Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Depois do apuramento do Real Madrid e da Juventus para a final da Liga dos Campeões, a ser disputada no dia 3 de Junho, em Cardiff, temos o Manchester United e o Ajax, dois históricos do futebol europeu, com encontro marcado para o dia 24 de Maio, em Estocolmo, para decidir o vencedor da actual edição da Liga Europa. No total, 38 títulos vão a jogo nas duas finais.

 

É bem verdade que nenhum clube português vai estar presente, no entanto, ambas as finais vão ter presença lusa. Na Champions, Pepe, Fábio Coentrão e, claro, Cristiano Ronaldo. Na segunda prova teremos o líder dos "red devils", José Mourinho e os seus adjuntos, Rui Faria, Silvino Louro e Ricardo Formosinho.

 

og-default.jpg

Nas meias-finais, cuja segunda mão se disputou esta quinta-feira, o Manchester United afastou o Celta de Vigo, ao passo que o conjunto de Amesterdão eliminou o Olympique de Lyon, de Anthony Lopes.

 

Esta será uma final inédita a todos os níveis: ingleses e holandeses vão defrontar-se, pela primeira vez na sua história, na decisão final de uma competição europeia que nunca conquistaram. A Liga Europa, que sucedeu à saudosa Taça UEFA, nunca viu United ou Ajax recolher o seu troféu.

 

Na história da Liga dos Campeões - anterior Taça dos Clubes Campeões europeus - o Ajax venceu a prova por quatro ocasiões enquanto o Manchester United foi campeão europeu por três ocasiões.

 

A final da Liga Europa desta época está marcada para uma quarta-feira, na Friends Arena, em Estocolmo. A bola começa a rolar às 19h45.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

Não há duas sem três...

Rui Gomes, em 06.05.16

 

ng4236468.jpg

 

... E é mesmo o caso com Daniel Carriço e o Sevilha, que ao eliminarem o Shakhtar Donetsk esta quinta-feira, reservaram a terceira presença consecutiva na final da Liga Europa, tendo vencido as primeiras duas.

 

Depois do empate a duas bolas registado em Kharkiv, há uma semana, o conjunto andaluz venceu, em casa, por 3-1, numa noite inesquecível para o luso-francês Kevin Gameiro, com dois golos, e Daniel Carriço a titular o tempo inteiro. Já o guarda-redes Beto, outro formado do Sporting, continua fora das opções do técnico Unai Emery.

 

Na final, agendada para 18 de Maio, no St. Jakob-Park, em Basileia, na Suíça, a equipa espanhola defrontará o Liverpool.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45

A "Europa" que não é para nós...

Rui Gomes, em 18.03.16

 

LIGA DOS CAMPEÕES

2344716_w2.jpg

 

LIGA EUROPA

2344672_w2.jpg

 

... 'Felizmente', há quem diga, porque o campeonato é o único objectivo. Sim... esse mesmo campeonato que nos está a fugir e no qual ainda temos oito finais a disputar, em princípio, sem poder abdicar de um único ponto, se desejamos alimentar quaisquer hipóteses da conquista do título.

 

Quanto aos meus prognósticos sobre esta eliminatória das provas europeias, antecipo o Real Madrid, Bayern Munique, Barcelona e Paris Saint-Germain a passar à fase seguinte na Champions. Já na Liga Europa, SC Braga vai fazer mais uma surpresa, e depois temos o Villarreal, Sevilha e Borussia Dortmund. Esta última eliminatória vai ser muito interessante, com o treinador Jurgen Klopp a defrontar o clube onde ainda hoje é considerado um ídolo. Uma vitória do Liverpool não está fora de hipótese, mas considero a equipa alemã superior.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:02

 

5-Prediksi-Bayer-Leverkusen-vs-Sporting-CP-26-Febr

                                                       

Não me vou alargar muito em comentário sobre este jogo, onde o futebol foi tão mal tratado, mas começo por dizer o mais óbvio: as opções de Jorge Jesus foram uma autêntica VERGONHA !!!

 

Insistir em dar a titularidade a Teo Gutiérrez é um total desrespeito pelo Sporting, como Instituição, e por todos os seus adeptos. Com a eliminatória perfeitamente ao alcance, ao intervalo, ainda iria a tempo para corrigir a equipa e dar-lhe a oportunidade de vencer este jogo e o desfecho dos 16 avos da prova. Não... deixou tudo na mesma e acabaria por ser um Slimani desmotivado a entrar no jogo apenas aos 67', depois de já estarmos a perder, precedido por Bryan Ruiz, que tinha entrado cinco minutos antes.

 

Mesmo tendo em conta as notórias poupanças, a lógica indicaria que seria, pelo menos, uma oportunidade para os jovens talentos como Gelson Martins e Matheus Pereira. O primeiro foi apenas opção aos 78', o segundo nem sequer "calçou".

 

A terceira consideração, neste mesmo contexto, leva-me a questionar a contratação de Hernán Barcos. Chegou há quase um mês e continua a não ser uma opção válida. Vamos ter outro Ewerton, que na época passada só começou a jogar na terceira semana de Março ? 

 

Por fim, a lesão "fantasma" - até provas em contrário - de Adrien Silva, alegadamente sofrida durante um treino. Já não era a intenção de Jorge Jesus de o integrar neste jogo, e a anunciada lesão apenas oficializou a sua ausência.

 

Antecipo a usual oratória sobre o campeonato ser o principal objectivo, aliás, o único, pelos vistos, mas por muito que queiram repetir este disco, fica longe de explicar tudo.

 

Esta postura competitiva por parte da estrutura e do treinador não satisfaz o que eu sinto que o Sporting representa. Mas como já me enganei tantas vezes, será mesmo mais um mero equívoco meu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:39

O exemplo do Sporting de Braga

City Lion, em 25.02.16

 

transferir.png

 

Ontem o Sporting de Braga ia ficando pelo caminho depois do Sion fazer a eles o que espero que o Sporting faça hoje em Leverkusen. Mas lá passaram e a verdade é que ainda continuam em todas as competições e no campeonato estão na posição que a qualidade da sua equipa indiciaria no inicio da época.

 

Fica confirmado que seria mesmo possível fazer mais e melhor do que estamos a fazer esta época, daí a minha grande desilusão se formos hoje eliminados (e alegria se passarmos),  especialmente com a sensação amarga de não termos dado o nosso melhor, pelo menos na 1ª mão.

 

Sei que muitos sportinguistas andam como que anestesiados com a perspectiva de sermos campeões esta época mas esquecem-se da alegria que nos deu a Taça o ano passado e de grandes vitórias recentes nas competições europeias como contra o Manchester City que marcam a nossa história.

 

Que hoje possamos voltar a fazer história !

 

P.S.: Não vou comentar a capa de hoje do Correio da Manhã. Sinceramente só espero que seja tudo mentira, como foi por exemplo terem-nos dito no inicio da época que iríamos lutar pela vitória em todas as competições e que tínhamos um "plantel para a Champions".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:54

Onde está a cabeça de Jorge Jesus ?

Rui Gomes, em 25.02.16

 

naom_5633bf64c28c6.jpg

 

Independentemente das suas considerações mais "simpáticas" na conferência de imprensa de antevisão ao jogo desta quinta-feira com o Bayer Leverkusen, é justo questionar onde está verdadeiramente a cabeça de Jorge Jesus.

 

Que vai utilizar uma equipa alternativa na Bay Arena, disso não há dúvidas algumas, mas será que pretende mesmo disputar esta eliminatória ?... Muito dá para pensar que, contrário ao que um treinador/equipa deve fazer, já está a pensar no próximo embate da I Liga diante o V. Guimarães. Eis algumas das suas considerações:

 

«O facto de termos jogado a primeira eliminatória não nos vai dar mais nem menos conhecimento do adversário. As dificuldades vão ser maiores do que as que tivemos em Lisboa. Vamos acreditar que ainda temos possibilidades de continuar em prova. Resume-se a isto, à qualidade das duas equipas. Amanhã (hoje) vamos ver como será o jogo.

 

Guimarães ou Leverkusen? Estão os dois jogos na minha cabeça. Mas uma coisa de cada vez. Vamos tentar perceber como a equipa está. Jogámos segunda-feira, ontem fizemos trabalho de recuperação e amanhã vamos jogar. Vamos ver a resposta que os jogadores nos dão. Independentemente de jogar A ou B vamos ter uma tarefa difícil como em Alvalade, mas temos as nossas possibilidades. Aquilo que o Leverkusen fez em Lisboa também podemos fazer aqui.

 

Bolas paradas? São momentos de jogo. Todas as equipas têm de ter qualidade em função dos jogadores que têm, mas também relativamente a todo o trabalho colectivo. Estes últimos dois jogos do campeonato abrimos o marcador com duas situações de canto. Mas o Leverkusen é muito forte de bola parada. Isso faz parte do poder das equipas.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:32

Não sabe mas devia saber

Ricardo Leão, em 23.02.16

 

19291918_hzlpo.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:35

Jesus voltou a inventar e o Sporting perdeu

Ricardo Leão, em 18.02.16

 

19060485_PwANN.jpg

 

Jorge Jesus deu todas as armas ao adversário, sem Adrien e sem Slimani. A equipa ressentiu-se e pouco ou nada jogou. Depois a inexperiência de Semedo arrumou as últimas esperanças que restavam. Uma lástima. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44

Lateral esquerdo precisa-se

Rui Gomes, em 15.02.16

 

Sporting_Lissabon_Bayer04_s.jpg

 

Para o jogo de quinta-feira a contar para a próxima fase da Liga Europa, Jorge Jesus vê-se confrontado com uma situação algo incómoda, dado que não tem nenhum lateral esquerdo disponível, pela recuperação morosa de Jefferson.

 

De acordo com a as últimas informações, o lateral brasileiro está a ultimar o regresso à competição, mas falta ainda cumprir etapas para que possa ser dado como completamente apto. Tem feito tratamentos e corrida ligeira, sendo que mesmo que consiga recuperar da lesão no gémeos da perna direita não é claro que esteja na melhor forma para enfrentar os alemães do Bayer Leverkusen.

 

Marvin Zeegelaar não foi inscrito para a prova europeia, por opção do Sporting. Com apenas três novos nomes a poderem ser adicionados à lista A de inscrições da UEFA, a escolha recaiu sobre Bruno César, Sebastián Coates e Hernán Barcos.

 

Neste cenário, Jorge Jesus terá de adaptar um jogador à posição e parece-me que o candidato principal é Ricardo Esgaio, sendo que o outro lateral, Ezequiel Scelotto, também ficou fora da lista da UEFA.

 

Se a memória não me falha, foi precisamente pela lesão de Jefferson no jogo com o Arouca, que Ricardo Esgaio saltou do banco para desempenhar essa função, mas além de ter um pé esquerdo muito limitado tem muito pouca experiência nesse lugar.

 

Uma situação longe de ser ideal, perante um forte adversário como o Bayer Leverkusen.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:46

Calendário completo da Liga Europa

Rui Gomes, em 15.12.15

 

img_infografias$2015_12_14_19_51_26_1040188.jpg

 

O jogo da primeira mão do Sporting, no dia 18 de Fevereiro, em Alvalade, terá início às 20h05. O da segunda mão, no dia 25, na Alemanha, terá início às 18h00. (Hora de Portugal)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:23

O que dizem eles

Rui Gomes, em 15.12.15

 

default.jpg

 

Jorge Jesus

 

«Podia ser melhor. O Bayer Leverkusen e o Borussia Dortmund são duas das equipas mais fortes da Liga Europa. O sorteio podia ter-nos arranjado uma equipa teoricamente um pouco mais fácil. Já joguei quatro vezes com o Bayer Leverkusen e eliminei-os uma vez... quando estava no rival.»

 

 

Octávio Machado

 

«É uma equipa muito forte, uma das melhores da Alemanha. Vai ser difícil para o Sporting, mas certamente não será menos difícil para eles.»

 

 

Rudi Voller (Director desportivo)

 

«O Sporting é líder da classificação em Portugal, à frente de FC Porto e Benfica. Será um grande desafio e precisaremos de dar tudo. Será um embate equilibrado tendo em conta a situação desde momento. Há uma pequena vantagem para nós por jogarmos primeiro fora.»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:22

 

UEL%20TOTW%20MD6_jpg.png

 

Há qualquer coisa neste processo da UEFA que não faz sentido algum ou, então, que me ultrapassa. Bryan Ruiz foi nomeado para o Jogador da Semana da Liga Europa e era a minha convicção que mesmo que não fosse eleito o melhor, integraria a Equipa da Semana.

 

Na votação que foi efectuada, Gokhan Gonul, dos turcos do Fenerbahçe, foi eleito o melhor da semana com 53% dos votos. Bryan Ruiz ficou em segundo lugar, com 43%. Nenhum outro se aproximou deles.

 

No entanto, estes dois atletas não figuram na Equipa da Semana. Estranho... para ser simpático.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:27

Foto da Semana

Rui Gomes, em 13.12.15

 

1024_gif.jpg

 

Liga Europa  -  Sporting 3  Besiktas 1  -  10 de Dezembro de 2015

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:27

 

sorteio_liga_europa_EPA_Salvatore_Di_Nolfi_3896ed4

 

O Sporting, FC Porto e SC Braga já conhecem os potenciais adversários para os 16 avos de final da Liga Europa. O sorteio está agendado para segunda-feira, 14 de Dezembro, na sede da UEFA, em Nyon, Suíça. O Sporting é o único dos três que não é cabeça-de-série. No entanto, nesta fase da prova, equipas do mesmo país não podem defrontar-se.
 
 

Cabeças-de-série

 

FC PORTO - SP. BRAGA - Olympiacos - Bayer Leverkusen - Manchester United - Molde - Liverpool - FC Krasnodar - Nápoles - Rapid Viena - Lazio - Lokomotiv Moscovo - Basileia - Tottenham - Schalke 04 e Atlético de Bilbau.

 


Não cabeças-de-série

 

SPORTING -  Galatasaray - Valência - Shakhtar Donetsk - Sevilha - Fenerbahçe - Sion - Borussia Dortmund - Midtjylland - Villarreal - Marselha - Saint Étienne - Fiorentina - Anderlecht - Sparta Praga e Augsburgo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

 

brand.gifx240-rWf.jpgbrand.gif

 

Vamos ser honestos... depois de uma primeira parte e até os primeiros 15 minutos da segunda, em que o Sporting não demonstrou o mínimo de inspiração e menos ainda capacidade para resolver seja o que for, ninguém esperava ver três golos em dez minutos e o que acabou por ser uma belíssima vitória que nos permite avançar para os 16 avos de final da Liga Europa.

 

NH22TXHW.jpg

O Sporting foi encontrar um Besiktas com muita personalidade e confiança, consciente de que, em princípio, não precisava de correr riscos para assegurar um resultado favorável. Montou uma autêntica muralha defensiva em linhas baixas, exerceu um "pressing" forte em todo o terreno e limitou-se a apostar nos lances de transição. A equipa leonina tentava mas simplesmente não conseguia penetrar pelo corredor central, especialmente com o seu melhor «playmaker» mais uma vez encostado às linhas laterais, pela incrível e imperdoável teimosia de Jorge Jesus, o grande responsável pelo estado das coisas até ao lance que definiu o jogo, entre os inevitáveis Bryan Ruiz e Islam Slimani.

 

A somar ao que já descrevi, verificou-se uma estranha falta de intensidade por parte do Sporting,  disposição muito invulgar nesta equipa até este ponto da época. Entre tudo isto, valeu uma excelente defesa de Rui Patrício aos 40 minutos de jogo para preservar o então nulo no marcador. Já no lance do golo dos turcos, nada pôde fazer; João Pereira perdeu a bola no meio do terreno a permitir uma jogada de contra-ataque e Ricardo Quaresma exibiu novamente a sua obra de trivela para a finalização de Mario Gomez praticamente à boca da baliza.

 

LVO8KUA4.jpg

Com  a saída de Fredy Montero e a entrada de Gelson Martins, Bryan Ruiz começou a aparecer mais no interior e foi o seu soberbo passe que isolou Slimani para o primeiro golo leonino. Aqui, alguma responsabilidade para o guarda-redes turco que foi muito lento a sair da baliza. Este lance inspirou o Sporting e prontamente começou-se a sentir um outro querer e uma outra dinâmica da equipa. Bryan Ruiz, novamente ele, a rubricar o segundo golo com um potente remate aos 72'. Cinco minutos mais tarde, Teo Gutiérrez finalmente marcou um golo que eu apreciei imenso, com presença na área e um remate muito bem colocado para bater o guarda-redes. Em suma, um golo à ponta de lança. Veremos se isto o inspira para seguir este rumo o resto da época. Já quanto à sua criancice em "roubar" o spray ao árbitro para celebrar o golo, não merece mais comentário.

 

Com este resultado, o Sporting regista 10 pontos e garantiu o 2.º lugar no Grupo F, um ponto atrás do Lokomotiv de Moscovo que bateu o Skenderbeu, por 3-0. Veremos em breve quem vai estar pela frente nos 16 avos.

 

Apenas uma nota final para reiterar que não posso criticar o suficiente a teimosia de Jorge Jesus ao insistir em colocar o melhor «playmaker» do Sporting na ala, só para surgir na fase posterior de jogos a emendar o seu erro. Já no último jogo fez o mesmo, colocando Mário João nas costas do ponta de lança.

 

Nota: 28211 espectadores em Alvalade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32

 

19088841_AMkYS.jpg

Uma das frases mais vezes repetidas pelo Bruno Carvalho é a de que com ele o Sporting teria finalmente uma "cultura de exigência". Muitas vezes a realidade tem-no desmentido, como aqui muitas vezes temos demonstrado, a exemplo da forma no mínimo atabalhoada como tem gerido o "caso Carrillo". Mas o mais estranho é que até recém-declarações do nosso treinador refutam objectivamente aquele propósito.

 

Não é que ontem o Jorge Jesus deixou claro que se não nos qualificarmos num grupo tão acessível como o que tivemos este ano na Liga Europa não será uma desilusão ? Nem queria acreditar! Esta é a definitivamente a mentalidade que não precisamos em Alvalade e não me lembro desta falta de ambição e exigência mesmo no tão criticado passado mais recente.

 

Com estas declarações o Jesus ainda consegue o feito de afastar espectadores do Estádio que com o frio, o jogo a dar em canal aberto e com outro no próximo Domingo em Alvalade, tinham já boas desculpas para ficar em casa.

 

Só faltava no fim da época, se eventualmente ficarmos em 2º lugar, num ano em que os treinadores dos nossos rivais são claramente muito limitados e no qual fizemos uma significativa aposta financeira com um orçamento ao nível já do do Benfica, termos que ouvir o Jesus e o Carvalho dizerem que foi muito bom e que lhes temos que agradecer o feito. 

 

 

P.S.: Faz-me pena ver alguns sportinguistas que aqui comentam felizes com o insucesso ontem do Marco Silva. Ele que nos deu uma alegria que há muito não tínhamos e que até hoje tem tido um comportamento impecável em relação ao Sporting (sabendo que tem muitas razões para poder ter um comportamento diferente) não merece.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:25

 

ng4754308.jpg

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Beskitas, esta quarta-feira, Jorge Jesus foi instado a comentar o alegado interesse do Sporting em Ricardo Quaresma, visto que o presidente do emblema turco chegou mesmo a afirmar que Bruno de Carvalho fez uma proposta verbal pelo jogador, aquando do jogo em Istambul:

O Quaresma é um jogador com muito talento, com muita qualidade, é ídolo no Besiktas e deve estar super satisfeito com o que está a fazer no seu clube. Ninguém tem dúvida que a maioria dos sportinguistas gostava que ele voltasse ao Sporting. Mas também ninguém tenha dúvida que nenhum clube em Portugal pode rivalizar directamente com os clubes turcos.

 

 

Sempre que a Liga Europa é abordada, nota-se alguma ambiguidade por parte de Jorge Jesus. Afirmou que o objectivo é passar aos 16 avos de final da prova, mas que não ficará decepcionado se isso não acontecer. E... como as suas conquistas são em tão elevado número, quase se esqueceu de que já conquistou a Supertaça esta época:

Desilusão se não passar? Não... Agora, objectivo é passar. Não quero tirar essa responsabilidade porque é um dos objectivos da época. Se não conseguir, temos mais quatro provas em Portugal. Quatro não... três, porque uma já ganhámos. Nem me lembro quando ganho.

 

A Liga Europa é muito importante para nós. Claro que a nossa prioridade, como para qualquer equipa, é o campeonato. Mas isso não invalida que queiramos passar o grupo. Vou escolher a equipa que considero ser a melhor para ganhar. Já cheguei a uma meia-final e a duas finais da Liga Europa sempre com esta ideia da rotatividade. Chegar a finais de Liga Europa não é fácil, porque, nos quartos de final, já apanhas equipas da Champions.

 

 

Quase que estou com receio de ver o onze titular que Jorge Jesus vai lançar no relvado de Alvalade. Sinto, no entanto, apesar do seu discurso, que ele não vai querer facilitar e que as "pedras" de maior valor irão jogar de início.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:35

Assim é que deve ser !

Rui Gomes, em 26.11.15

 

UPE.jpg

Lokomotiv Moscovo  vs  Sporting

 

Confesso que fiquei um pouco receoso ao ver Slimani fora do onze inicial, mas não deixei de reconhecer que Jorge Jesus fez entrar uma equipa nuclearmente equilibrada. Terá sido precisamente esse equilíbrio, colectivo e individual, que permitiu ao Sporting fazer uma exibição de qualidade e a não deixar dúvidas quanto ao mérito do resultado final.

 

lokspo1.jpg

Não obstante o lapso do passe de Adrien que deu origem ao primeiro golo do Lokomotiv e algum relaxo defensivo que resultou no segundo, quase ao cair do pano, a equipa leonina realizou um muito bom jogo. A evolução de Gelson Martins é cada vez mais visível e a sua performance na Rússia merece destaque, pela sua entrega, em geral, pelo belo golo a excelente cruzamento de Ricardo Esgaio e pela magnífica assistência a isolar Matheus Pereira no quarto golo do Sporting, aos 60 minutos. Não nos podemos esquecer do delicioso pormenor técnico de Bryan Ruiz no segundo golo leonino, aos 38'. O jogador costa-riquenho está a ser cada vez mais influente na equipa, especialmente quando se movimenta pela zona interior do terreno.

 

812.gif

Não será exagero algum afirmar que era este tipo de equipa e qualidade de exibição o que se esperava do Sporting desde o início dos jogos da Liga Europa. Curiosamente, é a primeira vez em onze anos que os "leões" marcam quatro ou mais golos fora de Alvalade em competições europeias. Foi a primeira vitória do Sporting em solo russo e também a primeira fora de portas em quatro anos. A última vitória do Sporting nas provas da UEFA, como visitante, aconteceu em Setembro de 2011, na vitória por 2-0 aos suíços do Zurique.

 

Vamos agora ver se as minhas contas batem certo: com a vitória do Besiktas sobre o Skenderbeu, por 2-0, fica a equipa turca no topo da classificação, com 9 pontos, mais um do que o Lokomotiv e mais dois do que o Sporting. Muito embora o Sporting tenha agora a vantagem sobre o Lokomotiv, o empate na última jornada não deverá ser suficiente, porque é de esperar que os russos vençam na Albânia. Partindo deste princípio, o Sporting entra no jogo em Alvalade diante o Beskitas, obrigado a vencer, para assegurar, pelo menos, o segundo lugar e a passagem à fase seguinte.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:58

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 06.11.15

 

logo-uefa-europa-league-300x200-300x180.jpg3W4R1RYC.jpg

 

Não pretendemos massacrar o tema - até porque a humilhação de ontem já ofende o suficiente - mas, agora, mais a frio, apenas uma última consideração, não só no que se relaciona com a derrota na Albânia mas, também, em termos gerais, com a forma como se tem vindo a encarar a nossa participação na Europa.

 

O Sporting não vence fora nas competições europeias desde Setembro de 2011; sofreu esta época o dissabor e o prejuízo financeiro de não poder participar na  fase milionária da Liga dos Campeões - e, neste contexto, salienta-se, não somente por demérito próprio, como bem sabemos - e  está agora perante a pouco agradável perspectiva de não se qualificar para os dezasseis-avos-de-final da Liga Europa, caso não vença os seus dois últimos jogos do Grupo H que integra.

 

Jorge Jesus continua a desprezar as competições europeias - será apenas impressão minha, mas não o senti muito preocupado com a derrota diante o Skendereu - em detrimento do campeonato nacional, que, pelos vistos, não é a prioridade: é apenas e tão só a exclusividade. A única competição que lhe interessa. Fica no ar a dúvida se Bruno de Carvalho e a estrutura da Sporting SAD pensam de igual modo.

 

A decisão do treinador sobre a escolha do onze inicial de ontem não deixa de oferecer uma acentuada margem de risco, desnecessária, diga-se, a jogar no estrangeiro no recinto do adversário, não obstante o mérito de efectuar alguma rotatividade. Esta decisão, considerada controversa por muitos sportinguistas, tem uma factura pesada: o Sporting continua a não se mostrar na Europa ao nível desejado. Com isso perde prestígio, perde visibilidade - a tão badalada montra - e perde valor. O que vai apresentar a conta quando o Sporting pedir caro para vender um activo ou procurar patrocinadores para a camisola e outros.

 

Ao fim e ao cabo, nem a brincar se gosta de perder, e uma derrota do género da que foi sofrida ontem, superada apenas pela horrorosa exibição, não moraliza ninguém e muito menos ainda contribui para o enriquecimento da imagem do Clube. Veremos o que o futuro nos reserva...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:38

Vitória sem discussão

Rui Gomes, em 22.10.15

 

Sporting-Skenderbeu.png

 

Jogo sem grande história diante um adversário já por natureza de muito baixo nível e que ainda fez tudo ao alcance para facilitar a vida a um Sporting de segunda linha: expulsão aos 24', por acumulação de amarelos, o segundo dos quais deveras infantil, e duas grandes penalidades que resultaram nos primeiros dois golos do Sporting; Aquilani, aos 37', e Fredy Montero, aos 41'.

 

800x600.gif

Jorge Jesus confirmou o que já era esperado, poupando diversos dos titulares, mesmo entre os convocados. Assim, o Sporting entrou em campo com Rui Patrício; Ricardo Esgaio, Ewerton, Tobias Figueiredo e Jonathan Silva; Bruno Paulista, Aquilani (William Carvalho, aos 72') e André Martins (Slimani, aos 58'); Carlos Mané (Gelson Martins, aos 65'), Matheus Pereira e Fredy Montero.

 

 

800x600.gifMenos positivo, algumas das usuais dificuldades do Sporting no último terço do terreno, relativo às combinações, último passe e a finalização, muito embora com o passar do tempo e o acrescido desgaste físico dos jogadores do Skenderbeu, os espaços começaram a surgir com mais frequência, levando aos golos de Matheus Pereira, aos 64' - o seu primeiro golo europeu - e o seu segundo, aos 77',  e ainda um belo golpe de cabeça de Tobias Figueiredo, aos 69', a excelente passe de Fredy Montero.

 

O Skenderbeu acabou por penetrar a baliza de Rui Patrício, mesmo em cima dos 90 minutos.

 

O Sporting cumpriu a sua obrigação neste segundo encontro da fase de grupos da Liga Europa, e resta agora esperar pelo muito badalado "derby" de domingo, pela visita ao Estádio da Luz.

 

 

Nota:

 

O Lokomotiv Moscovo empatou com o Besiktas (1-1) e mantém a liderança isolada no Grupo H, com sete pontos, mais dois do que o Besiktas e mais três do que o Sporting, enquanto o Skënderbeu continua na última posição, só com derrotas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo