Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bacelar Gouveia "bate com a porta"

Ricardo Leão, em 11.01.17

 

jorge-bacelar-gouveia.jpg

 

Eis a última saída da equipa de Azevedo de Carvalho. Jorge Bacelar Gouveia, presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar, abandona as funções e não se recandidata. Junta-se a outros ex-brunistas como Rui Morgado, Vitor Ferreira e Artur Torres Campos, entre outros.

 

No seu mural do Facebook faz os habituais elogios e agradecimentos de circunstância mas sabe-se que, por detrás dos públicos elogios, existiram sempre enormes divergências com Azevedo de Carvalho que levaram Bacelar Gouveia a avisar da sua intenção de não se recandidatar.

 

No mural de Bacelar Gouveia pode ler-se "Amanhã presidirei à última reunião do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) do Sporting Clube de Portugal deste mandato do quadriénio 2013-2017, não sendo candidato a qualquer órgão social do Clube nas eleições agendadas para 4 de março de 2017."

 

É mais uma baixa de peso na equipa de Bruno, crescentemente isolado e em ruptura com aquele que foi, em tempos, o seu núcleo duro.

 

Porque será? 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33

Vozes a mais e inoportunas

Rui Gomes, em 15.04.13

 

Está mais do que visto que quando Bruno de Carvalho prometeu que o Sporting passaria a falar a «uma só voz», essa sua consideração não era extensiva aos «políticos» que ocupam cargos nos órgãos sociais. A exemplo recente do presidente da Mesa da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, Jorge Bacelar Gouveia, presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar, surgiu, novamente, na praça pública a falar de futebol, da arbitragem e do «derby» que se aproxima: «O Sporting está a recuperar, tem melhorado nos últimos jogos e está preparado para mostrar a sua força, O Sporting joga sempre para ganhar. Espero que prevaleça a verdade desportiva, com uma arbitragem séria e que não cometa erros. A arbitragem pode ter influência, espero que isso não aconteça no próximo jogo.»

 

Muito além das multiplas vozes que estão a surgir, cada vez mais, bem sabemos que este tipo de discurso na véspera de um jogo importante é uma faca de dois gumes. Muito por isso, seria porventura mais prudente evitar enunciações cuja interpretação pode precipitar repercussões. Já são horas de Bruno de Carvalho cumprir com mais uma das suas promessas eleitorais e recorrer à proverbial fita cola para silenciar estas vozes inoportunas.

 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo