Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

20120312151916_joaquimevangelista2383266.jpg

 

Em declarações à Rádio Renascença, Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol decidiu comentar os casos em curso de Rafa (transferência do SC Braga para o Benfica) e de Adrien Silva:

 

«Havendo contratos, devem ser honrados, mas também havendo propostas irrecusáveis e manifestações de vontade dos jogadores de quererem uma nova oportunidade, deve haver um diálogo para isso acontecer normalmente. O que é desejável é que haja reciprocidade e eu estou convencido que o Sporting e o SC Braga vão resolver esta situação.

 

O pior que poderia acontecer era ter dois jogadores com este estatuto, qualidade e talento a jogarem contrariados porque os seus dirigentes não arranjaram uma solução positiva. Neste quadro o que se tem de fazer é encontrar uma solução útil ao clube e ao jogador».

 

A bem dizer, Joaquim Evangelista perdeu uma boa oportunidade para não se evidenciar - e refiro exclusivamente o caso de Adrien Silva - uma vez que os direitos do jogador não estão a ser desrespeitados, nem existe qualquer alegação de transgressão contratual. Compete aos clubes decidir os moldes como negoceiam os seus activos e, neste contexto, o Sindicato não tem poder nem autoridade e muito menos causa, ao abrigo das leis vigentes, para intervir.

 

Apelo ao diálogo e a reciprocidade faz sentido, mas são condições inerentes a qualquer processo do género e não somente a estes dois, que estão agora a ser debatidos na praça pública e que aguardam decisão das partes competentes.

 

Fundamentalmente, uma intervenção "politicamente correcta" de Joaquim Evangelista, sem impacte real.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16

Frase do Dia

Rui Gomes, em 06.05.16

 

ng2754137.jpg

 

«Deploro a poluição sonora que torna irrespirável o futebol português, com as constantes trocas de acusações e conflitos gerados entre dirigentes e treinadores dos "grandes" do futebol português».

 

                                                                                               Joaquim Evangelista

 

                                                                                       Presidente do Sindicato de Jogadores

                                                                                                    Profissionais de Futebol

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:46

Ainda outro comunicado do Sporting

Rui Gomes, em 12.09.13

 

 
O Sporting emitiu ainda outro comunicado, este no sentido de responder às declarações de Joaquim Evangelista - presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol - tanto quanto à posição do Sindicato perante a decisão da Comissão Arbitral Paritária sobre o caso Bruma, como, também, pelas suas mais recentes considerações sobre acções abusivas e ilegais praticadas contra jogadores. 
 
A primeira contenda já não merece mais comentário pelas semanas que passámos a debater a questão e, sobre a segunda, publicámos o nosso parecer neste recém-post.
 
O comunicado do Sporting pode ser lido aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Joaquim Evangelista critica...

Rui Gomes, em 10.09.13

 

 

O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol surgiu esta terça-feira a criticar a forma como o Sporting está a conduzir os processos dos jogadores que pretende despedir:

 

«É legítimo que os clubes utilizem processos disciplinares, mas não para colocar o jogador em posição mais vulnerável e assim obrigarem-no a aceitar condições contratuais mais desfavoráveis. O Sindicato não vê com bons olhos esta prática abusiva e ilegal, que tem como objectivo o despedimento dos jogadores. Compete a estes reagir e não se deixarem intimidar com estas práticas.»

 

A especificidade dos casos do Sporting deixo para quem de direito discutir e decidir mas, em geral, numa ocasião para mim inédita em concordar com Joaquim Evangelista, acho que os princípios em que esta disposição assenta são inteiramente correctos e aplicáveis a quaisquer jogadores e clubes. Dito isto, seria também útil o presidente do Sindicato vir a público quando casos e circunstâncias deste cariz apontam para os nossos rivais, nomeadamente o clube do Norte que é pródigo em recorrer a medidas minimamente suspeitas no seu tratamento de jogadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:27

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo