Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 25.10.17

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«A segurança, o respeito e a necessária tranquilidade não existe. E todos sabemos há muito tempo de onde tudo isso vem.

Não culpo os árbitros. Culpo as "altas patentes" das autoridades do nosso país. Os chefes das várias forças e os juízes. Culpo quem manda e tem o dever de proteger e não cumpre a sua obrigação.

 

Soubemos que eles foram ao centro de treinos ameaçar a vida dos árbitros e das suas famílias. Isso saiu cá para fora. Mas há muita coisa que não sai.

Ninguém fala das visitas ao trabalho das esposas, de lojas desarrumadas e de dezenas de calças espalhadas pelo chão, por exemplo.

Ninguém fala das esperas à saída dos colégios e escolas dos filhos dos árbitros. Sem dizer nada só a "marcar presença" nos dias antes aos jogos. Só para verem e serem vistos.

Ninguém fala das dezenas de telefonemas seguidos nas madrugadas. Vinte, trinta, quarenta telefonemas que, quando são atendidos, logo são desligados e passado segundos voltam a tocar. Às três, quatro, cinco, seis da manhã.

Ninguém fala nos restaurantes de irmãos e familiares de alguns árbitros onde essa bandidagem impune vai comer e beber e à saída, depois de partir qualquer coisita e de escrever algumas reclamações inventadas no livro, dizem com ar de mauzões que "o filho da p... do teu irmão paga e se não se portar bem para a semana somos cinquenta".

Carros com os vidros partidos que logo após serem substituídos voltam a partir-se.

Esperas à porta de casa só para dizerem, "boa noite e bom jogo", mostrando desta forma que sabem onde as pessoas moram, quando árbitros e fiscais de linha chegam a casa.

Terror total, pessoas feridas na sua dignidade, tanta e tanta coisa que ninguém fala. E os árbitros vão denunciar para quê? Vão eles arriscar a vida de quem mais amam para quê? Ninguém quer saber, Portugal está feito mesmo para esta escumalha.

Não há muito tempo vimos todos na TV o segurança de Pinto da Costa (agora envolvido em assassínios em vários casos de máfia na noite do Porto) mandar o chefe da policia do Porto calar-se... Os gajos roubam à vista de toda a gente microfones e outro material à CMTV e em vez de se esconderem, exibem-se orgulhosos sob uma impunidade chocante que amedronta e serve de exemplo para todos os outros. Sim, eles roubam, ameaçam e agridem e exibem o que fazem para servir de exemplo a todos os outros.

Livros foram escritos e publicados referindo roubos, assaltos, agressões várias, consumo e tráfico de droga e ninguém se importou...

Os árbitros? Fazem o que têm de fazer para ter algum sossego e proteger quem mais amam e nós só os entendemos se nos metermos no lugar deles. Pensarmos nos nossos irmãos, pais, filhos e esposas a serem ameaçados e perturbados nos seu dia a dia por esta gente... Possivelmente fazíamos o mesmo...

Não, os grandes culpados do que passa e do que vai continuar a passar não são os árbitros! É de quem manda nesta triste "república das bananas" outrora "nação valente e imortal" que se chama Portugal.»

 

Leitor: João Carvalho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 11.08.17

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«No discurso da última AG, quando falou mais de uma hora, eu tive a paciência de ouvir todo o discurso de Bruno Carvalho.

Ele afirmou o seguinte, entre outras coisas:

Que tinha orçamentado em 2016/17, 8M para as modalidades, que era o que esperava receber das quotizações, valor que ficou muito aquém do esperado.

Para 2017/18 aumentou o orçamento para as modalidades para 9M, esperando que esse valor venha das quotizações dos sócios. Justificando desse modo o aumento do orçamento para as modalidades 1M.

Queixou-se que a razão pela qual o orçamento das quotizações não foi atingido teve a ver com o facto do aumento do número de sócios ser devido ao facto da maioria dos novos sócios serem crianças que os pais fizeram sócios. Ora as quotizações dos jovens tem um valor muito abaixo dos adultos. Acham que essa realidade irá mudar para este ano?

Por isso, o que é indicado pelo blogue Dia do Clube tem alguma razão de ser em relação ao despesismo que se observa no orçamento do clube para este ano.

Ao não conseguir atingir os 8M de quotização para as modalidades, ignora esse facto e decide aumentar o valor em 12,5%. Cheira-me mais a desejos do que a exemplo de gestão rigorosa.


Mas isso sou eu a dar minha opinião. Até pode ser que dentro de um ano a realidade mostre que eu estou enganado.

Quanto aos "resultados extremamente positivos não sendo deficitário", não é correcto se quisermos ser rigorosos. Os resultados líquidos são positivos em virtude da vendas de 2 jogadores, mas tem um défice mensal muito elevado de 3M negativos em resultados correntes. Isso cria um buraco de 36M num ano.

Se o que Bruno de Carvalho afirmou na AG for verdade, que aumentou os custos correntes orçamentados para 2017/18, iremos observar dificuldades financeiras durante o ano superiores às que sentiu no ano que passou, quando teve de antecipar receitas de 27M de vários contratos.

Não, as contas não estão bem, e percebe-se que hajam sócios e adeptos preocupados».

 

 

Leitor: João Carvalho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo