Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

A SAD do Leixões confirmou este sábado em comunicado, ter solicitado a abertura de um processo de inquérito ao Sporting pela utilização de André Geraldes e Ryan Gauld em jogos da II Liga.

 

Na página oficial do clube na Internet, a SAD informou ter avançado, junto da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), na passada terça-feira, um processo de participação disciplinar e requerimento de abertura de processo de inquérito pela utilização dos jogadores, "por aconselhamento do seu departamento jurídico".

 

0.jpg

 

«Cabe-nos em relação ao mesmo esclarecer que, na Leixões SAD, não estamos nem estaremos ao serviço de outros clubes e que tomámos esta iniciativa em defesa do que acreditamos ser a defesa do interesse do nosso clube e da verdade desportiva. Por uma questão de cortesia e do princípio de boas relações com todos os clubes, comunicou-se pessoalmente aos responsáveis do Sporting que iria tomar esta medida».

 

Em 19 de Março, o Leixões perdeu 2-1 com o Sporting B, em partida da 33.ª jornada, disputada no Estádio do Mar, tendo a equipa leonina alinhado com Ryan Gauld de início.

 

À entrada para a 38.ª jornada - em que recebe este domingo o Olhanense - o Leixões ocupa o 19.º lugar, com 41 pontos, sendo a primeira das quatro equipas em lugares de despromoção.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

Na realidade, mais da mesma "guerra"

Rui Gomes, em 20.04.17

 

Dando seguimento ao nosso outro post do dia sobre as queixas que Leixões e Freamunde apresentaram à FPF sobre as inscrições, pelo Sporting, de Ryan Gauld e André Geraldes, estamos perante uma outra edição desta "novela" que, na realidade, é apenas e tão só mais da mesma "guerra" entre Sporting e Benfica.

 

img_770x433$2016_01_21_05_36_36_508994.jpg

 

Segundo avança o jornal O Jogo, a Sporting SAD, leia-se Bruno de Carvalho, acredita que esta queixa, motivada por Leixões e Freamunde, terá sido 'orquestrada' pelo Benfica para 'agitar as águas' em semana de «derby».

 

Os responsáveis leoninos acreditam que este processo é motivado pelo Benfica, visto que a queixa movida pela equipa de Matosinhos não acolheu a decisão unânime do Conselho de Administração, acabando por seguir o conselho do departamento jurídico e avançar com a participação. A informação terá sido partilhada por um elemento da estrutura accionista do Leixões. No entanto, a SAD leixonense considera este fundamento falso.

 

A administração do emblema de Matosinhos entende que os pontos perdidos frente ao Sporting B são essenciais para escapar à despromoção. Uma posição partilhada pelo Freamunde, que afirma ter feito a queixa sem o conhecimento da mesma intenção por parte de outros clubes. O Benfica, por outro lado, nega não só as ligações a estes dois clubes como a acusação por parte do Sporting.

 

Caso a Comissão de Instrutores da Liga, que vai receber o processo do Conselho de Disciplina, opte por sancionar o Sporting, a equipa B poderá ser punida com a derrota nos jogos em causa e a subtracção entre dois a cinco pontos na tabela classificativa.

 

Fundamentalmente, mais "lavagem de roupa suja" que em nada beneficia os clubes ou o futebol. Neste clima guerrilha em que se vive tudo é possível, mas, em princípio, não parece ser lógico argumentar que o clube da Luz orquestrou estas recém-acções dos clubes da Segunda Liga, muito em especial em relação ao «derby» de sábado. Por não existir qualquer ligação, não destabiliza de forma alguma os elementos da equipa principal que, decerto, terão entre mãos muitas outras preocupações relativamente ao importante embate que se aproxima.

 

Isto está a chegar a um extremo tão ridículo, que é justo questionar se ainda se joga futebol em Portugal, ou se a modalidade está emoldurada num lamaçal de egos e interesses obscuros, tornando o jogo, em si, secundário.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20

 

O absurdo extrai-se da relação do homem com o mundo. Não se encontra exclusivamente no plano das coisas nem está totalmente no lado humano. Destaca-se da relação do homem com o seu próximo, consigo mesmo e com a vida. O homem sente-se absurdo enquanto ser “lançado” no palco da existência. O absurdo é, por isso, um “divórcio”, um “exílio”, uma inadequação fundamental entre um actor (o homem) e o seu palco (o mundo).

 

Duvido muito que Bruno de Carvalho tenha a honestidade moral e intelectual de sentir-se absurdo, o que não impede, no entanto, que a sua postura e algumas das suas tomadas de decisão não o levem a ser assim categorizado.

 

Isto, especificamente a propósito de uma situação que nunca foi verdadeiramente esclarecida e compreendida e que agora volta à praça através de uma queixa apresentada pelo Leixões e Freamunde, contra o Sporting, pela alegada irregular utilização de Ryan Gauld e André Geraldes na Segunda Liga, e que levou o Conselho de Disciplina da FPF a instaurar um processo com aparente base na quebra de contrato unilateral com o Vitória de Setúbal, clube a que os jogadores estiveram emprestados até Janeiro.

 

RG AG.jpg

 

Na sequência desta notícia, surge outra, em que é reportado que o Sporting terá em sua posse um parecer da directora-executiva da Liga, subscrito em Janeiro por um consultor jurídico da mesma entidade, que diz que os jogadores André Geraldes e Ryan Gauld podiam jogar pelo Sporting e por mais nenhum clube no restante da temporada.

 

Não podemos de modo algum contrariar esta disposição, admitindo até que terá sido o único instrumento que permitiu a inscrição dos jogadores pelo Sporting, na inexistência de qualquer regulamento oficial nesse sentido. Sendo assim, é muito provável que o todo deste caso, por absurdo e desnecessário que seja, à raiz, não venha a precipitar mais danos.

 

Tudo isto provocado pelo oblíquo ego de Bruno de Carvalho, que mais uma vez raciocinou e agiu de modo a não ser possível identificar os benefícios para o Sporting. Depois ainda surgem adeptos indignados com as críticas ao presidente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

Mais um dissabor para os "Bês"

Rui Gomes, em 18.02.16

 

ng5968656 (3).jpg

 

Depois de dar termo a um ciclo de sete jogos sem vencer, com a vitória sobre o Oriental, a equipa B do Sporting foi  ao Estádio do Mar perder com o Leixões, por 3-1, em jogo da 30.ª jornada da II Liga, permitindo ao emblema de Matosinhos deixar a zona de despromoção.

 

Sob muita chuva e com um terreno muito pesado, Betinho, marcou o único golo leonino já perto do intervalo (41'). Baldé ainda mandou uma bola ao poste, aos 75', mas a produtividade ofensiva dos comandos de João de Deus não passou disto.

 

Com este resultado, como já referimos, o Leixões deixou a zona de despromoção, sendo provisoriamente 16.º, com 36 pontos, enquanto o Sporting B é 13.º, com 39.


Sporting B: Pedro Silva, Jorge Silva, Domingos Duarte, Tomás Rukas, Mica, Bubacar Djaló, Ryan Gauld, Podence (Cristian Ponde, 57), Francisco Geraldes (Mama Baldé, 46), Chaby (Kikas, 67) e Betinho.

(Suplentes: Stojkovic, Kikas, Cristian Ponde, Mama Baldé, Ivanildo Fernandes, Rafael Barbosa e Zezinho).


Árbitro: Manuel Oliveira (Porto).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Betinho (45+2).

Assistência: Cerca de 500 espectadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:42

 

231210_med_leixoes_v_sporting_b_segunda_liga_j14_2

 

Em jogo da 37.ª jornada da II Liga, a equipa B do Sporting recebeu e venceu o Leixões, por 3-1. Os golos leoninos foram da autoria de João Palhinha (39'), Diego Rubio (44') - o seu 11.º golo do campeonato - e Gelson Martins (78'). Ironicamente, o golo do Leixões foi marcado por Enoh (64'), "leão" emprestado à equipa de Matosinhos em Janeiro de 2015. O Sporting alinhou com os seguintes:

 

Luís Ribeiro; Riquilho, Nuno Reis, Sambinha e Jonathan Silva; Wallyson Mallmann, João Palhinha e Francisco Geraldes (Daniel Podence, 73'), Gelson Martins, Dramé (Sacko, 62') e Diego Rubio (Cristian Ponde, 81').

 

Ainda no banco: Guilherme Oliveira, Rabia, Fábio Martins e Mica Pinto.

 

Com este resultado, o Sporting soma 63 pontos, 4 atrás do líder Chaves e 3 atrás do Tondela, um à frente da União da Madeira e do Feirense.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:13

Enoh no Leixões ?

Rui Gomes, em 23.01.15

 

231208_galeria_leixoes_v_sporting_b_segunda_liga_j

 

Consta que Lewis Enoh está a caminho do Leixões - actual 17.º classificado da II Liga - por empréstimo até ao final da temporada. A confirmar-se, será o quarto elemento da equipa B a ser cedido durante o mês de Janeiro, depois de Iuri Medeiros e Fokobo (Arouca) e Filipe Chaby (União da Madeira).

 

Enoh participou em 16 jogos pela equipa B do Sporting esta época, 6 como titular e 10 como suplente utilizado, acumulando 708 minutos de jogo (7,86 jogos), com 3 golos marcados.

 

Está em curso uma "política" de cedências que visará emagrecer o plantel secundário e/ou proporcionar meios a certos jogadores de poderem jogar com mais regularidade. Salvo algo que nos escapa a atenção, esta aparenta ser a explicação mais plausível.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:53

Há erros que se pagam caro...

Ricardo Leão, em 17.05.14
 

 

Anderson Esiti, actual jogador do Leixões, que podia ter sido comprado pelo Sporting por pouco mais de 200 mil euros, e que não fica atrás de William Carvalho, nem em físico, nem em técnica, foi para o Estoril... Para o ano será a revelação da 1ª Liga e no final vale 3 a 5 milhões...

Em Alvalade há quem esteja a dormir...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:17

Afinal de contas...

Rui Gomes, em 07.02.14

 

Já desde Novembro de 2013, e em diversas outras ocasiões posteriormente, que é noticiado que já existia um acordo entre o Sporting e o Leixões, para a transferência, no Verão, de Anderson Esiti - médio-defensivo nigeriano de 19 anos - e que este também já tinha concordado com um contrato para as próximas cinco épocas.

 

Muito embora nunca tenha surgido confirmação formal por parte do Sporting, do Leixões ou do jogador, tudo levava a crer que a informação era fidedigna. Contudo, surgiram notícias esta quinta-feira indicando que terá havido qualquer desacordo entre as partes e que o jovem futebolista assinou com o VfB Estugarda, da "Bundesliga", efectivo no Verão.

 

Muito indicava que seria uma boa aposta do Sporting mas, pelos vistos, teremos falhado na contratação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:14

Mais expulsões do que golos !

Rui Gomes, em 22.01.14

  

 
 

 

A equipa B do Sporting empatou (1-1) esta quarta-feira na recepção ao Leixões em jogo a contar para 26.ª jornada da II Liga, num jogo que viu mais expulsões (5) do que golos (2).

 

No registo, duas para o Sporting: Riquicho (13') - Nuno Reis (67') e três para o Leixões: Chastre (39') - Anderson (80') e Cadinha (90'+1). O marcador para o Sporting foi Ricardo Esgaio através de grande penalidade, o seu 10.ª golo da campanha.

 

O Sporting ocupa agora o 6.º lugar da tabela classificativa, com 43 pontos, menos 6 do que o líder Moreirense.

 

O árbitro da partida foi Hélder Malheiro da Associação de Futebol de Lisboa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:01

Novo reforço ?

Rui Gomes, em 14.11.13

 

 

É hoje noticiado pelo jornal "A Bola" que o Sporting já garantiu a contratação do jogador do Leixões, Anderson Esiti, de 19 anos, que vai assinar contrato para as próximas cinco épocas. O médio defensivo natural da Nigéria tem 1,89 metros e 82 quilos. Segundo o diário desportivo, o jovem estava destinado a ir para uma equipa angolana, mas que o Sporting antecipou-se e garantiu a sua contratação. Em princípio, irá jogar na equipa B sob o comando de Abel Ferreira.

 

Nesta época alinhou como titular no Leixões em 21 jogos, acumulando 1659 minutos de jogo (18,4 jogos) sem marcar golos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

Mau começo para a equipa B

Rui Gomes, em 01.09.13

 

 

Em contraste com a equipa principal, a equipa B, sob o comando do estreante Abel Ferreira, está a atravessar uma fase algo caricata nestas primeiras jornadas da II Liga, com apenas duas vitórias em cinco jogos - 6 pontos dos 15 possíveis - 4 golos marcados e 7 sofridos, e encontra-se em 12.º lugar da tabela classificativa, à condição.

 

O Sporting perdeu este domingo no terreno do Leixões por 3-0 e as suas únicas duas vitórias registaram-se perante o Beira-Mar por 3-1 e o Trofense por 1-0.

 

Este estado das coisas não deixa de ser surpreendente, já que a base da equipa é essencialmente a da época passada, que apesar de ter sido afectada pelas chamadas de jogadores à equipa principal, ainda conseguiu realizar uma boa temporada. Abel Ferreira estará a verificar que o nível de competitividade da II Liga é bastante exigente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14

Estórias de Alvalade - Alhinho

Rui Gomes, em 01.06.13

Dando seguimento às incidências do jogo de 29 de Outubro de 1972 entre o Sporting e o Leixões, em que houve invasão de campo e agressões ao árbitro Carlos Lopes. O evento visto pelo jogador do Sporting, Alhinho:

 

«Foi um dos episódios que mais me marcaram em Alvalade. Aquele dia não correu bem ao árbitro e os adeptos perderam a paciência. Um pontapé de baliza mal assinalado foi a gota de água. Os adeptos começaram a saltar a vedação do lado da bancada nova, que ainda era peão, e desataram a agredir o árbitro. Eui fui o primeiro a chegar ao pé dele. Quando o homem já estava deitado no chão a levar pontapés na cabeça de quanto era lado. Deitei-me em cima dele e ainda levei algumas por tabela. Depois chegou o Yazalde e os outros colegas e tudo se acalmou. Quando o homem se levantou, deitava sangue da boca, do nariz e dos ouvidos. Acho que lhe salvei a vida. Fizemos um cordão e lá o retirámos do campo.

No final dessa época, o Sporting deslocou-se a Espanha para participar no torneio de Sevilha, onde também estavam o Benfica e duas equipas espanholas. No dia de folga fui dar uma volta ao El Corte Inglês e, num dos corredores, dou de caras com o senhor Carlos Lopes. O homem nem me deu tempo para estender a mão, "Oh Alhinho, estás bom pá ? Olha, deixa-me agradecer a grande ajuda que me deste naquele dia, já tinha tentado entrar em contacto contigo, mas não consegui, até disse ao teu sogro lá em Coimbra para te agradecer o facto de me teres protegido.", Respondi-lhe que não se preocupasse, que o mais importante era a saúde dele, mas havia ali qualquer coisa que não batia certo. O Carlos Lopes em Espanha ? É que naquele tempo não era muito habitual encontrarmos portugueses no estrangeiro. Não resisti e perguntei-lhe: "Mas o que´é que estás a fazer em Sevilha ?". O homem, com um ar orgulhoso, disparou convicto, "ora, Alhinho, vim ver o meu Benfica !.»

 

* Do livro "Estórias d'Alvalade" por Luís Miguel Pereira. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

Um jogo do Campeonanto Nacional entre o Sporting e o Leixões, a 29 de Outubro de 1972: Abriram a jaula !!!

 

«Tudo começou com uma grande penalidade que assinalei contra o Sporting. Assim que apontei para a marca o José Carlos, capitão do Sporting, começou logo a arranjar problemas. Foi mal educado comigo. Não tenho razões de queixa de ninguém a não ser do José Carlos.

O Celestino, jogador do Leixões, marcou o penalti que o Damas defendeu porque se tinha mexido.Eu mandei repetir. Caiu o Carmo e a Trindade. Por esta altura já havia adeptos do Sporting perto do relvado e junto de um dos meus fiscais de linha. Na segunda tentativa o Esteves do Leixões marcou golo. Também à segunda o Damas se mexeu, mas isso não era motivo para mandar repetir o penalti. O José Carlos chegou ao pé de mim e gritou: "então e agora o Damas não se mexeu ? Agora não manda repetir?". Aconselhei o José Carlos a ter calma caso contrário poderia ir ver o resto do jogo da bancada. E ele continuou: "Já viu bem como é que está o ambiente neste estádio ?"

Depois veio o lance que os jogadores do Sporting reclamaram pontapé de canto dizendo que tinha sido um jogador do Leixões o último a tocar na bola. Confesso que estava tapado por jogadores e não me apercebi do lance mas marquei pontapé de baliza por indicações do meu fiscal de linha. Na dúvida, até seria marcado pontapé de canto, mas depois da indicação do meu auxiliar já era tarde. 

Quando me virei para o lado sul só vi os adeptos enfurecidos a correr na minha direcção. Parecia que tinham aberto a jaula dos leões. Só tive tempo de pensar, "oh Rainha Santa, lá vai o Carlos Lopes para o maneta!". Nisto levo um soco que me atira para o chão e a partir daí choveram pontapés. Se não morri posso agradecer ao já falecido Manuel Marques - massagista do Sporting e da Selecção Nacional - foi ele que me protegeu. Foi a única pessoa que me ajudou. Ele e o Alhinho, que é muito meu amigo. Recordo-me que o Alhinho, por ser jogador do Sporting, conseguiu afastar alguns adeptos. Ainda me lembro dele aos gritos: "Eh pá, não há direito de fazerem isto ao homem."

Levaram-me para o posto médico onde estive sempre com o Manuel Marques, e depois fui transportado para o hospital de Santa Maria. Após esse jogo nunca mais apitei. Um dos meus joelhos tinha ficado muito mal tratado. Tão mal tratado que me impedia de correr. Curiosamente, ao longo da minha carreira de árbitro de futebol e de basquetebol, apitei vinte e tal jogos do Sporting e os leões nunca perderam.»

 

* Do livro "Estórias d'Alvalade" por Luís Miguel Pereira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo