Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

sport-preview-adrien-silva.jpg

 

De acordo com o jornal britânico Daily Mirror, o veredicto do recurso do Leicester City sobre a inscrição de Adrien Silva será conhecido em breve e tudo aponta para que luz verde seja dada ao ex-capitão do Sporting.

 

A transferência do jogador para a equipa inglesa não chegou a ser confirmada pelos "foxes" e está ainda nas mãos da FIFA. O atraso, de 14 segundos, na entrega da documentação de Adrien levou a que o futebolista ficasse impedido de jogar no imediato. O Leicester recorreu da decisão e, a acreditar nesta notícia, o caso será resolvido nos próximos dias.

 

Na passada quinta-feira Adrien Silva prometeu através das redes sociais deixar uma mensagem aos adeptos leoninos assim que lhe seja "oportuno e autorizado".

 

Para ser sincero, parece-me uma notícia sem real fundamento, até porque nem sequer é claro que o Leicester recorreu da decisão da FIFA em não aceitar a inscrição de Adrien. O clube inglês nunca o confirmou directamente e a imprensa inglesa surge a admitir cenários favoráveis, mas sem confirmação de fonte oficial. Entretanto, Adrien nem sequer está autorizado a treinar com os "foxes" e continua no ar a possibilidade de não poder regressar a actividade até Janeiro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:09

 

img_770x433$2017_09_01_17_53_02_1308142.jpg

 

Adrien Silva faz parte da lista de 25 jogadores inscritos pelo Leicester para disputar a Premier League, comunicada esta sexta-feira pelo campeonato inglês no seu site oficial. Uma inscrição que, ao que tudo indica, ainda está dependente da aprovação da FIFA em relação à transferência do médio do Sporting para Inglaterra.

Ora, caso a FIFA dê parecer negativo, Adrien ficará sem disputar jogos oficiais até Janeiro, altura em que o mercado volta a abrir. Aí, assim que o mercado reabrir, o médio pode então ser opção nos foxes. De referir que a lista de inscritos de cada clube tem de ser submetida até às 16 horas do dia seguinte ao fecho do mercado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50

Adeus e boa sorte Adrien !

Rui Gomes, em 01.09.17

 

img_770x433$2017_09_01_02_39_40_1308039.jpg

 

Como o leitor poderá verificar pelo post que segue, a informação sobre a transferência de Adrien Silva para o Leicester City FC já chegou bem tardia, cerca das 3 horas da madrugada. Com pouca energia e já com a cabeça pesada, não me dei ao trabalho de rectificar o outro post.

 

A esta hora, ainda falta a confirmação oficial dos clubes, mas creio que não há margem para dúvidas que o negócio foi selado e deu entrada na Premier League dentro do prazo que esta concedeu ao Leicester.

 

O até agora «capitão» do Sporting vai passar a representar o referido emblema inglês, transacção que vai permitir ao Sporting encaixar cerca de 30 milhões de euros, tendo em conta valores por objectivos.

 

Adrien foi dispensado por Fernando Santos do encontro com as Ilhas Faroé, tendo viajado de imediato para Inglaterra. Já no centro de estágio do Leicester, cumpriu os habituais exames médicos e depois ficou a aguardar pelo desenrolar das negociações entre leões e foxes e também entre o Leicester e o Chelsea para a transferência de Danny Drinkwater.

 

Com o mercado a fechar às 23 horas, a formação britânica acabou por pedir uma extensão do prazo (duas horas), de forma a poder concluir os dois negócios. Com os exames médicos já cumpridos, contrato assinado até 2021 e toda a documentação em ordem, ficou a faltar apenas o "selo" oficial para a conclusão da transferência de Adrien. Em simultâneo decorria a venda de Drinkwater para o Chelsea, negócio que acabou por ser finalizado por 38 milhões de euros.

 

ADENDA: Surgiu uma enorme confusão no debate entre leitores sobre transferências e inscrições de jogadores. É verdade que não sabemos com exactidão o enquadramento completo do processamento da transferência de Adrien Silva. Temos conhecimento que o Leicester solicitou às autoridades federativas inglesas um prazo de extensão de duas horas para poder finalizar a transferência de Adrien e de um jogador seu - Danny Drinkwater - que foi vendido ao Chelsea. O nome deste último surge na lista de transferências, enquanto que o de Adrien não. Teremos de esperar para saber os 'quês' e 'porquês' do caso do até agora jogador do Sporting. É possível que o processamento tenha ido além do referido prazo de duas horas, mas não sabemos ao certo.

 

A outra questão que surgiu em discussão tem a ver com o processamento de transferências internacionais e inscrições federativas. Em Outubro 19, 2003 o Comité Executivo da FIFA proclamou uma série de regulamentos relacionados com esta questão, para cumprimento por parte dos órgãos federativos de cada país. Consequentemente, um clube assume a obrigatoriedade de responder directamente à autoridade federal e não directamente à FIFA, que nada tem a ver directamente com a inscrição de um jogador. Acontece, no entanto, que uma cópia da certidão de transferência internacional tem de ser enviada para a FIFA.

 

Surgiu em discussão exemplos de outros casos que, em princípio, não são relevantes. Quando há decisões que são contestadas a nível federativo, através de recursos, é natural que a autoridade relevante para esses recursos seja a FIFA.

 

Esta é a leitura completa que eu faço de tudo isto, reiterando, no entanto, que não tenho conhecimento de causa sobre os detalhes do processamento da transferência de Adrien Silva.

 

COMUNICADO DO SPORTING À CMVM

 

"A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, informar o mercado que chegou a acordo com o Leicester City Football Club para a cedência, a título definitivo, dos direitos desportivos e económicos do jogador profissional de futebol ADRIEN SILVA, estando o registo da mesma a aguardar confirmação da FIFA".

 

Este comunicado não revela os valores inerentes ao negócio com o Leicester City, apenas e tão só porque a SAD não assume essa obrigatoriedade. Creio, no entanto, que quando a transferência for oficializada - se chegar a ser - seremos informados desses valores.

 

A minha leitura sobre o que o Sporting refere como "confirmação da FIFA" é relacionado com a certidão de transferência internacional, documento imperativo neste tipo de transacções, com uma cópia do mesmo a ter de ser enviado para a FIFA.

 

Até provas em contrário, continuo a insistir que o negócio foi selado por 22 milhões de libras, mais objectivos, que farão com que o valor total se aproxime dos 30 milhões de euros. Se este valor não é correcto, deveremos ser devidamente elucidados em breve.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:12

 

256423.jpg

 

Islam Slimani foi uma das contratações mais sonantes do Leicester no passado Verão, trocando o Sporting pelos "foxes" a troco de 35 milhões de euros. No entanto, a acreditar no jornal britânico The Sun, o argelino parece não ter justificado o investimento, pelo que se encontra na lista de dispensáveis do emblema inglês.

 

Como é possível, perguntará o leitor... Um ano depois Slimani terá perdido a faculdade de marcar golos, de travar grandes lutas com as defesas adversárias, de recuar no terreno e ajudar a equipa nas compensações defensivas ?

 

Não creio que seja esse o problema e até não considero que o futebol que ele encontrou na Premier é a principal causa. Temos um Leicester que após uma campanha histórica e a conquista do título em 2015/16, não estava apta para defender esse seu novo estatuto e acusou a pressão dos feitos da época anterior.

 

Muito leva a crer que Slimani foi contratado sem o aval de Claudio Ranieri, considerando que raramente foi primeira opção do treinador campeão que acabaria por ser despedido. Questões de confiança e ritmo competitivo terão entretanto afectado Slimani, que continuou a não ser visto de bons olhos pelo novo técnico Craig Shakespeare. O próprio Leicester passou uma boa parte da época a lutar pela manutenção, acabando por se classificar em 12.º lugar, com 12 vitórias, 8 empates e 18 derrotas, 49 pontos atrás do campeão Chelsea.

 

Slimani, na English Premier League, participou em 23 jogos, 13 dos quais como titular, com 7 golos marcados. Muito abaixo das expectativas.

 

Confirmando-se que está na lista de dispensáveis do Leicester, um clube que está muito interessado nos seus serviços é o recém-promovido Newcastle, que conta com Rafael Benítez ao leme da equipa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:54

E o burro sou eu !

Rui Gomes, em 08.12.16

 

3fd7beb0e76cf6f6303aa5d9215b7e2d.jpg

Pela minha petulância em escrever isto !

 

 

FC Porto 5  Leicester City 0

 

 

Não vou argumentar o caso nesta ocasião, mas passo a citar o Artigo 6, alínea a) dos Regulamentos da Liga dos Campeões. É tão simples, que nem é necessário traduzir o texto para português:

 

On entering the competition, participating clubs agree:


a. to play in the competition until their elimination and to field their strongest team throughout the competition.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:27

Foto do Dia

Rui Gomes, em 28.09.16

 

img_FanaticaBig$2016_09_27_20_21_54_1162421.jpg

 

Deixo claro, desde já, que a derrota do FC Porto "às mãos" do campeão inglês Leicester, não me dá causa para regojizo. Acontece que a vitória britânica foi assegurada através de mais um golo de Slimani a Iker Casillas.

 

Digo "mais um golo", porque é o sexto de Slimani a Casillas em 2016, embora seja o primeiro "inglês". Slimani habituou-nos a ser letal com os seus cabeceamentos e, pelos vistos, nada mudou pela sua transferência para terras de Sua Majestade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:41

 

Islam-Slimani.jpg

 

Devido à hora tardia em Portugal, é muito provável que só amanhã se veja comunicação oficial do Sporting, mas notícias de última hora provenientes de terras de Sua Majestade dão a transferência de Slimani para o Leicester City como finalizada, com o Sporting a receber 35 milhões de euros.

 

Depois de tanto que ameaçava tornar-se em mais uma "novela", o avançado argelino irá finalmente representar o campeão inglês em título na próxima época. Ironicamente, até é possível que venha a regressar a Alvalade num futuro não muito distante, mediante os resultados da Liga dos Campeões, prova que ambos os clubes estão a disputar.

 

Creio que vamos sentir a sua falta dentro das quatro linhas, mas o futebol é mesmo assim, hoje mais do que nunca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:51

 

islam-silmani-sporting-gettyimages-531587894_34900

 

A cadeia televisiva Sky Sports anunciou há pouco que o Sporting rejeitou já esta manhã de terça-feira uma oferta de 25 milhões de libras (cerca de 29.2 milhões de euros) do Leicester City, por Slimani, estando a ser exigido 34 milhões de libras (cerca de 39.8 milhões de euros). Será, porventura, 40 milhões de euros.

 

Referência também a Adrien Silva e uma proposta dos campeões ingleses de 21 milhões de libras (cerca de 24.5 milhões de euros).

 

Bem... dois casos à escolha. Se um  promete ruídos, o outro não fica atrás.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:03

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 13.06.16

 

mastheadimage-1448443307015.png

Leicester City transfer rumours: €20m bid

not enough for €30m Slimani

 

untitled.png

 

Sendo verdade - e muito indica que poderá ser -, o Sporting fez bem em recusar uma proposta do Leicester City por Slimani, de 20 milhões de euros, mais 5 milhões por objectivos ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:38

William nas contas de Claudio Renieri

Rui Gomes, em 13.05.16

 

maxresdefault.jpg

 

Já tivemos ocasião de comentar o noticiado interesse do campeão inglês Leicester City em William Carvalho, no início do mês. Esta quinta-feira, o jornal espanhol AS deu destaque à lista de sete reforços que supostamente são alvo prioritário de Claudio Ranieri para a próxima época. Entre os sete, consta o médio do Sporting.

 

Recorde-se que o internacional português prorrogou o seu contrato em Fevereiro, numa operação que manteve a cláusula de rescisão nos 45 milhões de euros, mas aumentou o ordenado e a extensão do vínculo até 2020.

 

Além de William Carvalho, também Luis Hernández (defesa do Sporting Gijón), M'Baye Niang (avançado do Milan), Troy Deeney (avançado do Watford), Lucas Pérez (avançado do Deportivo da Corunha), Yannick Bolasie (médio do Crystal Palace) e Álvaro Morata (Juventus) fazem parta da lista prioritária do campeão da English Premier League.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:40

Adeptos milionários do Leicester

Rui Gomes, em 03.05.16

 

ng6655295.jpg

 

Antes do arranque da Premier League o título do Leicester City era tão improvável que as casas de apostas colocaram as 'odds' bem altas para o clube de Ranieri. 5000 para 1. Ou seja, em caso de um apostador colocar uma libra no título do Leicester, receberia cinco mil caso tal acontecesse. E aconteceu.

 
A Ladbrokes, uma das maiores casas de apostas, confirmou ter recebido 47 apostas para o título do Leicester, mas apenas 23 continuam válidas nesta altura, com os restantes a preferirem garantir os ganhos numa fase mais precoce da época, assim que lhes foi permitido. A mesma casa confirmou que, em 130 anos de existência, nunca pagou uma aposta desde género, com odds tão altas. Uma estimativa aponta para um pagamento de 3 milhões de libras - 3,8 milhões de euros - a apostadores do Leicester, sensivelmente o triplo daquilo que recebeu de todos os jogadores que apostaram nos vencedores da Premier League.


A William Hill, casa que detém cerca de 20% do mercado as apostas,considerou, em Agosto, ser mais provável Elvis Presley estar vivo ou o monstro do Loch Ness aparecer do que o Leicester ser campeão. Assim habilita-se agora a pagar mais de 10 milhões de libras aos apostadores do City. Tom Hanks, por exemplo, já confessou ter apostado 100 libras no clube de Ranieri. Se for verdade, vai receber meio milhão de libras - 636 mil euros. Antes disto, a maior aposta paga tinha sido de 125 mil libras ao neto de Harry Wilson, internacional galês, que 13 anos antes da estreia do filho na selecção, apostou que o rapaz ia vestir a camisola do país.


Mas nem tudo é mau para as casas de apostas, pois já se prevê que adeptos de clubes inferiores queiram tentar a sua sorte na próxima época. Se aconteceu ao Leicester pode acontecer a qualquer um. Mas por via das dúvidas, já foi anunciado que a 'odd' mais alta será apenas de 1000:1. Não vá a sorte tecê-las novamente.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:37

 

ng6643259.jpg

 

Segundo o diário inglês The Sun, Claudio Ranieri - treinador do Leicester City - considera William Carvalho um dos alvos prioritários para reforçar o quase campeão da Premier para a próxima época.

 

O médio defensivo Ngolo Kante está na mira do Manchester United e Arsenal, sendo a sua saída muito provável. E é neste cenário que se enquadra a hipótese William Carvalho, jogador muito admirado pelo técnico.

 

No entanto, duas importantes considerações poderão vir a impedir esta potencial transferência: a primeira, talvez a mais significativa, recai sobre o interesse do médio leonino num clube de menor dimensão, mesmo que esteja na iminência de ser coroado campeão inglês. A segunda, relaciona-se com questões financeiras. Com um orçamento bastante reforçado pelo contrato de direitos televisivos que existe na Liga inglesa (consta cerca de 100 milhões de euros) e ainda com os demais milhões que receberá pela qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões, o recorde de transferências do Leicester é 12 milhões de euros, valor que pagou por Andrej Kramaric. Um eventual negócio por William Carvalho implicará valores muito mais elevados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:38

Para terminar o dia com um sorriso

Rui Gomes, em 29.04.16

 

TomHanksGoldenGlobes2014LSAPPhoto_article_story_la

 

O actor norte-americano Tom Hanks afirmou que apostou 128 euros para ver o Leicester se sagrar campeão da Premier League e agora poderá ganhar cerca de 644 mil euros.

 

À margem da apresentação do filme "A Hologram for the King”, o oscarizado actor, que é adepto do Aston Villa, foi confrontado com a despromoção dos "Villans" do campeonato principal inglês.

 

"Estás a tentar fazer-me chorar na televisão? Isso foi mau, mas sabes o que fiz no início da temporada? Apostei 100 paus no Leicester", afirmou.

 

Recorde-se que no início da temporada, as casas de apostas definiam "odds" de 5.000 para o Leicester ser campeão, significando que o actor pode agora ganhar 644 mil euros.

 

Contudo, muitos acreditam que Hanks estava a brincar com a imprensa, uma vez que estavam a falar de futebol durante a estreia de um filme: "Se calhar fiz, se calhar não fiz. Mas vocês deviam procurar alguém que tenha apostado uns 25 paus no início da época naquele clube, pois vão ser milionários…”

 

Recorde-se que o Leicester tem sete pontos de vantagem sobre o Tottenham, segundo classificado, quando faltam apenas três jornadas para o fim.

 

O antepenúltimo jogo da temporada do Leicester, diante do Manchester United, no Old Trafford, é neste domingo, às 14h00 (hora de Portugal).

 

Quando até Tom Hanks fala no inacreditável feito da equipa de Leicester City, é sinal de que todo o Mundo está a prestar atenção e... a apoiar os "underdogs" !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26

Digno de reconhecimento

Rui Gomes, em 25.02.16

 

600_gif.png

 

O Leicester mostrou ser muito mais do que o líder da Premier League ao ter um gesto inigualável com um pequeno adepto de nove anos, que tinha perdido a mãe há apenas dois dias.

 

Por isso, pode até nem ser o campeão oficial de Inglaterra em 2015/2016, mas por mais esta já merece o título.

 

Charlie Keyworth é sobrinho-neto do ex-jogador do Leicester, Ken Keyworth, ídolo do clube nos anos 60, maior goleador da última grande época do Leicester - 4.º lugar em 1962/63 - e campeão da Taça da Liga, e por isso é adepto do clube.

 

Na semana passada perdeu a mãe vítima de um cancro e confrontado pelo pai sobre o que queria fazer no sábado, de forma a animá-lo, a resposta foi simples: ir à loja do Leicester no King Power Stadium.

 

Por isso, um tio entrou em contacto com o clube para ver se poderia ser feito algo extra e a resposta foi positiva. O tempo era pouco e não havia jogo nesse dia, mas o Leicester não hesitou em oferecer uma visita guiada ao museu do clube e ao estádio.

 

O sorriso de Charlie diz tudo. E foi tão fácil.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo