistas. Este foi sempre o objectivo maior da minha carreira desportiva, tornar o Sporting ... "tão grande como os maiores da Europa". Moveu-me, motivou-me e despertou em mim o desejo de conquistar o título europeu de clubes. Infelizmente, como jogador, não consegui ajudar a lá chegar. Ainda posso, como adepto e sócio. Quero muito que isso aconteça. Vamos, equipa, vamos para cima deles! Acabando pelo começo, é por este insucesso e pelos 23 títulos que ajudei a conquistar que espero ter os 22 anos de atleta analisados. Só assim faz sentido dar-se ouvidos.

Saudações desportivas

 

 

Candidatura de João Benedito no horizonte ?... Muito embora ainda não haja nada de concreto, admite-se essa distinta possibilidade. Um hipotético candidato que apesar da sua juventude e inexperiência, não agradará muito a Bruno de Carvalho, por razões óbvias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:34

 

benedito.jpg

 

«Ontem terminou o meu contrato com o meu Sporting e consequentemente a minha carreira desportiva. Comunico-o hoje para que saibam por mim. Serei sempre um felizardo pois representei o meu Clube como atleta profissional. É impossível descrever as sensações vividas, os momentos e as conquistas.

 

Não me querendo alongar muito mais neste tema, apenas agradeço do fundo do meu coração aos que, durante a minha carreira, me ajudaram a crescer, me fizeram homem e me transmitiram os princípios que guardarei para a vida. Muito em particular à minha família Sportinguista - sócios e adeptos - estarei eternamente grato por me terem feito sentir tão especial».

O guarda-redes, de 37 anos, representou o Sporting nos últimos 21 anos, tendo apenas saído um ano para representar o Playas Castellón, em Espanha (2006/07). Ao serviço leonino, Benedito conquistou nove títulos de Campeão Nacional, quatro Taças de Portugal, seis supertaças e uma Taça da Liga, enquanto na selecção portuguesa alcançou um terceiro lugar no Mundial 2000 e um segundo no Euro 2010.

 

benedito9_31.jpg

 

O Sporting publicou uma mensagem de despedida, agradecendo o contributo e dedicação do grande «capitão» ao longo dos anos:

«A porta de saída é a mesma que é reservada aos campeões, já que o currículo do mítico guarda-redes responde da melhor maneira ao carinho que os Sportinguistas sempre lhe conferiram. Não por acaso. São mais de meio milhar de jogos, muitos deles a ostentar a braçadeira, defendida com a mesma garra 'leonina' com que viveu a sua passagem por Alvalade. (...) A sua saída é, portanto, pela porta grande 10 A, que simbolicamente deixou de estar apenas associada ao futebol e passou a ser uma referência no universo de todas as modalidades leoninas. A decisão de acabar a carreira foi pessoal e o Sporting CP só lhe deseja o melhor para o futuro.

A família Sportinguista está, por isso, agradecida pelo esforço e devoção demonstrados que levaram o Clube, em particular a sua modalidade do coração, aos mais altos patamares desportivos».

 

Um homem e um atleta exemplar. Boa sorte grande «capitão» !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48

 

fotos_ABOLA2015_FUTSAL_joaobenedito2.jpg

O grande «capitão» João Benedito sofreu uma rotura no tendão de Aquiles no decorrer do encontro de ontem com o Barcelona - referente às meias-finais da "final four" da UEFA Futsal Cup - e já foi operado, com sucesso, este sábado. Termina assim a época de forma ingloriosa e tem pela frente um período estimado de paragem de seis meses.

 

 

Ao abandonar o MEO Arena, João Benedito não deixou de pensar na equipa:

A lesão é grave, mas vai passar. Hoje (ontem), o grande destaque tem de ir para esta equipa que foi excepcional, superou-se em todos os momentos, catapultados por toda esta gente, fomos uns guerreiros. É um privilégio enorme dizer que fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para vencer. Orgulho-me de envergar a braçadeira de «capitão».

 

Não tenho dúvidas algumas que todos os sportinguistas desejam uma rápida e total recuperação a este grande "leão".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47

O grande "capitão" renova

Rui Gomes, em 27.05.14

 

 
Aos 35 anos, o grande "capitão" e guarda-redes da equipa principal de futsal do Sporting, João Benedito, chegou a acordo para a renovação do seu contrato por mais uma temporada. Excelente notícia !
 
Recorde-se que João Benedito está no Sporting há cerca de 20 anos - desde 1994 - com apenas um ano de interrupção, quando em 2006/07 optou por representar o emblema espanhol Playas de Castellon.
 
Além da mais-valia desportiva que representa, merece toda a consideração pelo seu sportinguismo e pela sua total devoção ao Clube.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

 

 
 
A equipa principal de futsal do Sporting visitou e derrotou o SC Braga, por 3-6, em jogo realizado no Pavilhão da Universidade do Minho, a contar para a 20.ª jornada do Campeonato Nacional. Caio, que marcou dois golos, inaugurou o marcador, seguido por um grande golo do "capitão" João Benedito. Deo, Paulinho e Marcelino foram os outros goleadores leoninos. Com esta vitória o Sporting consolida a liderança do campeonato com 53 pontos, mais 3 do que o Benfica e deixando o SC Braga a 8 pontos de diferença.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo